Aqui se morre herói, ou se vive tempo o bastante para se tornar vilão.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Sombras da Justiça - A Era Degenerada

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15  Seguinte
AutorMensagem
Tony.Wiz

avatar

Mensagens : 100
Data de inscrição : 19/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Qua Maio 16, 2018 11:20 am

O meu sangue fluía para o cajado... Sentia meu coração acelerar... O espaço se rompe a minha frente... Não era mais tempo de piadas ou de humor... Eles pediram por um Guardião diferente... E agora...

O corpo do Homem-Coruja é tragado para o espaço... Assisto o seu corpo queimar... Seu grito não é ouvido no vazio do espaço... Penso em trazer o seu corpo morto, mas ele se torna poeira...

Não mais terei piedade...

Vejo os corpos deles lá em baixo... Iria recupera-los... Colocar em um local seguro... Quando estou descendo... Uma presença chama a minha atenção... Um homem está parado no mesmo local que o Homem-Coruja...

Quem é... Onikaze?

Ele era muito semelhante a Onikaze... Mas, parecia diferente... Como se fosse muito mais velho... Olho para baixo... O outro Onikaze continuava imóvel, morto lá embaixo...

Ouço as suas palavras... Vejo seus raios crepitarem... Assombro meu olhar...

O que vc vai...

O mundo se distorce... Sou tragado para um vórtice... Vejo o Espaço e Tempo se partirem...

Abro os olhos assustado... Mas me vejo parado na sala onde antes tinha o Batmovel... E mais surpreso ainda quando vejo Batgirl, Arlequina e Onikaze ao meu lado...

Batgirl... Onikaze... Arlequina... Vcs estavam...

Olho a volta... Tento me lembrar... Vejo a imagem de Onikaze a minha frente... Ele havia feito algo...

O espaço e tempo... Droga... Strange me disse que Tempo seria um dos últimos arcanos que ele me ensinaria, pois o estrago com um erro... Seria devastador demais...

Olho para minhas roupas... Estavam intactas... Apenas o meu cajado trazia a mancha do meu sangue...

Eu cruzei a linha ao ve-los mortos... Gotham não precisa de um Guardião que se limitará...

Ativo as minhas visões de Primórdio e Espaço... Tinha que entender perfeitamente o que houve... Iria com as linhas de espaço e primórdio tentar entender o que aconteceu...

Ativar visões e teste de Ocultismo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Art012

avatar

Mensagens : 92
Data de inscrição : 19/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Qua Maio 16, 2018 11:29 am

Escalava a parede cravando minhas patas bem fundo, era por segurança mas um pouco mais por descontentamento, seja lá o que eu fosse fazer eu deveria primeiro, ter onde pisar e segundo, o que fazer, o coruja estava sob controle e prestes a ser destruído pelo mago em revolta, eu ainda tinha que achar esse amuleto, mas... a essa altura do jogo, não creio que valha meu tempo, eles roubaram, eles que lhe se virem com as consequências, não é, não pedirem para guardar aqui e eu guardei, e falhei, não me pediram para ir resgatar, e eu fui, e agora estou falhando, maldito seja o dia em que não matamos todos dessa especie, essa o alem é um lugar de descanso e tormento, essa terra é arena onde as almas serão testadas, e meu dever somente eu ou minha senhora pode impor...



Quando logo próximo onde o desgraçado molhava as calças em orgasmo ao ver a morte de simples mortais estava algo, uma silhueta, usava e se assemelhava ao pudinzinho mas as semelhanças se perdiam na aparência, aquele era muito mais velho, sua postura era cansada, e suas palavras carregavam dor, mas o que está acontecendo?



Logo ele diz que poderá destruir nosso mundo, mas que harley era seu mundo, logo seu corpo começa a emanar energia e desaparece numa descarga de força tão poderosa que desmancha o mundo ao redor, sinto a força mas algo acaba me fazendo perder a consciência, era um sono sem sonho, eu estava tranquila, destruir esse mundo ainda era meu objetivo, na pior das hipóteses, ele faria o meu trabalho, esse que ainda mantenho apesar de nem mesmo minha senhora querer, ela nunca me desautorizou, então posso continuar....



Não sei quanto tempo se passa, mas logo quando começo a sentir o chão sob meu corpo eu levanto, olho ao redor e vejo uma sala familiar, nós já não havíamos passado por aqui? Todos parecem confusos e logo noto o motivo, Batgirl, pudinzinho, a garota de cara pintada e o outro vigilante estavam ali também, vivos era desnorteante, me levanto e me recomponho, mas de fato só poderia ser eles, mas como... Ahh humanos por que vocês complicam tanto coisas tão simples como a vida, o que foi que vocês fizeram penso eu...



Pudinzinho pergunta o que ouve para o mago, eu digo:



-Você morreu, você, ela, ela, ele, mas ai alguém, que se parecia muito com você, usava essa mascara, roupa, mas parecia muito mais velho, sua voz carregava dor, disse que o que iria fazer poderia destruir nosso mundo, mas que harley era seu mundo, então ele disparou em uma direção, tudo desapareceu ao se retorcer por onde ele foi, ai acordamos aqui, foi isso que vi, se isso lhe toca algum sino, bom, por que eu não entendi e a essa altura nem me importo mais...



Coloco a mão no ombro do mago e com seriedade digo:



-Esse mundo é arena onde as almas dos mortais serão testadas, não caia tão rápido em sua primeira provação.- Digo depois me afasto



Já tive minha dose de estranhezas, estava irritada e frustrada, poderia estar bem mas ainda queria encontrar o amuleto, se é que era possível, mas também... Um sentimento de monotonia começava a me tomar, a vida não era mais que um evento super valorizado, fico em  pé, cruzo meus braços e espero eles decidirem o que fazer, agora só queria cumprir o meu dever que era...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
siouxsie.

avatar

Mensagens : 83
Data de inscrição : 20/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Dom Maio 20, 2018 10:49 am

“O que está acontecendo?”
 
Me levanto devagar olhando minhas mãos e mexendo elas. Eu tava bem e minha armadura tava novinha em folha de novo. Isso é insano, a um minuto atrás eu tava caindo pra morte e até senti a pancada contra o chão.
 
“Não entendo nada. Nós morrermos e depois Ren nos salvou distorcendo a linha do tempo...”
 
Era confuso demais e Bruce me ensinou que nessas horas o ideal era manter o foco. Então paro de tentar entender o que tinha acontecido e volto a pensar na missão que tínhamos pela frente.
 
- Ta legal gente. Isso é td mtu confuso mas não podemos nos esquecer do que viemos fazer aqui. Vamos vasculhar o resto da torre pra ver se a gente encontra mais algum garra ou esse amuleto que está causando td problema.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 450
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Dom Maio 27, 2018 1:28 am

Ren se mostra chocado com seu próprio retorno após a certeza da morte. Era confuso, assustador. Assimilar aquela realidade era como tentar entender um quebra-cabeças complexo em que uma peça estava faltando. Sem respostas, ele recorre sedento ao conhecimento de seu mestre.
 
“Deves redobrar o cuidado, meu discípulo. De onde eu vejo, as mudanças foram drásticas. As sombras estão mais escuras.”, Manji responde em sua mente.
 
 
Theo via seus aliados de pé, incólumes, mas ainda tinha fresca em sua mente a imagem dos quatro mortos no andar debaixo. Havia um grande conflito no jovem mago, um terrível embate entre sua mente aliviada e seu espírito perturbado. Tentando entender o que acontecia, Theo recorre a magia ativando suas visões.
 
Com sua visão de Primórdio o mago nada enxerga, mas a visão de Espaço lhe surpreende. Theo começa a ver os antigos fios (Vermelhos) que sustentavam o espaço-tempo soltos em muitos pontos, porém, unindo-se aos poucos com fios de uma realidade diferente (Azuis). O mais estranho para o mago é que estes novos fios azuis estavam unidos ao atual espaço-tempo em que o grupo se encontrava, e que por mais parecido que ele fosse ao espaço-tempo de outrora, ele não era o mesmo.
 
 
Anouke não era dada a afetações. Mesmo estando também confusa sobre o que havia acontecido, a guerreira tenta juntar os cacos e dar explicações coesas ao invés de se deixar levar pela loucura que havia acontecido. Porém, era impossível negar que quanto mais ela explicar, menos suas palavras faziam sentido, nem mesmo para ela que presenciou tudo.
 
Mas Anouke não era a única. Analisando o grupo, a guerreira percebe que Asa Noturna e Capuz Vermelho também já haviam abstraído e se adaptado à situação, os dois analisando silenciosamente o ambiente a sua volta. Enquanto isso, Arlequina não parecia dar a mínima para os fatos. Sua mente era simplesmente caótica demais para se deixar levar pelas mudanças, por maior que elas fossem.
 
 
Siouxsie também se mantinha focada. Por mais estranho que tudo aquilo fosse, ela colocava o raciocínio em segundo plano por ainda não ter respostas para ele, e tentava se adaptar ao ambiente a sua volta. Tudo estava novo, como se eles nunca houvesse estado naquele andar. Se isso fazia algum sentido ou não, não importava agora. Havia uma missão pela frente.
 
E assim que a vigilante lembra isso aos seus aliados, algo de surpreendente ocorre. A porta de acesso do segundo para o terceiro andar é aberta no fundo do corredor, e três estampidos de som oco são ouvidos. Os heróis só precisam ao certo do que se trata quando três esferas de metal são jogadas naquele salão e começam a liberar uma densa cortina de fumaça branca. E no fundo do mesmo corredor, todos começam a ouvir a poderosa marcha dos coturnos se aproximando e de armas pesadas sendo engatilhadas. Clack, Clack!  
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
Art012

avatar

Mensagens : 92
Data de inscrição : 19/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Dom Maio 27, 2018 10:55 am

Tinha algo de errado ali, eu posso sentir isso no ar, a sala estava recuperada, nós estávamos sem ferimentos ou cansaço, era como um... como os humanos chamam... Daja, não, deja, deja o que mesmo? Déjà vu eu acho, não sei dizer se era isso mesmo, mas era estranho seja lá o que fosse, posso estar um pouco confusa mas agora só precisava me preocupar com o amuleto, o resto era perca de tempo, se ele estiver ainda aqui claro, depois de tudo isso acontecendo, capaz dele nem estar mais aqui...



Quando começo a ouvir o tipico som de botas de forças armadas pisando, hmpf vamos ver se eles entram atirando como fazem lá ou não...



A porta é arrombada e e uma bomba de fumaça é detonada, eles entram logo em seguida;




-Hmpf, é isso que ganhamos por ajudar essa desgraça de povo. - Digo claramente irritada pela audácia, desses parvos.



Não me daria o trabalho de perguntar a esses desgraçados o que queriam, não se perde tempo falando com gado, principalmente o que irá para abate, escuto eles apontando essas arminhas, hmpf por favor não me faça rir, eu passei milênios no oriente médio, isso lá é uma piada na melhor das hipóteses.



Off: Seguir o grupo no que forem fazer seja fugir ou lutar, se optarem por recuar, entro em contato com Wep via mente quando possível e pergunto;




-O que ouve com esse lugar, não sei o que ouve, mas não parece ser o mesmo, sei que não é, da pra sentir, eu vi esse lugar mudando, por favor, diga o que ouve, por que se esse não for mais o lugar que eu devo proteger, então não tenho mais por que perder meu tempo com a desgraça deles, guerrinha de primeiro mundo, não estou aqui para bater ou salvar gente que arrota caviar, esse povo merece ser morto, diga por favor o que ouve, diga onde está o amuleto ou o meu objetivo aqui...



Tenho responsabilidades maiores, não sou uma deusa a serviço do povo, vim aqui atras do amuleto, mas se ele não estiver mais aqui, então não tenho por que perder meu tempo, a não ser que esses desgraçados me deem alguma luta de verdade, já cansei de bater em vermes fujões, no fundo estava desapontada por não achar o amuleto e por ver o quão mal protegido ele estava.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Wiz

avatar

Mensagens : 100
Data de inscrição : 19/08/2016

MensagemAssunto: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Dom Maio 27, 2018 7:46 pm

Ignoro os outros... Tinha que entender o que houve aqui... Mas vendo as linhas do espaço... Estava claro...

Onikaze criou uma nova realidade... Voltamos no tempo apenas alguns minutos... Mas isso pode causar um desastre maior... Não posso mais brincar... Ou verei novamente eles mortos...

Ouvimos o barulho de algo batendo no chão... E esferas de metal surgem liberando uma densa névoa... E logo botas e armas vindo pelo corredor...

Nos já havíamos passado por aquele andar... Pelo visto... Os problemas aumentaram devidos as ações de Onikaze...

Giro o cajado... Iria evocar o poder das forças e conjurar a força cinética guiando os ventos daquele local para o corredor a minha frente... E tocaria no chão... Iria criar um labirinto no corredor... Faria as duas pontas no corredor se unirem de forma que eles andem em círculos...

Ja estou farto de vcs... Vcs querem ver poder... Agora testemunharam os limites da minha magia... E morreram por isso...

Ao centro do labirinto... Iria abrir um portal para o espaço... Iria fazer todos eventualmente caírem lá... Iria sair da linha de visão do corredor e pediria a todos que fizessem o mesmo... Olho aqueles que haviam morrido... Eles podiam estar aqui... Mas via ainda seus corpos... Da mesma forma que minha irmã me assombrava... Não teria mais piedade... Eles pediram...

Forcas - Lufada de vento
Espaço - Labirinto (FdV)
Espaço - Portal


Enviado pelo Topic'it
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
siouxsie.

avatar

Mensagens : 83
Data de inscrição : 20/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Ter Maio 29, 2018 2:20 pm

A hora de ficar pensando no que aconteceu acabou, a hora de agir chegou. Bombas de fumaça não jogadas na sala em que a gente está é o som de botas se aproximando deixa claro o que está por vir. 


- Não sei vcs mas não vou ficar aqui pra tomar tiros em luta desnecessária. 


Tiro um batrangue do bolso e jogo no corredor esperando ele explodir. Depois corro em direção a porta pro quarto andar e vou subindo o prédio até o terraço. 


-Retirada estratégica. Precisamos agrupar em lugar seguro e entender o que aconteceu de verdade.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onikaze

avatar

Mensagens : 102
Data de inscrição : 22/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Qua Maio 30, 2018 12:22 am

Entendo a jogada do Guardião, ele havia entendido que essa cidade precisava de herois de uma forma diferente, ele então se solta. A tempos eu fazia isso, Arlequina estava começando e Capuz também era familiarizado com esse mundo.

Arredo e jogo os batrangues explosivos que peguei do Batvampiro, pedia a Harley para ir atirando e os atrasando, minha intenção era tirar o foco de onde iríamos.

Seguia a batgirl, tínhamos que ter um plano e esses soldados não eram dos corujas, o que mudou? Pegava Arlequina e ia em direção ao terraço.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t34-ren-o-demonio-do-ve
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 450
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Dom Jun 10, 2018 12:55 pm

Ao notarem a aproximação de novos inimigos armados até os dentes, a ideia mais comum ao grupo era uma retirada estratégica. Onikaze e Batgirl vêem Arlequina, Asa Noturna e Capuz Vermelho fazerem coro as suas palavras. Então o velocista e a vigilante lançam suas bombas na direção do corredor, esperando que a detonação detenha o avanço de quem quer que seja.
 
Arlequina e Capuz Vemelho sacam suas armas e começam a atirar naquela direção para dar cobertura para o grupo fugir. Asa Noturna então vai até a porta daquele andar e tenta colocar a senha para abri-la, mas se surpreende ao perceber todas as senhas que usava estavam erradas.
 
- Que estranho. Nem mesmo a senha-matriz está entrando... – Diz o Asa Noturna, decidindo por fim colocar uma bomba no painel.
 
 
Nem mesmo o retorno à vida de seus amigos apagava da mente de Theo a traumática cena de todos eles mortos pelo capricho dos vilões daquela maldita cidade. Ainda abalado, o jovem mago não se continha, e estava disposto a matar se preciso, mas ouvindo as palavras da Batgirl, ele procura apenas distrair seus inimigos por enquanto.
 
Guardião Sombrio: Forças 5 (+1D) + Energia 9 (Dif: 6) = 2 sucessos.
 
Guardião Sombrio: Espaço 5 (+1D) + Energia 9 (+3D) (Dif: 6) = 4 sucessos.
 
Guardião Sombrio: Espaço 5 (+1D) + Energia 9 (Dif: 6) = 7 sucessos.
 
Era nítido que a raiva comprometia a concentração de Guardião Sombrio. Sua tentativa de soprar a fumaça daquela sala foi um fracasso, tornando a visão de todos quase encoberta. Em seguida, o mago tem um razoável sucesso em criar um labirinto espacial que manteria seus perseguidores ocupados por pouco tempo. E por último, mais concentrado, ele consegue com êxito criar uma distorção espacial que contribuiria com este labirinto, mantendo os inimigos presos no corredor eternamente.
 
 
A porta daquele andar é finalmente aberta em uma explosão contida. Asa Noturna insiste para que todos passem e sigam até o terraço da torre o quanto antes. É o que fazem. No meio do caminho, Anouke também decide consultar seu mentor para tentar entender quais foram exatamente as mudanças causadas pela ação daquele estranho Onikaze.
 
“Tudo mudou, minha cara. O medo finalmente se tornou caos. O Morcego já não trás mais a justiça. Ainda sinto a presença do amuleto aqui, mas já não encontro caminhos para guiá-la até ele. TODAS AS TRILHAS LEVAM ÀS TREVAS!”, Wepwawet sussurra na mente da guerreira.  
 
Sem mais armadilhas ou inimigos pelo caminho, o grupo atravessa escadarias e salas até o terraço. A porta de metal é arrombada pelo Capuz Vermelho, e assim que todos chegam ao lado de fora, surge o choque. Gotham ainda era a mesma, com suas casas de arquitetura sombria, prédios escuros, becos e sarjetas. Exceto pelo centro da cidade, onde o Arkham tornou-se um gigantesco castelo medieval com quatro torres em cada canto. Suas janelas exalavam enxofre, gárgulas com asas de morcego sobrevoavam em um mórbido balé sobre o topo daquele lugar, gritos de horror que só poderiam vir das almas mais atormentadas eram ouvidos mesmo a uma grande distância.
 
Mas não havia tempo sequer para admirar ou temer aquela ciclópica construção, pois das laterais da torre em que o grupo estava, seis helicópteros emergem, jogando luzes potentes que ofuscam a todos, soprando suas vestes com os ventos de suas hélices. Metralhadoras surgem do bico destes helicópteros. Seria um massacre se eles começassem a disparar.
 
- Parem aí mesmo, escória! – Alguém dentro de um dos helicópteros ordena em um alto-falante.
 
O que o grupo faria agora? Uma luta com certeza geraria baixas, muitas baixas. Toda aquela luz dificultava a visão e limitava a estratégia. Eles estavam cercados. Qualquer ação ofensiva geraria uma pronta reação. Como entregar-se não era uma opção, Capuz Vermelho começa a caminhar vagarosamente até um dos beirais deste terraço.
 
- Todos para o Parque Robinson... Sem máscaras. – Ele diz, deixando-se cair pelo beiral em uma queda livre e desaparecendo. 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
Art012

avatar

Mensagens : 92
Data de inscrição : 19/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Dom Jun 10, 2018 1:42 pm

Olho a paisagem enquanto, boa parte estava igual, mas havia um castelo no centro bem no estilo dos primeiros seculos no calendário atual na Europa, hmpf por que raios alguém construiria um castelo nessa época? Bom isso não ter virado algum parque de diversões Wep diz sobre o lugar, sobre o tal morcego, de novo esse, sempre essa maldito;



-Percebi, se isso não é mais o lugar que eu disse que protegeria então não tenho por que estender minha estadia alem da busca do amuleto, não sou mortal para mudar minhas escolhas como eles trocam de calçados, justica, não, esse tal morcego nunca trouxe justiça, de todos os mortais ele não chega nem perto dos mais capazes de se quer compreender o peso desta palavra, muita informação para a mente mortal limitada pelo fruto do conhecimento sem discernimento algum, sombras, huh, só não chamo esse lugar de lar por que já vi piores, o que seja lá que ocorreu atrasou e muito nossos planos de encontrar esse amuleto... É bom que os mortais rezem para que eu não encontre esse amuleto, pois os meus planos assim como esse lugar também mudaram, então precisa de uma nova abordagem, retornaremos a os mortais em sua própria moeda... 



Digo em mente para Wep, era clara minha irritação e desgosto dessa perca de tempo, helicópteros nos cercam, bom ai vem os palhaços, não adiantaria lutar contra eles, perca de tempo, suspiro de cansaço ao ver e fútil tentativa deles de me afrontar, mas descido me guardar para algo que me de o retorno que quero, aproveitem seu parque de diversões mortais, o relâmpago nunca avisa onde cairá.



Off: Saltar do prédio e seguir para onde disseram de maneira furtiva.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onikaze

avatar

Mensagens : 102
Data de inscrição : 22/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Dom Jun 10, 2018 8:06 pm

Conseguimos sair do local, mas o mundo estava estranho, sentia a energia densa e pesada de Gothan entretanto... tudo era diferente, a Torre Wayne não estava mais ali e sim um castelo. Eu não poderia perder tento, helicópteros se aproximam e certamente são hostis.

Capuz sugere um reagrupar e eu concordo era o melhor a se fazer, seguro Arlequina no colo e usando minha velocidade e procuro um que pudéssemos trocar de roupa, observava as sombras da cidade e agora que elas pareciam maiores as chances tanto minhas quanto de Harley seriam maiores.
Fazia com maior cuidado para não deixar ninguém me ver, o mundo estava lento perante meus olhos, me concentrava procurando um lugar onde pudesse me camuflar com as sombras no parque. Assim que achasse iria o local.
Aguardava os outros chegarem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t34-ren-o-demonio-do-ve
siouxsie.

avatar

Mensagens : 83
Data de inscrição : 20/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Qui Jun 14, 2018 2:27 pm

Jogo meu batrangue mas a magia do Theo nos dá uma cobertura melhor. Bom que td mundo tenha concordado em sair dali, uma luta agora não levaria a nada, ainda mais com os inimigos armados. 


- Vai, vai, vai


Começo a correr até o terraço junto com os outros e penso que estou segura quando chego lá. Só que helicópteros armados aparecem jogando aquela luz em nós. Coloco a mão na frente do rosto. Jason combina o local de encontro e foge. 


- Típico dele.


Taco uma bomba de fumaça no chão pra facilitar a fuga e pulo tbm. Em uma altura segura eu iria usar a batgarra em um prédio próximo e usar os telhados das casas pranir até o parque. 


- Ele disse sem máscaras mas como vou tirar meu traje aqui? Vou assim msm.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Wiz

avatar

Mensagens : 100
Data de inscrição : 19/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Sex Jun 15, 2018 1:58 pm

Minha impetuosidade me faz errar um dos movimentos ao controlar os ventos, isso faz com que a lufada vá na direção errada, nem retirar a fumaça... Ao tocar o solo, vejo o espaço do corredor se alterar para um labirinto... E abro um portal, de forma a fazer com que eles caiam no espaço caso se percam...

Seguimos para o andar superior... Vejo que os discípulos do Morcego se mostram perdidos em sua própria casa... Mesmo quando estávamos enfrentando inimigos aqui, ele pareciam conhecer o local perfeitamente... Subimos por andares que deveriam estar repletos de inimigos...

Mas assim que chegamos podemos ver a Gotham... Ela era sim uma cidade imersa nas sombras... Onde cada esquina se revelava um perigo... Onde até mesmo o brilho dos herois se apagam... Strange havia me prevenido que Gotham me testaria... Alem dos limites... E ao ter a imagem dos meus companheiros mortos ainda em minha mente, eu havia decidido ir alem... Mas Strange não havia me preparado para o que meu olhos viam agora...

Vejo o castelo ao centro...

Por Merlin... O que deixei acontecer ?

Onde antes existia a Torre Wayne, agora um Castelo Medieval... Gárgulas voavam a volta.... Testemunho com terror nos olhos... Agora mais do que nunca, Gotham estava imersa nas trevas... Mas enquanto a minha mente ainda processava a imagem e tenta encontrar uma saída para aqui tudo... Helicópteros surgem a nossa volta... As luzes não me permitem ver, mas o barulhos de armas sendo engatilhadas era inconfundível...

Tinhamos que sair dali... Antes que eu pudesse agir... Capuz Vermelho se afasta e pede que nos encontremos no Parque Robinson...

Merda... Como se eu soubesse onde fica isso... Mas preciso me afastar daqui e pensar... Preciso contatar Strange...

Movo os dedos, aproveitando o grupo estar se movimentando e me torno invisível... E novamente conjurando a energia arcana... Me teleporto para o alto de um dos prédios que via a distancia... Longe do castelo...

Ficar invisível e teleportar (caso não considere alto do prédio, quarto do hotel)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 450
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Seg Jun 25, 2018 11:38 pm

A pergunta mais recorrente na mente de todos naquele momento era “O que fizeram com Gotham?”. Montes de lixo e mendigos dividiam espaço nas calçadas. Ratos sentiam-se os donos de ruas desertas por onde raros carros passavam. 90% das casas foram abandonadas, apenas alguns prédios serviam de moradia para sem tetos e drogados. Toda a beleza gótica que a cidade teve um dia deu lugar a uma incômoda atmosfera de periferia.

No centro de Gotham, o Castelo Arkham parecia ainda mais temível, com suas torres e as gárgulas que as sobrevoavam. Uma delas estava bem próxima, ocupando o centro do distrito em que os heróis se encontravam. Olhar para aquele lugar medonho causava tantos calafrios nos heróis que secretamente eles se sentiam aliviados pelo Parque Robinson não ficar naquela direção.




Guardião Sombrio:



Usando meios mágicos, Guardião Sombrio novamente rompe a barreira dimensional no topo da torre, cruzar o vácuo entre dos espaços não foi nada fácil desta vez, pois aquela zona estava completamente dominada pela escuridão e entidades criadas pelas trevas começam a atacar Theo, rasgando-lhe a alma, puxando seus cabelos, batendo em sua face. Quando Guardião Sombrio finalmente ressurge no mundo físico, ele é arremessado contra a parede de um beco pichado ao lado da torre, chocando-se com algumas latas e sacos de lixo no chão. Sangue escorria de sua boca (-1pv). Alguma coisa naquela cidade estava claramente pervertendo o uso da magia.

Asa Noturna vinha descendo por um cabo negro bem no beco abandonado em que o mago se via caído e ferido, preocupado, ele ajuda Guardião Sombrio a ficar de pé, surpreendendo-se com o sangue em seu traje e em sua pele. Os dois estavam sozinhos agora, já que os outros foram para direções opostas.

- Cara, o que houve com você? – Asa Noturna pergunta. – De qualquer forma, eu espero que esteja bem o bastante para seguir em frente. Vamos antes que nos achem aqui!

Guardião Sombrio: Destreza 2 + Furtividade 0 (Dif: 4) = 2 sucessos.

Asa Noturna: Destreza + Furtividade (Dif: 4) = 6 sucessos.

Sem as luzes dos postes e das casas para atrapalhar, foi muito fácil para os dois heróis em seus trajes negros cruzar becos e vielas de Gotham sem serem vistos. A cidade estava tomada por mercenários bem armados, que se atreviam a usar a máscara do Batman e o símbolo do morcego rachado em seus peitos. Eles patrulhavam as ruas enquanto se comunicavam com helicópteros e zepelins através de rádios. Não havia mais a GCPD, estava claro que eles eram a lei agora.

Mas embora fosse fácil passar pela escuridão em direção ao parque entre estes mercenários, uma cena chama a atenção dos dois heróis. Quatro destes mercenários perseguiam uma mulher maltrapilha e seu filho. Essa perseguição vinha na direção dos heróis, mas no momento certo o Asa Noturna puxa o Guardião sombrio para se ocultar em um nicho de sombra enquanto passavam. A mulher e a criança entram em um beco próximo para fugir do quarteto de mercenários, carregando em suas mãos algumas latas novas de feijões que provavelmente haviam roubado. Contudo, para o seu azar, aquele era um beco sem saída, e os quatro mercenários logo os encurralam, apontando seus fuzis tanto para a mulher desesperada quanto para a criança em lágrimas olhando para seus assassinos. Asa Noturna e Guardião sombrio arriscariam o seu disfarce para ajudá-los ou seguiriam em frente?




Onikaze:



Antes que os helicópteros disparassem uma chuva de balas sobre o grupo, Ren usa a sua velocidade para agarrar Arlequina e disparar prédio abaixo. Na velocidade do tempo, a gravidade mal afetava o Demônio do Vento. Ren simplesmente corria pelas vidraças da torre sem a menor preocupação, conseguindo chegar ao pórtico escuro daquele lugar.

Porém, assim que freia em segurança, a força da aceleração se volta contra Ren, os raios normalmente inofensivos que o circundava começam a atacar seu corpo, acelerando seu coração a níveis perigosos e deixando sérias queimaduras em sua pele. (-1PV)

- Pudinzinho? – Arlequina clama preocupada, levando um choque ao tocá-lo.

A dor finalmente cessa, mas o Onikaze ainda se via ferido. Um dos holofotes dos helicópteros passa perigosamente próximo aos dois. Temendo que Onikaze usasse sua velocidade e acabasse se ferindo novamente, Arlequina apóia um braço de Ren em seus ombros e o carrega para longe daquele lugar o quanto antes.

Onikaze: Destreza 4 + Furtividade 2 (Dif: 4) = 4 sucessos.

Arlequina: Destreza + Furtividade (Dif: 4) = 4 sucessos.

Os dois amantes seguem em direção ao Parque Robinson fazendo das sombras a sua morada. Onikaze já havia demonstrado melhoras e se movia sozinho, apenas seu orgulho ainda doía por não poder usar a sua velocidade justo no momento em que mais precisava dela, mas o ex-assassino ainda se virava bem só com suas habilidades naturais.

A cidade estava sitiada por um grupo enorme de mercenários que usavam a máscara do Batman, todos armados até os dentes. Era difícil cruzar as ruas até o parque, mas os dois deram seu jeito, pelo menos até chegarem em uma praça aberta, onde quatro daqueles mercenários faziam uma patrulha ferrenha no local, procurando por alguns vagabundos, segundo os comentários que eles soltavam.

- E agora, Pudinzinho? O Parque Robinson é logo depois dessa praça. Não dá para voltar, as ruas estão infestadas desses mercenários. – Arlequina questiona.




Sekhen e Batgirl:



Siouxsie atira-se do topo do prédio com a mesma confiança que Capuz Vermelho, lançando sua bat-garra em várias outras estruturas e aparando sua queda. Porém, enquanto balançava-se habilidosamente pelo cabo, a Batgirl nota algo preocupante em seus movimentos. O traje construído para melhorar seu desempenho nada mais é do que um peso morto em seu corpo. Não funciona mais, nem as funções mais básicas. Com essa terrível constatação, a heroína pousa com relativa tranquilidade sobre o terraço de uma lanchonete abandonada.

Com seus superatributos, Anouke não precisava temer coisas tão tolas como gravidade ou altura. Sem o menor receio ela salta do topo da torre assim como os outros, aparando sua queda ao fincar os dedos no concreto da torre apenas porque encontrou a Batgirl no terraço de um estabelecimento próximo. A guerreira pousa maciamente bem ao lado da vigilante, mas quando dá por si, sua forma feral de leoa desaparecera, e ela era novamente a bela amazona que abandonou Temíscera milênios atrás.

Não havia tempo a perder tentando entender o que estava acontecendo, um grupo grande de mercenários nas ruas percebeu a movimentação das duas naquele terraço e começava a entrar na lanchonete para rendê-las. Não seria interessante uma luta naquele momento, visto seus números e as armas de calibre pesado que carregavam. Sekhen e Batgirl viram-se obrigadas a partir o quanto antes.

Sekhen: Destreza 4 x5 + Furtividade 3 (Dif: 4) = 17 sucessos.

Batgirl: Destreza 4 + Furtividade 3 (Dif: 4) = 4 sucessos.

Mesmo não tendo mais a forma felina a seu favor, Anouke ainda tinha agilidade o bastante para usufruir das sombras em abundância nas ruas daquela Gotham decadente. Ao seu lado, Batgirl demonstrava um treinamento avançado na arte de se camuflar. As duas seguem sem serem vistas pelas ruas tomadas por aqueles mercenários com máscara de Batman e o símbolo do morcego rachado ao meio.

Tudo seguia tranquilo para as mulheres, até que no estacionamento abandonado do Parque Robinson, as duas são emboscadas por quatro daqueles soldados, saindo de trás de carros velhos e apontando seus fuzis para elas, cada um se aproximando de um lado.

- Paradas aí, vocês duas! Mãos para o alto, mãos para o alto! – Um deles ordena.
[/size]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
Onikaze

avatar

Mensagens : 102
Data de inscrição : 22/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Ter Jun 26, 2018 5:04 pm

Droga que dor foi aquela? Não entendia o motivo daquela dor, os raios nunca me feriram e fico aliviado que não tenha pego Arlequina, aquilo me deixou atônito, porém sendo guiado por ela me recupero. O caminho é tenso, mas mover pelas sombras era algo que nós já sabíamos fazer.

Chegamos até um local onde nos escondemos e assim observamos melhor o local, uso as visões do capacete que peguei, queria analisar o melhor o que estava acontecendo e tentava controlar minha respiração, eu precisava me focar.

Atravessar por minha conta seria doloroso, mas ao mesmo tempo prático, porem deixaria Harley para trás:

_Posso tentar derrubar os quatro, quero fazer sem que eles atirem e chamem a atenção. Não compreendo esse mundo, mas vi que minha velocidade está contra mim, então quando eu parar tente não me encostar, não quero te ferir.

Respiro e me ponho em posição de combate deixo Kazeshine em forma de foice e vou partir para o ataque miro no soldado 1 com Sou Ryu Sen Hikasuchi, soldado 2 com um Ryuu Shou Sen, soldado 3 com Ryu Kan Sen Onmyou Kousa, soldado 4 com Ryu Sen Kikasuchi, soldado 4 com Ryuu Shou Sen e soldado 3 com Ryu khan sen tsumuji, soldado 2 com Ryu Kan Sen Onmyou Kousa e soldado 1 novamente com Ryu Sen Kikasuchi, caso alguém sobreviva continuo atacando com um Sou Ryu Sen Hikasuchi e Ryuu Shou Sen em sequencia até que todos morram.

off: gasto energia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t34-ren-o-demonio-do-ve
Art012

avatar

Mensagens : 92
Data de inscrição : 19/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Qua Jun 27, 2018 12:27 pm

Huhuhu calafrios? Eu? Sirvo a Sekhmet, o unico calafrio que frio é de sentir o vento frio desse lugar, no meu rosto nesta forma, prefiro muito mais a fera, quem relamente sou, mas chamaria atenção demais se deslocar naquela forma aqui, vamos no basico, argh essa pele lisa e delicada me incomoda, mas preciso disso, afinal foi isso que nos manteve em segredo por tanto tempo, penso enquanto caio, vendo as janelas das construções abandonadas cruzarem por min, foi uma queda tranquila, mas aindaqueria lutar, mas só chamariamos mais e mais desses parasitas em uma luta que para min nessas considições não adiantaria, eras atrás e a historia seria outra, não seria a ordem dela que me impediria de transformar esse lugar em cinzas, tinhamos muito a fazer, chegar no lugar marcado seria algo complicado com as ruas nesse estado, nada surpreendente, não sei o que houve com exatidão mas, isso ainda se aplica no tipico caos humano sob o proprio controle, humanos, se deuses não existi-sem, teriam que ser inventados...



Logo me junto com a garota morcego, digo para que apenas ela escute;



-Sou eu, Sekhen, não se deixe levar por essa forma, ainda sou a leoa apesar de estar nessa pele, quando eu precisar, eu farei ela se levantar...




E pela solidão caminhamos, era claro que o lugar já teve dias melhores, não eram como as pilhas de escombros por onde ja caminhei, mas que agora estava a muito tempo sem controle, controle sobre algo útil, sinal tipico de alguma administração errônea e limitada, hmpf o único inimigo dos grandes faraós era o tempo, o que você deixa para traz talvez seja a unica coisa que dirá quem você foi, e esse seja lá quem deixou este lugar desse jeito, com certeza não controla nem a própria vida...



-Hmmm o que foi, se sentindo mal por estar se sentindo em casa? Huhuhu você não é como suas irmãs não é, aceitaram passar a eternidade no paraíso enquanto você prefere continuar nessa sua guerra eterna, nunca vi ninguém se tornar escrava de seu próprio livre arbítrio, deixe esse lugar para traz, essa é uma guerra contra o que? Ratos e bandidos? Huhuhu Tantas coisas ai fora para você destruir e usufruir e você fica ai, com essa sua deontologia que só você compreende...




Respiro fundo ao ouvir Set de novo, ele continua;



-Hmpf olhe ao seu redor, se tem alguém que não controla a própria vida é você, e o pior, você é a unica coisa responsável por como você está e a unica capaz de se tirar disso, consegue dizer não a ordem de sua criadora para parar de lutar, mudando até seus alvos e o que considera errado, mas não é capaz de escapar de uma tarefa auto imposta? Deixe eles caírem na própria desgraça minha cara, vê? Sem eles você ainda é uma divindade, sem os deuses, eles são muito mais baixos do que esse lugar te mostra, até a medula de suas almas!!! ....




-Chega...
- Digo para ele em mente.



-Huhuhu Veremos...




Set sabia o que se passava em minha mente, mas o que é errado a essa altura, e o que é certo? Não há tons de cinza, apenas sombras, e eu farei a luz da ira de Rá brilhar, eu sei o que é, o que deve ser feito.



Em nosso caminho, encontramos, um grupo, um quarteto bem ousado, a nos dar ordem de parar, oras, mais coisas com símbolos de morcegos, (suspiro) qual é o negocio com morcegos desse povo, algum fetiche compartilhado? Eu posso esquivar  e quebrar esses parvos mais sera um gasto desnecessário de energia, porem... Olho a roupa da Batgirl, olho os símbolos e mascaras... É, não custa tentar... Num tom de respeito a garota de digo para todos;



-Huhuhuu Veja minha senhorita, eles não te reconhecem, andam tanto com baixas castas que se esquecem das caçadoras de elite, vocês, baixem essas armas agora!!! Estão sob a sombra do morcego, não me façam rachar seus corpos e fazer mil demônios violentarem suas almas!!!




Piso no chão para que o chão trema nessa hora, mas apenas para realçar minha ordem;



-Agora!!!




Era uma maluquice, eu sei, mas era algo que não havia tentado antes, usam o simbolo do morcego, ela usa o simbolo do morcego, espero que entendam, por bem ou na base dos murros.



Off: Persuadir esses parvos armados a abaixarem as armas, gastar 1 ponto de força de vontade para isso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
siouxsie.

avatar

Mensagens : 83
Data de inscrição : 20/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Qua Jun 27, 2018 6:00 pm

O traje não tava mais funcionando, eu estava de volta a minha força natural. Mtu estranho isso. O que podia estar causando esse tipo de coisa? Deve ser por isso que Gotham está tão escura e abandonada. Vejo Sekhen aparecer do meu lado mas em uma forma diferente.

- Vc é msm cheia de truques tomara que tenha preservado aquela sua força vamos precisar.

Não dava pra bater papo não demora mtu pros soldados descobrirem a nossa posição e começarem a entrar na lanchonete. Pego minha batgarra e dou o fora vendo que Sekhen tava bem atrás de mim.

"Quem fez isso com Gotham vai pagar bem caro!"

Chegamos em um estacionamento perto do parque e acabamos emboscadas por mais daqueles soldados. A gente tava em uma situação complicada mas Sekhen tenta distrair eles. Cochicho pra ela.

- Se isso não for só um plano pra enganar eles fique sabendo que o Batman não autoriza ninguém dos seus aliados a usar armas de fogo. Então pode ir com td...

Se o plano da Sekhen der certo e eu ver que os soldados foram distraídos ataco dois deles com dois ataques em cada um. Double Hit Kick e Cat Kick, depois Hiper Sweep e Silhoete Kick.

Off: 3 de energia e 1 ponto de FV no dano cada um.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Wiz

avatar

Mensagens : 100
Data de inscrição : 19/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Qui Jun 28, 2018 9:42 am

Eu sou um mestre do espaço... Manipula-lo e caminhar entre seus véus é algo simples... Mas assim que entro no portal, e caminho pelo vazio, percebo que algo estava errado... A distancia que eu deveria andar pelo vazio deveria ser minima...

Por que isso está...

Logo sinto as garras e presas dos demônios que permeiam o vazio da existência me atacando... Ele não deveriam ser capazes de me alcançar em tão pouco tempo... Sinto meu corpo ser rasgado, e minha alma ser tragada... Salto em direção ao portal de volta ao plano de Gotham, e caio na rua... Sangue saia pela minha boca...

O que está acontecendo ? A minha magia nunca falhou assim antes...

Vejo uma movimentação ao meu lado... Já imaginava ter que lidar com alguém, mas era Asa Noturna... Ele me ajuda a levantar... Respiro um pouco e falo...

Não é só a arquitetura do local que mudou... A magia nesse local está deturpada... Creio que não poderei usa-la até estudar um pouco mais sobre ela e as novas regras...

Caminhamos pelo local, Asa Noturna me auxilia a seguir seus passos... E logo nos deparamos com um mulher correndo com uma criança... Os Mercenários que usam o simbolo do morcego partido seguem atras dela... Ali ela encontraria o seu fim...

Maldição... Não posso arriscar usar magia nesse momento... Posso corromper ainda mais ela...

Aperto os pulsos... Tinha visto meus companheiros morrerem... Não deixaria mais sangue ser derramado... Olho para o vigilante... E aponto para ele seguir a minha frente... Sabia que ele era mais experiente em caminhar furtivamente então era preferível que ele alcançasse eles primeiro...

Sei que Wong vai pegar no meu pé por não concluir meu treinamento de KungFu

Então seguiria de encontro a um dos soldados, procurando caminhar furtivamente, iria girar meu cajado, usando uma ponta para abaixar as mãos que seguravam a arma e então giraria o cajado atingindo o queixo do soldado por baixo... Iria aproveitar e aplicar dois chutes contra ele, atingindo seu tornozelo e a sua cintura...

Iria girar para o segundo soldado e iria repetir o movimento executado no primeiro...


0 - Monkey Grip Soldado 1
1 - Double Hit-Kick Soldado 1 + FdV
2 - Monkey Grip Soldado 2
3 - Double Hit-Kick Soldado 2 + FdV
[/color]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 450
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Qui Jul 05, 2018 1:54 pm

Onikaze e Arlequina:

Ren ativa o visor que havia recuperado de um dos Garras na Torre Wayne, porém, tudo que ele mostra é uma interferência que lhe atrapalha a visão até ser desligado. A tecnologia não estava funcionando naquele mundo. Agora ele tinha alguns inimigos a sua frente, e também sem seus poderes, precisava derrubá-los da maneira convencional.

Onikaze: Destreza 4 + Furtividade 2 (Dif: 4) = 5 sucessos.
Mercenário 1: Percepção + Prontidão (Dif: 6) = 1 sucesso.
Onikaze usa Sou Ryu Sen Hikasuchi: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 4 sucessos.
Mercenário 1: Sem ação.
Onikaze (Dano: Força 3 + 8 ) = 11 sucessos.
Onikaze usa Sou Ryu Sen Hikasuchi: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 3 sucessos.
Mercenário 1: Sem ação.
Onikaze (Dano: Força 3 +1) = 2 sucessos.

Onikaze: Destreza 4 + Furtividade 2 (Dif: 4) = 5 sucessos.
Mercenário 2: Percepção + Prontidão (Dif: 6) = 2 sucessos.
Onikaze usa Ryuu Shou Sen: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 1 sucesso.
Mercenário 2: Sem ação.
Onikaze (Dano: Força 3 + 8 ) = 10 sucessos.

Onikaze: Destreza 4 + Furtividade 2 (Dif: 4) = 5 sucessos.
Mercenário 3: Percepção + Prontidão (Dif: 6) = 2 sucessos.
Onikaze usa Ryu Kan Sen Onmyou: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 1 sucesso.
Mercenário 3: Sem ação.
Onikaze (Dano: Força 3 + 2 + 8 ) = 10 sucessos.
Onikaze usa Ryu Kan Sen Onmyou: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 8 sucessos.
Mercenário 3: Sem ação.
Onikaze (Dano: Força 3 + 1 + 8 ) = 13 sucessos.

Onikaze: Destreza 4 + Furtividade 2 (Dif: 4) = 5 sucessos.
Mercenário 4: Percepção + Prontidão (Dif: 6) = 1 sucesso.
Onikaze usa Sou Ryu Sen Hikasuchi: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 3 sucessos.
Mercenário 4: Sem ação.
Onikaze (Dano: Força 3 + 8 ) = 10 sucessos.
Onikaze usa Sou Ryu Sen Hikasuchi: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 2 sucessos.
Mercenário 4: Sem ação.
Onikaze (Dano: Força 3) = 5 sucessos.

Como uma verdadeira sombra, Onikaze se aproxima dos inimigos, mostrando que não precisava de sua velocidade para ser letal. Ajudado pela escuridão em abundância, nenhum deles foi capaz de percebê-lo enquanto se movia. O primeiro mercenário tem suas costas rasgadas pela foice do Onikaze, e em seguida é atingido pela bainha de couro. O segundo mercenário é atingindo na perna, bem no nervo femural, de modo que muito sangue escorre e ele passa a ter grande dificuldade para se movimentar. O terceiro mercenário é atingido por um dos golpes mais mortais do arsenal de Ren, sendo partido ao meio ao mesmo tempo que decapitado quando as duas foices atacam juntas em um movimento cruzado. O quarto mercenário desmaia quando Onikaze lhe rasga a barriga e lhe acerta com a bainha na testa.

Arlequina: Destreza 4 + Furtividade 2 (Dif: 4) = 6 sucessos.
Mercenário 1: Percepção + Prontidão (Dif: 6) = 3 sucessos.
Arlequina ataca: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 3 sucessos.
Mercenário 1: Sem ação.
Arlequina (Força 2 + 3) = 3 sucessos.

Arlequina: Destreza 4 + Furtividade 2 (Dif: 4) = 6 sucessos.
Mercenário 2: Percepção + Prontidão (Dif: 6) = 1 sucesso.
Arlequina ataca: Destreza 4 + Armas Brancas 3 (Dif: 6) = 7 sucessos.
Mercenário 1: Sem ação.
Arlequina (Força 2 + 3) = 5 sucessos.

Dois mercenários sobrevivem por um fio do devastador ataque do Onikaze, mas enquanto eles apontavam com as mãos trêmulas seus fuzis para o velocista, aquele terrível sorriso psicótico surge para assombrá-los. Arlequina sai da escuridão e acerta os dois com seu pesado martelo, esmagando a coluna de um e o tórax de outro.

- Então é assim que o Batbobo se sente chegando de fininho? Gostei! – Ela sorri.

Então Arlequina ergue seu martelo mais uma vez e começa a esmagar as cabeças daqueles que estavam desmaiados aos seus pés, até que seus crânios se despedaçassem e sua nojenta massa encefálica começasse a escorrer pelo concreto...

Status:
 


Sekhen e Batgirl:


As duas se encontravam cercadas por um quarteto daqueles soldados se aproximando cautelosamente e lhes apontando seus fuzis. Anouke acha graça da situação, estranhando que homens que seguiam o símbolo do morcego não estivessem reconhecendo a Batgirl. Enganada pela situação, ela ordena que os mercenários abaixem suas armas.

Sekhen: Força 4 x5 + Intimidação 0 (+3D) (Dif: 7) = 10 sucessos.

Anouke pisa contra o chão, criando um leve tremor. Mesmo sendo bem treinados e estando armados, a força física da amazona assusta os mercenários, que se entreolham sem ter certeza se queriam mesmo enfrentar alguém com todo aquele poder. E é neste breve momento de distração que a Batgirl avança contra seus inimigos, pois tinha certeza de que eles não agiam em nome do Batman.

Batgirl usa Double-Hit Kick: Destreza 4 + Briga 4 (Dif: 6) = 3 sucessos.
Mercenário 1 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 1 sucesso.
Batgirl (Dano: Força 3/Força 3) = 2 sucessos/4 sucessos.

Batgirl usa Catwheel Kick: Destreza 4 + Briga 4 (Dif: 6) = 3 sucessos.
Mercenário 1 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 2 sucessos.
Batgirl (Dano: Força 3 +1) = 2 sucessos.

Batgirl usa Hyper Sweep: Destreza 4 + Briga 4 (Dif: 6) = 4 sucessos.
Mercenário 2 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 1 sucesso.
Batgirl (Dano: Força 3 + 2/Força 3) = 5 sucessos/1 sucesso.

Batgirl usa Silhouette Kick: Destreza 4 + Briga 4 (Dif: 6) = 9 sucessos.
Mercenário 2 defende: Sem ação.
Batgirl (Dano: Força 3) = 3 sucessos.

Siouxsie começa seus ataques acertando dois chutes rápidos com a mesma perna no peito do primeiro mercenário, e em seguida jogando seu corpo para trás graciosamente acerta o queixo do oponente durante um salto mortal, afastando seu inimigo a 3 metros de distância. Em seguida a Batgirl chuta a parte de trás das pernas do oponente e logo depois lhe passa uma rasteira, mas enquanto o corpo do segundo mercenário ainda estava no ar, ela lhe aplica um chute com a perna esticada, um movimento tão rápido que silhuetas suas ficam para trás.


Iniciativa:

1° Batgirl: Raciocínio 3 + Prontidão 2 + 1D (10) = 15
2° Mercenários: Raciocínio + Prontidão + 1D = 12
3° Sekhen: Raciocínio 2 + Prontidão 3 + 1D (3) = 8


Status:
 


Guardião Sombrio e Asa Noturna:


Ainda que isso fosse extremamente arriscado para a missão, nem o mago e nem o garoto prodígio dão as costas para aquela mulher e a criança que estavam prestes a serem executadas por aqueles mercenários. Com passos cautelosos, os dois se aproximam, mas os inimigos estavam entretidos demais em suas futuras vítimas para notá-los.

Guardião usa Monkey Grab Punch: Destreza 2 + Briga 0 (Dif: 5) = 1 sucesso.
Mercenário 1: Sem ação.
Guardião (Dano: Força 2 +1) = 3 sucessos.

Guardião usa Double-Hit Kick: Destreza 2 + Briga 0 (+3D) (Dif: 6) = 1 sucesso.
Mercenário 1: Sem ação.
Guardião (Dano: Força 2/Força 2) = 2 sucessos/1 sucesso.

Guardião usa Monkey Grab Punch: Destreza 2 + Briga 0 (Dif: 5) = 2 sucessos.
Mercenário 2: Sem ação.
Guardião (Dano: Força 2 +1) = 2 sucessos.

Guardião usa Double-Hit Kick: Destreza 2 + Briga 0 (+3D) (Dif: 6) = 4 sucessos.
Mercenário 2: Sem ação.
Guardião (Dano: Força 2/Força 2) = 2 sucessos/1 sucesso.

Sem poder confiar em sua própria magia, Theo precisa recorrer ao seu pouco conhecimento sobre Kung Fu. O jovem mago assume a postura de batalha e parte para cima dos mercenários distraídos. Theo começa seu ataque puxando o braço do inimigo para desfazer sua postura e atingindo seu rosto com a ponta do cajado, em seguida, ele lança dois chutes rápidos com a mesma perna contra o peito do mercenário. Contra o segundo, Theo faz o mesmo, puxa o braço do adversário para desfazer-lhe a postura e o acerta com o cajado na barriga, para logo em seguida fulminá-lo com dois chutes rápidos usando a mesma perna.

Asa Noturna usa Eye Rake: Destreza 5 + Armas Brancas 4 (Dif: 6) = 5 sucessos.
Mercenário 3: Sem ação.
Asa Noturna (Dano: Força 3 + 3/Força 3 +3) = 6 sucessos/6 sucessos.

Asa Noturna usa Overhead Punch: Destreza 5 + Armas Brancas 4 (Dif: 6) = 2 sucessos.
Mercenário 3: Sem ação.
Asa Noturna (Dano: Força 3 + 3/Força 3 +3/ Força 3 + 3/Força 3 +3) = 6 sucessos/4 sucessos/5 sucessos/7 sucessos.

Asa Noturna usa Eagle Claw Striker: Destreza 5 + Armas Brancas 4 (Dif: 6) = 6 sucessos.
Mercenário 4: Sem ação.
Asa Noturna (Dano: Força 3 + 3/Força 3 +3) = 5 sucessos/5 sucessos.

Asa Noturna usa Snake Punch: Destreza 5 + Armas Brancas 4 (Dif: 6) = 6 sucessos.
Mercenário 4: Sem ação.
Asa Noturna (Dano: Força 3 + 3 + 4/Força 3 +3 + 4) = 9 sucessos/8 sucessos.

Ao mesmo tempo em que Guardião Sombrio, Asa Noturna saca seus bastões e parte para cima dos dois últimos mercenários, atingindo-os sempre duplamente e com técnicas de ninjutsu que os derruba desmaiados ao chão com apenas quatro movimentos.

- Covardes como vocês mataram a minha família bem na minha frente. A história não vai se repetir, não nessa noite. – Asa Noturna diz aos mercenários que restaram.


Iniciativa:

1° Mercenários: Raciocínio + Prontidão + 1D = 11
2° Guardião Sombrio: Raciocínio 3 + Prontidão 3 + 1D (4) = 10
3° Asa Noturna: Raciocínio 3 + Prontidão 3 + 1D = 9

Status:
 





Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
Art012

avatar

Mensagens : 92
Data de inscrição : 19/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Sex Jul 06, 2018 12:00 pm

Batgirl diz aos meus ouvidos, eu digo;



-Interessante...



De fato independente do que seguiam ou acreditavam eles prestam atenção, mortais, entra era e sai era parece que não mudam ou pioram, a falta de atenção abre espaço para a jovem partir para cima deles, huhuhu, deviam ter baixado as armas, aparentemente eles não se importam ou não se lembram dele, como Batgirl disse, ele não autorizava o uso de armas por parte de seus subordinados, não que o jeito huh "limpo" dele tenha adiantado visto o estado que encontrei a cidade ao menos, isso acaba trazendo mais duvidas que respostas, pena que estamos com pressa então vamos ser rápidas...



-Melhor matarmos esses estultos, mortes como essa solucionam mais problemas que imagina... - Digo para Batgirl



Sinto Set ainda ecoar em minha mente, mas não perco a calma, apenas queria algumas respostas, então vamos atras delas, ao menos uma...



Off: 5 Ações gastar 4 de energia


Defender


Pisão na barriga do mercenário 2, nessa hora digo;



-Humanos bons usam símbolos de morcego, humanos maus usam símbolos de morcego, huh qual o sentido da simbologia de morcego desse lugar afinal?



Golpe saltado no mercenário 4, cruzado para baixo de direita.


Cruzado no mercenário 3 de esquerda.


Golpe nível 4 no mercenário 1, tem algo que quero saber.


Última edição por Art012 em Seg Jul 16, 2018 4:12 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Wiz

avatar

Mensagens : 100
Data de inscrição : 19/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Qua Jul 11, 2018 8:46 am

Conseguimos com um pouco de dificuldade atingir os soldados... Mas mesmo me esforçando... Usar os punhos era algo estranho demais para mim...

Os movimentos saem certos, porem a falta de treinamento físico era evidente... Quando eles ainda permanecem de pé...

Merda... Wong vai me matar se eu não morrer aqui...

Vejo que Asa Noturna rapidamente consegue derrubar seus oponentes...

Logo os soldados se recuperam e apontam as suas armas para nós... Sinto o nó na garganta... Se eu pudesse recorrer a magia, poderia facilmente me livrar disso... Mas sem poderes diante da mira de uma arma...

Desgraçados... Eu vou matar vcs...

Uso a minha capa para dificultar a visibilidade deles e me lançaria ao chão, procurando evitar ser alvejado...

Esquiva + FdV
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
siouxsie.

avatar

Mensagens : 83
Data de inscrição : 20/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Sab Jul 14, 2018 2:39 pm

Sem o meu trage meus ataques não saem tão fortes mas não vou ficar lamentando pq eu sou treinada o suficiente pra me virar. Depois de dar uma coça em dois daqueles mercenários eu consigo fazer a guerreira cair na real.

- Como seguidora do Batman eu não deveria ser a favor de matar eles, mas vc é mais forte que eu né.

É claro que eu tava sendo irônica, não tava nem aí pro que ela iria fazer com aqueles mercenários só queria tirar eles do meu caminho. Então eu saio da postura do ninjitsu e entro no muay tai. Iria dar um Double hit knee no mercenário 3 e depois um power knee no soldado 4.

Off: 1 de energia se ainda tiver

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Onikaze

avatar

Mensagens : 102
Data de inscrição : 22/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Sab Jul 14, 2018 6:59 pm

Estavamos juntos e agora sem inimigos, os revisto e procuro algo útil, alguma informação ou identificação, qualquer coisa que poderia ajudar a entender essa nova Gothan, inclusivo se tiveram algo financeiro, confisco pela ousadia de quererem atirar em mim.

"Kazeshuni, acho que nesse novo mundo você vai se alimentar bem..."

Espero Harley acabar de descontar sua raiva e sigo até o parque, não poderíamos demorar, os outros já deveriam estar esperando.

Caso seja o primeiro a chegar, me mantenho escondido e uso o celular para tentar pesquisar sobre o bairro oriental, Gothan, Bruce Wayne e sobre o que seriam esses castelos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t34-ren-o-demonio-do-ve
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 450
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Ter Jul 17, 2018 12:06 am

Sekhen e Batgirl:


O traje fazia falta, sua ausência diminuía a eficiência no desempenho de Batgirl, mas mesmo com os atributos de volta a níveis humanos, Siouxsie ainda continuava letal. Com quatro movimentos, ela deixa dois daqueles mercenários em péssimas condições, e rápida, ela investe em ataques contra os dois que estavam ilesos.

Batgirl usa Double-Hit Knee: Destreza 4 + Briga 4 (Dif: 6) = 7 sucessos.
Mercenário 3 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = Nenhum sucesso.
Batgirl (Dano: Força 3/Força 3) = 1 sucesso/3 sucessos.

Batgirl usa Power Knee: Destreza 4 + Briga 4 (Dif: 6) = 6 sucessos.
Mercenário 4 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 2 sucessos.
Batgirl (Dano: Força 3 +2) = 3 sucessos.

Siouxsie corre na direção do terceiro mercenário, e em um único salto lhe acerta duas joelhadas, uma na boca do estômago e outra no queixo, fazendo o oponente cambalear para trás. Em seguida, ela puxa o quarto mercenário para si e também lhe acerta o peito com uma joelhada que quase quebra o tórax do inimigo.


Mercenário 1 ataca: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 4 sucessos.
Batgirl: Sem ação.
Mercenário 1 (Dano: 8 + 4D) = 10 sucessos.

Porém, um descuido permite não só que o segundo mercenário se levante do chão, como também que o primeiro aponte o seu fuzil e acerte o lado direito do peito de Batgirl pelas costas. A vigilante cuidava de dois inimigos, nem mesmo percebeu a ação do outro, apenas sentiu o projétil quente lhe atravessando o corpo num doloso ardor, arrancando-lhe uma enorme quantidade de sangue.


Anouke assiste enquanto sua aliada ataca dois daqueles mercenários com eficiência, mas reage tarde quando outro deles alveja sua companheira. Batgirl não havia morrido, mas não estava muito longe disso. Ouvindo a risada de Set ecoar em sua mente, a amazona julga que era melhor ceifar a vida daqueles homens para que nunca mais pudessem atirar covardemente contra mais ninguém.

Sekhen ataca: Destreza 4 x5 + Briga 3 (Dif: 6) = 5 sucessos.
Mercenário 2: Sem ação.
Sekhen (Dano: Força 4 x5) = 15 sucessos.

Sekhen usa Golpe Saltado: Destreza 4 x5 + Briga 3 (+3D) (Dif: 6) = 12 sucessos.
Mercenário 4 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = Falha Crítica.
Sekhen (Dano: Força 4 x5) = 15 sucessos.

Sekhen ataca: Destreza 4 x5 + Briga 3 (Dif: 6) = 9 sucessos.
Mercenário 3 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 3 sucessos.
Sekhen (Dano: Força 4 x5) = 15 sucessos.

Sekhen usa Garras de Ferro: Destreza 4 x5 + Briga 3 (Dif: 6) = 17 sucessos.
Mercenário 1: Sem ação.
Sekhen (Dano: Força 4 x5) = 10 sucessos.

A impiedosa amazona lembra ao segundo mercenário que seu lugar era no chão ao esmagar o peito dele com um forte pisão e destruir o piso asfaltado do estacionamento com seu corpo, matando o infeliz na hora. Em seguida ela salta na direção do quarto mercenário, e com um cruzado de cima para baixo lhe acerta um soco cujo impacto quebra o pescoço do oponente, jogando mais um cadáver sobre o chão.

Logo depois, um novo cruzado lança o terceiro mercenário na direção de um dos carros, amassando e virando o veículo com o impacto que também mata aquele oponente. Por último, Anouke crava as pontas dos dedos nas costas do primeiro mercenário, rompendo-lhe artérias e órgãos vitais... O silêncio toma conta do estacionamento, sendo quebrado apenas pelos gemidos de dor de Batgirl.


Guardião Sombrio e Asa Noturna:


Mercenário 1 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 5 sucessos.
Guardião Sombrio desvia: Destreza 2 + Esquiva 0 (+3D) (Dif: 8 ) = 4 sucessos.
Mercenário 1 (Dano: 8 + 1D) = 8 sucessos.

Mercenário 2 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 1 sucesso.
Asa Noturna desvia: Sem ação.
Mercenário 2 (Dano: 8 + 1D) = 9 sucessos.

Como em um paredão de fuzilamento, os mercenários que restaram de pé apontam suas armas para os dois vigilantes e disparam sem remorso. Guardião Sombrio atira-se para o lado e quase desvia, mas bala acaba atingindo sua perna esquerda, arrancando um naco de carne e lhe causando enorme dor.

O segundo mercenário atira contra Asa Noturna, mas calculando as probabilidades, o vigilante ao invés de tentar se proteger, avança contra o inimigo para atacá-lo no mesmo turno. Dick grita para exprimir coragem, e em meio a isso, acaba levando um tiro de raspão no rosto que lhe rasga a máscara e com certeza deixaria uma cicatriz para sempre em sua face.

Asa Noturna usa Shoryu-Dan: Destreza 5 + Briga 4 (Dif: 6) = 7 sucessos.
Mercenário 2: Sem ação.
Asa Noturna (Dano: Força 3 + 1/Força 3 + 1/Força 3 + 1/Força 3 + 1/ Força 3 + 1) = 3 sucessos/2 sucessos/3 sucessos/2 sucessos/1 sucesso.

Asa Noturna usa Double-Hit Kick: Destreza 5 + Briga 4 (Dif: 6) = 7 sucessos.
Mercenário 1: Sem ação.
Asa Noturna (Dano: Força 3/Força 3) = 2 sucessos/1 sucesso.

Asa Noturna usa Catwheel Kick: Destreza 5 + Briga 4 (Dif: 6) = 4 sucessos.
Mercenário 1: Sem ação.
Asa Noturna (Dano: Força 3 +1) = 2 sucessos.

Asa Noturna usa Hyper Sweep: Destreza 5 + Briga 4 (Dif: 6) = 3 sucessos.
Mercenário 1: Sem ação.
Asa Noturna (Dano: Força 3 +2/Força 3) = 4 sucessos/3 sucessos.

Dick começa a sua leva de golpes com um devastador giro em que seus braços estendidos atingem cinco vezes o mercenário 2, levando-o a nocaute. Em seguida ele acerta o mercenário um com uma combinação de dois chutes no peito, um ataque saltado para trás que lança o inimigo, o finalizando com uma rasteira que leva o solda do à inconsciência ao fazê-lo bater com a cabeça contra o chão.

- Droga, isso dói... – Diz o Asa Noturna, cerrando os dentes e contendo um gemido enquanto leva a mão ao rosto ferido. – Vocês estão bem? – Ele pergunta tanto a mãe e filho quanto ao Guardião Sombrio.


Onikaze e Arlequina:

Enquanto se embrenhava na mata entre as árvores do Robinson Park, Ren retira Kazeshini de sua bainha e lhe promete um tributo generoso de sangue naquele mundo. A entidade na lâmina se mostra satisfeita, silvando pedidos de mais sangue ao assassino. E em meio a este diálogo, o Capuz Vermelho finalmente salta de uma árvore, surpreendendo os dois ao pousar ao seu lado.

- Adivinhem? Eu tenho comigo um menu de péssimas novidades... Mas vamos esperar pelos outros para que eu possa compartilhar. – Diz o vigilante, cruzando os braços e apoiando-se na árvore atrás dele.

Após alguns minutos, Ren e Harley começam a notar algumas figuras se aproximando em meio a escuridão. A palhaça se agita um pouco, preparando suas armas, mas Capuz Vermelho se mantém absolutamente tranquilo, como se já soubesse de quem se tratava e os já tivesse notado momentos antes.

De um lado, uma guerreira amazona estranha para todos se aproxima com Batgirl ao seu lado, levando a mão ao peito para conter o sangue de uma ferida assustadora. Guardião Sombrio e Asa Noturna não estavam em melhores condições. O jovem mago mancava bastante, enquanto o vigilante possuía uma ferida feia em seu rosto. Essa nova e assustadora Gotham começava a cobrar o seu preço...


Todos:


- Vocês estão péssimos, mas não temos tempo nem para sentir dor. Já vai amanhecer e precisamos encontrar urgentemente um abrigo onde nos esconder. Mas antes, deixem que eu diga o que descobri com alguns velhos contatos sobre o que aconteceu com a nossa Gotham... – Pede o Capuz Vermelho, descruzando seus braços e caminhando entre o grupo para que todos prestassem atenção as suas palavras.

“A realidade que nós conhecíamos sofreu uma estranha mudança quando aquele velocista fez o que fez. Parece que não era para nós existirmos. Nós fomos assassinados há seis meses atrás na Torre Wayne e a Corte das Corujas venceu, vindo a dominar a cidade como eles planejavam. O povo de Gotham sofreu bastante neste período, vindo a vivenciar um extermínio em massa da população que quase levou a cidade a um colapso. Mas esse domínio da Corte das Corujas encontrou seu fim durante um estranho terremoto que aconteceu quando o Arkham simplesmente emergiu do solo na forma daquele castelo assustador. E como se obedecessem ao chamado de uma voz que veio daquele castelo, quatro de nossos piores inimigos decidiram voltar a cidade e formar uma liga de morcegos para varrer de uma só vez a Corte das Corujas e toda a criminalidade. Bane agora é conhecido como Batmare, R’as al ghul agora é chamado de Bat-Elder e o Slade usa o manto do Batkiller. Mas o que vocês não vão acreditar é quem se tornou o quarto membro desta liga. Bruce Wayne exige que todos o chamem de Batshiii...”

- O que?! – Asa Noturna interrompe, ainda acusando a dor em seu rosto. – Isso é impossível. O Bruce está morto, e mesmo que estivesse vivo nessa realidade maluca, ele jamais se uniria a esses três!

- Eu sei. Também fiquei confuso igual a você quando me falaram, mas parece que as coisas não são bem assim. – Capuz Vermelho tenta explicar, abrindo uma lapela de sua jaqueta e retirando um jornal velho daquele mundo para mostrar a todos.

Bem na capa deste jornal estava uma foto do multibilionário Bruce Wayne saindo pela porta de entrada de sua mansão enquanto seguia na direção de uma limusine. Atrás dele, estava seu fiel mordomo e tutor, Alfred Pennyworth, com uma face abatida que não condizia com a austeridade exigida por sua profissão.

- Estão vendo o Alfred? Ele está com os braços cruzados de um jeito que três dedos estão aparecendo sobre seu braço esquerdo. Mordomos nunca cruzam seus braços, os outros não sabem, mas Asa Noturna, Batgirl e eu fomos treinados para interpretar isso como o sinal de que tem algo errado na mansão. Ele fez isso para que outros de nós da família que estivessem vivos percebessem e foi ai que eu liguei os pontos. Esse não é o Bruce Wayne, é Thomas Elliot, o Silêncio!

“Gente, para salvar o que restou dessa cidade e ao mesmo tempo nos proteger dela, nós vamos precisar de uma base de operações, e não tem outro lugar que não seja a Batcaverna. Andando por aí, eu percebi o quanto isso é perigoso e pelo jeito como estão machucados, acho que perceberam isso também. Mas para ter alguma chance, temos que ter o computador do nosso lado, e além disso... Nós precisamos salvar o Alfred.

- Vai ser amanhã a noite. – Estipula o Capuz Vermelho. - Dick, você e eu vamos conseguir uma distração em um ponto diferente da cidade. Enquanto isso, Batgirl, Sekhen, Guardião Sombrio, Onikaze e Arlequina seguem para a mansão Wayne e tomam o lugar de volta. Ah, só uma dica: jamais andem de dia, sempre nas Sombras!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
Tony.Wiz

avatar

Mensagens : 100
Data de inscrição : 19/08/2016

MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   Ter Jul 17, 2018 12:57 pm

Eu não dominava o arcano do tempo... Mas esses milésimos de segundo se arrastam como se eu tivesse congelado o tempo... Mas a minha frente estava o cano de uma arma... Não podia recorrer a magia, então só giro tentando sair do caminho...

Ouço o barulho do tiro, e como se levasse uma eternidade... Acredito que tenha escapado... Mas então... Sinto a fisgada em minha perna... A dor faz a minha visão ficar escura e minha mente não processa nada... Caio no chão sentindo o sangue fluir em profusão...

Merda... Não posso morrer aqui...

Ouço o som da outra arma e o grito de Asa Noturna... E logo vejo ele derrubar os mercenários... Tento me colocar de pé, amarrando a minha capa na minha perna, evitando que meu sangue saia mais...

Sim... Mas por pouco... Um pouco mais pra cima e eu estaria morto... Esses desgraçados...

Me aproximo de seus corpos e os revisto... Tinha que conseguir alguma coisa com eles... E pego também as suas armas e colete e um radio...

Sem poder recorrer a magia, estou vulnerável...

Após pegar os itens deles, iria procurar neles informações sobre quem eram e o sobre essa nova realidade... Sigo com Asa noturna até o parque... Lá nos encontramos com os outros e ouço o que Jason explica sobre a nova realidade que estamos...

Merda... Mas isso não explica o por que da magia não funcionar aqui... Esse castelo deve ser a fonte dessa alteração...

Após traçarmos os novos planos... Respiro fundo e sigo com eles até o abrigo... Lá iria repousar procurando estancar o ferimento e iria testar os arcos, estudando o motivo de não funcionarem perfeitamente...

Ao despertarmos a noite... Iria me armar com os fuzis e seguiria o grupo... Vestiria um dos coletes...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Sombras da Justiça - A Era Degenerada   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Sombras da Justiça - A Era Degenerada
Voltar ao Topo 
Página 14 de 15Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15  Seguinte
 Tópicos similares
-
» TERRA MEDIA - SOMBRAS DE MORDOR
» [Jeremias] SJW justiçando Pokemon

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Paladinos da Justiça :: Jogos :: Arcos-
Ir para: