Excelsior - As Estrelas Nunca dormem

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Excelsior - As Estrelas Nunca dormem

Mensagem por Admin em Ter Jul 11, 2017 2:12 pm

Mortuus havia dominado a situação com o Ravager fugitivo ao permitir que o espírito do prisioneiro morto se apoderasse de seu corpo. O Klyntar, que agarrava o pirata o solta, e o espírito meio perdido ao se ver reencarnado dedica sua lealdade ao jovem deus da morte.
 
- Sim, eu sei. Há algumas cápsulas de fuga nesta nave, feita para casos de emergência. Não será necessário pilotá-las. Elas foram programadas para se dirigirem ao primeiro planeta civilizado que encontrarem. – Responde o fantasma no corpo do Ravager.
 
 
Wrath, que havia largado o Ravager ao perceber o que acontecia, se mostra aborrecido com todas aquelas censuras ao seu comportamento, incluindo a de Audrey. Aqueles piratas não passavam de escória, quem sentiria falta deles?
 
“Eu sei, suas únicas lembranças são das máquinas daquele laboratório e do tubo de ensaio onde você foi conservado”, diz Audrey mentalmente. “Mas já chegou a hora de você saber que a sua espécie é composta por seres de uma ideologia superior, sempre em busca da harmonia não pessoal, mas sim de todas as galáxias. Wrath, nós não existimos para dominar ou destruir, mas para que juntos possamos aperfeiçoar um ao outro e nos tornarmos o guerreiro perfeito.”
 
Após ouvir aquela revelação por parte da doutora, Wrath faz duras críticas ao plano de sair daquela nave em módulos de fuga, o que deixa o pirata possuído bastante pensativo.
 
- Você tem razão. – Ele diz. – Se sairmos nesses módulos, mesmo sem Yondu perceber, a nave os alertará, e será fácil para eles nos abater em pleno espaço. Sim, existem naves menores com as quais seria mais fácil escapar deste cruzador. Mas elas ficam no hangar, e não será simples chegar até lá.
 
Wrath tinha agora uma resposta sobre como fugir daquele cruzador, mas para ele escapar da prisão não era o bastante. Sua máquina havia sido roubada, e nem ele e nem a doutora estavam dispostos a ir embora sem ela.
 
- Desculpe, eu não sei nada sobre esta máquina. Meu espírito reside em outro mundo, e só estou neste graças aos poderes do mestre. – O fantasma responde.
 
 
Henry estava completamente invisível, de um modo que os companheiros que se dirigiam a ele o fazia totalmente cegos quanto a sua posição. Assim, o garoto aproveita para seguir em frente enquanto os outros discutiam. Com um salto, ele novamente se prende ao teto e caminha com movimentos tipicamente aracnídeos.
 
Da passagem de onde vieram os Ravagers, um jogo de corredores metálicos escuros se apresenta a Henry. Pela vibração no teto onde se agarra, é possível sentir que a nave está em movimento intenso. Isso é tudo que ele percebe por um tempo, até que no quarto corredor em que dobra, seus sentidos aranha o alertam para novas ameaças. E com sua visão, ele vê uma dupla de Ravagers se aproximando enquanto jogavam conversa fora.
 
- Onde estão aqueles imbecis? Yondu vai chutar a bunda deles quando souber que eles abandonaram seus postos. – Diz um.
 
- Não. Yondu vai arrancar a pele deles, quem vai chutar a bunda deles sou eu. – Responde o outro.
 
Com sua visão, Henry consegue ver seus esqueletos brilhando em azul, e brilhando ainda mais, suas armas balançando em seus cintos enquanto eles caminham em direção ao grupo, podendo pegá-los seus aliados de surpresa.
 
 
Não era fácil para Annabelle adaptar-se a sua nova realidade, presa em uma nave com um grupo de desconhecidos usando uma gama de poderes nem o menor controle. Mas a mutante logo coloca a mente no lugar e bola um bom plano, externando-o a seus companheiros.
 
- Devem tomar cuidado. – Alerta o possuído. – Os Ravagers são estúpidos e não ligam para segurança, mas em alguns setores da nave ainda há câmeras que funcionam. 






Status:
Wrath: Pontos de Vida 30/ Energia 3/ Força de Vontade 4

Demoniza: Pontos de Vida 30/ Energia 3/ Força de Vontade 5

Spiderboy (Defesa Entrópica, Invisível): Pontos de Vida 35/ Energia 7/ Força de Vontade 5

Mortuus (Transição Crepuscular): Pontos de Vida 15/ Energia 5/ Força de Vontade 5

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 237
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excelsior - As Estrelas Nunca dormem

Mensagem por Wrath em Sex Jul 14, 2017 5:13 pm

Uma força furiosa ataca meu sistema nervoso ao ouvir, que esse tapado simplesmente não viu nada, como esse retardado sabe tudo dessa droga de nave  e não dessa porra dessa maquina!? A seu...RRWAAAARRRRGGGG desgraça, vou arrancar seus olhos e enfiar pela sua garganta para que você veja em primeira mão quando arrancar seu coração!!!



Avançamos sobre ele mas antes que o pegue e faça algo, eu tento me controlar, GGRRRRR esse... aahhhh , a doc sabe o quanto isso é difícil, mas pelo menos dessa vez tenho que tentar, assim paro e peço pro cantor;



-Você, faça um desses negócios...  Que você faz e vê se algum desses paspalhos sabe onde esta a nossa maquinae praque lado fica o hangar...




Agora me dirigindo em mente a Audrey pergunto, ela sabe que não faria nada com ela mas ela sabe o quão difícil me segurar desse jeito e pergunto;



-Ah arggh me explique, minha rede neural não compreende o uso de guerreiros para trazer qualquer tipo de harmonia ou seja lá o que...



Temos pressa sim, cada segundo parados ali era uma derrota, vamos logo catar essa geringonça e vazar o quanto antes.



Off: Aguardar o cantor e ver o que ele descobre.
avatar
Wrath

Mensagens : 23
Data de inscrição : 13/10/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excelsior - As Estrelas Nunca dormem

Mensagem por Tony.spider em Sab Jul 15, 2017 3:11 pm

Não estava satisfeito com a situação... Eles pareciam mais a vontade para eliminar do que tentar voltar em segurança... 

Quer dizer, só o Klyntar...

Ouco o pedido da garota e sigo pelo teto... Não demora muito  e vejo dois piratas indo na direção do grupo... Eles poderiam pega-lis de surpresa e alertar a tripulação... Iria caminha cuidadosamente atras deles pelo telhado, atento a aproximação do grupo...

Nao posso prendê-los no meio do corredor... Alguém poderia aparecer e aí iria ser dado o alerta... Preciso esperar eles estarem o mais próximo possível do grupo e agir antes de alerta-los...

Iria acompanhar a dupla... Quando eles estivessem próximo de alcançar o corredor do grupo iria disparar duas teias os prendendo...
avatar
Tony.spider

Mensagens : 17
Data de inscrição : 10/10/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excelsior - As Estrelas Nunca dormem

Mensagem por Demoniza em Dom Jul 16, 2017 10:31 am

Ainda não entendia direito a situação, mas pelo o que vejo Mortuus deu um jeito para trazer aquele alienígena para o nosso lado. Agora ele está nos contando como fugir daquela nave, mas não me parece fácil.
 
- hum... msm sendo perigoso, eu voto por irmos no hangar pegar uma nave. Essa lata velha aqui estava viajando na velocidade da luz e isso significa que já estamos a uma distância considerável da terra. Capsulas de evacuação não irão nos levar de volta pra casa.
 
O klyntar aparenta estar preocupado com algum tipo de máquina. Não sei bem o que é e nem pergunto. Apenas fico quieta apesar de não concordar mtu em perder nosso tempo com uma máquina. 
avatar
Demoniza

Mensagens : 17
Data de inscrição : 01/01/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Excelsior - As Estrelas Nunca dormem

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum