Plano B - Os Anti-Deuses

Página 2 de 12 Anterior  1, 2, 3, ... 10, 11, 12  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Admin em Sex Jun 10, 2016 1:36 am

Iniciativa:

1° Comandante Greymorning: Habilidade 4 + 1D (5) = 9
2° Mestre dos Esportes: Habilidade + 1D = 8
2° Soldados: Habilidade + 1D = 8
3° Rei Dragão: Habilidade 3 + 1D (4) = 7
4° Katana: Habilidade + 1D = 6
5° Lady Nêmesis: Habilidade 2 + 1D (2) +1 = 5
5° Justiceiro Solitário: Habilidade 4 + 1D (1) = 5


Em um primeiro instante, Greymorning prefere se manter longe da confusão, permanecendo na ala para fabricar armas para seus companheiros. Estar seguro naquele lugar, permitiu ao mutante trabalhar sem ter que se preocupar tanto com o que acontecia lá fora, e por isso, ele consegue prover várias armas. Primeiro, ele cria um escudo para a kriptoniana, e em seguida, ele cria a lendária espada samurai para a oriental. Ambas as armas estão em sua posse, bastava entregar às duas, que se mostravam apreensivas com a aproximação do esquadrão de soldados.


Mestre dos Esportes não parecia inibido com a aproximação dos soldados, ele corre até a porta, rola pelo chão apanhando a arma de um dos soldados mortos, e usa a entrada como proteção, analisando a situação lá fora e mirando alguém.


Os soldados haviam visto os prisioneiros em um rápido relance enquanto a porta se abria, mas agora eles tinham uma clara visão de M’Kai transformado como um deles, do Rei Dragão e do Mestre dos Esportes logo atrás, próximo à ala da prisão. Ao ver esta cena, eles param. Então os dois da frente se agacham, dando visão aos dois de trás, e o quarteto mantém suas armas apontadas e engatilhadas.

- Alto. – Diz um deles. – Explique a situação, soldado!


Baran ainda se questionava pela legitimidade de suas ações, quando os soldados surgem no corredor, apontando suas armas para ele e para o Mestre dos Esportes, que estava bem ao seu lado, pronto para atirar também. Só não haviam atirado ainda por que viram M’Kai, confundindo o marciano com um deles.

Então o Rei Dragão decide aproveitar esse momento para agir, e salta na direção daqueles homens, pegando-os de surpresa enquanto a pergunta ainda estava no ar.

Baran ataca: Força 8 + Habilidade 3 + 1D (4) = FA 15
Soldado1: Armadura (+2) + 1D = FD 8

O guerreiro divino sabia pelo seu último ataque que as criaturas daquele mundo eram frágeis na região do pescoço, então mira novamente o seu ataque. Sua grande força, como sempre, causa um grande estrago, mas a blindagem do soldado acaba o salvando da morte.

Ferido, ele larga a sua arma ao chão e leva a mão ao pescoço, tentando inutilmente estancar a enorme dor que sentia.


Ao ver a arma que o Comandante Greymorning havia produzido com suas habilidades, Katana mais uma vez se mostra impressionada, a sua própria maneira. Ela então caminha em direção a porta, usando-a para se proteger e analisar a situação. Mas ao mesmo tempo ela continua olhando para Greymorning, como se estivesse esperando ele manejar a espada em suas mãos para medir sua habilidade.


Ayla não gostava da forma desorganizada como seus aparentes companheiros agiam, por isso decidiu ela mesma agir de uma vez, como uma kriptoniana de verdade, ignorando o perigo e contando com os poderes que aquelas células lhe deram.

A jovem soldado então voa em enorme velocidade da ala das celas até o corredor, dando de cara com o esquadrão de soldados que a voz no rádio prometeu. Então ela não perde tempo, e junta-se ao Rei Dragão em uma batalha direta.

Ayla tenta agarrar: Força 8 + Habilidade 2 + 1D (4) = FA 14
Soldado2: Armadura + 1D = FD 7

Facilmente a kriptoniana agarra um dos soldados, e vira seu corpo, usando-o como escudo contra todos os outros.


Tendo sido talvez o maior intelecto de Marte, M’Kai pensa em todas as possibilidades de maneira extremamente calculada. Muitas coisas passavam por sua mente, mas ele agiria apenas da maneira que lhe desse 100% de certeza de que era a certa.

Ele vê o Rei Dragão saltando contra um dos soldados e o atingindo quase de forma mortal. Então o marciano levanta seus braços para usar sua telecinese, e nesse mesmo instante, Lady Nêmesis passa por ele como um raio, agarrando um dos soldados da formação. Isso não atrapalha em nada o alienígena, que facilmente consegue puxar quatro pinos de granadas ao mesmo tempo com a força de sua mente.

Ele esperava que fossem granadas explosivas, mas até uma inteligência como a dele deveria entender que os humanos não eram tão primitivos a ponto de usar explosivos dentro de sua própria base, em uma situação que ainda nem era alarmante para eles. Uma fumaça espessa começa a fluir das latinhas na cintura dos homens, rapidamente encobrindo aquela parte do corredor e em breve, tomando conta de todo o resto.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 275
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por art05 em Dom Jun 12, 2016 5:53 pm

Atos pensados em momentos de desespero geram ações inesperadas, penso eu, minha ideia era me disfarçar de guarda e pedir para que o Sr. Baran se vesti-se como um para fazer levantamento de informações de campo e se possível forjar uma ordem de deslocamento para podermos guiarmos os demais até a segurança, porem a tropa de vigia veio muito mais rápido que eu esperava, ok que eu era apenas um "nerd" (como esse povo daqui diz) lá de onde venho, mas para algo tão simples falhei em calcular a probabilidade levando em conta possíveis posicionamentos de vigias, e pensar que aqui sou considerado gênio, lá eu era só alguém inteligente, imagina se falo que meu chefe de setor resolvia cálculos tão avançados como os de conjectura antes que alguém daqui escreve-se o próprio nome.

Os soldados param e percebem o que está ocorrendo, mas me pedem por explicações antes de atirarem, eu estava como um deles, nesse momento Sr. Baran e Srta Ayla conseguem deter dois dos guardas,  fico tranquilo ao ver que dessa vez sangue não foi derramado


Mas ainda havia mais soldados e pelo poder de fogo dessas armas e pelo o que eles tem que lhe dar aqui, duvido que a simples blindagem e a carne desses soldados ofereçam resistência a munição que devem portar, logo fazer um de escudo seria arriscado isso supondo que exista uma ordem para nos abater mesmo que isso signifique atirar nos próprios colegas, era uma aposta arriscada, mas melhor  que enfrentar eles de frente, era nós contra eles ali.

No meio dessa epopeia puxei os pinos de algumas granadas, fiz essa ação instantes após todos atacarem, não havia como impedir, logo já imaginava em um kaboom tudo indo pelos ares junto com eles, era o resultado da falta de comunicação e planejamento em grupo, mas ao contrario de um kaboom, é gás que sai das granadas para a sorte de todos e para minha tranquilidade, se esse povo percebe-se o risco que correram...

Ainda não estávamos a salvo e longe de estar em segurança, mas ainda dava para fazer algo, então olho as armas, dos que ainda ofereciam perigo, e tento tomar-lhes as armas é algo perigoso mas é o possível antes que abram fogo.

Então usando telecinesia tento tomar as armas dos guardas.

Off: Ação, usar telecinesia para roubar as armas dos guardas.
avatar
art05

Mensagens : 63
Data de inscrição : 09/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Tony.B em Ter Jun 14, 2016 8:25 pm

O meu punho encontra o corpo do meu alvo... Mas dessa vez, o impeto havia feito eu errar o golpe não fazendo o mesmo morrer... Mas ao menos isso era bom...

Bom... Ao menos não tem mais sangue manchando a minha mão... Mas acho que isso não vai ficar assim... Ainda estou preso...

A garota havia conseguido agarrar um dos soldados... Mas então, alguma coisa acontece... Tudo fica preto...

Será obra de algum feiticeiro... Mas isso é fumaça ?

Aplico uma palmada a minha frente... Procuraria criar com a minha força uma lufada de vento... Tinha que tirar aquela fumaça da minha volta...
avatar
Tony.B

Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Nemesis. em Qua Jun 15, 2016 9:32 am

Como eu suspeitei o esquadrão de soldados já estava se aproximando, e durante meu vôo, eu consigo agarrar um deles antes que fosse baleada. A princípio, eu o usaria como escudo, mas tinha outro plano em mente, e quando estava prestes a executá-lo, bombas de fumaça explodem, cegando a todos naquele corredor.

“Que porcaria, eu não posso ver nada. Ah, dane-se!”

Com um dos guardas na mão, começo a girar o meu corpo, seguindo para frente e usando o corpo daquele humano fraco para derrubar aqueles que tinham pelo caminho. Não me importava com suas armas, eles deviam estar cegos também e não tentariam atirar em mim com o risco de acertar seus amigos.

- Ao menos é isso que eu espero.
avatar
Nemesis.

Mensagens : 80
Data de inscrição : 07/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por leesiuloong em Qua Jun 15, 2016 6:19 pm

Gás, isso é ruim, mas esse time é bom desorganizado, talvez essa seja a maior arma, já que um exercito treinado não conseguiria entender o que estava atacando.

Entrego a espada para Katana, um escudo para Baran e outro para Nemesis. Enquanto isso pego o rádio de um dos guardas mortos e uso o mesmo para acessar a frequência do mesmo e assim bloquear a transmissão dos quatro que chegaram de modo que ou eles não consigam comunicar ou toda a comunicação nessa area venha direto para o meu.


off: se for possivel transformo o meu em um grande receptor ( pelo menos uns 40 metros ) recebendo toda a comunicação dos inimigos, e eles não. Tudo o que falarem vem pra mim e não entre eles.
avatar
leesiuloong

Mensagens : 71
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t32-comandante-greymorn

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Admin em Qui Jun 16, 2016 1:24 am

Iniciativa:

1° Comandante Greymorning: Habilidade 4 + 1D (6) = 10
2° Lady Nêmesis: Habilidade 2 + 1D (6) +1 = 9
3° Justiceiro Solitário: Habilidade 4 + 1D (4) = 8
4° Soldados: Habilidade + 1D = 7
5° Rei Dragão: Habilidade 3 + 1D (3) = 6
6° Mestre dos Esportes: Habilidade + 1D = 5
7° Katana: Habilidade + 1D = 4


Como o bom líder que sempre foi, Greymorning pensava primeiro na proteção de seu grupo. Por isso fez todas aquelas armas, e em meio ao perigo, corre para entregar todas elas. Katana estava esperando que o mutante manejasse a espada que fez, mas se mostra gratamente surpresa quando Greymorning põe a arma em suas mãos delicadas.

Ao chegar no corredor, o mutante toma nota de que lá estava o esquadrão que o comando no rádio havia prometido, mas que Rei Dragão, Lady Nêmesis e o Justiceiro Solitário já haviam bagunçado um pouco a sua formação, e que uma espessa fumaça que saía de quatro latas nas cinturas daqueles homens começava a encobrir tudo. Sendo assim, ele corre e entrega as armas para seus companheiros, antes que os perca de vista.

Off: Entregar as armas foi a sua ação nesse turno.


Ayla sente que teve êxito em seu plano ao investir contra o primeiro soldado, já que o fez sem que fosse atacada. Agora ela tinha ao seu redor um esquadrão parcialmente desfeito, e uma fumaça cinzenta que começava a encobrir todo o cenário.

Pouco se importando como a batalha se configurava, a kriptoniana segura firmemente o corpo do soldado em seus braços, e começa a girar, tentando atingir os inimigos a sua volta.

Ayla ataca: Força 8 + Habilidade 2 + 1D (3) = FA 13
Soldado 1: Armadura + 1D = FD 7
Soldado 2: Armadura + 1D = FD 5

Com seu giro, Ayla atinge o soldado que estava atrás daquele que a agarrou, jogando o pobre homem contra a parede esquerda. Ele bate com tanto impacto que fica tonto por um momento. Já o soldado em suas mãos sofre um dano mais moderado, permanecendo em seu poder. A fumaça já havia encoberto todo o corredor, de um modo que Ayla não enxergava um palmo a sua frente. Mas pouco antes disso, ela nota a presença do Comandante Greymorning atrás dela, entregando-lhe um escudo de metal para que se protegesse.


Justiceiro Solitário, sempre calculista, pensa que talvez não tenha sido a melhor das opções esse rápido avanço por parte de seus companheiros, mas Lady Nêmesis e Rei Dragão logo contém dois daqueles soldados, convencendo o marciano de que uma luta talvez fosse possível.

Confiando na força de sua telecinese, ele usa a sua mente para tentar desarmar aqueles soldados.

M’Kai usa telecinese (Inteligência 20 -2): Resultado = 5 (Sucesso)

M’Kai usa telecinese (Inteligência 20 -2): Resultado = 6 (Falha)

M’Kai usa telecinese (Inteligência 20 -2): Resultado = 2 (Sucesso)

Como se estivesse retirando doce da mão de uma criança, ele arranca as armas de dois daqueles soldados, tendo sucesso automático em fazer isso com aquele que Lady Nêmesis tinha agarrado em seus braços superpoderosos. Porém, a bandoleira de uma das armas prende no braço de um dos soldados, o ajudando a mantê-la em sua posse.


A fumaça de uma só granada já seria o bastante para encobrir todo aquele corredor, a de quatro deixa a situação insustentável. Os soldados nada enxergam, ouvindo apenas os gritos de seus companheiros. Isso os deixa tensos, e os de trás começam a recuar em busca de um ponto de visibilidade em que pudessem agir. Mas aquele que manteve sua arma em mãos contém seu descontrole, e tira no ponto em que havia visto seu alvo pela última vez antes que a cortina de fumaça o encobrisse.

Soldado 3 atira: Pdf 4 + 3D (3, 4, 1) +2 = FA 14
Baran: Armadura 4 + 1D (2) = FD 6

A metralhadora canta alto na mão daquele soldado, e embora sem muito jeito, os seus tiros atingem o peito de Rei Dragão, perfurando o lendário guerreiro e lhe causando grande dano.


Baran havia percebido que os humanos eram seres frágeis se comparado a alguém como ele, mas sua tecnologia era avançada o bastante para colocá-los em pé de igualdade até mesmo com os mais valorosos guerreiros de seu mundo. Ele percebe isso quando a arma barulhenta que um dos soldados porta lança projéteis pequenos que atravessam seu corpanzil, queimam sua carne e lhe tiram algumas gotas de sangue.

Mas mesmo um ataque como esse não é capaz de enfraquecer o guerreiro, e isso fica claro quando ele bate as palmas de suas mãos com tanta força, que o impacto sopra toda a fumaça cinza para longe, para os fundos daquele corredor, justo para onde os soldados recuavam. A sua frente estava somente um soldado com sua arma na mão, e ao seu lado, Lady Nêmesis, segurando outro em seus braços. Atrás dele estavam o Justiceiro Solitário, usando sua bruxaria telecinética com maestria e o Comandante Greymorning, lhe oferecendo um escudo de metal para que se protegesse.


Mestre dos Esportes estava escorado na entrada da ala das celas, observando o desenrolar das ações com dificuldade, devido à espessa fumaça que se formou no corredor. Mas o Rei Dragão, após ser alvejado, deu conta disso ao usar sua superforça. Agora ele tinha visibilidade total, e não pensa duas vezes antes de atirar contra o soldado que ficou.

Mestre dos Esportes atira: Pdf + Habilidade + 3D +2 = FA 21
Soldado: Armadura + 1D = FD 4

Ao puxar o gatilho a metralhadora mais uma vez canta, tendo como alvo o soldado de frente para Rei Dragão. Com visibilidade total, Mestre dos Esportes demonstra maior sucesso, atingindo aquele homem em todos os seus membros e fazendo com que ele caia morto, com seu corpo cheio de buracos aos pés do Rei Dragão.


Katana havia aceitado a espada que o Comandante Greymorning lhe deu. Essa atitude gentil por parte do mutante mexeu com a guerreira, pelo modo como ela demorou um pouco reagir. Mas quando a oriental olha pela frente, não vê muito o que fazer em meio a balburdia que se instaurara naquele corredor.

A guerreira decide retribuir a gentileza do Comandante Greymorning permanecendo ao seu lado, pronta para defendê-lo de qualquer coisa. Tanto ela, quanto todos naquele lugar começam a ouvir os chiados dos rádios em posse dos soldados. A voz do comando novamente entra em contato.

“Esquadrão 1, ouvimos tiros neste andar. Não temos acesso às câmeras. Reportem a situação. Repetindo: Reportem a situação!”



Status:
Comandante Greymorning: Pontos de Vida 15
Rei Dragão: Pontos de Vida 32
Lady Nêmesis: Pontos de Vida 20
Justiceiro Solitário: Pontos de Vida 20

Katana: Pontos de Vida ??
Mestre dos Esportes: Pontos de Vida ??

Soldado 1 (Agarrado) (Desarmado): Pontos de Vida ?? -6
Soldado 2 (Cego) (Desarmado): Pontos de Vida ?? -8
Soldado 4 (Cego) (Desarmado): Pontos de Vida ??
Soldado 5 (Cego): Pontos de Vida ??
Soldado 6 (Cego): Pontos de Vida ??
Soldado 7 (Cego): Pontos de Vida ??
Soldado 8 (Cego): Pontos de Vida ??
Soldado 9 (Cego): Pontos de Vida ??
Soldado 10 (Cego): Pontos de Vida ??
Soldado 11 (Cego): Pontos de Vida ??
Soldado 12 (Cego): Pontos de Vida ??
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 275
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por leesiuloong em Qui Jun 16, 2016 9:54 pm

Tiros, isso não era bom, pensava rápido, chamo o marciano para uma idéia, entrego a ele o radio comunicador que havia pegado dos primeiros dois que foram mortos.

_Preciso de um favor seu, fale que houve uma queda de energia e viemos investigar, então quando as luzes voltaram um dos soldados estava de frente com o alien verde, por instantes eles se encararam e o soldado começou a gritar para ele soltar a filha dele e atirou, mas já contornei a situação.

Enquanto isso fico monitorando os rádios dos que estavam vindo, caso alguem tentasse desmentir eu desligaria a comunicação dele antes.

_Não podemos deixar mais virem - digo para Katana e Marvin.
avatar
leesiuloong

Mensagens : 71
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t32-comandante-greymorn

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por art05 em Sab Jun 18, 2016 2:10 pm

Uma grande avalanche começa com o menor dos flocos de neve, e essa situação estava evoluindo quase em mesma escala, como uma placa de neve prestes a descer ladeira abaixo, agora tiros haviam sido disparados, e começo a me perguntar se preciso me preocupar com a saída pois se já temos esse numero de guardas aqui, imagina quantos mais devem ter, felizmente as granadas de fumaça impediram um fuzilamento por hora, agora tínhamos uns 8 guardas armados e cegos, eu não conseguiria desarmar a tempo e agora não faria muita diferença para evitar mais tiros até por que o mestre dos esportes está com uma, e como o mesmo possui ações e carácter questionáveis devo cogitar tomar medidas drásticas em caso de ameaça tanto a ele como a tal da Katana, mas agora temos que cuidar desse grupo de soldados e de um outro que começava a chamar pelo radio, era como uma sinfonia escalando aos poucos, rumo a o clímax, temos um grupo de ex-presidiários mal organizados, um grupo de soldados armados e cegos e duas pessoas nada confiáveis (mestre dos esportes e Katana) que estavam armadas, nem os três patetas planejariam essa fuga com tanta pericia da forma como estamos executando-a, porem as mais violentas tempestades geram as mais belas paisagens e espero que nossa ação tempestuosa aqui resulte em algo bom.

No meio da confusão, Sr Greymorning se aproxima e pede para que eu fale no radio e passe uma informação pelo mesmo, essa ideia daria certo até a hora que alguém dispara-se uma arma de novo, ou que alguém reporta-se pelo radio, mas era a melhor alternativa para não transformarmos isso numa hecatombe, então passo a informação pelo radio com uma voz de guarda num tom em que apenas o pessoal no radio vai ouvir claramente espero:


-Cambio, soldado 1 reportando situação Sr, houve uma queda de energia na ala das prisões e fomos verificar a ocorrência, porem quando as luzes voltaram um dos soldados se viu em face ao alienígena verde e num aparente surto começou a gritar para que o mesmo solta-se a filha dele, e abriu fogo contra o elemento, ainda estamos verificando a ocorrência em detalhes, e se mais alguém foi afetado, não houve danos locais e nem aos envolvidos a principio, a situação se encontra sob controle, cambio.


Espero que de certo penso eu.


Vejo os soldados armados porem confusos, cegos e desorientados então imito voz de guarda grito:


-Cessar-fogo! Cessar-fogo!.


Que grupo em sã consciência dispararia sem contato visual algum com os membros, penso isso lembrando que eu puxei o pino de quatro granadas sem saber a ação dos meus colegas, o que mais falta acontecer nesse lugar.
avatar
art05

Mensagens : 63
Data de inscrição : 09/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Tony.B em Seg Jun 20, 2016 11:07 am

Consigo fazer a fumaça sair da minha volta a tempo de ver que um dos prisioneiros estava entregando um escudo de metal a garota ao meu lado e me entregar um... Agradeço com a cabeça... Eu era um Guerreiro, armas me eram naturais em combate...

Onde ele conseguiu esse escudo ?

Mas então sinto o meu corpo arder... O soldado a minha frente segurava uma especie de besta e disparava projeteis de ferro contra mim... Mesmo sabendo que o meu corpo era muito mais forte que o deles, as balas perfuram a minha pele fazendo sangue escorrer...

Mas quando penso em atacar, ouço novamente o som da arma e vejo que o soldado a minha frente cai, vitima dos mesmos ferimentos...

Iria procurar agarrar um dos outros soldados e prende-lo como refém a minha frente... Manteria o seu pescoço preso entre minha mão e a outra manteria o seu corpo imobilizado... Mantendo o escudo a nossa frente, não queria mais receber aqueles projeteis...


Última edição por Tony.B em Qua Jun 22, 2016 10:55 am, editado 1 vez(es)
avatar
Tony.B

Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Nemesis. em Ter Jun 21, 2016 10:35 am

Ao agarrar um soldado, consigo atingir outro, lhes causando grandes danos, mas não tanto quanto eu queria. Os outros soldados então recuam após esse ataque, e aquele guerreiro que lutava ao meu lado usa sua força para lançar a fumaça na direção deles.

- Bem pensado.

Atrás de mim, outro aliado se aproxima, me oferecendo um escudo para a minha proteção. Olho para ele com estranheza e digo:

- Kriptonianos não usam esse tipo de arma. Fique com ela. Vai precisar mais do que eu.

Me agacho no chão, reunindo toda força de meu corpo, e então vôo na direção daqueles soldados, usando meu corpo como arma para atropelá-los ao mesmo tempo em que destruía a porta atrás dele.
avatar
Nemesis.

Mensagens : 80
Data de inscrição : 07/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Admin em Ter Jun 28, 2016 1:12 am

Iniciativa:

1° Mestre dos Esportes: Habilidade + 1D = 9
2° Comandante Greymorning: Habilidade 4 + 1D (4) = 8
2° Justiceiro Solitário: Habilidade 4 + 1D (4) = 8
3° Lady Nêmesis: Habilidade 2 + 1D (4) +1 = 7
3° Katana: Habilidade + 1D = 7
4° Soldados: Habilidade + 1D = 5
5° Rei Dragão: Habilidade 3 + 1D (1) = 4


Mestre dos Esportes atira: Pdf + Habilidade + 3D+2 = FA 20
Soldado 5: Armadura + 1D = FD 8

O Mestre dos Esportes havia gostado de seu brinquedo novo. Mais uma vez ele puxa o gatilho da arma, disparando contra a nuvem de fumaça no fim do corredor, que ocultava os soldados. Então um grito é ouvido, e logo um corpo cai fora da núvem, espalhando uma vasta poça de sangue pelo piso branco. Mais um soldado morto.


Greymorning sabia que precisava pensar rápido, e é o que faz ao bolar um plano que poderia evitar que um exército chegasse até ali. Ele entrega um rádio comunicador ao Justiceiro Solitário e lhe dá instruções sobre o que dizer ao comanto.

Então o mutante decide ficar de olho nos soldados, tentando prestar atenção para verificar se algum deles usaria o rádio, na tentativa de interferir na frequencia. No entanto, a nuvem de fumaça ainda estava presente, cercando aqueles homens, o que tornava impossível saber o que acontecia dentro dela.


M’Kai pensava e repensava toda a situação quando é abordado pelo Comandante Greymorning, que lhe entrega um rádio comunicador, lhe pedindo que o use de determinada forma. Então o marciano apanha o objeto e tenta imitar a voz e o comportamento do guarda ao se reportar.

M’Kai testa expressão (Teste de Inteligência -4): Resultado = 1 (Sucesso)

Mesmo estando pouco tempo na terra, M’Kai era tão inteligente que facilmente soube imitar os modos daquela raça pouco evoluída chamada humanos. Sua fala era despojada e esperta, e isso pareceu convencer o comando quando o outro lado da linha ficou em silêncio por um momento.

- Mas, soldado, por que ainda estamos ouvindo tiros? – Questiona o comando. – Daremos 5 minutos para que a situação seja analisada e resolvida. Espero um parecer da situação após esse tempo. Cambio. Desligo.

Mesmo fazendo as coisas da forma mais habilidosa possível, tudo que M’Kai conseguiu foi ganhar tempo para o grupo resolver a situação de uma vez por todas. Porém, fica claro que sons de tiros podiam ser ouvidos pelos andares superiores, e esse som de agitação comprometia o disfarce que ele conseguiu criar.


Ayla mantém as tradições de seu povo, rejeitando a arma oferecida pelo mutante. Então ela se agaicha sobre o chão, juntando forças em seu corpo. Pequenos resíduos e gotículas de sangue começam a circundá-la enquanto ela se concentra, então a kriptoniana investe contra o grupo e a porta.

Ayla testa atropelar (Teste de Força -3): Resultado = 5 (Sucesso)

Em um ato de velocidade e força absurda, Ayla voa pelos corredores, rasgando a cortina de fumaça, derrubando o contingente de homens e fazendo em pedaços a porta por onde eles surgiram. Do outro lado, ela chega a uma área de espaço maior do que aquele corredor, com caminhos para o sentido sul e norte. Estava vazia por enquanto, mas alguém poderia surgir a qualquer instante.


Ao mesmo tempo em que Lady Nêmesis parte, Katana dá um salto para frente, em direção ao soldado que a guerreira deixou para trás. Graças à kriptoniana, toda a fumaça se dissipa pela porta destruída, e a oritental tem uma visão perfeita dos homens desajeitadamente caídos pelo chão depois de serem atropelados.

Katana ataca: Força + Habilidade + 2D = FA 11
Soldado 1: Armadura + 1D = FD 8

O soldado que Lady Nêmesis segurava já estava um tanto ferido, e com um movimendo cirurgico da espada que o Comandante Greymorning lhe dera, Katana desfere um corte em sua garganta, deixando o homem à beira da morte, escorado na parede enquanto se agarrava ao que restou de sua vida.


Após serem atropelados por Lady Nêmesis, muitos dos soldados estavam sobre o chão, sem nenhuma ação. Confusos e amedrontados pelos tiros, tudo que eles fazem naquele turno é gritar um com o outro e se levantar o mais depressa possível.


As feridas no corpo de Baran ardiam e ele se perguntava de onde Comandante Greymorning havia retirado aqueles escudo, que recebeu de muito bom grado. Então o guerreiro encontra diante de si um grupo de soldados que ainda tentavam se levantar, após serem atropeladas pela kriptoniana.

Baran tenta agarrar: Força 8 + Habilidade 3 + 1D (5) = FA 16
Soldado 4: Armadura + 1D = FD 4

Com muita facilidade, Baran avança contra um dos soldados semicaído, o engravatando e o imobilizando. Seu corpo era mais robusto do que o daquele humano, mas mantê-lo daquela forma com certeza impediria que seus parceiros o alvejasse com aquelas bestas cuspidoras de fogo.



Status:
Comandante Greymorning: Pontos de Vida 15
Rei Dragão: Pontos de Vida 32
Lady Nêmesis: Pontos de Vida 20
Justiceiro Solitário: Pontos de Vida 20

Katana: Pontos de Vida ??
Mestre dos Esportes: Pontos de Vida ??

Soldado 1 (Desarmado): Pontos de Vida ?? -9
Soldado 2 (Desarmado): Pontos de Vida ?? -8
Soldado 4 (Desarmado): Pontos de Vida ??
Soldado 6: Pontos de Vida ??
Soldado 7: Pontos de Vida ??
Soldado 8: Pontos de Vida ??
Soldado 9: Pontos de Vida ??
Soldado 10: Pontos de Vida ??
Soldado 11: Pontos de Vida ??
Soldado 12: Pontos de Vida ??

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 275
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Tony.B em Qua Jul 13, 2016 2:34 pm

A situação se tornava cada vez mais caotica... Corpos caiam e gritos de dor... Mantenho o soldado preso aos meus braços e falo para todos os outros...

Vc não podem nos deter... Rendam-se e não haverá mais mortes! Vcs todos tem uma vida ainda, não as joguem fora tentando lutar contra nós... Rendam-se...

Mantenho o soldado preso de forma a ele realmente sentir a diferença entre nossas forças... Mantinha o olhar serio para os outros soldados...
avatar
Tony.B

Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por art05 em Qua Jul 13, 2016 5:28 pm

O gás havia sido disperso, os soldados estavam atordoados no chão, Lady Nêmesis havia passado por cima deles porem ainda estávamos em menor numero, desvantagem numérica ou não isso não é problema pra min afinal na pior das hipóteses ao menos irei rever meu povo, mas eu não estava só, ninguém aqui está, apesar da situação ser meio... complicada, penso eu mas não impossível nada que um pouco de observação para resolver o pior dos problemas as vezes, ou isso ou mudar para algo mais agressivo e dar um jeito de outra maneira, não perco minha calma de qualquer forma até por que nevosismo não vai ajudar em nada, só vai fazer explodir mais cabeças e por hoje já tivemos o suficiente disso espero.

Enquanto isso Baran corajosamente ordena que os soldados se rendam, olho discretamente isso e penso, acho que ele realmente é tão extraterrestre quanto eu aqui, quem ferido e em sã consciência ordenaria 7 homens armados se renderem, mas nada que não possa dar certo afinal a tal de Waller não nos prenderia aqui atoa (ou não, não estou afim de pensar sobre razões humanas agora), vamos fazer se renderem então...

Era algo arriscado mas tem que dar certo, nesse momento eu olho ao redor de maneira discreta e procuro o responsável por aquela operação ali em campo (ou corredor para ser mais especifico), sem me mexer vou mandar uma onda de choque telepático e faze-lo se ajoelhar ao comando de Baran, vou tentar fazer ele se render e com sorte ele leva todo o resto junto.


Off: Encontrar o comandante da operação ali e faze-lo se render (pode ser jogar a arma fora ou se ajoelhar) ao comando de Baran.
avatar
art05

Mensagens : 63
Data de inscrição : 09/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por leesiuloong em Sex Jul 29, 2016 7:20 pm

A fumaça estava dispersa, podia ver agora os alvos, a mulher usava a arma com maestria e era hora de agir, tinhamos ganho tempo e com isso poderia lutar.
Pego o escudo que tinha feito e tento acertar o braço de um dos guardas para que ele solte a arma, caso o espaço não permita a ação, acerto com ele na cabeça do mesmo.

Todos lutavam e eu também lutaria, já havia perdido soldados demais e Amanda vai pagar por isso.

Novamente via que nossa luta era inconstante, não tinhamos trabalho em grupo o que nesse momento foi bom, pois os soldados também não entendiam o que acontecia e de onde vinham os ataques, Baran manda eles se renderem seria uma boa, mas não creio que ainda se rendam, sabem que tem reforço.
avatar
leesiuloong

Mensagens : 71
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t32-comandante-greymorn

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Nemesis. em Qui Ago 04, 2016 8:41 am

Vejo que os meninos estavam tentando agora intimidar aqueles soldados. Não creio que vá dar muito certo, mas era um bom plano com base no número de inimigos. Mas a tentativa era válida.

“Isso aqui vai ficar um inferno se a gente chamar atenção.”

Para melhorar as palavras do Rei Dragão, tento agarrar o soldado 6 pelo pescoço, erguendo-o e o mantendo a minha frente.

- Se não se renderem como ele falou, quebro o pescoço dele! Abaixem a porra das armas!

Off: Se os soldados não obedecerem, uso o corpo desse que to agarrando como escudo.
avatar
Nemesis.

Mensagens : 80
Data de inscrição : 07/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Admin em Ter Ago 09, 2016 12:33 pm

Mesmo sendo um guerreiro vitorioso sobre mil batalhas, Baran se via saturado por todos os corpos, gritos e sofrimento sem propósito perpetrados naquele corredor. Ele tinha sob o seu domínio um dos soldados, que embora se debatesse de todas as formas, jamais se soltaria. Então o usa para tentar fazer os outros se renderem.

Baran testa intimidação (Teste de Força -3): Resultado = 5 (Sucesso)

Com um olhar frio, direcionado ao contingente de soldados, Baran ordena que eles abaixem suas armas e se rendam, argumentando sobre a diferença que havia entre os grupos. Os cinco primeiros soldados mereciam medalha por bravura, pois mantém suas armas apontadas, sem hesitar. Mas outros olham para os companheiros mortos, e tremem, baixando suas armas.


M’Kai não se preocupava com que iria acontecer. Sair vivo seria ótimo, mas se morresse, só estaria cumprindo o destino do antigo povo de Marte. Com muita calma, ele olha todos aqueles homens, procurando por algum tipo de liderança. Não havia nenhum sinal de que houvesse alguma, talvez eles fossem liderados apenas pelo controle, mas de qualquer forma, era capaz de que os primeiros da fila servissem de orientação para os últimos...

M’Kai usa telecinese (Teste de Inteligência -2): Resultado = 4 (Sucesso)

A força mental de M’Kai faz com que o primeiro deles caia de joelhos instantâneamente, como se a gravidade ao seu redor pesasse 100 quilos de repente. Ele tenta resistir, mas é incapaz até de medir forças. O soldado que estava atrás, ainda com a arma empunhada, pergunta o que ele estava fazendo, e aquele ajoelhado responde que está sendo forçado àquilo, assustando os outros.


Ao ver seus companheiros agindo com o intuito de neutralizar aqueles soldados, Greymorning decide agir também. Ele olha para o escudo de metal em sua mão e o lança na direção de um dos soldados, no intuito de tirar a arma de sua mão.

Greymorning testa mira (Teste de Pdf -1): Resultado = 1 (Sucesso)

O mutante atira o escuro, que gira no ar produzindo um leve assovio. Então o disco atinge a mão de um um dos poucos soldados armados, fazendo com que ele solte sua arma, que cai sobre o chão enquanto o homem lamenta a dor no pulso.


Ayla não acreditava que aquela estratégia de fazer os soldados se renderem daria certo, mas estava disposta a dar o braço a torcer. Para ajudar seu companheiro a intimidar aqueles homens, ela retorna ao corredor e tenta agarrar um deles pelo pescoço.

Ayla tenta agarrar: Força 8 + Habilidade 2 + 1D (1) = FA 11
Soldado 6 se defende: Armadura + Habilidade + 1D = FD 6

O soldado mal tem tempo de reação quando a poderosa kriptoniana surge diante dele em grande velocidade, agarrando-o pelo pescoço e o erguendo do chão. Os soldados estremecem ainda mais, olhando chocados para essa cena.

A tentativa combinada de todos acaba dando certo. Os poucos soldados que ainda estavam armados largam suas metralhadoras e rádios sobre o chão. Em seguida, erguem suas mãos sobre a cabeça. Um deles se aproxima de Baran.

- Tudo bem. Nós nos rendemos. Só não nos machuque. – Pede o soldado.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 275
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Tony.B em Ter Ago 09, 2016 2:57 pm

Vejo que as minhas palavras atingem alguns... Outros permanecem dispostos a lutar... Respiro fundo, era digno de guerreiros destemidos não se render...

Eu também nunca me renderia... Devo valorizar as suas bravuras e derrota-los como guerreiros...

Mas logo um deles cai ao chão... E após o outro humano derrubar a arma de um deles, a chegada da mulher também parece decisiva... Logo um deles se aproxima de mim e fala que se renderia...

Sabia decisão tomastes... Retirem as suas armas e armaduras... Não tentem de artimanhas conosco... Ou pagarão o preço da traição e falsidade...

Conduziria-os até as celas... Tinha visto que o outro humano havia sido capaz de abrir a porta, ele deveria também poder fecha-la... Olho para ele e falo...

Consegue mante-los dentro da prisão ? Me faltam grilhões para fazer isso...

Após acomodar os prisioneiros falo aquele que se rendeu diretamente a mim...

Avisa aos teus companheiros que restarem pelo forte, pelos meios que tiver, que não existe perigo... Convence-os a não vir, a fim de que o sangue deles não sejam derramados como o de vós... E lembra-te de nunca mais subjugarem outros seres... Esse caminho só leva a decadência e a morte... Puna aqueles que devem ser punidos.

Após falar ao soldado, aguardaria que cumprisse a ordem... Logo me voltaria aos outros que estavam comigo...

Vamos sair daqui... Onde está a voz ? Guie-nos para fora...
avatar
Tony.B

Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por leesiuloong em Qua Ago 10, 2016 8:22 pm

A luta havia terminado e sem mais baixas, Baran e a mulher superforte, que parecia ser uma alienigena, assim como o Marvin, deram conta do recado. Um grupo fascinante.
Aproximo-me da oriental.

_Espero que esta arma tenha lhe ajudado, e perdão por não conseguir fazer uma melhor. -faço uma reverencia e saio.


_Baran, claro, pode ter certeza que eles ficarão presos , assim como estávamos. Vi pelo seu gosto por armas que prefere as armas brancas, tome.

Entrego para ele uma espada bastarda, assim poderia lutar melhor.

Tranco os soldados não sem antes ter retirado suas armas, comunicadores, identificação,tudo o que pudesse ser util , vejo alguém que esteja morto e sem sangue e visto seu uniforme, assim como pego as armas. Agora me apresentava como um dos soldados, e assim que eu saísse da sala com os meus aliados os trancaria na sala e somente do lado de fora, perguntaria pela doutora.

avatar
leesiuloong

Mensagens : 71
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t32-comandante-greymorn

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por art05 em Sab Ago 13, 2016 4:33 pm

Essa tentativa de intimidação havia dado certo, fico parado na mesma posição olhando toda a situação se desenrolar, os soldados se renderem e serem conduzidos as celas, se eles soubessem quão poucas eram nossas chances de sobrevivência nesse cenário, como meu chefe disse uma vez "você pode ser o mais sábio daqui, mas nem tudo depende de inteligencia", de fato só a existência desse universo já é uma prova isso, agora esse povo me ensinou algo hoje, mas ainda havia muito caminho pela frente e depender de resultados forçados a nosso favor coo intimidação não sera algo que devemos repetir, assim espero,

Corpos pelo  chão, cheiro de pólvora das armas e do gás ainda estavam no ar,  Senhor Baran pede a um soldado que passe o recado dizendo que esta tudo bem, fico de olho no que ele ira dizer, pois se tivermos mais um confronto desses, nós é que teremos que nos render, fora isso não havia muito o que fazer, então digo pro pessoal;

-Recomendo que não atirem, a não ser que queiram dar de cara com esse pessoal no caminho, principalmente você mestre dos esportes, é muito fácil derrubar um guarda com uma dessas, mas duvido que você possa pegar os próximos sem ela.

Não confio nele, muito menos nele com essa arma, se ele fizer algo agressivo não terei outra escolha.


Off: se ele apontar essa arma para alguém ou para min, eu apago ele, antes um a menos que um problema a mais.
avatar
art05

Mensagens : 63
Data de inscrição : 09/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Nemesis. em Ter Ago 16, 2016 9:52 am

Quando vejo que os soldados se rendem, jogo no chão aquele que eu segurava e olho de uma forma muito fria para aqueles homens.

“Eu acharia menos trabalhoso matar todos esses homens, mas essas raças menores estão sempre se apegando a coisas pequenas como a vida do próximo.”

Me sento no corredor, enquanto todos estão ocupados demais colocando aqueles soldados inúteis em suas celas, e assim que eles terminam, me levanto e pergunto.

- Então, podemos ir embora desse lugar?
avatar
Nemesis.

Mensagens : 80
Data de inscrição : 07/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Admin em Qua Ago 17, 2016 11:36 pm

Reconhecendo a superioridade dos meta-humanos a sua frente, os soldados seguem todas as suas ordens. Largam as armas, os rádios e colocam as mãos atrás da cabeça num gesto de rendição. Em fila, eles seguem até a ala das prisões, olhando com temor para aqueles que caíram. Temendo o mesmo destino, eles simplesmente aceitam serem colocados nas celas.

- Muito bem, pessoal. Irei trancá-los, e com meu controle sobre as câmeras, a Whaler sequer vai suspeitar sobre o que está acontecendo. – Diz Crowford em um dos rádios, animado com a primeira vitória.


Baran tenta dar aqueles homens uma verdadeira lição de justiça, mas seus trejeitos medievais soam um pouco incompreensíveis e o medo que eles sentem do Rei Dragão acaba toldando a capacidade deles de interpretar aquela ordem.


Greymorning se aproxima de Katana, desculpando-se por não poder oferecer a ela uma arma mais digna de suas habilidades. A mulher, sempre muito calada, olha com atenção para o mutante, uma atenção que ela não costumava a dar a qualquer um. Então ela se curva cordialmente.

- Arigatou gozaimasu. – Ela diz apenas.


M’Kai estava bastante preocupado em não chamar mais atenção. Era de se supor que tendo em seu complexo seres de tamanho poder como o grupo, quem os tenha prendido ali não contaria apenas com meros soldados humanos para fazer a segurança. O marciano então transmite sua preocupação para o grupo, e também para o Mestre dos Esportes.

- Acredite em mim, Homem-Abacate. Eu detesto esse tipo de armamento. Se eu tivesse com meus brinquedinhos em mãos, teria liquidado todos esses homens num piscar de olhos. Mas por enquanto, essa arminha aqui vai ser muito útil. – Ele diz, ignorando a preocupação do marciano.


Ayla não estava muito satisfeita com o que acontecia naquele corredor. As atitudes fraquejantes do grupo não a agradava, mas ela via como necessário seguir junto a eles para poder escapar daquele complexo. Então ela aguarda pacientemente, até que um rádio caído ao seu lado começa a chiar.

- Então, você tinha algum namorado lá no seu planeta? – Pergunta a voz de Crowford.


O grupo decide seguir em frente após prender os guardas, e após alguns passos, chegam até a grade onde se dá o fim daquele vasto corredor. Do outro lado, eles se deparam com uma área maior, iluminada e que seguia para o sul e para o norte. No rádio, Crowford entra em contato mais uma vez.

- Essa grade está trancafiada, não consigo abrí-la. No próximo caminho, vocês terão que se decidir. Se seguirem para a direita (norte), poderão chegar até a sala do complexo onde estão guardados seus pertences, junto a um pequeno arsenal. Mas se seguirem para a esquerda (sul), chegarão rapidamente ao acesso até o próximo andar, onde fica a saída de vocês. – Alerta o doutor.

Era uma decisão complicada de se tomar. Baran sabia que sua espada e seu traje estavam naquele lugar. Greymorning tinha apreendidos seu uniforme, distintivo e sua arma. Já M’Kai e Ayla tinham apenas seus antigos trajes, que apesar de serem simples, tinham um grande valor sentimental para ambos, pois eram símbolos de suas antigas civilizações destruídas. Katana e Mestre dos Esportes também pareciam ter interesse em ter seus objetos de volta.



Status:
Comandante Greymorning: Pontos de Vida 15
Rei Dragão: Pontos de Vida 32
Lady Nêmesis: Pontos de Vida 20
Justiceiro Solitário: Pontos de Vida 20
Katana: Pontos de Vida ??
Mestre dos Esportes: Pontos de Vida ??
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 275
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Tony.B em Seg Ago 22, 2016 12:24 pm

​Logo os soldados são presos... Me viro para os outros e logo seguimos pelos corredores... Até que a voz novamente nos informa algo importante...

Meus itens... A minha espada está selada... Mas esses itens será importantes... Um guerreiro deve estar com sua armadura e sua arma em mãos...

Me viro para os outros e falo...

Irei pegar os itens...

Aponto para o homem estranho verde e para o que abria as portas e falo...

Vcs dois podem ajudar... O resto, deve proteger o local

Seguro o cabo da espada e olho para o caminho a seguir... Sabia que encontraria novos desafios... Mas esperava que eles fossem sensatos e não me desafiassem... Caso concordassem comigo, seguiria para a sala de armas...
avatar
Tony.B

Mensagens : 74
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Nemesis. em Ter Ago 23, 2016 9:51 am

Enquanto estou sentada esperando, o rádio ao meu lado chia. Meu coração acelera, fico pensando que podia ser o comando. O que eu iria falar? Mas era só aquele tal Crowford fazendo uma pergunta pra lá de idiota.

Ao invés de responder, pego o rádio e o esmago em minha mão. Em seguida, o grupo finalmente termina de aprisionar os guardas e segue em frente. Vou planando bem atrás deles até pararmos de frente para uma grade.

“Quem eles pensam que são para aprisionar uma soldado do antigo exército kriptoniano?”

Crowford nos avisa que tinhamos de escolher entre pegar nossas coisas ou sair logo daquele lugar. Meu uniforme esta lá. Sei que era só um objeto, mas eu não podia deixá-lo para trás. O símbolo da casa de Ul precisa ser carregado por seu último membro vivo!

- Grupos não se dividem em território hostil. Já deveria saber disso guerreiro. Não me interessa o que vcs tem em mente, eu vou até lá.

Esperaria até que um deles abrisse a porta de uma forma mais segura. Se nenhum conseguisse, iria dobrar as grades com minha força até poder passar.
avatar
Nemesis.

Mensagens : 80
Data de inscrição : 07/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por leesiuloong em Ter Ago 23, 2016 3:16 pm

Quando Katana me agradeça apenas faço uma reverencia de corpo, sabia um pouco de sua cultura.

Olho para meus aliados momentâneos, alguns pareciam se importar com seus itens, especialmente Katana e Nemesis.

_Eu abro a porta, vamos pegar nossas coisas.

Caminho até a mesma porem antes pergunto a Crowford:

A sala onde está o computador principal com nossos arquivos é longe daqui?

Queria eliminar tudo que tinham sobre nós e conseguir alguma vantagem sobre Amanda, ela iria pagar e caro pelo que fez.

_Algum de vocês necessita de algum equipamento até a sala? Sei que muitos não usam, mas se puder ajudar.

Com uma das armas tento modifica-la para que ela não cause barulho quando disparada.
avatar
leesiuloong

Mensagens : 71
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t32-comandante-greymorn

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por art05 em Ter Ago 23, 2016 5:40 pm

Como previsto ele ignora, creio que este não faz ideia da sorte que tem de estar aqui para só para responder isso, e não possui de fato qualquer conhecimento sobre a segurança a ser enfrentada pela frente, já que se o exercito descobrisse nossa fuga, tenho certeza que não há balas o suficiente nesse andar para encarar o que poderíamos encontrar pela frente, espero que seu espirito de luta seja maior que sua arrogância e faça jus ao nome de "mestre", então respondo de maneira educada:

-Então saiba que se isso disparar, talvez mate um ou dois deles, mas condenara todos nós, alem do mais mesmo que você seja o gatilho mais rápido, não tem balas o suficiente ai para derrubar todos eles.


Senhor Baran me chama para ajuda-lo a recolher as armas, eu aceito e acompanho, Senhorita Nêmesis decide nos acompanhar, tanto ela como eu não eramos mais do que dois lobos solitários que não carregavam nada mais que o orgulho ferido por cairmos em armadilhas tão simples, mas agora estávamos em grupo e alguns membros precisavam do que estava la, como ela mesmo disse separar não seria uma boa escolha.


Ainda estou de soldado, e ao ver o portão lembro que pegamos cartões de identificação, alguns desses costumam funcionar como passcards e creio que um deles sirva para passar por alguma porta que necessite de identificação, mas tenho minhas duvidas se alguma delas sirva ou que algum desses soldados tenha patente para isso, mas não custa tentar.


Off: atendo ao pedido e irei companhar eles para recolher o que precisam, quero ver se esse cartão serve como cartão chave para alguma dessas portas.
avatar
art05

Mensagens : 63
Data de inscrição : 09/05/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plano B - Os Anti-Deuses

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 12 Anterior  1, 2, 3, ... 10, 11, 12  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum