Sagnac - 28-b

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sagnac - 28-b

Mensagem por art016 em Qua Jun 28, 2017 2:34 pm

Ficha: 

Nome do Personagem: Brainiac 28-b
Alter-ego: Sagnac
Nome do Jogador: Art016

Título:
Comportamento: visionário
Natureza: Lobo solitário


Raça: Coluano
Idade: 150
Nacionalidade:
Etnia:verde
Cabelos:nenhum
Olhos: negros, ficam claros quando em conexão
Sexo:masculino


Atributos - Físicos (Defina se foi o 7-5-3 que você usou) 7 

- Força: 4
- Destreza: 4
- Vigor: 2

Atributos - Sociais (Defina se foi o 7-5-3 que você usou) 3

- Carisma: 1
- Manipulação: 4
- Aparência: 1

Atributos - Mentais (Defina se foi o 7-5-3 que você usou) 5

- Percepção: 1 + (5 pbs para 1) = 2  superatributo x5 = 10
- Inteligência: 4 = 5 superatributo x5 = 20
- Raciocínio:  3 = 5 superatributo x5 = 15


Habilidades (13-9-5 qualquer ordem, favor definir qual usou em cada um para facilitar nas contas.)

Habilidades - Talentos 13

Prontidão: 3
Esporte: 3
Briga: 3
Esquiva: 3
Empatia: 
Expressão: 
Intimidação: 
Instinto Primitivo: 
Manha: 1
Lábia: 

Habilidades – Perícias 9

Emp. c/Animais: 
Ofícios: 2
Condução: 1
Etiqueta: 1
Armas Fogo: 3
Armas Brancas: 2
Liderança: 
Performance: 
Furtividade: 
Sobrevivência: 

Habilidades - Conhecimentos 5

Computador: 1
Enigmas: 
Investigação: 2
Direito: 
Lingüística: 
Medicina: 
Ocultismo: 
Política: 
Rituais: 
Ciências: 2


Antecedentes: (5 pontos)


Vetra (dimensional space ship) (5)


survival power suit (5)


Disciplina (5 pontos)

Super atributo inteligencia

clones 1(3 pb)


Fusão 5


Força de Vontade (5 Inicial)
Energia (5 Inicial) + 3 (6 pbs)


Defeitos

Visado (4 pontos) A constante vigilância não é perfeita, mesmo toda a tecnologia da nave deixa rastros, e está começando a atrair suspeitas indevidas.


RENOME: 
- Glória Permanente:
- Honra Permanente:
- Sabedoria Permanente:




História: 


- Como era a vida do seu personagem? 


Spoiler:
Um outro universo, outra realidade, ao contrario do nosso, nesse universo dele a matéria é um pouco mais presente, o que gerou quase o dobro de buracos negros e estrelas mais massivas logo muitas das coisas que acontecem aqui, existem de maneira diferente ou se quer existiram la, com o tecido espaço tempo entrado em colapso, não restou a ele e a muitos membros viajarem entre as realidades os universos para descobrir o que está acontecendo e como corrigir, se for possível.



- Como seu personagem decidiu se tornar um herói? 



Spoiler:

Algo o prendeu nesse universo, nesse universo onde um planeta que ele conhecia ainda continha vida, em seu universo, a terra, chamada apenas por um conjunto de letras e números, era um planeta coberto por ruínas, oceanos alcalinos, nuvens marrons e escuras, chuvas acidas, crateras visíveis de orbita em locais onde grandes ruínas existiam mostravam que seja lá quem viveu lá, foi vaporizado em alguma guerra, talvez as similaridades do que era antes tenham acendido algum alerta nele, ele não pode salvar um universo, mas talvez consiga salvar um planeta.




- Onde seu personagem vive agora? 


Spoiler:
Na nave estacionada no ponto de inacessibilidade da antártica, ela ainda pode se deslocar em voo orbital ou sub orbital, com menos velocidade (Sub ftl) pode executar pequenas viagens interplanetárias, mas essa opção fica apenas para ultima necessidade já que o núcleo pode levar dias até recuperar a energia de volta, a nave possui um avançado sistema de vigilância numa rede separada feita especificamente para espionar a rede mundial, ele passa boa parte do tempo localizando possíveis fatores que possam levar ao fim, e fatores não faltam, são muitos, mas ele era só um, ele vigia talvez no aguardo do dia prometido, para evitar que o mesmo chegue.



- O que motiva seu personagem?

Uma outra dimensão, outra existência, talvez a capacidade de ver e compreender as coisas de outras perspectivas, algumas similaridades de motivos escondendo descomunais diferenças por traz de rostos similares, salvador, monstro, guardião, vigilante, as razões para se manter a vida, talvez as mesmas para tira-la, impossível se dizer quantos caminhos alternativos podem ter sido escolhidos em diversas situações, deus adorados se convertendo em tiranos temidos, vigilantes concordando com atos que antes condenavam, guardiões enclausurados na zona ofuscada de manter longe o caos que vem de fora ou de si mesmo, o desejo de determinar linhas, para revelar os limites de quem são os outros, para assim descobrimos quem somos, meus motivos são muitos, talvez não tantos quantos suas realidades, necessidades ou desejos, mas com certeza são mais claros, mas não superiores, vi muitas versões de diferentes planetas, deste incluso, comparados com um ele pode estar condenado, com outros esse parece ainda ter chance, vamos descobrir qual realidade é essa que me prende.






Ultima questão:

Uma outra dimensão, um universo encontrava seus últimos suspiros mas não de causas naturais, nesse universo a matéria é muito mais presente do que o nosso, logo estrelas massivas e buracos negros são muito mais comuns, muitas das coisas que ocorrem aqui, se desenvolveram de maneira diferente lá ou nem ocorrerão, coluanos se desenvolveram como os daqui em níveis de intelecto e tecnologia, mas dada a existência em universo tão perigoso, os fez desenvolver tecnologias para controlar suas estrelas, salvar mundos ou impedir o surgimento de buracos negros, lá eles explodem estrelas para impedir supernovas ou impedem que estrelas implodam, explodindo elas antes de atingirem um ponto sem retorno, mas não sem antes remover qualquer especie que viva nas redondezas, mas nem eras de trabalho duro impediram o próprio tecido espaço tempo de começar a entrar em colapso, se, respostas eles construíram a maior mente artificial que conseguiram, uma rede de satélites orbitando uma estrela, diversas camadas funcionando absorvendo todo poder energético da estrela funcionando como um hiper computador, criado para responder a pergunta, "como podemos retornar a entropia do universo a seu verdadeiro estado?".

Pergunta essa que mesmo após todo o trabalho feito, não possuía uma reposta clara, era como se algo estive-se deliberativamente destruindo o universo, ou como se o mesmo não deve-se existir, mas em troca descobriram como atingir outros lugares, alem do horizonte das estrelas, alem do espaço sombrio, alem do espaço tempo deles que se retorcia cada vez mais a cada segundo, aquele universo estava sem alternativas, mas ele ainda tinham algumas, e uma delas era e exploração de outras existências, e um deles, identificado como Brainic 28-b, era um dos escolhidos para investigar uma poderosa fonte de energia que estava sendo identificada mesmo através do distante ruido de fundo do velho universo deles, era uma viagem perigosa, mas uma alternativa caso contrario eles teriam que fugir daquela existência ou criar uma nova, a nave usada para essas viagens são perolas da tecnologia, mas com poder limitado a certos níveis, usavam dois núcleos, um para o deslocamento da nave e outro para o salto dimensional, esse segundo requeria uma quantidade absurda de energia, tanta que só poderia ser usado duas vezes, uma para ir e outra para voltar, mas ele nunca voltou.

No meio do salto dimensional, para o universo que habitamos, um poderoso pulso de energia abateu a nave nas redondezas do sistema solar, não se sabe se era de origem artificial ou natural, mas foi poderoso o suficiente para desestabilizar o núcleo de matéria negativa, necessário para o salto dimensional, sem alternativa, o núcleo teve que ser ejetado da nave, explodindo logo em seguida, a explosão gerou energia o suficiente para causar auroras em Netuno, planeta próximo do lugar, a nave porem saiu danificada, seguindo com problemas até pousar na terra, um pouso de emergência, o pouso foi em um lugar frio, longe da civilização, no ponto de inacessibilidade da antártica, lá ele pode reparar a nave, mas não sem custo, o outro núcleo estava danificado alem de simples reparos, a nave voava mas não mais do que voos em sub orbital ou interplanetários em baixa velocidade, agora era oficial, a terra seria seu lar.





TIS+05643:
Numa região longínqua do firmamento,existia uma estrela, caminhava arrastando diversos planetas, entre outras quase tão antigas quanto, numa passagem, a nave detectou um estranho pulso de sinal, um único pico de energia, vindo do segundo planeta, esse planeta possuía bom tamanho, em sua orbita, satélites, espaçonaves, destroços, em sua superfície, densas regiões de ruínas, marcadas por crateras visíveis do espaço, seja la o que vivia ali, não havia resistido as nuvens escuras de tempestades, atmosfera banhada de toxinas e oceanos alcalinos, as ruínas em algumas regiões eram grandiosas, muitas arranhavam as nuvens, nas estradas que cortavam as ruínas, detritos do que pareciam veículos, resíduos de um dia ou dias que nunca terminaram, o que eram era impossível de dizer, o lugar era implacável, ventos poderosos, chuvas acidas, nuvens marrons, um estranho lugar, que só deu uma nova pista quando ele viajou para um outro universo, onde ele está preso, um planeta existe na mesma região, porem aqui era o terceiro, o motivo que era segundo se deve ao fato do primeiro planeta ter sido vaporizado, virado um cinturão de asteroides ao redor da estrela no outro universo dele, aqui ele descobriu que aquele planeta antes identificado como letras e números, se chamava terra, estranhas similaridades foram notadas e talvez isso tenha lhe assustado, seu universo estava agora longe de sue alcance, longe de uma salvação, mas esse planeta talvez tenha chance, se o mesmo futuro ocorrer.

art016

Mensagens : 8
Data de inscrição : 09/04/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum