Guardião – O segredo de Merlin

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Guardião – O segredo de Merlin

Mensagem por Admin em Qui Jul 20, 2017 12:58 pm

Guardião – O segredo de Merlin
 
Aquela era uma grande ocasião para Theo. Era a primeira vez que ele saia ao lado de seu mestre para uma missão, não como aprendiz e professor, mas como colegas magos. Isso era um motivo de imenso orgulho, pena Theo não ter com quem dividir.
 
Os dois estavam sentados no banco de trás de uma limusine, vestidos a caráter enquanto seguiam para um museu cujo curador era amigo do Dr. Strange. O homem era guardião de uma relíquia mágica, que os livros datam da época do grande Merlin, um cajado que estava em sua família há gerações. Porém, este homem não foi agraciado com filhos, e toda a sua família já havia morrido.
 
Este homem então tomou uma sábia decisão: Entregar o objeto aos cuidados de Stephen. Porém, diferente de Theo, o mago supremo não parecia tão contente assim com tal responsabilidade, afinal, ele já possuía muitos objetos mágicos para guardar. Era uma pena, mas o destino mais provável para o cajado é que ficasse guardado no porão da mansão.
 
- Só um minuto. – Diz Stephen, pedindo licença para atender o celular que tocava com insistência em seu bolso. – Alô, Oscar, eu já estou quase chegando ai no muse... Como é? Está sendo atacado? Homens serpente vestindo manto? Oscar? Oscar!?
 
A ligação havia caído, o que deixa o Doutor Estranho com uma incômoda cara de preocupação... 
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 280
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guardião – O segredo de Merlin

Mensagem por Tony.Wiz em Ter Set 26, 2017 7:38 pm

Seguia olhando a paisagem pela janela... Me sentia nervoso e ansioso... E Strange mesmo sem ler meus pensamentos sabia como me sentia pois logo fala...


Tudo a seu tempo Theo... Aproveite a viagem... Se viéssemos por teleporte, não desfrutaria do whisky e nem da paisagem...


Respiro fundo e bebo um gole... A bebida desce queimando... 


Apenas me pergunto... Se serei realmente capaz de fazer tudo isso... Não consigo salvar a minha irma... Como posso proteger uma cidade, ou um planeta...


Strange olha pela janela... sorve um gole e fala...


Eu me faço essas questões... Como posso ser o Mago Supremo da terra... E mesmo assim, falhar diversas vezes? Mas eu sempre me levanto... E nunca desisto... Esse é meu truque de mágica por isso...


Sua frase é interrompida com o celular, ele olha franze o cenho e atende... Ignoro até ver se se tratava de uma emergência... Assim que ele desliga, crio a runa de espaço em minha mão, mas Strange fala para eu não fazer...


Ja estamos chegando... Se usarmos magia, podemos cair em alguma armadilha... Levante seus escudos, e acalme a sua mente...


Não se passam 5 minutos, mas pareciam horas diante da ligação... A voz de Wong nos informa que chegávamos ao destino... Logo vejo pela janela um grande museu, era realmente lindo... Mas com a minha visão, via runas verdes pelas suas paredes é uma forte presença de magia...


Strange olha e não fala nada, apenas desce e coloca o seu manto... Caminho ao seu lado e vejo o mesmo se aproxima da porta, uma forte barreira nos impedia de avançar...


Tome conta deles, vou abrir o caminho...


Estranho suas palavras, mas logo vejo do que se trata... 5 homens vestidos com mantos com formas de Serpente surgem saindo das laterais... Eles trazem lâminas longas e avançam de encontro a mim, uso meu domínio do espaço para me teleportar e escapar de seus ataques, mas dois deles haviam sido bastante ágeis e quando suas lâminas estavam próximas de me atingir, um bastão as deflete... Vejo Wong se colocar ao meu lado...


Nunca pode abaixar a guarda...


Aceno com a cabeça e ataco os homens com relâmpagos, enquanto Wong os atinge com seu bastão... Eles se mostravam bastante habilidosos, uso do controle de espaço para afetar seus corpos os fazendo se chocar e Wong se coloca sempre me protegendo de ataques direcionados a mim...


Não se preocupe Wong. Pode acerta-loa Tb...


Após essas palavras, Wong avança de encontro a dois deles, e rapidamente usando seu bastão os derruba, eu lanço um relâmpago contra um deles, e destruo o espaço entre outros dois, fazendo eles se chocarem novamente... 


Após alguns golpes, eu e Wong conseguimos derrubará todos os homens... E bem a tempo de Strange romper a proteção que envolvia o museu... Abrinoa a porta e Strange pede a Wong que permaneça na porta, caso outros apareçam...


Entramos e vemos um grande saguão de entrada... Cartazes de apresentações e exposições ornamentavam o local... Se não fosse pelas palavras escritas as paredes, seria realmente um lugar magnífico para...


Ouço as canções vindo dos Salões mais diatabtes... Strange olha a volta, examinando as escrituras, mas logo seguimos... Passamos por um salao e mais escrituras rodeiam o salao...

Entao... Consegue examinar as escrituras ?

Olho a volta... A minha ansiedade me fazia ir correndo na direção do canto, mas tinha que confiar em meu mestre, aprender com ele... Ativo minha visão arcana e as escrituras parecem vivas... Brilhando de forma ofuscante e pareciam se mover... Embaladas pelo som da canção... Demoro um tempo analisando...

Essas escritas... São uma forma de contra magia de selamento... É como se estivesse tentando libertar algo a muito aprisionado...

Vejo Strange sorrir e ele confirma... Com certeza ela sabia muito mais do que isso... Mas não iria revelar... Seguimos pelo salões e sempre analisando, em um dado momento ouço o som de metal se arrastando e vejo 4 homens trajando mantos verdes... Em suas mãos laminas delgadas... Eles se colocam a frente e caminho de encontro a eles... Strange apenas olha e volta seu rosto para as escrituras...

Percebo que caberia a mim lidar com aqueles homens... Eles avancam de encontro a mim... Suas laminas cortam o ar... Uso do meu controle de espaço para me teleportar rapidamente do local... E surgir do outro lado da sala.... Logo vejo que não se trata das serpentes lá de fora que não comprendiam contra quem lutava e ficaram surpresas... Os homens rapidamente saltam de encontro a mim desferindo outro corte... Tento conjurar o teleporte novamente, mas não havia sido rapido o bastante.... A unica coisa que me separou da morte foi o meu escudo de forças resistir o golpe fazendo a lamina apenas arranhar a minha pele...

Não posso me descuidar...

Me afasto e vendo uma abertura.... Vejo que a area que iria afetar não prejudicaria meu mestre e controlando a força da natureza... Aumento a gravidade no local... Os homens tentam resistir, mas a pressão era demasiada... Eles caem ao chão tentando se levantar... Aproveito essa oportunidade para lançar contra um deles um relampago... Sua roupa queima exibindo um corpo repleto de tatuagens e runas... Os outros tentam a todo custo se levantar, mas a força da gravidade era forte demais... Não podia perder tempo lutando contra eles... Destruo o espaco entre dois deles e os faço se chocarem... Um deles cai desacordado...

Eles se levantam... Estavam realmente dispostos a me enfrentar... Dois deles conseguem avançar de encontro a mim... Teria que arriscar... Vejo suas laminas vindo em minha direção e meu escudo resistindo... Até que não mais avançam... Iria aproveitar essa oportunidade... Fecho os punhos e os faço colidirem... Incapazes de resistir, ele se chocam e vejo que um deles não se levantaria mais... Agora apenas dois deles se erguem a minha frente...

Desistam... Não tem como vocês me derrotarem...

Mas eles não pareciam se importar nem mesmo com seus companheiros caidos, pois avançam de encontro a mim... Mas ao chegarem perto de mim, os atingo fazendo-os se chocarem entre si e cairem do outro lado da sala... Respiro fundo e olho para meu Mestre... Ele não mais olhava as escrituras, apenas acompanhava o meu combate...

Agiu bem... Mas precisa tomar mais cuidado...

Seguimos pelo salão e Strange começa a me explicar um pouco...

A muito seculos, Merlin era o Mago Supremo da terra... Ele talvez tenha sido o maior de todos... Depois de mim... E a sua maior adversaria era a sua propria discipula, conhecida como a Serpente... Durante seculos eles travaram uma guerra pelo titulo de Mago Supremo e da posse dos itens supremos... Obviamente Morgana foi banida e Merlin passou seu titulo para seu sucessor... Mas temo que alguem esteja querendo invocar Morgana para esse tempo novamente e isso seria realmente uma dor de cabeça... Mas vamos... Precisamos chegar ao salão principal...

Seguimos pelos corredores, as runas ainda enfeitavam as paredes só dessa vez os simbolos se tornavam mais e mais fortes... Sentia em meu corpo a energia que emanava dessas Runas... Ao final do corredor, chegamos a um grande salão onde eram expostos grandes artefatos... Olho com interesse eles, tinham energias magicas adormecidas, eram objetos antigos e que já foram usados por grandes magos, mas que agora só serviam de exposição... Mas ao ver Strange se apressar para cruzar o salão o sigo, poderia voltar outro dia para ver o museu e suas reliquias...

Considerando o fato de eu sair daqui vivo... É claro...

Mas quando chegamos a porta do outro lado... Sinto algo incomodar a minha mente... Strange fala...

Cuidado...

Então todo o lugar começa a se iluminar... No centro do local, uma cratera se abre... E patas enormes começam a sair da cratera e vejo um misto entre Leão e Serpente emergir no local... Respiro fundo, já havia lido sobre aquelas criaturas... Eram Quimeras... Hibridos arcanos de animais... Crio o simbolo de forças a minha mão e vejo a ação de Strange.... Mas não o via mas ao meu lado... Ele deve ter avançado ou apenas se afastou acompanhando o combate...

Ora pelo visto somos só nós dois...

Crio em minha mão uma chicote feito de eletricidade e movimento meu pulso para atingir a criatura... Mas o meu golpe a atinge sem criar o menor ferimento... A Quimera avança e com a sua garra, desfere um corte que se esbarra no meu escudo arcano... Sinto o frio de ver as suas garras a centimetros do meu rosto... Me movo, buscando me afastar dele e vendo que minha magia de eletricidade não surtiu efeito, disparo uma esfera flamejante, mas vejo a criatura a repelindo com a pata... Logo a Cauda de Serpente investe e suas presas arranham a minha pele... Sinto uma dor no braço...

Droga... Ela deve ter algum veneno... Preciso terminar isso logo...

Crio as runas as minha frente... Mas havia visto que minha magias não surtiram efeito na criatura... Tinha que pensar em algo... Tento criar a sua volta uma distorção no espaço, a prendendo no local... Mas era dificil demais segura-la e rugindo a mesma escapa e avança de encontro a mim... E dessa vez as suas garras rasgam o meu peito... Muito sangue verte pela ferida... Olho para o lado... Esperar ver Strange, dominando a criatura e me mostrando que ainda estava longe de ser um Mago forte o suficiente para pensar do titulo de Guardião... 

Mas os olhos que me fitam não eram os de meu Mestre e sim de minha irmã... E dessa vez a mesma não estava dominada... Não havia tristeza e nem sofrimento em seus olhos... Ela sorria como uma criança deveria sorrir... Estendo a mão para ela e ela estende a sua e corre em minha direção... Vejo a Quimera saltar de encontro agente e suas grandes presas dispostas a me rasgar junto a minha irmã... Mas não iria permitir... Me levanto e me colocando a frente da minha irmã estendo a mão para a Quimera e grito... Então um clarão irrompe de minha mão ofuscando a minha visão...

Abro os olhos apenas para me ver parado ainda diante da porta... Meu coração batia forte... Strange estava ao meu lado e sorria... 

Vejo que conseguiu superar a ilusão... Fique sempre vigilante... E use de toda a sua vontade para não se perder...

Olho a volta, para onde a Quimera surgiu e o chão estava intacto, minha irmã tambem não estava ali... Por um lado, sentia o alivio de não estar enfrentando a fera, mas isso tambem significava que minha irmã não estava com aquele sorriso...

Strange abre a porta e noto que haviamos chegado ao salão principal... Ao centro um homem estava preso em uma piramide de luz, ele segurava um cajado e pela sua aparencia, aquilo estava o consumindo... A frente, diversos homens vestidos de roupas que se assemelhavam a serpentes recitavam uma canção, e de seus corpos, uma estranha energia era emitida para a piramide.... Mas a frente um homem olhava para o interior e falava algo... Mas ao notar a nossa aproximação se cala e se volta para nós...

Ele traja um robe verde onde se nota as mesmas runas que estavam na parede... Em uma de suas mãos, ele tinha um livro e na outra ele usava uma espada de lamina delgada... Olho para a espada e sinto um frio percorrer as minhas costas... Não entendia o por que...

Ora se não é o Senhor Mago Supremo da Terra... A que devo a honra...

Strange caminha pelo local olhando a volta, aproveito para analisar o cantico, e vejo que se trata de uma invocação... O homem dentro da piramide, devia ser Oscar, e pelo esforço, devia estar resistindo bastante para mante-los longe do cajado...

Sabe que não vou permitir que avance com o que quer que esteja fazendo...

O homem gargalha e fala...

Como se você pudesse se opor a mim... O protetor do Cetro está caindo... E assim que a barreira cair... A Serpente voltará a esse mundo... Não pode me enfrentar e proteger ele ao mesmo tempo... Nem mesmo você pode fazer isso Strange...

Strange sorri e aponta para mim e fala...

Eu não disse que eu ia te derrotar... Tenho certeza que o Guardião será habil em fazer isso... Então, com sua licença....

Strange desaparece repentinamente e já o vejo ao lado de Oscar... Ele se ajoelha e ajuda o homem a se erguer e toma o cajado em suas mãos.... O poder deveria ser realmente avassalador, pois sinto uma emanação varrer todo o salão... O homem grita e brande a espada na direção de Strange... Mas meu Mestre havia confiado a mim a missão de derrotar aquele homem... Crio um relampago e lanço contra o homem, que ao ver o relampago em sua direção, apenas o corta com a sua lamina...

Moleque insolente... Já matei Magos mais poderosos que você... Acha mesmo que é capaz de me derrotar... Vou derramar seu sangue para Strange ver...

O guerreiro avança em minha direção, ele brande a sua espada... Penso em usar da mesma estratégia contra os guerreiros e iria deixar meu escudo me proteger... Conjuro um Relâmpago em minhas mãos... Mas quando a lâmina vem em minha direção... Sinto um frio gélido percorrer minha espinha... Ouço a voz de Strange...

Theo.... Cuidado, Não...

O Relâmpago atinge o guerreiro que franze o rosto diante da corrente que rasga sua pele, mas ele continua avançando...

A lâmina corta a barreira de energia que me envolvia como se ela não fosse feita de nada, sinto o ardor da lâmina rasgar meu abdômen... Os relâmpagos talvez tenha distraído o homem o suficiente para que sei golpe não fosse fatal, mas meu sangue vertia...

Minha respiração acelera... Sinto o medo de morrer ali, o guerreiro sorri e fala...

Vejo que sentiu o terror de enfrentar a Víbora Arcana... Essa espada foi forjada com o metal dos grandes assassinos arcanos e passada em gerações para os defensores da Serpente...

Ele se coloca novamente em guarda e avança desferindo os cortes... Vejo que meu escudo não irá adiantar, apenas uso do meu controle de espaço para me teleportar escapando de seus golpes...

A cada golpe, via a lâmina passar próximo a mim, emitindo um calor... Mas em um dos ataques, o guerreiro abaixa a sua guarda e vejo a oportunidade para agir... Sabia que se deixasse o momento passar estaria perdido... Via Strange conjurar encantamentos para manter o poder do cajado em equilíbrio... Cabia a mim derrotar esse oponente...

Toco no chão e fazendo o arcano de força surgir no solo, retiro a gravidade do local... O guerreiro começa a levitar sem controle...

Desgracado... Acha que só isso é capaz de me deter ?

Ele apoia os pés no teto e quando pegava impulso para avançar contra mim, formo os arcanos de Espaço... Iria destruir o seu corpo ali... Destruo o espaço entre ele e o chão... E novamente entre ele e o teto... O fazendo se chocar com os dois extremos com grande força... Seu corpo sofre bastante, ele se levanta muito fraco... Minha visão já turvava devido ao ferimento... Não sabia quanto tempo mais aguentaria lutar... Ele avança contra mim... A espada em riste... Sabia que agora era tudo ou nada... Tinha que dar tudo de mim nesse golpe... Respiro fundo...

Conjuro uma espada feita de puro Relâmpago em minha mão... Ele avança em minha direção... As duas espadas se chocam... Mas a lâmina da Víbora desfaz a minha lâmina e penetra no meu peito... O guerreiro sorri...

Veja patético... Achou mesmo que poderia me derrotar...

Mas meu corpo se desfaz sob os olhos intrigados do guerreiro... Ele vê a lâmina feita de Relâmpago o perfurar pelas costas...

Saiba que nunca você poderia me derrotar... Não antes de eu salvar a minha irma...

O guerreiro olha para mim confuso... Mas cai de joelhos e vejo o brilho do seu olhar se apagar...

Apanho a espada no chão... Sentia a mesma queimar a minha pele... Vou até o local onde está o altar onde o guerreiro lia o livro e cravo a espada no mesmo... Logo as runas nas paredes se apagam... Os cultistas se levantam assustados... Em transe não sabiam o que ocorria... Alguns esboçam reação de me atacar, mas ao ver o corpo do seu líder caído ficam hesitantes... Ao ver que o inimigo estava derrotado Strange desfaz a barreira e prende os cultistas com as faixas vermelhas...

Me apoio no altar e vejo Strange descer com o Cajado em uma das mãos e apoiando Oscar na outra...

Lutou bem... Realmente fiquei assustado ao ver vc ser golpeado... Pelo visto as noites de Gotham os estão deixando bem treinado...

Sorrio e apenas concordo com a cabeça... Sentia muita dor para poder responder... Strange coloca a mão sobre a minha ferida e com algumas palavras as faz fechar...

Logo sinto o alívio da dor ir embora... Olho para os cultistas e para o Cetro...

O que vamos fazer com eles ? E com o cetro?

Meu mestre olha a volta e estala os dedos, fazendo os cultistas desaparecerem...

Eles... Vamos deixá-los esperando em algum lugar não muito agradável... O cetro... É preciso um poder arcano muito grande para manter o poder de Merlin sob controle... E...

Ele olha para Oscar e o mesmo parecia entender algum tipo de comunicação especial entre eles...

Conheço um Mago que com certeza será adequando para o trabalho é um dia poderá ser tão poderoso quando o próprio Merlin...

Estranho as palavras de meu Mestre, até ele me estender o Cajado... Arregalo os olhos surpreso e falo

Não... Não me julgo capaz de carregar esse poder...

E então Oscar se aproxima e fala...

E é exatamente por isso que vc é mais do que qualificado para ser herdeiro do poder de Merlin... Pois é o seu coração que o fará forte... Assim como o amor por sua Irma...

Ouço as palavras de Oscar e respiro fundo... Estendo a mão e Strange põem o cajado na minha mão... Ao toca-lo, sinto em minha Alma a energia que flui do mesmo... Sinto que seu poder é imenso... Mas em comunicação com a minha Alma sinto seu poder se equilibrar ao meu... Logo o mesmo se torna um símbolo em minha pele, estando agora fazendo parte da minha Alma...

O poder desse Cajado é muito forte... Mantenha sempre sua Alma firme e seu coração vigilante... E sua mente manterá o Cajado estável... Agora, Oscar, eu adoraria uma dose de whisky...

Saio acompanhando Oscar e Strange... Sentia que estava cada vez mais forte... Olho para trás e vejo a imagem de minha irmã... Seu rosto trazia tristeza... Mas assim que aperto o punho, ela sorri... Sabia que ela me esperava... Que eu iria salvá-la...
avatar
Tony.Wiz

Mensagens : 76
Data de inscrição : 19/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guardião – O segredo de Merlin

Mensagem por Admin em Qui Out 12, 2017 11:03 pm

Avaliação: 


Um história bem simples, embora criativa em alguns momentos, como quando Theo enfrentou a fera que na verdade era uma ilusão. Não houve descrições suficientes para se mergulhar na cena, e o fato de Theo ter sido envenenado no meio da história e isso ter sido esquecido no final, representou um furo. Houve também muita insistência em usar a Colisão de Mundos, um mestre das Forças poderia variar um pouco mais em suas magias. No mais, foi uma boa história para passar o tempo. 




Premiação: 


6 xps
6 pontos temporários de sabedoria. 
Arma Especial - Nível 1 - Cajado do Arquimago (+1 em Arcano)
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 280
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guardião – O segredo de Merlin

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum