Nós estamos a procura do mais forte!
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe
 

 Dragon Ball Z I

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 10 ... 14  Seguinte
AutorMensagem
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 688
Data de inscrição : 06/05/2016

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeDom Dez 09, 2018 11:29 pm

Dirac Baldric:


- Eu lhe garanto, Freezar não tem nada a ver com estes homens que você está caçando. Eles não passam de piratas desgarrados que encontraram a quem servir, e esse alguém é com quem devemos nos preocupar. – Garante o Supremo Senhor Kaioh.

De repente, o Deus da Criação lança um olhar de desprezo em direção ao Troll Colossal. Controlada por Dirac Baldric, a criatura não demonstra qualquer reação. Então um brilho cintila no olho do Kaioh, e sem mais nem menos, o corpo do Troll Colossal começa a estufar, estufar e estufar até explodir com um impacto tão forte que seus pedaços voam para todos os cantos da cidade.

- Seres criados por demônios não tem lugar na criação... – Diz o Supremo Senhor Kaioh para si mesmo.

Kibito se mostra austero quanto essa demonstração de poder. Quartz se vê impressionada com o que um Deus podia fazer sem esforço. De repente, o semblante sério e cheio de desprezo do Kaioshin volta a ser aquele sorriso amigável e gentil para com os presentes. E com um estalar de dedos, todas as feridas, o cansaço, a sujeira e as roupas rasgadas de Dirac Baldric desaparecem, tornando-o tão limpo e incólume quanto havia saído do Planeta Sagrado antes de começar a missão.

- Esqueça os frutos. Consumi-los seria um insulto a este belo mundo. Só há um meio de destruir esta árvore. Usar o próprio poder do planeta para dizimá-la. – o Supremo Senhor Kaioh explica. – Para isso, terei de ensiná-lo uma técnica que pode lhe ser útil tanto agora quanto em suas futuras batalhas. Por favor, Dirac Baldric, erga seus braços em direção aos céus, feche seus olhos e tente entrar em harmonia com o planeta. Peça a este mundo a sua energia emprestada...


Avaliação:
 


Oregan:


De pé sobre o braço esquerdo da criatura, o jovem Saiyajin não se mostra abalado pelas feridas em seu corpo e nem pelo golpe tão repentino que levara do gigante. Seu scouter apitava um alerta de perigo frente ao estranho gás que saía do buraco onde se encontrava a segunda jóia. Mas apesar das adversidades, Oregan pensa em um plano genial.

Oregan usa Hellblaser: Ki 21 x5 (Dif: 6) = 54 sucessos.

O jovem Saiyajin junta suas mãos ao lado do corpo e concentra toda a sua energia. Uma esfera de energia azulada nasce, ganhando tamanho a medida em que Oregan se concentra. Não era preciso muito, então o garoto a dispara no buraco, dissipando a névoa tóxica dentro dele e dizimando por completo a jóia.

Quando a poeira lá dentro abaixa e todo o estardalhaço do disparo se acalma, Oregan pode ver que já não havia nenhum brilho lá dentro, sinal de que nada restou da jóia. Porém, a sombra da mão do gigante de terra volta a recair sobre ele, e se Oregan não tivesse cuidado seria esmagado mais uma vez!

Status:
 


Avaliação:
 


Theri e Suzako:


Os dois irmãos Saiyajins se mostravam incomodados por não terem sido convocados para a batalha, mas a perspectiva de treinarem naquela câmara e aumentarem o seu poder os consola. Ante as ordens de Suzako, Raditz e Kakaroto assentem positivamente e apostam corrida em direção à câmara.

Enquanto isso, Theri falava dividir o trio para encontrarem mais rapidamente as esferas, porém, Suzako se mostra contra e literalmente decreta que o grupo deve permanecer junto. Ainda sobre o efeito da liderança do Impiedoso Saiyajin, Nappa endossa as palavras do guerreiro, dando o voto de minerva.

- Suzako tem razão. Este planeta deveria ser seguro para nós, mas já nos revelou perigos que quase nos custaram caro. Na situação em que estamos, não podemos nos dar ao luxo de perdermos mais guerreiros. Então seguiremos unidos. – Nappa decreta.

Thalassa chorava nos braços da mãe, talvez lamentando a nova partida do pai. Yubelluna entendia a vida de Suzako e não fazia qualquer objeção àquela nova necessidade de sair para lutar. Coraline segura as mãos de Theri e lhe deseja sorte, fazendo uma breve oração a Yamoshi pela vida de sua amiga.

Quando os três Saiyajins ajustam seus radares, a viagem mais lógica torna-se em busca da esfera de seis estrelas, já que era a mais próxima. Assim, Suzako, Theri e Nappa voam em direção ao noroeste daquele planeta, levando algo em torno de três horas. O lugar era frio devido ao pólo tão próximo. O radar indicava que a esfera se encontrava em um pequeno vilarejo desabitado, no leito de um rio congelado. Infelizmente, o radar não indicava a posição exata do objeto, obrigando os Saiyajins a fazerem uma busca mais direta naquele ponto.

- Meu scouter não indica nenhuma presença neste local, mas é melhor termos cuidado, nosso inimigo já demonstrou ser capaz de esconder seu poder de nós. – Nappa sugere.


Avaliação - Theri:
 

Avaliação - Suzako:
 




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
DragonHearth

DragonHearth

Mensagens : 229
Data de inscrição : 05/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeDom Dez 09, 2018 11:49 pm

Eu tinha conseguido a segunda, 40% do trabalho feito. Concentrava-me na luta e sabia que vinha outro tapa.

Esse idiota acha que sou uma mosca... Ele vai ver só. Uso minha velocidade para desviar da mão e ir até o terceiro cristal.

Não podia demorar, eu tinha que descansar e comer. Estava ficando com sono e queria dormir.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t64-helena-dragonhearth
art015

art015

Mensagens : 238
Data de inscrição : 09/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeSeg Dez 10, 2018 2:02 pm

Ele não poderia mesmo interferir por este planeta pelo visto mas criações assim  como este golem gigante o desagradam, ele força a criatura ao colapso, a mesma infla até sua estrutura explodir, seus pedaços cruzam os céus caindo nas ruínas levantando fumaça, das cinzas, das ruínas desmoronando, enquanto outros ainda cruzam por cima, era uma demonstração de poder, olho parecendo me questionar, esse golem e eu, a maquina mutante, o parasita, não somos muito diferentes, ao meu ver ao menos, não, não temo meu fim de operação, temer a morte, o inevitável, é inútil, alem do mais, para temer a morte, você primeiro tem que estar vivo, e pra todos os efeitos, sou tão artificial quanto este golem.



Esse enviados não tinham ligação com o tal freeza, bom por um lado, mas cai em uma das possibilidades apresentadas, mas há outro ligado a isso;



-E quem seria este? É ele quem deve se preocupar se vamos atrás dele.




Pergunto, queria saber quem poderia ser o responsável, esse tipo de poder, tipico de criaturas que buscam o fim da prorpria especie, esse poder nas mãos daqueles que classificam ideologias maiores do que vida era o que traria o fim a propria vida inteligente que segue esse caminho, huh ironico uma maquina pensar nisso não?



Ele pede para que nos concentremos, iriamos aprender uma técnica nova, mas que iria pedir mais energia a esse já castigado mundo, olho as ruínas com estranheza, mas ok, se ele disse que sim, então não questionemos, encerro algumas tarefas em segundo plano e me concentro nessa, vamos ver baldric o que isso fará, levanto os braços e me preparo.



Off: Me concentro e faço o que ele pede.



Depois pergunto



-hm, entendo, mas o que difere essa coisa do que sou (Dirac)? Ambos fomos criados com o mesmo proposito de conquistar, apesar de eu não ter esse proposito em particular, ele por ganancia de poder, eu por pura vingança, não sou eu uma aberração também?




Pergunto observando as ruínas, com curiosidade;



-Assim como ele, e qualquer golem aqui, não sou fruto da união de organismos, e sim de uma mistura genética com implantes criado pelo desespero num ventre de vidro, sintético e orgânico, carne e circuitos, não questiono seu julgamento, mas... Não sou eu uma ofensa a vida também?




Faz parte do desenvolvimento saber o que você é não? E como maquina, sim posso ser em carne, mas sou ativado por programa, não posso deixar de me perguntar isso, talvez o maior dano que uma maquina pode perguntar, ao simular tão bem a vida, não pode a mesma ser considerada... viva?



Apenas queria saber, afinal ele é o deus da criação, quem melhor para responder isso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Theri

Theri

Mensagens : 229
Data de inscrição : 05/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeTer Dez 11, 2018 2:31 pm

Ainda acho que seja melhor a gente se separar mas Nappa e Suzako não vivem sem mim pelo jeito. Ok, não vou discutir por uma coisa tão pequena.

"Quando foi que eu pedi a ajuda deles?"

Me despeço de Coraline dizendo para ela se cuidar enquanto eu estiver fora. Iria viajar com os dois sempre atrás em sinal de protesto. Me sinto mtu melhor agindo sozinha.

- Meu rastreador diz que a esfera tá por aqui. Vamos tomar cuidado com quem esteja lá embaixo ou agir como verdadeiros Saiyajins e matar td mundo de uma vez?

Espero a resposta deles. Seguiria o plano que fosse sugerido.

_________________
Dragon Ball Z I - Página 6 Tumblr_pkykk4ciD51vuurjoo1_540
"Ninguém me chama de "querida" e fica com o baço!"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Saiyan

Tony.Saiyan

Mensagens : 236
Data de inscrição : 07/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeQua Dez 12, 2018 11:03 pm

Vejo os dois guerreiros seguirem em direção a câmara de treino... Sabia que para restaurar o poder dos Saiyajins e nos elevar ao trono do universo, teria que confiar não só no meu poder, mas tornar todos os Saiyajins poderosos...

Ao ajustarmos o radar identificamos a esfera mais próxima e voamos em sua direção... O local era gelado, devido a proximidade com o polo do planeta... Mas nada que seja preocupante... O Vilarejo estava deserto... Tanto Thery como Nappa informam que o local estava deserto... Ouço as palavras de Thery e fixo olhar nela...

Você irá fazer o que lhe for ordenado... Desça com Nappa e vasculhem as casas juntos sem destrui-las... Não sabemos como são e a fragilidade delas e seria problemático perde-las...

Iria me manter sempre acima deles voando analisando o ambiente ao redor... Não confiava nesses humanos, eles podiam ter nos atraído para essa caçada as esferas apenas para nos colocar em uma armadilha... Elas podem ter sido plantadas nos locais que eles quiseram...

Iria ficar atento também caso algo ocorresse na base... Eles podiam aproveitar a ausência dos guerreiros mais fortes para ataca-la...

_________________
Suzako - The Mercilles

Dragon Ball Z I - Página 6 210
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 688
Data de inscrição : 06/05/2016

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeDom Dez 16, 2018 11:38 pm

Oregan:


Gigante Colossal ataca: Destreza + Briga (Dif: 6) = 29 sucessos.
Oregan desvia: Destreza 14 (-2) x5 + Esquiva 3 (Dif: 6) = 40 sucessos.

Mais uma vez a pesada mão de pedra do gigante recai sobre Oregan, criando uma enorme sombra à volta do guerreiro, porém, desta vez o jovem Saiyajin demonstra estar mais preparado, conseguindo com facilidade escapar entre os dedos da criatura. O gigante apenas assiste enquanto o garoto corre pelo seu corpo.

Oregan corre pelo peito do gigante, superando seus vincos e relevos com saltos e acrobacias. Tão lento era seu adversário por conta do tamanho que levaria mais algum tempo até ele atacar novamente. Esses segundos permitem ao jovem Saiyajin encontrar mais um buraco reluzente, bem onde deveria ficar o umbigo do gigante.

Porém, este buraco apresenta um novo perigo. De um em um segundo, pequenos poros dentro dele fazem surgir uma coluna de chamas azuis tão intensas que chegam a ser ameaçadoras até para o vigor de um Saiyajin. No breve segundo em que as chamas desaparecem, Oregan consegue ver lá embaixo o brilho de mais uma das jóias.

Status:
 


Avaliação:
 


Dirac Baldric:


O Tsufurujin ergue seus braços, fecha seus olhos e segue com precisão as indicações do Supremo Senhor Kaioh. Mas entrar em comunhão com a energia do planeta não era uma tarefa fácil, por mais que ele se concentrasse. Aquilo acaba levando minutos, depois horas e mais horas.

Então, o sol daquele planeta começa a despontar no horizonte, lançando a noite para longe, e quando todos pensavam que aquilo estava sendo uma perda de tempo, uma massa de energia branca começa a despontar sobre os braços erguidos de Dirac Baldric. Kibito se mostra surpreso. Quartz aplaude, animada com o sucesso do companheiro. Shin sorri singelamente, satisfeito. E após uma ordem do Kaioh, todos erguem seus braços, doando um pouco de sua energia e fazendo com que aquela massa cresça.

A Genkidamma finalmente estava pronta. Dirac Baldric não precisou de uma ordem para saber o que fazer, e com seus dois braços lança a enorme esfera contra a Árvore do Poder. O show de luzes era impressionante, ofuscando até mesmo a tímida luz do sol. Uma gigantesca explosão ocorre, e a energia a profana Árvore do Poder roubava simplesmente a transforma em pó, deixando uma gigantesca cratera de destruição no lugar. Não havia sobrado nenhuma folha, nem mesmo uma lasca.

- Quero que pense neste universo como uma gigantesca fazenda... – Diz o Supremo Senhor Kaioh, tocando o ombro de Dirac Baldric para enfim responder a sua pergunta. – Algumas espécies que habitam os planetas nós, Kaioh, vemos com a mesma gentileza das minhocas e formigas que se beneficiam do solo. Mas algumas raças são como gafanhotos dispostos a destruir toda a lavoura, e essas nós não iremos tolerar. E é aí que você entra. Acha belo este universo, Dirac Baldric? Gosta da beleza das estrelas, das diferentes cores das nebulosas e da estrutura das galáxias? Então me ajude a salvá-los daqueles que tencionam usar seu poder para destruir tudo isso!


Avaliação:
 


Theri e Suzako:

Embora aquele planeta estivesse em estado de desolação, totalmente desabitado, os Saiyajins demonstram algum receio em agir impulsivamente. Do alto, tudo que eles vêem é um grande conjunto de casas de madeira com aparência de abandono, formando um vilarejo à beira de um rio completamente congelado pelos ventos que vinham do norte.

Seguindo as instruções de Suzako, Nappa e Theri descem em solo e começam a vasculhar as casas, adquirindo aos poucos a certeza de que o lugar estava completamente vazio devido ao frio avassalador que vinha do interior daquelas pobres habitações e da falta de iluminação.

Seus rastreadores estão silenciosos, nada detectam. As poucas casas que os dois olham estão completamente vazias, com pertences e restos de comida deixados para trás como se todos tivessem fugido. Nada mais do que alguns mamíferos de pequeno porte como morcegos e lebres dão as caras.

- Não parece haver nada aqui. O radar de Bulma deve estar quebrado. – Nappa comenta.


Avaliação - Theri:
 


Avaliação - Suzako:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
art015

art015

Mensagens : 238
Data de inscrição : 09/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeSeg Dez 17, 2018 1:21 pm

Leva horas para conseguir sintonizar e harmonizar, imagino que seja natural, afinal são organismos aprendendo a manipular uma grande quantidade de energia, mas conseguimos, era sem duvida a maior escala de energia que havíamos manipulado até aquele momento, a esfera massiva se desloca de maneira meio letárgica mas é compreensivo dada sua escala, logo o contato dela desencadeia a reação, boa parte por traz do efeito luminoso, do tipo que permite ver ossos de organismos vivos através da carne, foi uma grande explosão, felizmente a arvore não reagiu como um reator, e acaba sendo vaporizada deixando para traz uma grande cratera, que talvez esteja aqui quando outras formas de vida voltarem a ocupar esse lugar, talvez não se importem muito, não é dever deles ficar remoendo sobre o que sobrou de nosso ódio, mas que não esqueçam para que não repitam o mesmo erro destes... Há felicidade entre os que viram, isso traz uma certa tranquilidade, eu observo em silencio a cratera, tenho duvidas se isso seria necessário apenas para limpar essas arvores, por que? Bom, Baldric, se esse tipo de escala de energia for necessária para matar algo, sabe que teremos que teremos que treinar, 2, 6, 20, infinitas vezes mais apenas para segurar uma luta contra seja lá o que seja alvo desse tipo de poder, isso foi quase uma arma de destruição em massa, olha o tamanho dessa cratera, fique contente, mas não se embriague no sucesso, isso não é nada se não um tijolo a mais, sejamos gratos, mas não nos acomodemos.



O Khaioshin me responde, como se ele consegui-se ver meus olhos de vidro por traz dos de Baldric, escuto em silencio, e fico em silencio por um tempo;



-Entendo, eu acho que entendo digo, mas será que daremos conta, já vi nuvens de gafanhotos devorarem safras de regiões inteiras, verdadeiras nuvens capazes até de aparecerem em radares meteorológicos, teremos trabalho, precisaremos ter força, enquanto aquele último sobrevivente que encontramos ao chegar aqui, onde ele está-
Digo olhando a cratera



Estavamos tranquilos pelo que ele disse, mas sabia que eu deveria usar aquele momento apenas para tomar folego.



-Melhor irmos, temos que nos preparar para quando vierem, as menores pedras do espaço podem se tornar a maior de todas as estrelas, é hora conseguirmos poder como elas, se não mais
- digo olhando para eles, talvez com espirito renovado ou seja lá o que saiu daqueles robôs quando foram destruídos...



-Por que se algo se colocara entre ele e o universo, sera nós.



Não sei o que fazer para me preparar, mas sabia que ja estávamos a caminho de descobrir, retornando, Baldric iria nos guiar ali, tinhamos que treinar, e querendo ou não, ele teria que ficar mais forte do que acha que consegue, ainda acho estranho a companhia desse povo, mas me acostumaria com o tempo, por hora, vamos nos preparar, olho pro khaioshin;



-Então, quem é o próximo alvo?



Algo por lutar, não uma conquista, mas se tornar o próprio e verdadeiro poder para parar esses que ousam fazer esse tipo de coisa, nesse ritmo, não ira demorar pra freeza se tornar o alvo, até la, teremos que estar prontos, quero que suas mãos esmaguem a cabeça dele.



Off: Quando voltarmos com o khaioshin,  fico alternando e treinando com Baldric, também auxilio Quartz no que ela puder para treinar seja lá o que eu conseguir, não sei se devo mostra como sou para ela, o Khaioshin e o colega dele ja sabem, mas Quartz, não sei se seria adequado, fora que faz parte da minha programação ficar escondido, seja lá o que for, vamos nos preparar, é uma nuvem bem grande de gafanhotos que escurece o dia e nós vamos socar eles um a um para o sol brilhar de novo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DragonHearth

DragonHearth

Mensagens : 229
Data de inscrição : 05/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeTer Dez 18, 2018 2:55 pm

Esquivo desse grandão, realmente além de força ele era lento. Sabia que isso era uma vantagem para mim, mas não deveria bobear. Meus pensamentos deveriam se focar aqui, mas não conseguia pensar em outra coisa a não ser em o que fazer daqui para frente, eu tinha que ficar forte, tinha que salvar Blizz e tinha que ... dormir... estava ficando com sono, por sorte a adrenalina me mantinha acordado e o tapa desse colosso me ajudou a não dormir. Eu sentia que algo estava errado, mas não sabia o motivo.

"Agathe, você está sendo bem tratada?" - tento conversar mentalmente com ela...

Chego ao terceiro local e uma enorme chama surge, mesmo sem o scouter eu entenderia que aquilo era morte na certa. Lembro do ventilador no planeta Spartacus e entendo como funcionava. Em minha mão, gero uma bola de energia e observando o tempo de explosão tento acertar o cristal entre os intervalos das chamas, concentrava-me naquilo, tentava achar um padrão para não errar, não queria perder tempo e o intervalo de ataques do monstro estava atacando.


Última edição por DragonHearth em Qui Dez 20, 2018 12:03 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t64-helena-dragonhearth
Tony.Saiyan

Tony.Saiyan

Mensagens : 236
Data de inscrição : 07/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeQua Dez 19, 2018 12:38 am

Contemplo o vilarejo... Esperava por uma emboscada mas ela não vem... Vejo Nappa e Thery vasculharem as casas e a cada uma a certeza que a esfera não estava lá...


Cada passo que damos nesse planeta, é uma forma de re-construirmos o nosso Império... Meu Mestre está treinando com Yamoshi nesse momento, tenho que tornar a nossa raça poderosa novamente para que quando ele retorne, se sente no trono do universo... E isso começa agora, tomando esse planeta em definitivo para a nossa raça...

Olho o local e desço até proximo a margem do rio... Analisaria pelo Scouter, se seria possível a marcação ser fora do vilarejo e englobar o rio... Caso sim, iria falar a eles...

Pelo visto não está no vilarejo... Esperava alguma espécie de armadilha deles... Mas devemos vasculhar o rio...

Iria olhar na direção de onde vinha o rio... Se poderia desvia-lo fazendo uma fenda no solo e deixando-o correr em outra direção, deixando a terra ao lado do vilarejo apenas com o gelo... Isso facilitaria a busca... Caso não dê pra desviar o curso do rio, iria quebrar o gelo da superfície e em ambos os casos ordenaria...

Encontrem-na...

Off- Estou sem linha de celular, pois soltei um Final Flash na operadora na loja. Mas essa semana ainda resolvo.

_________________
Suzako - The Mercilles

Dragon Ball Z I - Página 6 210
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Theri

Theri

Mensagens : 229
Data de inscrição : 05/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeQui Dez 20, 2018 6:22 pm

Ok. Se é assim que ele quer. Começo a concentrar o imperial destruction enquanto subo aos céus de novo. Quando estivesse pronto iria atirar no centro do vilarejo pra derrubar td de uma vez.

- Espero que eu tenha obedecido direitinho a sua ordem Suzako rs

Dizia isso com ironia é claro. Quando a poeira baixasse iria voar td e procurar a esfera nos escombros.

_________________
Dragon Ball Z I - Página 6 Tumblr_pkykk4ciD51vuurjoo1_540
"Ninguém me chama de "querida" e fica com o baço!"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 688
Data de inscrição : 06/05/2016

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeSex Dez 21, 2018 12:33 am

Dirac Baldric – Mundos Condenados – Capítulo 2



O planeta Garbatox era um mundo que poucos gostavam de visitar. Apenas 30% era rochoso, sendo que seu núcleo liberava constantemente um gás fétido e irrespirável que formava os outros 70% da composição do planeta. Mas nem essa grande adversidade impediu este lugar de gerar vida. Uma civilização moderadamente avançada conhecida como Gasrruck ganhava a vida exportando os gases do planeta para outros mundos.

No entanto, algo perturbava a rotina daquele lugar. Despontando-se acima do gás escuro que cobria Garbatox havia uma Árvore do Poder, com suas folhas viçosas e frutos pendurados entre galhos enormes. Era estranho pensar que uma árvore parasita se contentasse com um mundo desse tipo, porém, era nítido que aquela árvore crescera saudável e que suas folhas nasceram em abundância.

Dirac Baldric e Kibito estavam flutuando agora na boca de um lugar que os Gasrruck chamavam de Tubo de Entrada, uma construção no formado de um tubo colossal, que era usada para a entrada e saída de comerciantes estrangeiros, único ponto seguro em que um ser vivo adentrar o planeta sem sofrer com os efeitos do gás escuro que o circundava. O tubo tinha talvez 100 metros de raio, e algumas pequenas luzes dentro dele serviam de orientação para naves que pousassem ou deixassem o planeta.

- Seu alvo de agora é um pirata conhecido como Daiz. – Kibito explica a Dirac Baldric. – Diferente dos gêmeos Beenz, ele não trouxe caos a este planeta. Pelo contrário, Daiz uniu-se aos Gasrruck, oferecendo a eles os frutos em troca de poder plantar a Árvore do Poder. Infelizmente, os Gasrruck não conhecem os efeitos da árvore, e seduzidos pelo poder concedido pelo fruto, eles lutaram ao lado de Daiz, e isso faz de Garbatox um lugar bem perigoso para você.

Olhando para trás, Dirac Baldric podia ver com precisão o planeta Citadel, lugar que 5 dias atrás havia salvo da influência da Árvore do Poder. Impressionante como o planeta desértico que encontrou agora apresentasse cores vivas e a presença de água em sua superfície. No entanto, enquanto Dirac Baldric observava os resultados de seu feito, um irritante sinal de alerta começa a soar e piscar em vermelho.

- Parece que fomos notados mais cedo do que eu imaginava. – Kibito supõe. – Você deve ser rápido e atravessar o Tubo de Entrada o quanto antes, pois se suas comportas se fecharem, o acesso ao planeta será quase impossível. E lembre-se: Você deve evitar a todo o custo o contato com o gás natural daqui. Não sei quanto tempo um indivíduo como você suportaria a exposição. Boa sorte, Dirac Baldric.

Kibito se teleporta de volta para o Planeta Sagrado.



Oregan:


Mesmo diante dos perigos no corpo daquele gigante colossal, Oregan só conseguia pensar nas únicas duas coisas que lhe importava naquela vida. Dormir e sua amada Blizzard. Dormir era a parte fácil, por isso o que lhe torturava de verdade era saber que a sua garota ainda estava em Spartacus. Por mais que ela fosse um deles, por mais que sua posição fosse segura, Oregan jamais confiaria nos metamorph a ponto de pensar que ela estivesse a salvo.

“Eu estou bem, Oregan. Seu pai é o Saiyajin mais cruel que eu já conheci na minha vida, mas eu não estou no caminho dele. Tudo que ele faz é ficar horas parado neste painel, observando seus movimentos. Parece que apesar de ser um guerreiro terrível, ele ama você” Agate confidencia mentalmente.

Oregan: Raciocínio 4 + Prontidão 4 (Dif: 6) = 4 sucessos.

Diante de mais um fosso no torso daquele gigante, Oregan percebe que teria problemas com aquelas chamas. Elas emergem muito rápido, e numa intensidade que seriam capazes de incinerar qualquer coisa, até mesmo sua cabeça dura. Sendo assim, o garoto demonstra mais uma vez engenhosidade, e ao invés de se arriscar, ele cria uma esfera de energia na palma de sua mão.

Oregan observa, pacientemente, conseguindo discernir com perfeição todo o tempo que levava para as chamas nascerem e se extinguirem. É neste exato momento que ele lança sua esfera de energia até o fundo, rápido o suficiente para a esfera mergulhar toda a trajetória antes que as chamas surgissem mais uma vez. E assim, mais uma jóia explode sem que sobre nem mesmo uma fagulha.

“E agora sua mãe está se gabando para os soldados de que a linhagem dela sempre pariu os melhores Saiyajins...” Agate completa a informação.

Mais uma vez tudo fica escuro ao seu redor. Oregan nem mesmo precisava olhar para saber que mais um ataque do gigante estava vindo!


Status:
 

Avaliação:
 



Suzako e Theri:


O Impiedoso Saiyajin esperava por algum tipo de emboscada naquele lugar, então fez o que um líder sensato faria e enviou terceiros como isca. Mas sua expectativa não foi correspondida. Os dois investigam algumas das casas sem que nada lhes aconteça. O lugar estava mesmo tão deserto quanto o resto daquele mundo.

Suzako então pousa próximo ao rio, vendo sua correnteza completamente interrompida pelo gelo que tomou conta de toda a água. Analisando melhor o radar em seu scouter, Suzako percebe que o aparelho indicava a posição da esfera por zona. O ponto onde a esfera se encontrava brilhava e piscava no radar, e o Saiyajin só precisava ir dano zoom. Porém, este zoom se limita à toda aquela área, inclusive ao rio ao seu lado. A posição da esfera estava por perto, bastava aos Saiyajins fazer uma busca minuciosa.


Theri usa Imperial Destruction: Ki 29 x5 (Dif: 6) = 79 sucessos.

Furiosa com os desmandos de seu companheiro, Theri ergue-se novamente ao céu e ergue suas mãos, criando uma grande esfera avermelhada. Lá embaixo, Nappa se assusta com a intensidade deste poder, mas a esfera não o tinha como alvo. É fácil para o general desviar da zona de impacto quando a esfera atinge o solo.

O rastro de destruição era impressionante. O pobre vilarejo abandonado agora era apenas uma gigantesca cratera onde nada sobrou, nem mesmo uma lasca das madeiras das casas. De um jeito bastante rude, a Saiyajin consegue facilitar as buscas, pois limpara completamente a área ao redor.

Theri: Percepção 2 + Investigação 0 (Dif: 6) = 1 sucesso.

Suzako: Percepção 2 + Investigação 2 (Dif: 6) = 3 sucessos.

Nappa: Percepção + Investigação (Dif: 6) = 3 sucessos.

Ao vasculharem toda a área ao redor, Suzako e Nappa chegam ao mesmo tempo em um ponto do rio onde a transparência do gelo denunciava um estranho brilho dourado no fundo da água. Seria ouro? Bem, isso não interessava aos dois Saiyajins, mas em meio a uma busca tão importante, os dois olham um para o outro com a convicção de que deveriam checar aquilo.


Avaliação - Theri:
 

Avaliação - Suzako:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
DragonHearth

DragonHearth

Mensagens : 229
Data de inscrição : 05/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeSex Dez 21, 2018 10:52 am

A confiança de meus pais me deu força para continuar, eles me amavam e eu nunca havia sentido nada assim? Eu não poderia decepciona-los, mas entendia que eles não eram pessoas boas, crueldade e maldade... será que era isso que o Senhor Whis estava falando. Aprender sem me tornar ele?

Penso no que consegui de bom sendo quem eu sou...consegui a amizade de Agathe, o amor de Blizz, consegui que o Senhor Whis me mostrasse uma maneira de ficar forte... eu não poderia desapontar essas pessoas, foram poucas, mas são verdadeiras....

A sombra vem em minha direção, lá vem outro tapa... uso meu ki para acelerar meu voo em direção a quarta joia enquanto esquivo.

"Agathe, tome cuidado não fique no caminho deles, concentre-se em evoluir e logo iremos para nosso próprio caminho"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t64-helena-dragonhearth
art015

art015

Mensagens : 238
Data de inscrição : 09/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeSex Dez 21, 2018 4:30 pm

Segundo planeta, poucos dias de descanso, outra arvore, huh usando parasitas contra parasitas, difícil não reparar em como o planeta anterior mudou, sem a arvore, isso pode ter anunciado nossa presença, talvez, apesar de eu achar difícil alguém se importar, a sede de poder cega, entorpece, e é só questão de tempo até a vitima cair embriagada, o problema, como bêbado em festa, talvez leve um tempo e cause algum estrago no processo...



Kibito diz sobre como um pirata fez um acordo com as formas de vida daqui para usar essa arvore;



-Nada impede eles de buscarem outra, se for um acordo mesmo, talvez "medidas preventivas" contra eles seja algo necessário...




Digo observando a arvore, não sei quanto a pressão, mas o gás talvez eu respira-se lá, fora de Baldric, claro, imagino que essa será uma operação onde devemos nos restringir um pouco, imagino que romper essas paredes nas áreas que podemos ficar atrasaria ou talvez impedisse nosso avanço, não é como aquele planeta errante, isso é gás toxico, que seja, vamos ver.



Depois que Kibito percebe que ativamos os alarmes, ativo minha invisibilidade, e desço no túnel, me prendendo a uma das paredes, eu precisava ver o que tínhamos ali, imagino que tudo, menos uma porta aberta e um machado gigante.



Off: Ficar invisível, entrar no tubo e me segurar ou ficar em cima em algo e observar o que tem dentro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Theri

Theri

Mensagens : 229
Data de inscrição : 05/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeDom Dez 23, 2018 10:28 am

Como imaginava o meu ataque é forte o bastante pra dizimar as casas velhas daquele vilarejo. Isso iria facilitar as buscas tanto que vejo que Nappa e Suzako descobriram alguma coisa no rio. Fico olhando de longe esperando de braços cruzados pra ver o que era.

“Essa busca é tão inútil...”

Seria td mais fácil se os humanos viessem logo nos enfrentar mas eles eram covardes. Não sei o que eles esperavam ganhar nos atrasando desse jeito mas sei para onde eu iria mandar tds eles por isso.

- Isso é td culpa do Kakaroto. Deveria ter transformado esses humanos em pó pra que nunca mais voltassem.

Mas o que eu podia esperar de um guerreiro de classe tão baixa.

_________________
Dragon Ball Z I - Página 6 Tumblr_pkykk4ciD51vuurjoo1_540
"Ninguém me chama de "querida" e fica com o baço!"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Saiyan

Tony.Saiyan

Mensagens : 236
Data de inscrição : 07/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeDom Dez 23, 2018 1:23 pm

Vejo Thery emanar seu poder e destruir o vilarejo... Não sentia nada por aquele local... Mas talvez ele pudesse ser útil...

Não destrua os vilarejos seguintes... Eles podem ser úteis a medida que existam mais Saiyajins... Ou prefere dormir na nave eternamente ?

Noto um brilho dourado no rio... Vejo que Nappa tb percebeu... Mas desço a sua frente, não como servo dele para lhe entregar, mas pq era o meu direito pegar o objeto... Quebro o gelo a volta e apanho o objeto a examinado...

Volto a subir me reunindo com Thery e Nappa e lhes mostro a esfera...

Uma ja foi... Vejamos a seguinte agora...

Iria guardar a esfera nos meus pertences e olharia pelo radar a mais próxima... E Seguiria para lá seguido dos dois Saiyajins...

_________________
Suzako - The Mercilles

Dragon Ball Z I - Página 6 210
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 688
Data de inscrição : 06/05/2016

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeDom Dez 23, 2018 9:46 pm

Oregan:


Diante das palavras da jovem sacerdotisa, Oregan percebe que era a primeira vez que conhecia o amor fraternal. Desde que nascera, sua vida tem sido baseada a sobreviver ao lado de um punhado de Saiyajins. Agora o garoto tinha uma família, que embora tivesse um caráter bastante duvidável, começava a fazê-lo sentir-se seguro.

Gigante Colossal ataca: Destreza + Briga (Dif: 6) = 22 sucessos.
Oregan desvia: Destreza 14 (-2) x5 + Esquiva 3 (Dif: 6) = 30 sucessos.

A mão do gigante mais uma vez vinha em direção a Oregan, mas agora que o Saiyajin estava atento a suas movimentações, fica fácil desviar. Os pesos nos braços de Oregan dificultam bastante seus movimentos, tornando-o mais lento, mas mesmo assim o garoto consegue escapar em vôo entre os dedos da criatura.

“Não se preocupe comigo. Concentre-se em sair desse planeta com vida.” Agathe lhe responde.

Oregan não demora a voar da perna esquerda até a perna direita da criatura, pousando bem com facilidade mesmo com a intensidade com que ela se movia. O novo fosso estava bem ali, na altura da coxa, porém, dentro deste, Oregan não conseguia enxergar a luminosidade da jóia já que este fosso estava inundado por um líquido lodoso esverdeado e nojento.

Status:
 

Avaliação:
 



Dirac Baldric:


O Tsufurujin ouve o irritante sinal de alerta daquele lugar piscando em vermelho a sua volta. Kibito lhe disse para que se apressasse, e o velho Kaioh tinha razão, pois o tremor de enormes engrenagens se movendo por dentro do Tubo de Entrada pode ser sentido. Logo Dirac Baldric vê uma comporta a sua frente começando a se fechar.

Dirac Baldric: Destreza 21 x5 + Esportes 3 (Dif: 6) = 60 sucessos.

Dirac Baldric: Destreza 21 x5 + Esportes 3 (Dif: 6) = 29 sucessos.
Comporta (Dano = 8 sucessos)

Dirac Baldric: Destreza 21 x5 + Esportes 3 (Dif: 6) = 59 sucessos.

Dirac Baldric: Destreza 21 x5 + Esportes 3 (Dif: 6) = 68 sucessos.

Dirac Baldric: Destreza 21 x5 + Esportes 3 (Dif: 6) = 25 sucessos.
Comporta (Dano = 11 sucessos)

Com urgência, o Tsufurujin explode seu Ki e dispara para dentro do Tubo de Entrada. Facilmente, ele consegue passar pela primeira comporta, que se fecha de maneira brusca e pesada as suas costas. Porém, a segunda comporta se fecha a centímetros de Dirac Baldric, fazendo com que ele se choque de cabeça com a mesma.

O Tsufurujin então continua o seu vôo, conseguindo passar pela terceira e quarta comporta sem dificuldade, no entanto, a quinta e última se fecha rapidamente, fazendo com que o guerreiro se choque mais uma vez, atravessando a comporta com mais violência do que desejava.

Após o forte impacto, Dirac Baldric rola pelo chão um pouco zonzo. Somente quando ele abre novamente seus olhos, percebe ter atravessado o Tudo de Entrada com sucesso, chegando a uma plataforma enorme, repleta de pequenas naves e transeuntes, que olham estranheza para o Tsufurujin no chão. Esta plataforma era coberta por uma grande redoma de vidro, que mantinha o gás escuro do planeta do lado de fora e enchia o interior com oxigênio.

Muitas raças alienígenas estavam por ali, em sua maioria o povo Gasrruck, humanóides de pele rochosa e lilás, com poros em vários pontos de seu corpo, exalando em pequena quantidade o mesmo gás que compõe o planeta. E enquanto Dirac Baldric ainda tentava reconhecer o ambiente a sua volta, ele ouve um “clack-clack”, som característico de armas pesadas sendo engatilhadas. A sua volta, soldados Gasrruck começam a surgir com armas projéteis e sem antes perguntar, eles disparam contra o Tsufurujin!

Status:
 

Avaliação:
 




Theri e Suzako:


Os dois guerreiros Saiyajin pousam à beira do lago. Nappa apenas observa enquanto Suzako se aproxima da água congelada. Não é difícil para ele quebrar parte do gelo com um soco e criar uma entrada suficiente para que ele mergulhe em busca daquele brilho dourado. Porém, Suzako logo nota que o fato de o rio ter a sua superfície congelada só tornou ainda mais revolta a correnteza em sua profundidade.

Suzako: Destreza 23 x5 + Esportes 1 (Dif: 6) = 70 sucessos.

Mas nem o frio intenso e a força daquelas águas se mostram pareis para o guerreiro, que já acostumado com as condições mais adversas, mergulha até o fundo com maestria e encontra enfiada entre pedras uma pequena esfera dourada que cabe em seu punho, com o desenho de seis estrelas em sua superfície vítrea, assim como dizia o radar.


A alguns metros dali, Theri percebe que Nappa e Suzako encontraram alguma coisa, e logo supõe ser a esfera que vieram buscar. Então a guerreira espera de braços cruzados, ainda lamentando ter que desempenhar todo aquele trabalho por causa de míseros humanos, chegando a culpar Kakaroto, que não os havia destruído como devia.

Theri: Percepção 2 + Prontidão 4 (Dif: 6) = 5 sucessos.

Enquanto todos estavam concentrados na busca pela esfera, seus rastreadores apitam, anunciando repentinamente duas presenças muito próximas, ambas com 25 mil de poder de luta. Mas somente Theri nota estas duas presenças, usando a ofuscação do sol para manter suas imagens ocultas, mas assim que percebem terem sido notados, as duas figuras usam sua velocidade para desaparecer. Não era a primeira vez que aquelas figuras apareciam para os Saiyajins, mas o que eles queriam? Por que apenas observavam?


Com a esfera de Seis Estrelas em mãos, resta aos Saiyajin sair em busca da esfera mais próxima, a de Uma Estrela. Só que diferente da primeira esfera encontrada, a segunda se mostra um pouco mais simples de se localizar. Nappa, Theri e Suzako adentram o subsolo daquele planeta por uma cratera, sentindo o frio das rochas em suas peles enquanto voam entre morcegos e insetos que buscam abrigo naquele cerne cavernoso.

A luz não chega até aquele lugar, os guerreiros precisam emanar seus kis para enxergar alguma coisa a frente, e o que eles vêem após alguns minutos de vôo dentro do subterrâneo é algo que chega a ser fantástico. Uma parede sólida feita de ametista esta a frente dos guerreiros, sendo um dos pontos de sustento daquela caverna. Ela é grande e possui um formato cônico, reluzindo com o brilho dos kis dos Saiyajins. Mas o que mais chama a atenção nesta parede sólida é que em seu interior se encontra a esfera de Uma Estrela.

- E agora, como a tiramos daí? – Nappa indaga aos dois guerreiros, tocando a parede com a mão para analisá-la.


Avaliação - Theri:
 


Avaliação - Suzako:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
art015

art015

Mensagens : 238
Data de inscrição : 09/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeSeg Dez 24, 2018 11:21 am

Hihihiiii som das engrenagens, arcaico eu sei, mas agradável, o som de maquinas pesadas funcionando, tecnologia em andamento, imagine como deve ser ouvir as "engrenagens" do universo funcionando, essas coisas são triviais, diminutos detalhes, mas se não estivessem lá. fariam falta, foi meio conturbado sei, huh o que são essas portas para uma sayajin, nada, se comprara com o que poderemos enfrentar.



Logo damos de cara com outras formas de vida, era uma área movimentada, eu estava com pressa, chamamos atenção, demais, mas tudo bem, não somos os criminosos aqui, ah sim blah blah blah de iniciativa discreta, vamos ser realistas aqui, se quer ser um grande predador, talvez tenha que agir como presa as vezes, mas aqui, lembre-se que você é o ser superior, não eles, huh armas, podem machucar, mas um soco do freeza agora te mataria, seus golpes são mais fortes que esses tiros, então vamos elevar as coisas aqui.



Chega de fugir, você é uma sayajin, não um parasita.



Você vai enfrentar coisa pior que isso, se se machucar, que se dane, você machucara mais eles do que eles machucarão você.



Quer matar o tal metamorph um dia? Huh então pegue essas balas, mostre do que é capaz.



Seria arriscado? Sim, mas se queremos ser fortes, não é ficar desviando de moscas que iremos superar nossos limites.


Off: Pegar as balas, gastar um ponto de força de vontade para isso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DragonHearth

DragonHearth

Mensagens : 229
Data de inscrição : 05/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeSeg Dez 24, 2018 2:42 pm

"Pode deixar, se eu sobrevivi ao planeta Spartacus isso aqui é fichinha, eu tenho um motivo para ficar forte e vencer sempre."

Por pouco consegui desviar do ataque do gigante, ele estava ficando mais rápido ou meus pensamentos estavam me deixando lento? Não iria arriscar a segunda opção e me concentrei. Uso o Scouter para tentar achar a joia e analisar a substancia...

Minha primeira reação seria não entrar naquele lugar, eu era um saiyajin, eu era um guerreiro e não deveria voltar a lama, então uso minha energia para abrir caminho naquele lodo e tentar achar a joia, uso a analise do Scouter para indicar o tanto de energia e assim que ela for abrindo caminho, lanço um Hellblazer para destruir a joia.

Caso consiga, não vou dar tempo para o segundo ataque do Colosso e vou voando rapidamente para a quinta joia.


off: uso energia necessária.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t64-helena-dragonhearth
Theri

Theri

Mensagens : 229
Data de inscrição : 05/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeSeg Dez 24, 2018 4:53 pm

A primeira esfera é encontrada mas o que me preocupa são essas presenças. Pq esses humanos ficam apenas nos observando e não lutam?

"Não acho que eles estejam com medo de nós. Eles querem alguma coisa"

Talvez eles queiram descobrir onde fica a nossa base pra atacar. Por precaução eu iria usar o meu rastreador pra entrar em contato com a Coraline.

- Tá td bem por aí?

Depois de ter minha resposta a gente vai em busca da próxima esfera. Pro meu desgosto ela fica em um subterrâneo nojento cheio de morcegos e insetos. Mas pelo menos é fácil encontrar a esfera, estava em um bloco de ametista.

- Vc ainda pergunta?

Iria dar um soco pra tentar destruir o bloco.

_________________
Dragon Ball Z I - Página 6 Tumblr_pkykk4ciD51vuurjoo1_540
"Ninguém me chama de "querida" e fica com o baço!"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.Saiyan

Tony.Saiyan

Mensagens : 236
Data de inscrição : 07/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeSeg Dez 24, 2018 7:20 pm

Pegar a esfera mesmo na agua turbulenta não era trabalho...

Ao sair vemos que a proxima esfera estava no subterrâneo e após um tempo voando pela caverna vemos que a mesma termina em uma parede com um minério...

Precisamos ver uma forma de retirar isso daqui...

Vejo que Thery vai desferir um soco, mas isso iria soterrar a caverna acima de nós... Interrompo o soco dela e a encaro e falo...

Não lhe ordenei nada...

Iria subir e analisar toda a estrutura, ver se o cilindro estava isolado da parede da caverna e ver os pontos de sustentação da caverna.

Nappa e Thery, saiam e esperem do lado de fora. Eu sou mais rápido que vocês.

Iria acompanhar a saída deles e decorar o trajeto e estudar os pontos de suporte da caverna, tentando ver quais partes poderiam ceder de imediato... Após analisar o local e o caminho... Iria analisar o melhor ponto da estrutura com o scouter para abrir um buraco na estrutura dem danificar ela e retirar a esfera...

Caso mesmo assim a estrutura ceda, iria pegar a esfera e voar para fora do local com base no reconhecimento prévio do caminho...

Uso fdv para retirar a esfera sem abalar a estrutura e para sair do local caso desabe.

_________________
Suzako - The Mercilles

Dragon Ball Z I - Página 6 210
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 688
Data de inscrição : 06/05/2016

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeTer Dez 25, 2018 1:28 pm

Dirac Baldric:


O Tsufurujin cai um tanto destrambelhado sobre o chão após o choque violento contra a comporta, e enquanto se levantava, nota que era observado por civis de várias espécies alienígenas, assim como era cercado por dez guardas Gasrruck. Os membros daquela espécie eram seres rudes, que não toleravam ser desafiados de forma alguma. Por isso, eles erguem suas armas projéteis e disparam sem ao menos uma tentativa de rendição.

Soldados Gasrruck atiram: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 34 sucessos.
Dirac Baldric defende: Destreza 21 x5 (+3) + Briga 5 (Dif: 6) = 79 sucessos.

Disparos impiedosos são feitos contra o Tsufurujin invasor com armas de grosso calibre, porém, todas aquelas balas esféricas acabam parando nas mãos de Dirac Baldric. Veloz, o guerreiro as apanha no ar como se fossem moscas, sem ser ferido por nenhuma delas. E ao ver as balas nas mãos do Tsufurujin, os soldados se mostram exasperados, recuando lentamente. Os civis, antes tranqüilos, gritam e se afastam para o mais longe possível.

- Q-Quem é você? – Um dos soldados pergunta, trêmulo e gaguejante.


Status:
 

Avaliação:
 


Oregan:

O fato de quase ter sido pego pela mão do gigante preocupa Oregan ao ponto de ele se questionar se o inimigo não estaria aumentando o seu poder. Mas o garoto tinha mais com o que se preocupar agora, principalmente com o fato de a jóia daquele buraco não estar visível.

No entanto, o scouter aponta que a jóia estava ali, encravada na lateral do buraco, em um ponto em que Oregan não tinha ângulo da superfície. O lodo que a protegia não era nocivo, apenas uma substância pegajosa e nojenta feita pela própria natureza. Como não queria se sujar ali, Oregan expande o seu ki, fazendo seu grito ecoar, as rochas estremecerem e o lodo se afastar enquanto ele se aproximava.

A jóia realmente estava encravada na parede, o que deu um pouco mais de trabalho ao jovem Saiyajin, mas com uma rajada, ele não teve dificuldade para transformar ela em pó também. Seu scouter então avisa que o escudo do gigante perdia a força aos poucos, faltava apenas mais uma jóia.

Gigante Colossal agarra: Destreza + Briga (Dif: 6) = 43 sucessos.
Oregan desvia: Destreza 14 (-2) x5 + Esquiva 3 (Dif: 4) = 44 sucessos.

Antes de sair do buraco, Oregan já antevê o ataque do gigante e dispara em vôo em direção ao braço direito sem olhar para trás. Ao ver o garoto no ar, o gigante tenta apanhá-lo com sua mão. Suor escorre da testa de Oregan, a tensão toma conta do garoto quando a escuridão o encobre e ele vê o punho da criatura se fechado a sua volta.

“Oregan, cuidado!” Agathe grita em sua mente.

Mas através de uma mísera fresta, o garoto consegue escapar mais uma vez e sai voando livre pelo céu claro do planeta Goliath, deixando a mão do gigante para trás. E finalmente Oregan pousa sobre o braço direito da criatura, caminhando com tranquilidade em direção ao buraco de onde vinha a luminescência.

Estranho, mas não havia qualquer desafio dentro deste buraco, a apenas a luz que vinha dele era muito mais forte do que a dos outros. Quando Oregan se aproxima da jóia, se surpreende ao notar que havia três delas sobre o solo, uma igual a outra, sem a mínima diferença entre elas.

“Tolo...” uma voz que não era de Agathe vem a sua mente, uma voz cavernosa e alta como um urro, “O que pensa que vai ganhar me destruindo? De qualquer forma, jamais passará por este desafio. É demais para a cabeça oca de um bárbaro feito você. Há três jóias, somente uma é a verdadeira. Se destruir uma falsa, a explosão de energia o matará!”

Status:
 

Avaliação:
 


Theri e Suzako:


Ao ver a esfera presa no interior do pilar de ametista, Nappa demonstra dúvidas sobre o que fazer para removê-la. Mas sempre objetiva, Theri se propõe a destruí-lo com seus próprios punhos, preparando-se para dar um soco no pilar. No entanto, Suzako a contém, segurando-lhe o pulso, com o objetivo de analisar tudo antes.

- Suzako talvez tenha razão. Se fôssemos soterrados aqui, colocaríamos tudo a perder. – Nappa concorda. – Vamos voltar.

Voando, os Saiyajins retornam até a superfície, mais precisamente ao ponto correspondente no radar onde estavam o pilar e a esfera. Suzako então se prepara para destruir aquele lugar, mas diferente dos golpes com que costumava atingir seus inimigos, ele precisava ser cuidadoso desta vez, ou soterraria toda a caverna junto com o pilar e a esfera.

Suzako: Força 17 x5 (Dif: 6) = 32 sucessos.

Uma tarefa assim exigia todo o cuidado, mas Suzako consegue a proeza de atingir o ponto certo. Com apenas um soco, o Saiyajin faz o solo rochoso tremer e desabar em grandes blocos. Mas graças à sua precisão, o pilar continua de pé apesar de toda a caverna ter caído.

- Há, Há. A missão está sendo um sucesso, mais uma esfera. Vegeta ficaria contente conosco se estivesse aqui. – Diz Nappa.

O general dos Saiyajins baixa seu vôo em direção ao pilar. Então ele explode o seu ki e atinge o pilar com um soco de sua poderosa mão. Porém, o soco cria um buraco mínimo, suficiente apenas para que ele removesse a esfera sem comprometer o pilar de ametista.


Avaliação - Theri:
 

Avaliação - Suzako:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
DragonHearth

DragonHearth

Mensagens : 229
Data de inscrição : 05/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeTer Dez 25, 2018 2:46 pm

"Uhulll emocionante" - penso tentando acalmar Agathe, mas a voz que vem em minha mente é diferente, o colosso falava.

_Tudo bem, mas se eu errar você também vai morrer, claro que vai me dizer que isso não importa, porém estou cansado e com sono, quero acabar com isso bem rápido para poder ir dormir. - Respondo à criatura.

Entro na área iluminada e fecho meus olhos, eu não tinha muito o que fazer agora a não ser ser mais esperto que essa criatura, lembro que quando eu cheguei nesse ponto sentia a energia diferente como se reagisse com meu organismo, o vovô Sayajin me falava algo sobre isso, mas eu não tinha certeza até chegar nesse local.

Esvazio a minha mente tentando sentir a energia das esferas, caso consiga localizar a correta dou um murro nela.

off: fdv para o teste.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t64-helena-dragonhearth
Tony.Saiyan

Tony.Saiyan

Mensagens : 236
Data de inscrição : 07/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeTer Dez 25, 2018 6:01 pm

Com o soco que aplico consigo expor a esfera sem causar um desmoronamento na caverna...

Logo temos a esfera em nossas mãos... Ouço nappa falar de Vegeta e falo...

Assim que Vegeta retornar do treino com Yamoshi já teremos limpado esse planeta em definitivo..m

Subimos novamente no céu e olho no Scouter onde estava a proxima esfera... Não teria pressa de chegar ao ponto.

Cada tempo que Kakaroto e Radiditz permanecerem na maquina de treino será mais vantagem para nós...

Ao chegar ao ponto da nova esfera iria avaliar o local...

_________________
Suzako - The Mercilles

Dragon Ball Z I - Página 6 210
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Theri

Theri

Mensagens : 229
Data de inscrição : 05/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeTer Dez 25, 2018 6:19 pm

Retiro minha mão da de Suzako e encaro de volta.

- Em primeiro lugar nunca mais toque em mim de novo. Em segundo eu vim a esse planeta pra servir ao Vegeta. Se fosse pra obedecer ordens suas eu preferia continuar sendo macaquinha de circo em Spartacus até morrer. Pelo menos os Metamorph me assustam.

Msm irritada eu sigo a porra do plano só queria acabar com aquilo de uma vez e esmagar uns humanos pra ver se isso me alegra um pouco.

"Droga não consigo nem entrar em contato com a base. Não sou de rezar mas espero que td esteja bem por lá"

Os dois conseguem retirar a esfera do bloco de ametista. Desse jeito só nos deu mais trabalho. Do que adianta querer enfrentar o Freezar e ter medo dessas pedras?

"Não sei se Vegeta estaria assim tão contente com esses humanos ainda respirando por ai e nos dizendo o que temos que fazer. Mas tomara que ele volte logo"

Seguiria pro próximo local.

_________________
Dragon Ball Z I - Página 6 Tumblr_pkykk4ciD51vuurjoo1_540
"Ninguém me chama de "querida" e fica com o baço!"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
art015

art015

Mensagens : 238
Data de inscrição : 09/04/2017

Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitimeTer Dez 25, 2018 10:36 pm

Huh, penso ao olhar as armas, atirando, eeeeee... Pronto, paro escuto as reações, os passos apressados, os gritos de socorro, enquanto os guardas, viam se obrigados a cumprir suas ordens, leais, eles não correm mais que as balas, correr seria inútil agora, as balas, sinto o calor delas nas mãos, era um teste até fácil, preciso arrumar desafios mais, exigentes...



Respiro fundo, olhar fixo, perguntam o que eu quero, abro as mãos;



-Erraram duas vezes, primeiro por plantar aquela arvore..
. - Digo enquanto solto as balas no chão, seu tilintar, mais sons metálicos agradáveis.



Encaro o primeiro  a minha frente, um rosto que só alguém com um fetiche violento por essas coisas poderia ficar feliz em ver;



-Segundo, atiraram primeiro no ser errado...-



Fecho minhas mãos, não havia mais sons metálicos, as engrenagens talvez já tivessem parado, era hora de um ruido novo.



Off: !0 golpes, gastar 9 de energia.



9 golpes, um em cada soldado, o ultimo eu agarro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




Dragon Ball Z I - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragon Ball Z I   Dragon Ball Z I - Página 6 Icon_minitime

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Dragon Ball Z I
Voltar ao Topo 
Página 6 de 14Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 10 ... 14  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [DBZ] Como baixar e instalar Dragon Ball Xenoverse
» [Animes] Dragon Ball Xenoverse : A Primeira Meia Hora
» Dragon Ball Xenoverse- Eu sou o Goku
» Jogatinas de Dragon Age Inquisition
» Novas imagens de Dragon Quest Heroes mostram ação

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Paladinos da Justiça :: Jogos :: Sagas Z-
Ir para: