Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Página 4 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Admin em Sab Dez 31, 2016 1:41 am

Batgirl e Guardião:

Off: Interpretação livre. Apenas adiantarei um pouco as coisas.

A nova dupla finalmente sai do sombrio Hotel Gotham através de um beco aos fundos, desbravando as ruas da cidade. As cores escuras de Gotham ganharam um novo e reluzente tom de dourado em alguns pontos, devido às casas em chamas e grandes fogueiras que os criminosos haviam erguido.

Siouxsie jamais viu a cidade naquele estado. Criminosos que antes agiam na surdina, agora dançam pelas ruas e uivam em comemoração pela morte do morcego. Psicopatas expulsam as pessoas de suas casas, e brincam com elas da maneira mais violenta possível. Batman havia colocado medo no coração daqueles infelizes, mas sua ausência lhes deu uma coragem nunca antes vista.

Theo achou que ao conhecer o mundo da magia, o mundo dos homens tornou-se completamente banal. Mas Gotham lhe mostrou que não era bem verdade. O jovem mago nunca viu antes criminosos tão violentos, tantos lunáticos a solta e uma cidade arder desta forma. Seus sentidos mágicos lhe permitiam ver o medo de Gotham elevar-se como um gigante obscuro pedindo por socorro.

Enquanto a Batgirl começava a surrar os primeiros criminosos em um beco, Guardião ativa todas as suas visões mágicas, e seus olhos passam a brilhar sobrenaturalmente. Sete punks com correntes e facas cercavam ao mesmo tempo em que eram massacrados pela garota, mas o mago estava atormentado demais pela estranha magia que sentiu para se preocupar com qualquer outra coisa.

Batgirl finalmente cuidou daquele grupo e estava prestes a partir pra outro. Enquanto isso, Guardião olhou para cada direção da cidade em busca de rastros da magia que sentiu, mas seja lá qual tenha sido este poder, afetou a cidade inteira, e não apontava para nenhuma direção específica. No entanto, sua Onivisão o alerta para algo preocupante: O espaço-tempo fora rasgado em Gotham, três vezes.

Quando as investigações por parte do mago cessam, ele finalmente se junta a Batgirl para dar uma surra naquela legião de criminosos. Durou a noite inteira, ambos estavam exaustos enquanto o sol raiava no horizonte, mas valeu a pena. Apesar dos rastros de destruição, Gotham viveria mais um dia, e Blackgate seria atulhada com um grupo ainda maior de criminosos que os dois deixaram pelo chão...

- Bom trabalho vocês dois. – Diz Asa Noturna, surgindo no topo de um muro quando a dupla parou para respirar. – Mas agora preciso que me sigam até a Bat-Caverna, tenho que lhes mostrar o que descobri. Batgirl, use isso no mago para que ele não decore o caminho.

Asa Noturna joga para Batgirl um pequeno dardo, que ela facilmente reconhece como tranqüilizante para colocar animais para dormir. Guardião também percebe o que foi proposto. Ele irá aceitar?



Onikaze e Sekhen:

????? atira: Destreza + Armas de Fogo (+1D de especialização) (Dif: 6) = 3 sucessos
Garra Guerreiro 2 esquiva: Destreza + Esquiva (Dif: 10) = Nenhum sucesso.
???? (Dano: 5 +3D por FdV) = 3 sucessos
Garra Guerreiro 2 (Absorção: 2D) = 1 sucesso.

????? atira: Destreza + Armas de Fogo (+1D de especialização) (Dif: 6) = 5 sucessos
Garra Guerreiro 5 esquiva: Destreza + Esquiva (Dif: 9) = 2 sucessos
???? (Dano: 5 +3D por FdV) = 5 sucessos
Garra Guerreiro 5 (Absorção: 2D) = Nenhum sucesso

O encapuzado misterioso lança mais dois tiros com suas pistolas, obrigando aqueles Garras a saltarem para os lados. Porém, os dois são atingidos. O primeiro por um tiro na panturrilha, enquanto o segundo por um tiro no lado direito do peito, o deixando bastante ferido.


Os pelos de Anouke estavam encharcados, um pouco pelo sangue dos inimigos, e bastante devido ao suor que escapava de sua pele grosa. Sua respiração também estava pesada, e cada arfada era uma luta pior do que a que ela estava vivendo. Mas a ideia de devorar aqueles homens lhe trouxe um sentimento primitivo, que acabou dando a ela novas energias para resistir ao cansaço. Anouke estava nova em folha de novo, pelo menos por algum tempo.

Sekhen ataca: Destreza 4 x5 + Briga 3 (Dif: 6) = 11 sucessos.
Garra Guerreiro 1 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 2 sucessos.
Sekhen (Dano: Força 4 x5 +2D) = 16 sucessos.
Garra Guerrreiro 1 (Absorção: 2D) = 1 sucesso

Sekhen ataca: Destreza 4 x5 + Briga 6 (Dif: 6) = 10 sucessos.
Garra Guerreiro 3 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 4 sucessos.
Sekhen (Dano: Força 4 x5) = 5 sucessos.
Garra Guerrreiro 3 (Absorção: 2D) = 1 sucesso.

Com dois ataques velozes, Anouke consegue castigar a perna do Garra Guerreiro 1, causando-lhe um dano considerável que o obriga a mancar. O Garra Guerreiro 3 leva um bom soco, mas tem sorte de não ter sido apanhado em cheio, apenas cambaleando para trás frente ao impacto.


A intensidade daquela luta tão sangrenta não preocupa Ren. Sua mente estava longe, naquele apartamento que costuma dividir com sua garota. Harleen esperava por ele, e ele temia tê-la deixado sozinha a mercê da rebelião que tomava conta da cidade.

Onikaze ataca: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = Nenhum sucesso.
Garra Guerreiro 1 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 4 sucessos.

Onikaze ataca: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 2 sucessos.
Garra Guerreiro 2 esquiva: Destreza + Esquiva (Dif: 10) = 1 sucesso.
Onikaze (Dano: Força 3 +6) = 8 sucessos.
Garra Guerreiro 2 (Absorção: 2D) = 1 sucesso.

Onikaze ataca: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 5 sucessos.
Garra Guerreiro 3 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 6 sucessos.

Onikaze ataca: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 4 sucessos.
Garra Guerreiro 5 esquiva: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 3 sucessos.
Onikaze (Dano: Força 3 +6) = 7 sucessos.
Garra Guerreiro 5 (Absorção: 2D) = 3 sucessos.

Preocupado em encerrar aquela luta de uma vez, Ren começa a usar sua velocidade para retalhar seus inimigos. Mas dois deles conseguiram defender seus golpes com suas proteções. Outros dois sofreram cortes – Na barriga e nas pernas - dos quais eles iriam se arrepender no futuro se seu futuro já não estivesse quase definido pela morte.


Iniciativa:

1° Onikaze: Raciocínio 3 + Prontidão 3 + 1D (9) = 15
2° Garras Guerreiros: Raciocínio + Prontidão +1D = 12
3° Sekhen: Raciocínio 2 + Prontidão 3 + 1D (6) = 11
3° ?????: Raciocínio + Prontidão +1D = 11



Status:
Onikaze: 15 Pvs/ Energia: 4/ FdV: 5

Sekhen: 75 pvs/ Energia: 0/ FdV: 3

?????: ?? Pvs/ Energia ?? -7/ FdV: ?? -2

Garras Guerreiros: 1 (Hemorragia): ?? -19 Pvs/ 2 (Hemorragia, Bala Alojada): ?? -24 Pvs/ 3: ?? -14 pvs/ 4: (Morto)/ 5: -24pvs

Garras Assassinos: 1: ?? (Morto)/ 2: (Morto)/ 3: (Morto)












avatar
Admin
Admin

Mensagens : 237
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Onikaze em Sab Dez 31, 2016 2:57 pm

Estava quase acabando, mas isso não era algo que me tranquilizava, um grupo desses não viria sozinho e para ter ajuda de alguém filiado ao morcego, eles eram peixes grandes e de peixes eu entendia.

_O fim de vocês está próximo e não adianta correr, a morte se entranhou em seu corpo e expulsa o sangue de seus corpos... pelos inocentes mortos seu destino será Yomi.

Corro entre eles, atacando as áreas sem proteção, pernas principalmente, ataco o 2, 3 e 5, dou dois ataques em cada, deixando o 1 que sangrava e poderia ter arrancado informações úteis, sobre o que queriam e por que vieram a esta cidade.

_O sortudo que sobreviver vai falar tudo o que queremos e talvez tenha sua vida poupada.
avatar
Onikaze

Mensagens : 65
Data de inscrição : 22/08/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t34-ren-o-demonio-do-ve

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Art012 em Sab Dez 31, 2016 4:36 pm

Respiro pela boca, o cansaço era visível, nada demais, quantos deles podem nadar dias e lutar logo em seguida, sendo quem sou, não tenho problema em me guiar pelos meus instintos, mas como divindade, não posso me deixar levar, mas a cada dia fica difícil, um dia as vozes me vencem...



Observo o que sobrou, penso, preciso retornar ao que era, logo, imagino o que poderia fazer com eles, mas seria muito pouco, penso em dar um ultimo ataque, Onikaze é rápido, mas vejo que o chapeuzinho vermelho não vai reagir a tempo deles, o que faço, instintivo ou divindade, que merda..



Que se foda, questões existenciais podem esperar.



Off: Agarrar o Garra guerreiro  1, Gastar 1 ponto de força de vontade.
avatar
Art012

Mensagens : 51
Data de inscrição : 19/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Tony.Wiz em Sab Dez 31, 2016 7:18 pm

Tinha que analisar a cidade... Deixo a segurança com a bela garota e ascendo os meus olhos... E o que vejo é Ainda mais aterrorizante...

Malditos... Romperam o espaço da cidade, não uma... Mas três vezes...

Tinha que encontrar o artefato logo... Os as consequências começariam a ser irreversíveis... Me junto a Batgirl na limpeza da cidade e logo o sol começa a raiar... Me recosto a uma das paredes e falo a Batgirl...

Todas as suas noites são assim agitadas ? Agora entendo toda essa beleza...

Primeiro ouço a voz antes de vê-lo... Realmente seria um adversário bastante experiente... Ele nos parabeniza pela limpeza e me convida para a Batcaverna...

Mr Rabbit, sabe que isso não me impede... Mas se os deixa mais confortáveis...

Estendo a mão para a Batgirl e sorrio falando a ela...

Senhorita... Não era esse o beijo de boa noite que esperava de você... Mas... Outros Ainda viram!

avatar
Tony.Wiz

Mensagens : 65
Data de inscrição : 19/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por siouxsie. em Dom Jan 01, 2017 3:28 pm

Foi uma noite cansativa. Mais bandidos do que eu estava acostumada resolveram sair pra transformar Gotham num inferno. Mas o mago e eu demos conta. A magia dele foi útil no processo.

- Sim, são assim minhas noites desde que minha parceria com o Batman começou, e não tem tem beleza nenhuma nisso, só um bando de malucos que acham divertido machucar pessoas normais.

Paramos pra descansar, mas nem dá tempo de recuperar o folego. Dick volta de seja lá o que ele foi fazer e me diz pra sedar o mago antes de irmos pra Bat-cave.

- Suas assistentes de palco costumam cair nessas cantadas senhor Coperfield?

Pego o sedativo e cravo no pescoço do mago, quem sabe asipsim ele dorme logo.
avatar
siouxsie.

Mensagens : 41
Data de inscrição : 20/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Admin em Ter Jan 03, 2017 10:05 pm

Onikaze e Sekhen:

Os inimigos formavam um corredor perfeito diante de Ren, todos eles rasgados por seus cortes, massacrados pelos golpes de Sekhen ou feridos pelas balas do encapuzado. Alguns já estavam cruzando a linha sem volta da morte, e Ren se candidata a conduzi-los por esse caminho.

Onikaze ataca: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 3 sucessos.
Garra Guerreiro 2 defende: Destreza + Briga (Dif: 7) = 5 sucessos.

Onikaze ataca: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 4 sucessos.
Garra Guerreiro 2 defende: Destreza + Briga (Dif: 7) = 2 sucessos.
Onikaze (Dano: Força 3 +6) = 6 sucessos.
Garra Guerreiro 2 (Absorção: 2D) = 1 sucesso.

Onikaze ataca: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 6 sucessos.
Garra Guerreiro 3 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = Nenhum sucesso.
Onikaze (Dano: Força 3 +6) = 7 sucessos.
Garra Guerreiro 3 (Absorção: 2D) = 1 sucesso.

Onikaze ataca: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 1 sucesso.
Garra Guerreiro 3 defende: Destreza + Briga (Dif:6) = 3 sucessos.

Onikaze ataca: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = Falha Crítica.  
Garra Guerreiro 5 defende: Destreza + Briga (Dif: 7) = 5 sucessos.

Ren era tão rápido que seus golpes atingiam os inimigos num primeiro instante com a delicadeza do vento. Era só depois que eles viam as feridas abrindo e uma enorme quantidade de sangue jorrando de seus corpos. Foi assim com o guerreiro 2 quando o ex-assassino dividiu seu corpo ao meio num só golpe, e com o guerreiro 3, quando Ren cravou a espada em seu ombro. No entanto, quando Onikaze girava sua espada para atacar o guerreiro 5, o cabo escorrega de suas mãos, e a arma vai parar no fundo daquele corredor.


Garra Guerreiro 1 ataca: Destreza + Armas Brancas (Dif: 6) = 4 sucessos.
????? esquiva: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 9 sucessos.

O Guerreiro 1 aproveita que Onikaze havia o esquecido e parte para cima do encapuzado misterioso, tentando atacá-lo com sua espada num golpe horizontal. Porém, o encapuzado demonstra habilidades fora do comum, esquivando para trás num salto mortal.

- Lento demais! – Ele zomba do guerreiro.


Sendo a última a agir Anouke observa os movimentos de seus aliados. Onikaze matando um e ferindo outro, mas perdendo sua espada. O encapuzado escapando de perder a cabeça como o trapezista de um circo. Então ela finalmente entra em ação, tentando agarrar um dos guerreiros.

Sekhen agarra: Destreza 4 x5 + Briga 3 (+3D por FdV) (Dif: 6) = 19 sucessos.
Garra Guerreiro 1: Sem ação.

Aquele guerreiro ainda estava frustrado pelo golpe falho, distraído pela zombaria do encapuzado, quando Anouke chega por trás e o agarra com sua agilidade felina. O guerreiro era forte para os padrões humanos, mas nem tomando todos os esteróides do mundo escaparia daqueles braços poderosos.


Iniciativa:

1° Onikaze: Raciocínio 3 + Prontidão 3 + 1D (10) = 16
2° Garras Guerreiros: Raciocínio + Prontidão + 1D = 13
3° ?????: Raciocínio + Prontidão + 1D = 12
4° Sekhen: Raciocínio 2 + Prontidão 3 + 1D (5) = 10



Status:
Onikaze: 15 Pvs/ Energia: 4/ FdV: 5

Sekhen: 75 pvs/ Energia: 0/ FdV: 2

?????: ?? Pvs/ Energia ?? -7/ FdV: ?? -2

Garras Guerreiros: 1 (Hemorragia): ?? -19 Pvs/ 2 (Morto)/ 3: ?? -20 pvs/ 4: (Morto)/ 5: -24pvs

Garras Assassinos: 1: ?? (Morto)/ 2: (Morto)/ 3: (Morto)


Guardião e Batgirl:

Mesmo ao abrir os olhos, Theo vê apenas a escuridão, distorcida por seus olhos fora de foco. Mas aos poucos sua visão vai melhorando, e ao virar o rosto, ele passa a enxergar bem o suficiente para saber que estava dentro de uma caverna. Mas como? E quando essa pergunta passa por sua mente, morcegos descem em bando do teto, dando um vôo rasante bem próximo e indo se esconder em um canto distante.

- Creio que este café vá fazê-lo sentir-se melhor, senhor. – Diz uma voz educada num sotaque inglês, surgindo bem ao seu lado.

Quando Theo olha, vê um perfeito mordomo inglês, com uma bandeja onde uma xícara de café fumegante lhe espera.

Mordomo:

- Peço que perdoe os nossos métodos, mas temos inimigos demais lá fora que adorariam arrancar do senhor a informação sobre a localização desta caverna. Isso seria lamentável. Se o senhor se sentir melhor depois do café, queira me acompanhar por favor, um cavalheiro e uma dama o esperam. – Pede o mordomo.

Ao acompanhar o mordomo, Theo sobe uma pequena escadaria de ferro construída sobre uma elevação, onde apetrechos tecnológicos como um painel computadorizado e três grandes telas mostram uma cena na prisão.


Dick havia jogado o arquivo para o computador, quando Siouxsie nota que Alfred trazia junto a si o jovem mago que a ajudou a limpar Gotham. Seus movimentos ainda pareciam um pouco lentos, resultado do forte sedativo que a garota aplicou em seu pescoço.

- Olha só, seu namorado acordou. – Dick ri, cutucando Batgirl.

O arquivo que Asa Noturna gravou finalmente é carregado, e passa a exibir um vídeo gravado dentro da sala de interrogatório do departamento de polícia, e Asa Noturna surgindo das sombras para interrogar um homem vulgar e cheio de cicatrizes, vestido como um dos Garras que eles combateram na noite passada.

Parece que Dick teve trabalho com este sujeito, até demais. Rindo meio sem graça, ele aperta para avançar os trinta minutos de cena que ele levou espancando aquele guerreiro para finalmente conseguir extrair dele alguma informação.

- He He... Como o Batman consegue, né? – Ele comenta.

Enfim, Dick tira o dedo do botão de acelerar, e o vídeo mostra o guerreiro com a cara completamente amassada e cheia de sangue, ao fundo, um ofegante Asa Noturna ordena pela última vez que ele diga tudo que sabe.

“A rebelião de criminosos em Gotham foi apenas uma distração para manter seus vigilantes ocupados. A Corte quer se aproveitar da queda do Batman para tomar seu lugar de direito. Nosso grande líder planeja assassinar todos aqueles que formam o poder para que a Corte reine sozinha. E nós sabemos dos meta-humanos que vagam por aí, eles podem ser um problema, mas um medalhão mágico que roubamos de uma tumba no Egito vai nos dar poder suficiente contra eles, a essa hora, ele provavelmente já foi usado...”

O homem teria contado mais coisas, porém, a porta da sala de interrogatório no vídeo e aberta com certa força, e um desses advogados de porta de cadeira surgem, cuspindo fogo contra Gordon por ter permitido que um vigilante tivesse contato com seu cliente. Asa Noturna desaparece antes que a situação piore, e a filmagem termina.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 237
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Art012 em Qua Jan 04, 2017 4:59 pm

Fico observando a ação deles, sem pressa, sinto o cansaço no corpo, não aguentava mais ver aquele lugar em pé, ver esse povo resistindo inutilmente, vejo Onikaze atacar sucessivamente, até lançar a espada, imagino que ou ele tem uma péssima mira ou foi sem querer, de qualquer forma podia ser pior, olho e penso em falar algo, mas deixo para lá, acho que ele sabe que deve ter mãos firmes com essa coisa,  vejo o chapeuzinho vermelho dar uma de atração de circo para esquivar de um ataque, habilidoso, mas dentro do esperado, se não ele não estaria aqui, eu já estava sem forças, detesto agir sem pensar três vezes nesse estado.



Então um dos garras zomba por acreditar que fez um bom movimento, eu aproveito essa hora e agarro ele, olho para ele desejando arrancar a coluna dele com os dentes, levanto ele na horizontal, seguro firme pelo tronco com as mãos e depois de um longo e grave rosnado digo com uma voz monstruosa, de tom indescritível para uma pessoa normal, porem ainda é possível entender o que digo, não estou com paciência para falar de maneira amigável agora:




-

Preciso dizer... o que busco ou minha cara já diz por que vim até esse buraco? diga onde esta o que roubaram, você sabe, você vai revelar, falando ou gritando... você vai contar

. Digo com ódio desse cara, desse lugar, se eu pudesse....




Off: Torturar retorcendo esse cara ao meio até ele falar, gastar um ponto de força de vontade.
avatar
Art012

Mensagens : 51
Data de inscrição : 19/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Onikaze em Qua Jan 04, 2017 7:37 pm

Droga eu estava me segurando e kazeshini vai ao longe, não era algo bom isso, ela queria sangue e se eu não desse seria complicado.

Tinha logo que resolver isso e voltar para casa as ruas estavam um caos e ainda tinha muito o que fazer. Corro até Kazeshini e a pego, voltando e dando uma espadada nas costas de cada um dos inimigos que estavam livres, 3 e 5.


Paro ao lado para esperar o que acontece, isso estava estranho e minha cabeça estava confusa. Eu cansava de esperar e por isso, estava perigoso.
avatar
Onikaze

Mensagens : 65
Data de inscrição : 22/08/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t34-ren-o-demonio-do-ve

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Tony.Wiz em Qua Jan 04, 2017 10:53 pm

​Abro os olhos confuso... O local estava todo as escuras, e então me recordo de onde deveria estar... Olho a volta e percebo que que estou em uma caverna...

Ual... O sedativo é realmente forte... E achei que Batcaverna era apenas um nome legal... Quem diria que é
realmente uma caverna...


Ao ouvir a voz, me viro e vejo um senhor muitissimo arrumado e percebo que é um mordomo. Pego o café e sorrio para ele...

Sem problemas... Ocios do oficio... Por sinal, o que pode me contar sobre a garota ?

Após o café e caso ele me conte algo sobre a Batgirl, seguiria com ele.

Logo chegamos a uma plataforma onde vejo um grande painel de computador e três grandes telas... Estavam vendo as imagens da prisão, a claridade das telas, fazia a minha cabeça doer um pouco, mas tinha que parecer bem...

Ao me aproximar dos dois, os cumprimento... Apenas aceno com a mão para o rapaz e sorrio fazendo um galanteio para a garota...

Mr Rabbit e Milady, seu beijo realmente me derrubou! O que temos para hoje ?

Vejo um cara na tela, era um dos Garras que lutamos, o rapaz nos poupa de vermos ele espacando o sujeito até o ponto em que ele começa a revelar os planos... E aquilo me preocupa...

Então não foi o artefato que causou a queda da torre... Mas essa Corte está em posse dele... Droga, se ao menos meu Mestre não estivesse em seu exilio...

Respiro fundo quando o video chega ao fim...

Esses caras... Quem são eles ? Eu vim a Gotham em busca desse artefato, ele possui um poder muito grande, não pode ficar nas mãos de pessoas assim, acreditei que tivesse ligado a queda da torre da liga, mas pelo que ele revelou, foi apenas uma coincidencia... Uma oportunidade... Gotham está em perigo, um perigo que vcs não fazem nem ideia da dimensão... O proprio tecido da realidade e do espaço está sendo quebrado... Precisamos encontrar logo o artefato...

Me recostaria... Tinha que pensar sobre como localizar o artefato... Todos grantes itens magicos possuem uma energia propria... Iria tentar lembrar das aulas de meu mestre e das conversas com Zattana, talvez pudesse me recordar de algo para poder seguir o poder do artefato ou ao menos me recordar de particularidades de sua utilização.

Queria um teste de Ocultismo, para tentar ter uma ideia sobre como seguir a fonte do poder do artefato. Ou local de utilização, caso tenha alguma regra para tal, algo assim.
avatar
Tony.Wiz

Mensagens : 65
Data de inscrição : 19/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por siouxsie. em Sex Jan 06, 2017 11:03 am

Esperava o arquivo que Dick jogou no PC começar a rodar, e quando ouço sua piadinha, dou tapa em sua cabeça, forçando ele a voltar ao trabalho. Olho pro lado e vejo o mago de pé novamente, sempre galanteador.

- Parece que o Asa Noturna gravou a entrevista dele com um dos garras que a gente abateu.

Ficou olhando o vídeo, e tento esconder a risada do jeito como Dick era desajeitado tentando bancar o Batman. Ele avança a filmagem, e finalmente temos respostas.

- Um medalhão mágico, sério? Isso é pior do que eu pensava. Pelo o que eu sei, a corte é um tipo de seita que reúne membros de família antigas de Gotham que acham que são os verdadeiros donos da cidade. Eles contratam seus próprios assassinos e os envia pra matar pessoas importantes, como vimos hoje. Só que eu nunca ouvi falar que eles mexem com magia. Precisamos saber mais sobre esse amuleto.

Pego uma cadeira, sento ao lado de Dick e começo a pesquisar no computador sobre amuletos verdadeiramente mágicos pelo mundo.
avatar
siouxsie.

Mensagens : 41
Data de inscrição : 20/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Admin em Sab Jan 07, 2017 9:07 am

Sekhen e Onikaze:

Talvez a ansiedade em voltar logo para casa estivesse atrapalhando Ren. Kazeshini repousa agora num canto escuro daquele corredor por conta de um movimento desajeitado estranho ao assassino, mas o guerreiro usa sua velocidade e a recupera, gastando sua energia para atacar no mesmo momento.

Onikaze ataca: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 2 sucessos.
Garra Guerreiro 3 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 4 sucessos.

Onikaze ataca: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 2 sucessos.
Garra Guerreiro 5 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 5 sucessos.

Ren passa correndo normalmente entre dois guerreiros dos que sobraram, girando a espada sobre seus corpos. Mas o guerreiro 3 cruza os braços e consegue se proteger. Já o guerreiro 5 também se protege, porém, ele desmaia em seguida devido a hemorragia. A Kazeshini o havia matado momentos antes.


Garra Guerreiro 1 tenta se soltar: Força + Briga (Dif: 10) = Nenhum sucesso.
Sekhen agarra: Força 4 x5 + Briga 3 (Dif: 6) = 3 sucessos.

O guerreiro seguro por Sekhen muito se debate, tentando livrar-se a todo custo do abraço da leoa, mas sua força humana, apesar de grande, não é nada comparado àqueles braços com músculos revestidos de pelos que pareciam feitos de pedra. Ele continua a ser esmagado pelo monstro que temia.


????? atira: Destreza + Armas Brancas (+1D de especialização) (Dif: 6) = 4 sucessos.
Garra Guerreiro 3 esquiva: Destreza + Esquiva (Dif: 10) = Nenhum sucesso.
????? (Dano: 5D) = 4 sucessos.
Garra Guerreiro 3 (Absorção: 2D) = 1 sucesso.

????? atira: Destreza + Armas Brancas (+1D de especialização) (Dif: 6) = 6 sucessos.
Garra Guerreiro 3 esquiva: Destreza + Esquiva (Dif: 10) = Falha Crítica.
????? (Dano: 5D) = 1 sucesso.
Garra Guerreiro 3 (Absorção: 2D) = 1 sucesso.

Capuz Vermelho baleia o guerreiro 3 no ombro quando este tentava em vão se jogar para desviar do tiro. A bala o atinge no braço, e juntando isso às outras feridas, ele estava inutilizado. Mesmo assim, o encapuzado dispara mais um tiro sem a menor piedade, mas a armadura deste guerreiro repele a bala para longe, no entanto, o impacto o derruba no chão de forma desajeitada.

- Adeus, otário. – Ele diz, encostando o cano da arma na testa do homem caído e espalhando seus miolos pelo chão com um tiro.


Anouke se distraíra observando os movimentos de seus parceiros. Ela viu Onikaze recuperar sua espada num movimento veloz, e atacar sem sucesso dois daqueles inimigos, sendo que um deles caíra devido a grande perda de sangue em uma ferida que o mesmo espadachim causou. Em seguida, ela viu o encapuzado dar dois tiros e derrubar outro dos inimigos, explodindo sua cabeça em seguida.

Durante esta distração, o inimigo em seus braços debateu-se ferozmente, mas para Anouke, ele não passava de um pobre inseto angustiado, incapaz de fazer frente a sua força. A leoa finalmente entra em ação quando o ergue e rosna com firmeza para que ele revele onde está o medalhão roubado.

Sekhen intimida: Manipulação 4 + Intimidação 0 (+3D por FdV) (Dif: 7): Nenhum sucesso.

Anouke torcia e esmagava o corpo de seu inimigo, tentando forçá-lo a falar através da dor, mas apesar de ele gemer bastante e do osso de seu braço estalar como se estivesse prestes a se partir, o homem demonstra uma disciplina fora de comum para humanos normais.

- Ouvi falar sobre você nos corredores de nossa base. Rosnou feito um monstro para proteger sua tumba preciosa, mas no final, dormiu feito um gatinho. – O homem ri por debaixo da máscara.


Status:
Onikaze: 15 Pvs/ Energia: 2/ FdV: 5

Sekhen: 75 pvs/ Energia: 0/ FdV: 1

?????: ?? Pvs/ Energia ?? -8/ FdV: ?? -2

Garras Guerreiros: 1 (Hemorragia, Agarrado): ?? -20 Pvs/ 2 (Morto)/ 3: (Morto)/ 4: (Morto)/ 5: (Morto)

Garras Assassinos: 1: ?? (Morto)/ 2: (Morto)/ 3: (Morto)


Guardião e Batgirl:

Quando Theo pergunta ao mordomo sobre Batgirl, este se fecha um pouco, talvez pensando em quais detalhes poderia dar ou não sobre a mesma. Então ele espera que Theo beba todo o café, para enfim falar.

- A senhorita em questão pode parecer um pouco difícil de lidar no começo, mas tenho motivos para crer que seja uma boa pessoa. – Comenta o mordomo.

Acompanhado do inglês, Theo sobe a plataforma onde estão Batgirl e o jovem que ele agora conhece por Asa Noturna, analisando um vídeo de computador feito pelo mesmo. Humor a parte, é finalmente revelado algo que interessava muito a Theo.

O objeto mágico do qual ele viera em busca era um amuleto egípcio, e estava agora sendo usado por aqueles homens perigosos, da pior maneira possível.

- Ter saído com a Zatana até que foi legal, mas eu não entendo nada sobre magia. O que quer dizer quando fala que o tecido do espaço está quebrado? Quais são as conseqüências disso? – Asa Noturna pergunta.

Theo se recosta, repousando seu corpo sobre uma parede. Antes de responder a qualquer pergunta, ele visita sua própria mente em busca de informações que pudessem ajudá-lo naquele caso. As lembranças de Zatana não lhe dizem nada, mas o jovem se lembra claramente do Doutor Estranho lhe dizendo que rastros mágicos poderiam ser encontrados sempre no exato ponto onde a magia fora executada.

Off: Não é caso pra ocultismo, mas sua experiência como mago lhe diz que você pode obter respostas mais conclusivas indo até o local onde a magia foi executada.


O que foi dito no vídeo e as palavras do jovem mago deixam Siouxsie em dúvida, e ela começa então a revelar ao novato o que sabe sobre a Corte das Corujas. Alfred confirma sua sabedoria com um gesto de cabeça. Dick coça o queixo, pensando.

- Ele realmente nunca mexeram com magia antes. Batman já teve sérios problemas com essa gente, e acho que com esse amuleto, eles acabam de se tornar duas vezes mais perigosos. Não estou gostando disso nem um pouco. – Diz Asa Noturna.

Agitada, Siouxsie pega uma cadeira e se senta ao lado de Dick, usando o computador para pesquisar sobre amuletos de magia comprovada pelo mundo. Não é fácil. A charlatanice esconde a magia muito bem. Batgirl teria de saber passar pelos itens falsos até chegar aos verdadeiros.

Batgirl testa computação: Inteligência 3 + Computação 1 (Dif: 7) = Falha Crítica.

Em sua busca, Siouxsie encontra um site com uma múmia de corpo totalmente ressecado em um sarcófago aberto, usando um medalhão que parecia ser de ouro, mas estava um pouco desgastado pelo tempo. Confiante, ela clica no link, pensando ser algo importante, quando na verdade o site era só uma piadinha de susto, em que a múmia se levanta de repente e põe sua cara enorme na tela ainda mais feia. Batgirl desliza para trás com o susto, arrancando a risada de Asa Noturna.

- Talvez seja melhor ligar para o Oráculo. Isso é, se você souber usar o telefone, é claro. – Ele zomba.

Alfred revira os olhos ao ver a cena, talvez sentindo falta de uma época em que as investigações na caverna eram levadas um pouco mais a sério.

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 237
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Art012 em Sab Jan 07, 2017 12:51 pm

Eles agem rápido, Onikaze foi rápido em recuperar a espada, mas não teve muito exito em atacar, chapeuzinho vermelho finaliza os que não caíram pelos ferimentos.



Só restava um agora, quero terminar isso logo, .



Enquanto observava eles, o infeliz agarrado tenta escapar, ele não consegue, porem eu falho em arrancar algo dele, e ainda recebo piada de volta, olho para ele e digo,ainda com aquela voz.



-

Dormi como um gatinho? Seu primata infeliz, desgraça cairá sobre tua casa, sobre tua alma, teus amigos e tua familia, posso ter dormido como um gato, mas você quebrará como um graveto.

Digo sem demonstrar emoção alguma.



Então digo para Onikaze, e chapeuzinho vermelho;



-

Rapazes, gostariam de perguntar algo para este homem morto?

pergunto a eles, como se oferece-se o cara como sacrifício



Iria esperar a resposta deles, depois, dobraria esse engraçadinho ao meio.



Off: Aguardar a resposta dele e o que Onikaze e o chapeuzinho vermelho vão fazer, depois dobrar esse cara ao meio.

Se ele escapar, eu chuto as pernas dele.
avatar
Art012

Mensagens : 51
Data de inscrição : 19/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por siouxsie. em Qua Jan 11, 2017 9:23 am

Dick faz uma pergunta importante, e fico esperando pela resposta do Theo. Esse garoto é o único que entende de magia entre a gente. Vamos precisar dele no grupo.

- Eles sendo perigosos ou não, somos a única chance de Gotham. Então é melhor desfazer essa cara de tragédia e começar a trabalhar.

Me sento no computador e começo a minha pesquisa. Quando penso que estou no caminho certo, clico em um link totalmente errado e acabo pego por uma piadinha sem graça, que faz Dick morrer de rir.

“Onde está o Damien nessas horas?”

Não lamento meu erro, sou obstinada. Recomeço a minha busca com ainda mais afinco, tomando tds os cuidados dessa vez. E já que o homem no filme falou algo sobre Egito. Procuro por amuletos egípcios agora.

Off: Se puder msm gastar aquele ponto de fv, queria gasta um agora na pesquisa. E happy birthday atrasado.
avatar
siouxsie.

Mensagens : 41
Data de inscrição : 20/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Onikaze em Qua Jan 11, 2017 2:33 pm

Aproximo do agressor que estava ferido e preso por Sehken , com voz gutural digo:

_Se disse o que ela quer pode sair daqui e ir embora pelo tempo que sua miserável vida permitir. Nenhum de nós irá impedir.

Discretamente mostro o sangramento para o mascarado e acho que Sekhen já sentiu o cheiro de sangue do mesmo. Ele iria morrer de qualquer jeito.

_Mas se recusar... - vibrava um pouco e atravessava o corpo de um dos cadáveres com a mão.- você tem 5 segundos... Um... quatro...
avatar
Onikaze

Mensagens : 65
Data de inscrição : 22/08/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t34-ren-o-demonio-do-ve

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Tony.Wiz em Qua Jan 11, 2017 10:42 pm

​Ouço as palavras do Asa Noturna, e me recordo que estou falando com pessoas que não entendem os termos...

Digamos que o que vocês vêem com seus olhos, não é tudo que existe... Outros mundos, outras dimenções... E Gotham está com as portas abertas... Criaturas abissais poderiam invadir a cidade a qualquer momento...

Vejo que a Batgirl tenta encontrar algum site, mas toma um susto ao ser pega por uma brincadeira... Sorrio, ela parecia durona, mas no final era uma garota...

Me aproximo e coloco a mão no seu ombro...

Não precisa ter medo de mumias... Eu vou proteger você...

Me recordo das palavras de meu Mestre... Eles usaram esse amuleto no dia anterior, então ainda poderia encontrar rastros dessa magia... Precisaria primeiro descobrir onde utilizaram...

Posso tentar rastrear eles, mas preciso descobrir o local que utilizaram o artefato... Me dêem um minuto... Posso encontrar o lugar que o artefato foi utilizado...

Iria caminhar um pouco para tras deles e iria me concentrar... Tinha que determinar na cidade onde houveram as rachaduras no espaço, e então ir para esses lugares...

Os fios do horizonte de Fharlanghn me levam ao meu destino

Iria manipular o espaço para abrir janelas para cada local... No inicio seriam lugares quais queres... Mas com a ajuda dos protetores de Gotham, poderia identificar o lugar...

Percepção Multiespacial - Espaço
avatar
Tony.Wiz

Mensagens : 65
Data de inscrição : 19/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Admin em Qui Jan 12, 2017 11:45 pm

Sekhen e Onikaze:

Anouke perde a calma quando o inimigo zomba de sua derrota, e suas palavras soam como rosnados. Mesmo assim, aquele homem ri por debaixo de sua máscara, como se ter uma leoa feroz o dominando não fosse nada. Então Anouke o ergue, ameaçando parti-lo ao meio.

Sekhen intimida: Manipulação 4 + Intimidação 0 (Dif: 7) = 2 sucessos.

Quando o Garra sente a força da guerreira na facilidade com que ela o mantém preso e o levanta, isso parece vencer um pouco a sua coragem. Anouke pode senti-lo tremer em suas mãos com a ameaça de destruí-lo, e por mais prazeroso que seja destruí-lo, ela para ao perceber que ele estava prestes a abrir o bico.


Ren percebe que os inimigos que enfrentou não eram nada como os bandidos que costumava expulsar de seu bairro noite após noite. Eram assassinos treinados, fortes fisicamente e que teriam lhe dado enorme trabalho se os tivesse enfrentado sozinho. Talvez o pior nem fosse o fato de que eram assassinos contratados por alguém, mas sim o fato de que quem os contratou continua nas sombras.

Onikaze tenta convencer: Manipulação 1 + Lábia 0 (Dif: 7) = 1 sucesso.

Ren não era um homem de muitas palavras, o que tornava difícil para ele barganhar com esses caras de quem ele normalmente corta a cabeça. Mas o assassino, apesar de bem treinado, já estava assustado, e sua oferta pela possibilidade de viver acaba o convencendo.

- Tá legal. Tá legal. Eu conto tudo que vocês quiserem... – Dizia ele, sendo interrompido quando sua cabeça explode após um tiro dado pelo encapuzado.


O cano da pistola de Capuz Vermelho esfumaça, e ele mantém seu olhar fixo no cadáver daquele homem mesmo quando Sekhen e Onikaze o olham. Ele não parece preocupado com suas dúvidas, e nem com que atitude tomariam depois desta execução repentina. Somente depois de alguns segundos, ele fala.

- Ele era um assassino de primeira categoria de uma antiga seita de Gotham chamada a Corte das Corujas. Foram soterrados pelo Batman não faz muito tempo, mas decidiram ressurgir depois que conseguiram um tipo de medalhão egípcio que eles alegam ter poderes mágicos. – Ele conta, mostrando que estava por dentro de tudo. – Vi quando esse objeto chegou a Gotham num caminhão e tentei ir atrás, mas eles colocaram homens demais na segurança desse objeto, e sozinho eu não conseguiria me aproximar. Então deixei que eles partissem, e esperei alguns dias por algum sinal desses palhaços. Parece que eles querem derrubar o poder de Gotham, matando líderes e pessoas importantes para controlar a cidade.

O encapuzado da as costas para ambos, algo inapropriado na presença de estranhos superpoderosos. Ele pareci totalmente despreocupado, ao ponto de guardar suas pistolas em seus coldres e olhar apenas para os cadáveres sobre o chão.

Sekhen tenta entender: Percepção 2 + Manha 0 (Dif: 6) = Nenhum sucesso.

Onikaze tenta entender: Percepção 3 + Manha 0 (Dif: 6) = Nenhum sucesso.

Nem Sekhen e nem Onikaze conseguem entender a linguagem corporal por trás daquele “desculdo”. Nenhum deles conheciam o encapuzado a sua frente, e os dois ficam com a impressão de que por mais letal que ele seja, era apenas um iniciante caso um dos dois tenha algum tipo de má intenção.

- Seguindo esses homens até aqui, uma dúvida ainda me perturba. – Ele continua, se abaixando e examinando as feridas que Sekhen e Onikaze fizeram naqueles corpos. – Que droga são vocês dois?



Batgirl e Guardião:

Siouxsie não se deixa abalar nem mesmo quando Gotham se vê mergulhada em um problema que ela não compreende nem mesmo uma fração: Magia. Era este tipo de poder que ameaçava a cidade agora, e na ausência do Batman, a garota chama para si toda a responsabilidade.

Pacientemente, ela ouve a explicação de Guardião, que apesar de jovem, demonstra conhecer muito bem este tipo de poder. Siouxsie estava convicta de que o rapaz seria de grande ajuda para a missão. E após ouvi-lo, ela novamente se concentra no computador da caverna, fazendo desta vez uma busca mais específica.

Batgirl testa computação: Inteligência 3 + Computação 1 (+3D por FdV) (Dif: 6) = 6 sucessos.

Agora Siouxsie entende perfeitamente quando Batman dizia “Temos que nos concentrar”. Quando a garota o faz, finalmente encontra algo tão relevante para o caso que impressiona até mesmo Alfred.

- Parabéns, senhorita. O patrão não teria feito melhor. – Elogia o mordomo.

A tela se abre para a imagem de um medalhão dourado e manchado pelo tempo, com a imagem gravada de uma mulher com cabelo de leão. Era um medalhão redondo, com uma fina corrente de ouro que servia para adornar o pescoço. Abaixo da imagem, havia um artigo que dizia:

“Apesar de supersticiosos, os egípcios não eram um tipo de povo que acreditava em objetos mágicos e sagrados. Mas até os membros mais modernos deste povo reconhece o poder de um objeto há muito tempo perdido, que hoje não passa de uma lenda para o mundo. Este é o Amuleto de Sekhmet, a Deusa da Vingança, um tesouro arqueológico oculto nas areias do deserto por um bom motivo. Diz-se que este amuleto é a fonte de magia divina capaz de abrir portais dimensionais para o nosso mundo e evocar seres capazes de saciar os desejos de vingança de seu portador...”


Theo havia explicado àqueles dois sobre o perigo que Gotham corria de uma forma que eles pareciam finalmente entender. Asa Noturna coça seu queixo, refletindo sobre tudo aquilo com uma cara de preocupação. O mordomo também parecia alerta, mas seu jeito inglês o impede de demonstrar isso.

O mago estava ao lado de Batgirl quando a garota finalmente encontrou uma pista relevante naquele computador. O Garra capturado havia mencionado o roubo de um medalhão mágico em alguma tumba no Egito, e o argumento atentava para o fato de o medalhão na imagem ser um dos raros objetos que tal povo considerava mágico. E só de olhar para aquele amuleto com a imagem de uma mulher-leoa encravada, Theo é capaz de reconhecê-lo como um objeto imbuído de poder.

Guardião usa Percepção Multiespacial: Energia 7 + Espaço 5 (Dif: 6) = 5 sucessos.

Theo abre seus braços, fazendo um gesto com as mãos e criando três janelas a sua frente para aquilo que ele havia visto ao usar suas visões mágicas sobre Gotham. Usando o elo-simpático, ele consegue acessar esses locais, tendo agora uma visão mais clara do que eles eram.

Um deles era um cemitério de aspecto gótico, com imagens de anjos, cruzes e uma arcada sombria com os dizeres Gotham Cemetery. Outro era uma gigantesca catedral, com torres pontiagudas quase tocando o céu negro da cidade e monstruosas gárgulas de pedra que olhavam de forma ávida para aqueles que passavam lá embaixo. O último local era um prédio muito moderno, todo erguido em metal e vidro, carregando em sua fachada letras amarelas que diziam “Waynetech”

- É... O que você está fazendo? – Asa Noturna indaga, incapaz de ver aquilo que só Theo era capaz de manipular.

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 237
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Art012 em Sex Jan 13, 2017 1:35 pm

Cinco dias nadando no oceano, e finalmente algo relevante, Onikaze também consegue intimida-lo, parecia que tudo estava de acordo, então, o outro humano decide dar cabo dele antes..



Jogo o corpo do infeliz com força no chão e olho pro cara de vermelho, com uma cara séria, vou arrancar a coluna dele na próxima, se eu não fizer isso antes, não faz ideia de como foi difícil não matar esse porco, tanto esforço para nada.



Ele fala sobre esse pessoal, diz que eram habilidosos defensores de alguma seita humana ou algo assim, mas já haviam sido derrotados umas vez por um tal Batman mas que retornaram após encontrarem o amuleto, para tomar o poder, escuto a explicação dele, ele explica bem mas mesmo assim, toda essa conversa após executar o infeliz quando ele ia falar...



Ele termina de explicar, da ás costas despreocupado, olho rapidamente para Onikaze como se pergunta-se "tem problema em espalhar esse cara pela cidade?", eu vou quebrar ele ao meio quando ele perder a utilidade penso eu, então ele se vira e pergunta "que droga era agente", respiro fundo e ignoro esse néscio e vou investigar os corpos, mais frutífero que ouvir interrogatório, ele já disse tudo que eu precisava, por hora bastava.



Off: Investigar os corpos em busca de qualquer pista.

Se chapeuzinho vermelho me repetir a pergunta ou me direcionar a palavra, eu digo;


-Conversar aqui é como beber água no Nilo, estamos oferecendo nossas cabeças aos crocodilos.
avatar
Art012

Mensagens : 51
Data de inscrição : 19/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por siouxsie. em Sab Jan 14, 2017 10:00 am

Enquanto Dick ri de mim, Theo se aproxima para me dar seu apoio. Era a primeira vez que ele não me vinha com aquelas cantadas baratas, e eu aprecio isso. Coloco minha mão sobre a dele em meu ombro como gratidão e recomeço o trabalho.

- Consegui!

A foto do amuleto e um artigo interessante aparecem, mas o que diz ali não é nada bom. Olho para os outros, tentando buscar suas opiniões.

- E essa história de seres capazes de saciar a vingança do portador. Será que são as criaturas abissais de que o Theo falou? E se o portador está tentando se vingar de alguém, só pode ser do Batman.
avatar
siouxsie.

Mensagens : 41
Data de inscrição : 20/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Onikaze em Sab Jan 14, 2017 10:55 am

_Mesu-ken no musuko - digo no susto ao ver que o encapuzado mata a vitima.

Olho para ele por detrás da mascara e mesmo após suas explicações não fico convencido de que ele tinha motivos para matar, o simbolo do morcego entanto me sugere que talvez ele o tenha matado por piedade, mas mesmo assim algo me incomodou.

Bom quem sou eu para julgar mortes digo enquanto balanço a cabeça em negativa a mim mesmo.

-Então você sabe onde está o artefato? Tenho que devolve-lo à legitima dona.

Ouvindo as palavras de Sekhen, concordo com a cabeça.

_É hora de limparmos essa bagunça.
avatar
Onikaze

Mensagens : 65
Data de inscrição : 22/08/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t34-ren-o-demonio-do-ve

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Tony.Wiz em Sab Jan 14, 2017 8:08 pm

​Estava absorto em minha conjuração e abro as janelas para os locais... Sinto um pouco de dor de cabeça tentar olhar para todas elas...

Strange sempre faz isso parecer tão fácil... Preciso me focar em apenas uma primeiro...

Vejo um cemitério... Pelo nome parecia ser o principal da cidade... Assim como a cidade, ele era sombrio e depressivo...

Clichê... Artefato do Mal... Cemitério... Ótimo...

Olho para o outro local, me parecia uma catedral antiga... Gárgulas de pedra guardavam o local... Já a outra janela chama a minha atenção... Diferente das outras duas, um grande prédio empresarial...

Esse realmente é diferente... Foge aos clichês...

Asa noturna se aproxima perguntando o que fazia erguendo os braços, por um momento estranho a sua pergunta, mas logo me recordo, ele não conseguia ver as rupturas no espaço... Vejo que a Batgirl parecia ter sucesso em sua busca agora, sorrio e respondo a Asas Noturna.

Como expliquei, Gotham teve sua película rompida três vezes ontem, pelo uso desse artefato... Estou observando agora esses três locais, talvez vc conheça melhor que eu esses locais... O Cemitério de Gotham, uma Antiga Catedral e uma prédio empresarial, Wayne Enterprise... Vou precisar estudar esses locais... Consegue ver se existem imagens desses locais de ontem... Vou analisar por um tempo aqui...

Teria que analisar um local de cada vez... Iria ativar as minhas visões dos arcanos Primórdio e Espaço, iria buscar primeiro no cemitério que possui uma campo de visão mais amplo, o local onde o Artefato foi utilizado, iria determinar o ponto em que houve a ruptura do espaço e iria estudar a ressonância do local...

Ativar Visões Primórdio e Espaço - Estudar cenário do cemitério
avatar
Tony.Wiz

Mensagens : 65
Data de inscrição : 19/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Admin em Dom Jan 15, 2017 9:50 pm

Sekhen e Onikaze:

Anouke se mostra um pouco receosa quanto ao ato do encapuzado de matar o último inimigo. Ela queria respostas, mas agora só poderia contar com o que este estranho pistoleiro sabia sobre o caso. É nítido que foi uma ação premeditada da parte dele. Ele não sabe quem ela ou Onikaze são, logo quer ter controle sobre o que os dois sabem.

A guerreira se abaixa perante aqueles corpos frios e abertos, dando início a uma rápida investigação sobre eles. Revirando suas vestes, ela não encontra nada, a não ser um pequeno bilhete oculto na manga de um deles, que diz:

“Avise aos outros. Um anjo da morte, um demônio do sangue e um parricida cruzaram os portais.”

- Não se preocupe. Eles ainda não sabem sobre nós. – Diz o encapuzado. – Ainda não responderam a minha pergunta...


Ren se assusta com o tiro repentino e com os miolos do inimigo escorrendo pelo corredor. Aquilo era uma escola, mas agora estava parecendo uma vala onde os assassinos desovam os corpos de suas vítimas.

Para o ex-assassino, era muito estranho ver alguém portar o símbolo do Batman e matar de forma tão discriminada. Talvez fosse apenas mais um dos malucos que buscam imitar o morcego e acabam mortos, mas este parecia um pouco mais perigoso do que aqueles que Ren já viu.

- Sei onde eles se concentram, mas não sei se posso dividir a informação. Para mim, vocês não passam dois indivíduos bem bizarros. – Diz o encapuzado. - Não ligo para meta-humanos em Gotham, desde que não atravessem o meu caminho.

Este sujeito dá novamente as costas para os dois e se encaminha até a janela do escritório onde a batalha se originou. Ele retira do bolso um lança-cordas, indicando que estava prestes a ir embora da mesma forma que surgiu.



Batgirl e Guardião:

Mesmo obtendo uma resposta chave para os mistérios daquele ataque, Siouxsie levanta ainda mais dúvidas. Algumas delas são respondidas por Guardião, que esmiúça os feitos mágicos em Gotham como pode e explica o que geralmente acontece quando portais são abertos desta maneira.

Porém, o mago revela algo preocupante. Um portal aberto nas industrias Wayne. Isso não era nada bom. Era lá que estavam pesquisas e protótipos antigos, onde o Batman guarda costuma desenvolver seus apetrechos. Se algum inimigo saísse destes portais, poderia se armar até os dentes. Alfred lança um olhar cúmplice para Siouxsie, se mostrando igualmente preocupado.

- Devo a vocês os meus parabéns. – Diz Alfred de repente. – Estão levantando novas informações a uma velocidade impressionante. Mas não se esqueçam de que lá fora já é dia e que uma mente descansada pode raciocinar melhor. Vocês estiveram a madrugada inteira combatendo o crime de forma intensa, e a próxima noite promete. Talvez devessem repousar um pouco antes de seguir em frente.

Coincidentemente, Dick boceja neste momento, acusando seu cansaço pelo pernoite. E Siouxsie também sente seu corpo pesado, muito longe do seu auge físico.


Theo tem opiniões diversas ao olhar para as três janelas, e a que atrai mais sua atenção é a do cemitério. Podia ser um lugar bem clichê, mas o mago não podia negar que era de onde as histórias mais esquisitas se originavam.

Após abrir suas janelas, Theo ativa suas visões novamente, a fim de estudá-las mais a vindo. Com sua visão de espaço, ele logo detecta que o local exato onde ocorreu esta distorção foi no antigo jazigo de um clã nominado Davenport. E com sua visão superna, ele sente que o local emana uma aura tão profana que faz o mago querer recuar, apesar de estar a quilômetros do local!

- As câmeras de segurança do local não acusam nada. Pelo contrário, foram os lugares mais seguros dessa rebelião incitada. – Comenta Asa Noturna, olhando para o computador. – Bem, melhor descansarmos um pouco e nos prepararmos para hoje a noite investigar pessoalmente estes lugares.

Quando Asa Noturna fala em descansar, o corpo de Theo praticamente desarma. Embora estivesse sedado a poucos minutos, seu descanso não foi muito adequado para deixá-lo em forma novamente. A ideia de deitar numa cama era quase irresistível.

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 237
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Tony.Wiz em Seg Jan 16, 2017 5:06 pm

​Olho o cemitério... Vejo o local onde ocorreu a ruptura do espaço... A energia profana no local era enorme...

Então o portal está mesmo fechado... E pela energia que ainda reside no local, algo de muito sinistro passou pelo portal...

Vejo o nome do clã em que foi rompido o espaço... Seria algo para se trabalhar... Ouço as palavras de Asa Noturna, e o Mordomo nos orienta a descansarmos...

Realmente... Apesar de ter sido sedado, não pude descansar... Usar muita magia em sequencia assim suga muito de minha energia... Quem usou esse artefato, já cumpriu uma parte do que queria... Podemos continuar a investigar em alguma horas... Juntos faremos isso muito rápido...

Fecho as janelas, anotando mentalmente os locais para poder voltar a trabalhar nisso depois... Me viro para a Batgirl e sorrio para ela lhe estendendo a mão...

Senhorita... Apesar de ter me dado um beijo de boa noite a pouco tempo... Acredito que vou precisar de outro... A próxima noite promete ser longa para nós dois... Ah e para você também Asa Noturna...

Aguardaria que alguém me indicasse um aposento para poder dormir... E assim que estivesse estabelecido, utilizaria do meu portal, para recuperar a minha mala... A batgirl não iria gostar muito eu ter que repetir as roupas...
avatar
Tony.Wiz

Mensagens : 65
Data de inscrição : 19/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Art012 em Seg Jan 16, 2017 5:35 pm

Inicio uma busca rápida neles, eles tem que ter algo, eles são daquele grupo eles TEM que ter algo, ninguem vem a um lugar desse e joga uma mulher sem a menor razão, deve ser estranho ver uma leoa revirando os mortos sem devorar, mas se fosse de minha vontade, eles é que não iriam impedir.



Reviro eles e acabo encontrando algo, um pequeno pedaço de papel, mais papeizinhos penso eu, pensei que esse povo fosse mais avançado, hmmm "avise aos outros. Um anjo da morte, um demônio do sangue e um parricida cruzaram os portais", parricida podeira ser Sobek, mas se ele estive-se aqui com certeza teríamos visto, não, não pode ser, Shezmu ou Kherty talvez, mas estou me prendendo a nomes que conheço, duvido que seja qualquer um deles...



Escuto  resposta do chapeu vermelho, e respondo:



-Espere, seu povo me chama de Sekhen, sei que tem muitas duvidas e duas coisas quero deixar bem claras, primeiro, aqui não é lugar de conversa, segundo não conheço este rapaz (me referindo a Onikaze) melhor do que você, porem se não estamos nos matando, imagino que em parte estamos com os mesmos objetivos alem do mais...



Levanto, olho na direção dele e continuo;



-Tanto você quanto Onikaze disseram que esse lugar estava uma bagunça hoje, um grupo de caras pintadas a toa indo num beco e uma mulher jogada da janela desse lugar foi o que vi, hoje esta uma bagunça por que algum grande defensor dessa cidade foi abatido, isso é o que sei, mas o que esta nesse papel me diz algo diferente.



Leio o bilhete para eles e continuo;



-Não é que eles não sabem que estamos aqui, na verdade estamos onde eles querem, você (falando para o chapeuzinho vermelho), disse que seguiu eles até um lugar, eram muitos e mesmo com sua habilidade e armas não foi capaz de fazer algo contra eles, esses aqui também deram trabalho a esse rapaz e também me dariam trabalho, mas se o que está neste papel for real e já tiver acontecido, esse bando de malucos por ai é o menor dos problemas, pois se simples armas e armaduras já nos deram dificuldade, o que dirá de algo que passe por um portal?



Me aproximo dele e continuo;



-Nenhum de nós gosta de caçar com alguém do lado, mas creio que isso hoje é o que eles querem, enquanto nós brigamos por ai pelas nossas próprias presas, acreditando que estamos avançando, as hienas levaram a grande caça. eles queriam esse confronto por ai, se sairmos por ai agora um para cada canto resolver essa distração, não importa quem você seja ou o quão habilidosos seja, elas vão te pegar.



Olho para eles



-Melhor sairmos daqui o quanto antes, só não sugiro irmos em direções opostas, eles nos colocaram onde eles querem, agora estamos em desvantagem, não sei se tudo é obra deles, mas isso é o que querem para nos manter fora de algo, isso é o que acho, melhor vocês escolherem um lugar se acreditam em min, não espero e nem cobro confiança, mas as situação esta contra nós agora.



Off: esperar pra ver para onde vão, e seguir


Última edição por Art012 em Seg Jan 16, 2017 8:15 pm, editado 3 vez(es)
avatar
Art012

Mensagens : 51
Data de inscrição : 19/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Onikaze em Seg Jan 16, 2017 6:51 pm

Eu tinha que ficar de olho nesse encapuzado, apesar de divergências de opiniões quanto a ação do morcego eu tinha um certo respeito, ele saiu das sombras e se tornou um símbolo, algo que tenho apenas engatinhado para começar, pelo menos nesse continente.

Sekhen tenta ponderar, realmente ninguém se conhecia ali e apesar de momentos de certa aliança era melhor baixar a guarda, ele tinha informações sobre o que poderia prejudicar a cidade e além do mais eu poderia ir atrás de quem atacou a escola, se eles querem ferir meu povo iriam pagar.

_Onikaze, o protetor desse bairro - digo com calma - esses caras ai mataram uma protegida e amiga minha, então vamos surpreender esse povo e evitar que a cidade caia, mesmo que momentaneamente acho que após esse embate podemos ver que nossos objetivos de certa forma se alinham, creio que não foi por acaso, mas se trabalharmos juntos podemos resolver isso rápido.

Tinha que limpar essa bagunça...
avatar
Onikaze

Mensagens : 65
Data de inscrição : 22/08/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t34-ren-o-demonio-do-ve

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por siouxsie. em Ter Jan 17, 2017 9:55 am

Tdo mundo parece cansado de repente, e rapidinho percebo que eu tbm estava. Queria estudar mais sobre esse amuleto, mas combater o crime a noite tda tem seu preço.

- Alfred tem razão. Acho que eu vou descansar um pouco. De noite a gente vai até lá investigar esses lugares que o Theo citou.

Quando to me levantando, o garoto se aproxima de novo com aquele papinho barato. Seguro a cabeça dele e dou um beijo em sua testa.

- Feliz? Durma com os morcegos.

Procuro o meu quarto na casa. Iria tomar um banho bem demorado e depois me jogar na cama pra dormir o melhor que eu podia. Hoje a noite tem mais.
avatar
siouxsie.

Mensagens : 41
Data de inscrição : 20/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum