Sekhen - Deusa da guerra

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sekhen - Deusa da guerra

Mensagem por Art012 em Sex Dez 23, 2016 3:27 pm

Nome do Personagem: Anouke
Alter-ergo: Sekhen
Nome do Jogador: art012
 
Título: Deusa da guerra
Comportamento: predadora
Natureza: Heroi relutante
 
 
Raça: Divindade
Idade: + 3500 anos
Nacionalidade: Antigo egito
Etnia:
Cabelos:
Olhos: olhos amarelos, as vezes brilham no escuro mesmo sem luz pra refletir.
Sexo: feminino
 
 
Atributos - Físicos (7)
 
- Força: 4 x5 = 20 (Punhos de ferro)
- Destreza: 4 x5 = 20 (Reflexos felinos)
- Vigor: 3 x5 = 15
 
Atributos - Sociais (3)
 
- Carisma: 1
- Manipulação: 4 (Persuasão)
- Aparência: 1
 
Atributos - Mentais (5)
 
- Percepção: 3
- Inteligência: 3
- Raciocínio: 2
 
 
Habilidades (13)
 
Habilidades - Talentos
 
Prontidão: 3
Esporte: 3
Briga: 3
Esquiva: 3
Empatia:
Expressão:
Intimidação:
Instinto Primitivo: 1
Manha:
Lábia:
 
Habilidades – Perícias (9)
 
Emp. c/Animais:
Ofícios:
Condução:
Etiqueta:
Armas Fogo:
Armas Brancas: 3
Liderança:
Performance:
Furtividade: 3
Sobrevivência: 3
 
Habilidades - Conhecimentos (5)
 
Computador:
Enigmas: 1
Investigação: 2
Direito:
Lingüística: 2
Medicina:
Ocultismo:
Política:
Rituais:
Ciências:
 
 
Antecedentes: (5 pontos)
 
Mentor 5 - Wepwawet :
Tambem conhecido como "Aquele que abre os caminhos", antigo deus da guerra com cabeça de lobo, também associado como aquele que protegia e guiava os exércitos do Egito, se tinha alguem capaz de guiar a perdida mente de Anouke, esse alguém seria ele, mas mesmo ele parece distante dela, quase sempre em silencio, as vezes usando poucas imagens para se comunicar com ela através de raros sonhos, por que ele a tenta guia-la, para um caminho que ela não foi feita para seguir? .

 
 
Disciplinas:
 
Imortalidade:
Por ser uma divindade, o tempo não afeta mais Anouke desde que atingiu a maturidade. Ela viverá para sempre.

 
Superpoder - Forma Humana:
Superatributos Físicos mudam para Superatributos Sociais

 
 
Habilidade de Guerra 5 - Feral:
Nível 1: Golpe Desintegrador: Bônus de +2D em dano com este movimento.
Nível 2: Golpe com o Cotovelo ou joelho: Bônus de +3D no dano com este golpe.
Nível 3: Golpe saltado: Bônus de +3D em Briga para este movimento.
Nível 4: Arte da Invisibilidade: +4 na dificuldade do alvo de encontrá-lo.
Nível 5: Golpe devastador: Bônus de +4D no dano com este golpe.

 
 
Defeitos
 
Fúria (-1 Ponto): As vezes, as vozes vencem a razão.
 
Aparência Monstruosa (-1 ponto): Ela é intimidadora, a ultima coisa que qualquer um quer é dar de cara com um leão de 2 metros de altura, quase sempre com um olhar raivoso, um problema faz sua boca sangrar em momentos de stress mostrando o antigo monstro sedento de sangue que ainda reside nela, sua aparência mostra logo de cara que ela não é de conversa.
 
Insano - Esquizofrênico (-1 pontos): Ao despertar antes da hora, ela quebrou o laço, a conexão que tinha com sua deusa, o  retorno inesperado a essa terra somado a confusão e raiva tornam a mente dela terreno onde o antigo e temido deus Set tenta estabelecer domínio, Anouke nutre uma ponta de raiva contra Rá e contra a humanidade por terem conspirado contra sua senhora, e Set rega essa raiva com frequência, a base de desafios e provocações sempre mostrando o lado obscuro por traz de tudo, ele possui grande conhecimento então sempre soa como se fosse a voz da razão, ele busca torna-la aliada, uma mensageira do caos, Sekhmet não criou suas servas para precisarem de ajuda, então ela escuta e confronta ele sozinha, mas até quando ela suporta?
 
Má fama (-1 ponto): Aparência da antiga deusa da guerra e da vingança e mesma atitude, muitos a tratam com arauto de guerra, outros, questionam se ela não veio oferecer risco a humanidade.
 
 
Força de Vontade (5 Inicial)
Energia (5 Inicial + 2 pb = 7)
 
 
RENOME:
- Glória Permanente:
- Honra Permanente:
- Sabedoria Permanente:
 
 
Xps:
(Ganho: 17/ Gasto 0)

 
 
História:
 
- Como era a vida do seu personagem?
 
Criada como parte de um pequeno exercito, a partir da vida que foi arrancada do Saara por Sekhmet, já surgiu pronta para a guerra, lutaram ferrenhamente contra a humanidade sem enfrentar resistência ao lado de sua deusa, eram como uma só entidade, até o fim súbito do conflito.
 
- Como seu personagem decidiu se tornar um herói?
 
Não se tornou por que quis ou  nem mesmo se considera uma, depois que Rá levou Sekhmet, todas as suas semelhantes que ficaram foram postas para dormir, ela resistiu até o ultimo momento, ficando dias ainda acordada, até o espirito de Anoute não aguentar mais ignorar a ordem e cair no sono eterno até o dia em que sua Mestra retornaria, porem ela foi desperta algumas eras depois, antes do retorno de dela, vagou pela terra e limpou algumas das antigas tumbas, muitas ainda não encontradas, porem outras serviam de esconderijo para terroristas, não foi fácil e nem passou despercebido, hoje alguma pessoas ainda contam sobre ela, a deusa da guerra, a leoa que vaga pelas terras do antigo reino.
 
- Onde seu personagem vive agora?
 
Algumas cavernas extremamente isoladas ou perto de tumbas de suas colegas ou servos de outros deuses do Egito, as veze se aproxima das cidades mas raramente entra.
 
- O que motiva seu personagem?
 
Perdida num mundo que não é dela, ela a principio se concentra em manter terroristas longe das terras do antigo reino, mas mesmo isso começa a perder o sentido para ela ao longo dos anos, Wepwawet, seu mentor (tão misterioso que nem mesmo a historia humana o conhece direito) pode ter mostrado os caminhos para um objetivo, mas se ela vai ou não seguir, só o tempo dirá, Set tenta fazer ela seguir por um caminho similar ao passado dela, mas algo mantem ela longe do passado, ela ainda mantem a agressividade e atitude de antes, mas algo tenta dar um rumo novo para essa fúria .
 
 
 
Aparencia:
Aparência:  2,30m de altura, cabeça de leoa  e um corpo forte coberto de pelos, pernas tipo digitígrado, costuma andar coberta por um manto negro com capuz, por baixo veste uma roupa feito de material escuro  que adere ao corpo deixando apenas cabeça, braços e cauda de fora, usa um tipo de luva do mesmo material, com abertura para os dedos, as vezes usa um manto com camuflagem para deserto, quando em repouso costuma usar roupas que lembram as de sua época, mas somente dentro do local onde ela reside.

 
 
historia:
Uma das muitas seguidoras perdidas de sekhmet, que desceu a esse mundo junto com ela e um pequeno porem temido exercito num passado remoto, após a contenção de sekhmet ela e todas as outras foram postas sob animação suspensa para aguardar o retorno de sua deusa, porem desperta nesse tempo antes da hora, graças as eras de guerras que vem assolando  seu antigo lar, quando um bombardeio em antigas cavernas onde terroristas se escondiam fez muito mais que muito barulho, fez um antigo templo soterrado ruir parcialmente, justamente desabando sobre o local onde sua carcaça esperava a hora de retornar ao mundo dos vivos, mas por um puro golpe de sorte, a unica coisa destruída pelas pedras foi o selo que a prendia, quando despertou (após restaurar seu corpo) tudo que ouvia era tiros, explosões, gritos de dor e ordem, sem entender nada tudo que fez foi justamente aquilo que deveria, defender o templo de sua deusa contra os invasores, assim ela fez, antes de perceber quanto tempo havia se passado, e que as outras não haviam despertado pois a hora não havia chegado, ela teve dificuldade, nada lhe agradava nesse mundo barulhento, onde Nut (a deusa que cobria o céu noturno de estrelas com seu corpo) quase desaparecia por traz das luzes sem chama das cidades, era um outro mundo e as ruínas de sua era mostravam que agora tudo aquilo que era tudo pra ela, para esse povo, era só uma lenda, ela teve que se adaptar, mas não demorou até os instintos de serva falarem mais alto e ela partir para ver como estavam os outros templos escondidos,  e numa caverna onde um deles estava também servia de esconderijo para terroristas, ela tentou limpar o local, mas dessa vez a luta foi quase um suicídio, mas ela conseguiu limpar aquele local daquele povo, em sua mente matar era um comando que ecoava, comandava, mas ao contrario de eras atras, não era tão alto, por causa de seu despertar antecipado, ela agora não matava mais cada humano que via, o que permitiu a membros de um pequeno vilarejo próximo cuidassem de seus ferimentos, eles estavam a anos sob o controle daquele grupo, ela é assustadora e ainda usava seus trajes cerimoniais mas seus ferimentos e esse ato de bondade (acidental de fato) permitiram que se aproximassem dela para trata-la, mas logo que terminaram de fazer os curativos ela levantou e desapareceu entre as montanhas, para eles uma antiga deusa pagã havia dado sinal de vida, para ela era um mundo totalmente diferente ao qual estava acostumada, agora tudo que lhe restava era lutar contra esse povo que contaminou as terras de sua deusa, ela pode não sentir mais o impulso de matar tudo de antes, mas ainda mantem o espirito forte, o mal humor e a ira que toda seguidora de sekhmet sentia, porem agora caminhava pelo mundo com um espirito diferente daquele, ainda violento de fato, mas sem esquecer que ainda haviam alguns que assim como sua deusa traziam a cura para os males que humanidade causava.
 
Hoje ela vive em sua antiga tumba, após trancar a antiga passagem e fazer uma nova mais segura, fica vigiando o local onde as outras estavam, ela moveu cada um dos sarcófagos para um local seguro, etrancou esse local, ela mantem um pequeno radio para saber o que acontece la fora quando esta em repouso já que de tempos em tempos costuma rodar o mundo, enquanto aguarda o dia em que poderá se reunir com sua deusa novamente.
 
Ela ainda é chamada como Anouke, ou como Sekhmet por alguns já que foi encontrada com suas roupas cerimoniais o que lhe rendeu esse apelido entre vários.
avatar
Art012

Mensagens : 60
Data de inscrição : 19/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum