Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ir em baixo

Re: Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Mensagem por Admin em Dom Abr 08, 2018 9:15 pm

Por uma semana, os Saiyajin permaneceram ao lado de suas sacerdotisas, sendo fielmente servido por elas da maneiras mais digna. Durante estes breves dias, os soldados do Rei Cold surgiam querendo revanche ou exigindo que as mulheres os atendesse, mas os quatro guerreiros os exterminavam com facilidade, deixando apenas poucos vivos para contar a outros vermes sobre o poder da raça guerreira.
 
Dirac Baldric não apreciava o lugar como seus colegas. O Tsufurujin detestava intimidades e achava que a aproximação com aquelas mulheres tornava fracos os guerreiros. Ele saía durante os dias, aventurando-se pelas favelas e pelas ruas pavimentadas em que os Metamorph faziam de habitat. Desgraça e luxo em um só mundo... Enquanto os escravos e refugiados passavam fome e eram obrigados a disputar os restos, os Metamorph viviam apenas para seus prazeres perversos, como tortura, estupro e assassinatos gratuitos. Enquanto caminhava pelos distritos luxuosos, o Tsufurujin entende que toda economia e entretenimento daquele planeta girava em torno do Coliseu. As lutas que ocorriam naquele lugar eram o termômetro para aquele povo, que podia chegar a estar feliz como nunca ou incrivelmente descontente. Assim, Dirac finalmente compreende porque o resultado das lutas no Coliseu são capazes de sustentar um império ou derrubar o seu rei. Nada era mais importante para os sádicos Metamorph do que sangue e sofrimento.
 
Registros sobre o Oozaru:
A disputa pelo planeta Plant tendia ao equilíbrio. Aos poucos, a avançada tecnologia dos Tsufurujin dava-lhes meios para fazer frente à força física dos bárbaros Saiyajin. O Rei Vegeta era a única fonte de estratégia destes indivíduos, e bastava aos Tsufurujin cortar a sua cabeça para que os Saiyajin perdessem o seu comando e assim se tornassem animais desorganizados e burros. Porém, um evento cósmico decretou a vitória dos Saiyajin. A lua cheia nasceu no céu do planeta Plant após milhares de anos, devolvendo os Saiyajin à sua forma primitiva, transformando-os em macacos gigantescos e ainda mais selvagens. Era impossível para os Tsufurujin fazer frente ao Oozaru. Sua aparência era assustadora, seu poder tornou-se dez vezes maior. Em apenas uma noite, eles destruíram uma civilização que datava de milênios. Os poucos sobreviventes dos Tsufurujin (Antes de serem completamente exterminados pelos dominantes Saiyjin) relatam que tais feras eram capazes de lançar poderosas rajadas de energia pela boca e que batalhavam sem se cansar durante toda a noite, voltando à sua forma original quando a lua cheia finalmente desaparecia. Uma coisa chegou a ser notável. Apenas os Saiyajins que possuíam caudas passaram pela transformação, outros que perderam suas caudas em batalhas ou punições permaneceram em sua forma humanóide, sendo também exterminados por seus próprios irmãos.

 
 
Suzako teve cálidas noites com Yubelluna durante aquela semana, mas o Saiyajin não exigiu da sacerdotisa apenas o seu corpo, exigiu também que ela lhe contasse sobre a lenda do Supersaiyajin e sobre as histórias do planeta antes que fosse explodido. A sacerdotisa via algum prazer nisso, e em meios a beijos, ela sussurrava o seu conhecimento no ouvido seu guerreiro e agora amante.
 
- Pela sua idade, eu aposto que era apenas uma criança quando tudo aconteceu. Eu também era muito jovem, mas já servia ao Kami Sama de nosso mundo como essas meninas me servem. O Planeta Vegeta era um paraíso bélico. Homens como você iriam adorar viver nele hoje em dia. Éramos uma sociedade de poderosos guerreiros voltados para conquistar mundos pelo universo e vendê-los a quem pudesse pagar. Sob a liderança do Rei Vegeta, éramos invencíveis. Mas cometemos um erro que quase custou a nossa existência. Confiamos em Freezar, e começamos a lutar sob a bandeira do império de seu pai. No começo era bom. Isso ajudou a aumentar a nossa fama, nossa economia estava no auge e éramos os soldados mais eficientes daquele demônio. Porém, por algum motivo, Freezar tinha medo de uma lenda que muitos de nós já não acreditava mais. E para assustá-lo ainda mais, havia Bardock, cujo poder de luta começava a ameaçar os dois soldados mais leais a Freezar, sem falar no Príncipe Vegeta, que aos seis anos conquistava mundos sem se importar com o poder dos inimigos que o habitavam. Freezar estava cada vez mais assustado com o poder crescente na nossa raça, e por isso fez o que fez.
 
Yubelluna se levanta da cama ainda nua, caminha em direção a um móvel onde guardava seus trajes finos e suas jóias brilhantes, e então começa a remexer até encontrar um fundo falso. Ela retira de dentro um pergaminho tão velho que é preciso segurar com muito cuidado, e o oferece a Suzako, dizendo que era disso que Freezar tinha medo.
 
A Lenda do Supersaiyajin:
Nós estamos em constante evolução. Descendemos do poderoso Oozaru, mas ainda não encontramos a nossa forma perfeita. É dito que o nosso Deus Yamoshi foi o primeiro a alcançar o estágio máximo de nossa evolução, e que isso não demanda tempo e nem poder, mas sim um Estado de Espírito. Segundo as suas divinas palavras, nossa natureza nos condiciona a ambições, medos e dores. Para alcançar o estágio do Supersaiyajin é preciso livrar-se de tudo isso, manter o coração puro. E para um Saiyajin, nada é mais purificador do que o ódio em sua forma mais intensa. Deixe o ódio tomá-lo por completo e, no fim, tente suprimi-lo. Assim, o guerreiro finalmente se tornará o invencível Supersaiyajin.
 
 
Oregan aproveitou os dias daquela semana na companhia de Agate, que sob as ordens da senhora Yubelluna, transmitia ao jovem Saiyajin o conhecimento perdido de sua espécie. De maneira paciente, Agate explica que a cultura Saiyajin tinha como base a sua linhagem. Se um guerreiro nascesse com o sangue fraco, ele era descartado a algum planeta de indivíduos com pouco poder, e somente conquistando tal mundo ele adquiria o direito de retornar ao planeta Vegeta e ser aceito nas fileiras. Se o guerreiro nascesse como um soldado de elite, ele receberia um treinamento adequado, tornando-se um soldado respeitável o bastante para servir ao Rei Vegeta. Porém, a mais notável linhagem era a dos nobres, quando o guerreiro nascia com tanto poder que lhe era dado um grande cargo e ele poderia até mesmo participar da linha de sucessão ao trono.
 
Durante as tardes, Oregan aproveitava seu tempo em meditação para entrar em contato com o lado primitivo de seu ser. Não era comum que guerreiros Saiyajin recorressem àquele tipo de treinamento, e nos primeiros dias foi bastante difícil. Mas Oregan chegou a um ponto em que conseguiu de fato mergulhar dentro de si, fazendo-o de maneira tão profunda que encontra o grande Oozaru aprisionado em uma jaula. Era uma criatura gigantesca e temível, era Organ! E em um momento de distração, o macaco gigante enfia a mão para fora da jaula, agarra o garoto esmagando seus osso e o engole. Oregan desperta assustado, respirando tão tensamente que demora a perceber que já não estava sozinho em seu quarto. Blizzard viera todas aquelas noites lhe fazer companhia, e ao seu pedido, ela responde:
 
- Fico feliz que finalmente tenham um plano de fuga, apesar de eu o achar muito arriscado. Mas se é o único que tem, eu o ajudo. Não posso ajudar essas garotas e nem seus amigos, eles me odeiam quase tanto quanto os desprezo. O máximo que posso fazer por todos vocês é deixar a minha nave pronta para partir no porto. Dêem um jeito de chegarem até lá, e então eu darei um jeito para que partam em segurança. – A Metamorph promete. – E depois seremos só você e eu... – Ela termina com um beijo.
 
 
Theri aproveitou aquela semana para estreitar relações com as jovens sacerdotisas, porém, do seu jeito. As meninas acompanhavam a assassina em seus exercícios e foram ensinadas a lutar para que soubessem se defender quando fosse necessário. No entanto, não havia tempo hábil para torná-las guerreiras de verdade, e o sacerdócio lhes tirou a habilidade para isso. Era um pouco frustrante ver que elas não tinha poder nem para se defender dos soldados que se aproveitavam de seus corpos.
 
Mas isso não fazia delas mulheres menos dignas. Coraline era a mais esforçada. Se Theri ordenasse que a garota fizesse mil flexões, ela o faria para impressionar a guerreira. Coraline passou a demonstrar por Theri uma grande admiração, agindo diante da assassina com a dedicação de uma irmã mais nova.
 
 
O dia da batalha finalmente chegou, e tudo acontecia como previsto. Os Saiyajin voltaram para suas celas, a masmorra tremia com a excitação do público. Naquele dia em especial, todos os Metamorph apostaram contra os guerreiros, aguardando ansiosos pela sua morte e prontos para se rebelar contra o Rei Cold. Mas Dirac Baldric, Suzako, Oregan e Theri tinham outros planos. Segundo Yubelluna, a ideia era recorrer à transformação e causar o maior alvoroço possível, forçando os Metamorph recuarem para a cidade. Os Saiyajin não deveriam abandonar o Coliseu de maneira alguma. O resto do plano, a sacerdotisa pede que os guerreiros confiem a ela.
 
Como de costume, Icer surge no corredor com um sorriso zombeteiro, feliz em conduzir mais uma vez os guerreiros para a morte. A masmorra era bastante rústica, mas um dispositivo na parede faz com que as grandes se ergam e os quatro fiquem livres para acompanharem o soldado Metamorph ao campo de batalha do Coliseu. As arquibancadas estavam mais lotadas do que nunca, parecia que todo o planeta se reuniu para assistir as Forças Especiais Ginyu em ação. Contrataram até mesmo um Showrunner para anunciar a luta e incitar ainda mais o público.
 
- Senhoras e senhores, este é o momento pelo qual todos estavam esperando. O evento principal da noite! – Brada um Metamorph de cor roxa. – No lado sul da arena, se encontram os guerreiros do Rei Cold, Saiyajins nojentos que já estão vivos por tempo demais. Mas isso acaba esta noite, senhoras e senhores, pois no lado norte da arena se encontram o orgulho do império, os guerreiros representantes do Conselheiro Frigid. É com imenso orgulho que eu anuncio os membros das Forças Especiais Ginyu!


Gadus:


 
Shokos:



Amatsu:



Murai:



Comandante Sliter:

 
Iniciativa:
 
1° Oregan: Raciocínio 4 + Prontidão 4 + 1D (10) = 18
1° Suzako: Raciocínio 4 + Prontidão 3 + 1D ( 8 +3 ) = 18
2° Gadus: Raciocínio + Prontidão + 1D  = 17
2° Sliter: Raciocínio + Prontidão + 1D = 17
3° Dirac Baldric: Raciocínio 4 + Prontidão 3 + 1D ( 8 ) = 15
3° Murai: Raciocínio + Prontidão + 1D = 15
4° Shokos: Raciocínio + Prontidão + 1D = 14
5° Amatsu: Raciocínio + Prontidão + 1D = 11
6° Theri: Raciocínio 5 + Prontidão 4 + 1D (1) = 10
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 365
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Mensagem por Tony.Saiyan em Seg Abr 09, 2018 11:27 am

As noite com Yubelluna foram reconfortantes após tanto tempo nas celas... Alem do seu corpo, ela me gratificou com seus conhecimentos sobre a nossa cultura... Já tinha ouvido do Principe e de Radiditz e Nappa, sobre o nosso planeta... Mas eles eram guerreiros, apenas falavam sobre os oponentes e mundos conquistados... A sacerdotiza me fazia ver o mundo como ele era por um todo... A Classe de Guerreiros... As mulheres... Os treinos que eram impostos as crianças assim que saiam das entranhas de suas mães... Isso me fazia pouco a pouco perceber o que eu havia perdido de fato devido a destruição do meu planeta...

Irei trazer o Planeta de volta das cinzas... Mas iria crescer ainda mais... Iria fundar o Império Saiyajin por cima dos cadaveres dos metamorths...

Leio o pergaminho que ela me entrega... Já havia ouvido a lenda antes... Mas... Sempre considerei um desperdício de tempo acreditar nessas fantasias...

Essa lenda só nos mostra o que realmente nos torna fortes... O nosso Ódio... Posso sentir em minhas veias correndo a lava do ódio contra os meus inimigos... Sei que ao me entregar a ela... Me torno mais forte... Mas pelo texto... Tenho que aprender a domina-la

Iria passar os próximos dias, conversando mais com Yubelluna sobre o planeta Vegeta... Queria cada vez mais me sentir vivo naquele planeta... Fecharia meu olhos sempre canalizando a minha fúria... Tentando entender o vulcão que se mantinha em meu peito... Queria aprender a canalizar todo esse sentimento dentro de mim de uma unica vez...

Então chega o dia de nossa luta... Mais uma vez somos levados para arena... Ouvimos o grito dos espectadores... Assim que entramos vemos os nossos oponentes... Eles os anunciam como as Forças Especiais Ginyu... Mas ao vê-los... Sei que não eram os originais... 

Ele um dia seram membros da força de elite de Frezza... Precisamos ser capazes de suportar, até o momento que Yubelluna chegará...

Me coloco a frente... Estavam em maior numero... 

Vamos mostrar a esses vermes quem são os maiores Guerreiros do Universo... Deixem o seu ódio lhes convocar... Baldric... Sua força é descomunal... Leve sua loucura contra Murai, Shokos e Amatsu... Thery... Vc é a Assassina Saiyajin... Encontre uma abertura e ataque com tudo... Oregan... Não é hora de relaxar... Combine seus movimentos comigo... Vamos contra Gadus e o Comandante...

Avanço... Expandindo meu poder... Levitaria fazendo as pedras serem lançadas para o lado...

Fecho os olhos... Deixaria meu poder expandir ao máximo... Procuraria recordar de tudo que meu Mestre e Príncipe me contaram sobre o Planeta... Sobre como Yubelluna me falava do mesmo e seus olhos traziam a perda de um mundo, perda de guerreiros que se juntos, trariam o fim do universo... Expandiria minha força... Não lutaria sozinho... Sentia ardendo em mim todo o poder que aquela explosão do planeta trazia... A fúria de uma raça inteira correndo em meu corpo... Faria meu poder crescer, de forma que até mesmo Vegeta... No distante planeta terra, sentiria que o Orgulho Saiyajin faria os Metamorths tremerem... Testemunhando que mesmo que tenham destruído o planeta... Eles nunca conseguiram apagar o medo da Raça Saiyajin de seus corações...

Hoje vcs testemunharam aquilo que Frezza tanto temeu em nós... Mostraremos para vocês o poder que corre em nossos corpos... O poder da Raça Saiyajin... A destruição do nosso planeta não nos deixou fracos... Apenas serve de combustível para alimentar o Odio em nosso coração... AAAHHHRRRR



Abro os olhos... Vejo os oponentes a frente... Sorrio... Queria que Vegeta assistisse enquanto aniquilávamos eles... Avança de impeto voando a volta da arena... Iria sincronizar meus movimentos com Oregan... Iria voar de encontra ao rosto de Gadus e iria aplicar um chute... Após iria perseguir ele e aplicaria um soco o fazendo se chocar no solo...  Investiria então contra o comandante... Iria agarrar o seu braço, o deixando preso... Mesmo que não o segurasse, iria aplicar varios socos contra sua face em conjunto com Oregan... Então concentrariamos os nossos Kis... E dispararia minha Rajada a Queima Roupa contra ele... Teriamos que agir de forma conjunta e letal...

Ações:
0 - Ataque Gadus (FdV)
1 - Ataque Gadus 
2 - Agarra Slider (FdV)
3 - Soco Slider 
4 - Soco Slider 
5 - Rajada Slider (FdV)

_________________
Suzako - The Mercilles

avatar
Tony.Saiyan

Mensagens : 24
Data de inscrição : 07/04/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Mensagem por art015 em Seg Abr 09, 2018 1:14 pm

Detestava aquele lugar, esse planeta em geral, completa perca de tempo, olhando essa cidade, seus costumes sádicos, logo se vê que tudo girava em torno das lutas, todo ciclo econômico e cultural, pfft raça inferior governando com tirania outras inferiores, se algum dia conseguirmos, não sera difícil destruir esse bando de lesmas mutantes, de qualquer forma outro detalhe me chama atenção, toda economia girava em torno das lutas, mesmo a soberania dos governantes, acho que tão grande o dia será quando voltarmos para matar esses desgraçados, seria o dia que derrotarmos o maior deles perante seus olhos, huhuhu obvio que isso é apenas uma vontade minha, penso em lutas tanto quanto eles, mas não é a unica coisa que penso, temos raiva, temos força, mas nossa força ainda não pareia com nosso, ódio, muito menos a deles, hmpf se eu pudesse demonstrar isso...



Com o tempo eu também investigava antigos registros dos sayajins, do infame Oozaru, eram poucos e desagradáveis, dado o momento em que haviam sido recordados, mas preciso entender e compreender como funcionam, creio que como eles, essas criaturas não esteja, em seu pico de poder, foi passado como eles mesmo com todo esse poder não superavam nossas armas, lutando em casa é difícil não? Mas mesmo nosso melhor equipamento pouco podia ajudar, contra a surpresa da infeliz coincidência astronômica, eles reagiam com a lua que finalmente nascia naquela noite, eles se transformavam em bestas gigantes, descontroladas, que disparavam energia da boca, esse tipo de coisa que só em lenda, mas dessa vez em registros científicos, hmpf interessante, mas mais importante, apenas os que tinham essa cauda se transformavam, os que tinham ela amputada, seja por acidente ou alguma punição, não se transformavam, e mesmo esses eram mortos também, huhuhu eram desprezados por não parecer um animal? Curioso...



Geralmente o lema é,"Se cortar o rabo da fera, a cabeça continuara a morder, se cortar a cabeça, ela não mordera e o rabo não ira se mexer", mas pelo visto ambos parecem funcionar de uma maneira ou outra nos sayajins, ora ora...



Depois de massantes dias naquele maldito lugar finalmente voltamos para a arena, como sempre os metamorphs sedentos por um combate esperneavam, essa não será uma luta fácil, e é bom aquela vadia sem rabo não falhar com agente, ou voltarei para pegar a cabeça dela de enfeite para meu trono no inferno, huhuhu olhe só, to quase falando como um sayajin agora, penso ao olhar os cinco, como previsto, também começo a imaginar que matemática não seja o forte dos metamorph, 8 contra 4 daria uma luta mais disputada, mas sei qque esses cinco já bastaram para nos matar.



O tal Suzako passa instruções, os tais murai, shokos e amatsu como alvo, bom, vamos lá, tudo que faço é ficar parado de braços cruzados para traz olhando os alvos;



-Tentem não esquecer de atacar nenhum dessa vez...



Olho para senhorita Thery;



-E se sobrar algum deles, não fiquem parados de braços cruzados vendo os outros lutarem e esperando a própria morte, ajudem, estes não são como aqueles paspalhos contra quem lutamos.



Encaro os alvos com tranquilidade, com meus braços cruzados para traz, tínhamos nossos alvos, Yubelluna não deu o ar de sua graça, espero que ela não espere nossos momentos finais para aparecer e ajudar e ser tarde demais, se bem que não duvido se era isso que o sonho queria dizer, eramos nós e eles agora, quanto aos metamorph... Bom... Nossa agonia era seu triunfo.



Off: 4 ações, gastar 3 pontos de energia

Soco em murai

Cruzado de esquerda em shokos, gastar 1 ponto de força de vontade

Cruzado de direita e titanic monarch de esquerda em amatsu, gastar 1 ponto de força de vontade
avatar
art015

Mensagens : 26
Data de inscrição : 09/04/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Mensagem por Theri em Seg Abr 09, 2018 3:01 pm

Pra mim foi mtu bom o tempo com as meninas. Elas não eram guerreiras mas nem td mundo na galáxia era. Eram garotas um pouco mimadas mas esforçadas.


"Acho que vou manter Coraline por perto quando sairmos desse buraco, ela me serve bem"


Os dias passam e o momento da luta chega. Depois do descanso estávamos de volta ao inferno. Então esse é o nosso suposto fim? Eles não parecem grande coisa pra mim. Os sayajin do meu lado fazem seus planos. Não gosto mtu do tom deles.


- O que faz vcs pensarem que podem me dar ordens? 


Iria partir pra cima de tds eles. Dividir um ataque pra cada um. Soco, cotovelada, joelhara, cabeçada e chute em cada um deles. 


- Podem deixar. A piranha é minha!
avatar
Theri

Mensagens : 24
Data de inscrição : 05/04/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Mensagem por DragonHearth em Qui Abr 12, 2018 1:02 am

Havia chegado o dia, estava tudo caminhando conforme planejado, antes de nosso algoz Icer chegar eu digo a meus companheiros.

_Eu tenho um plano para sairmos desse planeta, vai ser um espetáculo, sacerdotisas se preparem e não esquecem minhas roupas novas...

Icer chega e eu bocejo de sono, ele me entediava mesmo sendo forte eu me perguntava como ele pode ser da mesma espécie que Blizz; era chegada a hora da luta e eu ia tranquilamente, sabia quem era meus adversários e ao mesmo tempo eles achavam que sabiam quem éramos.

_Tá bom - respondo Suzako - mas depois vou dormir um dia inteiro.

Fico rindo quanto Theri vai pra cima, ela queria acabar com isso rápido e eu também... então tinha que mostrar para eles quem eram os Saiyajins e sua verdadeira força. Quando Suzako vai atacar Gladius acelero um pouco e após o golpe que deixaria o oponente no chão o chuto para o alto e lanço um Hellblazer nele, apos a explosão voo para as costas ele e o golpeio em direção a Slider, voando acelerado antes que ele chegue seguro Slider para ele não fugir do golpe de Suzako e ainda levar Gladius de encontro.

off: Força de vontade para o golpe em gladius
Força de vontade para voar acima dele
Energia para melhorar Hellblazer,
Força de Vontade para chegar atrás de Slicer
Força de Vontade para segura-lo
avatar
DragonHearth

Mensagens : 24
Data de inscrição : 05/04/2017

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t64-helena-dragonhearth

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Mensagem por Admin em Qui Abr 12, 2018 10:12 pm

Oregan ainda era um garoto, não era de seu costume dar à situações ruins a seriedade que elas mereciam, nem mesmo em face a um perigo mortal. O jovem Saiyajin pouco se importa com as ironias de Icer, com os gritos da platéia ou mesmo com a postura exalando poder dos novos inimigos daquele Coliseu. Oregan apenas se diverte a com a ação de alguns colegas e decide seguir o plano de Suzako.
 
Suzako se mostra ao mesmo tempo feliz e irritado. Enquanto todos juravam que aquele era o momento de sua morte, o Saiyajin sentia-se na obrigação de mostrar o valor de sua raça. O inimigo ser mais forte não o preocupa, só o deixava ainda mais animado para lutar. Quem dera o príncipe estivesse perto para ver o resultado de seus ensinamentos!
 
Oregan ataca: Destreza 4 x5 (+3D) + Briga 5 (+2D) (Dif: 6) = 27 sucessos.
Suzako ataca: Destreza 8 x5 (+3D) + Briga 5 (Dif: 6) = 33 sucessos.
Gadus defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 39 sucessos.
Oregan (Dano: Força 5 x5) = 10 sucessos.
Suzako (Dano: Força 4 x5 +1D) = 20 sucessos.
 
Oregan usa Hellblazer: Rajada 2 + Energia 8 x5 (Dif: 6) = 34 sucessos.
Suzako ataca: Destreza 8 x5 + Briga 5 (Dif: 6) = 32 sucessos.
Gadus desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 23 sucessos.
Suzako (Dano: Força 4 x5) = 10 sucessos.
 
Oregan ataca: Destreza 4 x5 (+3D) + Briga 5 (Dif: 6) = 29 sucessos.
Gadus defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 44 sucessos.
 
Suzako agarra: Destreza 8 x5 (+3D) + Briga 5 (Dif: 6) = 28 sucessos.
Sliter desvia: Destreza + Briga (Dif: 6) = 69 sucessos.
 
Oregan agarra: Destreza 4 x5 (+3D) + Briga 5 (Dif: 6) = 22 sucessos.
Suzako ataca: Destreza 8 x5 (+3D) + Briga 5 (Dif: 6) = 21 sucessos.
Sliter desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 61 sucessos.
 
Com seus movimentos combinados, Oregan e Suzako surgem ao flanco de Gadus, surpreendendo o inimigo com uma sincronia perfeita. Enquanto o impiedoso lhe acerta um chute potente chute na face, o jovem o acerta um chute na boca do estômago para o alto, tudo isso sem que Gadus soubesse qual dos ataques bloquear. Vendo que o inimigo era incrivelmente forte, Oregan então recorre ao Hellblazer. Isso acaba surpreendendo Gadus, e em meio a uma tentativa de se esquivar, o adversário é atingido em cheio pelo soco de Suzako, que o esmaga contra a rajada do garoto.
 
- Porcaria de Saiyajins! Não passam de ratos insistentes, uma peste difícil de se aniquilar por completo. – Reclama Gadus com seu traje rasgado e a pele escoriada. – Vou arrancar a cauda de cada um de vocês e enforcá-los com elas!
 
Confiante, Oregan surge as costas de Gadus e tenta lançá-lo com um chute na direção de Sliter. Porém, sem a ajuda de Suzako, Gadus bloqueia o golpe com facilidade. Ao mesmo tempo, Suzako tenta atacar Sliter sozinho, mas o inimigo desvia dando um simples passo para o lado e vendo o guerreiro passar diretamente por ele. Oregan parte então para cima de Sliter também, mas quando tenta agarrar seu oponente, ele simplesmente desaparece com sua velocidade, fazendo com que Oregan agarre o ar e quase receba o soco que Sukako preparava para o oponente.
 
- Não se atrevam a me tocar, Saiyajins. – Sliter diz com sua voz potente, sem mesmo olhar para Oregan ou Suzako.
 
Suzako ataca: Destreza 8 x5 + Briga 5 (Dif: 6) = 24 sucessos.
Sliter desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 45 sucessos.
 
Suzako usa Sword of Apocalipse: Rajada 1 + Energia 11 (+3D) x5 = 48 sucessos.
Sliter bloqueia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 78 sucessos.
 
Irritado com a arrogância de seu inimigo, Suzako continua atacando sozinho. O Saiyajin arrisca mais um soco, vendo Sliter desaparecer mais uma vez diante de seus olhos e surgir dez metros acima. Então, o guerreiro recorre a todas as suas forças, concentrando sua energia e disparando a rajada mais potente que já lançou em toda a sua vida. Dessa vez, Sliter não esquiva, o que faz parecer que seria atingido. Com tudo, ele coloca uma mão a frente, segurando a rajada sem qualquer dificuldade e a desviando na direção do espaço. A platéia vai a loucura com essa proeza!
 
 
Dirac Baldric reconhecia o perigo só de olhar para aqueles inimigos. Então ele tenta organizar seus aliados, vendo que Suzako e Oregan tiveram sucesso contra um, mas falharam miseravelmente em atingir o líder. Então chegara a vez do Tsufurujin agir, e sem se poupar, ele parte para cima de três dos adversários ao mesmo tempo.
 
Dirac Baldric ataca: Destreza 4 x5 + Briga 5 (Dif: 6) = 16 sucessos.
Murai defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 39 sucessos.
 
Dirac Baldric ataca: Destreza 4 x5 (+3D) + Briga 5 (Dif: 6) = 27 sucessos.
Shokos defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 46 sucessos.
 
Dirac Baldric usa Titanic Monarc: Rajada 4 + Energia 10 (+3D) x5 = 37 sucessos. 
Amatsu defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 53 sucessos.
 
O Tsufurujin tenta atacar Murai com um soco, mas vê seu punho parando maciamente na palma da mão do oponente, que ria de sua tentativa. Dirac Bladric então investe contra Shokos, vendo o oponente bloquear o seu cruzado com os braços. Aturdido com as falhas, ele aponta o dedo indicador para Amatsu e se surpreende ao ver aquela mulher desviar o seu Titanic Monarch com um tapa para o lado e o ataque explodir contra o muro. Seu pesadelo estaria se realizando?
 
- Lutar sozinho contra nós três... Diga-me: Saiyajins são assim tão corajosos ou você é muito burro? – Amatsu questiona, fitando Dirac com seus três olhos.
 
 
Theri despreza os planos de seus companheiros. Não estava acostumada a ver inimigos tão mais fortes que ela não pudesse matar, e rejeita o fato de que precisava ter cuidado com aqueles. De maneira imprudente, ela parte para cima dos cinco de uma só vez, tentando golpear cada um para provar aos seus aliados que não havia o que temer.
 
Theri ataca: Destreza 6 x5 + Briga 5 (Dif: 6) = 22 sucessos.
Gadus defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 24 sucessos.
 
Theri ataca: Destreza 6 x5 + Briga 5 (Dif: 6) = 23 sucessos.
Shokos defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 68 sucessos.
 
Theri ataca: Destreza 6 x5 + Briga 5 (Dif: 6) = 13 sucessos.
Amatsu defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 29 sucessos.
 
Theri ataca: Destreza 6 x5 + Briga 5 (Dif: 6) = 27 sucessos.
Murai defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 61 sucessos.
 
Theri ataca: Destreza 6 x5 + Briga 5 (Dif: 6) = 36 sucessos.
Sliter desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 41 sucessos.
 
A assassina Saiyajin tenta mostrar que os inimigos não eram tão poderosos assim, mas falha completamente em fazê-lo. Mesmo agindo em incrível velocidade e contornando toda a arena de batalha, os seus golpes são facilmente defendidos pelos oponentes, exceto pelo o último, ao qual Sliter desvia de olhos fechados.
 
- Não que eu me importe, mas com esse poder ridículo e essa imprudência, é fato que você será a primeira a ser morta nesta luta. – Sliter diz com frieza na voz.
 
 
Iniciativa:
 
1° Amatsu: Raciocínio + Prontidão + 1D = 18
1° Suzako: Raciocínio 4 + Prontidão 3 + 1D ( 8 +3 ) = 18
1° Sliter: Raciocínio + Prontidão + 1D = 18
2° Murai: Raciocínio + Prontidão + 1D = 17
2° Shokos: Raciocínio + Prontidão + 1D = 17
3° Gadus: Raciocínio + Prontidão + 1D  = 15
4° Theri: Raciocínio 5 + Prontidão 4 + 1D (5) = 14
5° Dirac Baldric: Raciocínio 4 + Prontidão 3 + 1D (6) = 13
6° Oregan: Raciocínio 4 + Prontidão 4 + 1D (2) = 10
 
Após questionar Dirac, Amatsu usa a sua velocidade e surge bem atrás de Theri. Sliter permanece parado, como quem está ali apenas para observar a luta. Murai avança contra Oregan, parando bem na frente do garoto com seus dois metros e meio. Shokos permanece onde estava, indicando que queria uma luta contra Dirac. Enquanto Gadus chama Suzako para uma luta a dois.
 
 

Status:

Dirac Baldric: 100 Pvs/ Energia 7/ FdV 3
 
Suzako: 100 Pvs/ Energia 5/ FdV 1
 
Oregan: 200 Pvs/ Energia 4/ FdV 2
 
Theri: 100 Pvs/ Energia 8/ Fdv 5
 
 
 
Gadus: Pvs -74 ???/ Energia ??/ FdV ??
 
Shokos: Pvs ???/ Energia ??/ FdV ??
 
Amatsu: Pvs ???/ Energia ??/ FdV ??
 
Murai: Pvs ???/ Energia ??/ FdV ??
 
Sliter: Pvs ???/ Energia ??/ FdV ??
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 365
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Mensagem por art015 em Sex Abr 13, 2018 1:14 pm

Escuto Amatsu;


-Coragem ou burrice, vocês ainda desviaram de um sayajin solitário, conheço vocês, não vou me dar o trabalho de gastar minhas palavras, não sei se a responsabilidade de ter gente tão incompetente lutando nas forças gyniu é do tapado sentado ali no trono (digo apontando para Cold com o polegar) ou de comandantes impotentes como aquele ali (digo apontando para sliter), tanto poder jogado fora, estou desapontado... - Digo com seriedade



Na verdade estava mais desapontado em saber que perderia para gente tão incapaz, não brincar com a comida é uma lição clássica, e que todo comando deve seguir, e esses idiotas, claro se aquela vadia sem rabo chegar a tempo, vão perder por causa disso, seja para nós ou em qualquer missão que peguem, quer saber, vamos logo com isso...


Me posicionando para defesa bato um dos pés com força no chão;




-Eu desafiei vocês três!!! Venham, venham todos se quiserem, me mostrem se são das forças gyniu ou guerreiros de verdade!!!- Digo com raiva em claro desafio para os que ataquei e pra todos eles.



Sabia que era morte certa, mas ter medo, hmpf tive uma semana para me preparar para essa luta, independente do plano daquela vadia dar certo, o que particularmente duvido, não vou me dar o trabalho de esquivar dessa corja, somos o mesmo ser Baldric, em min corre seu sangue sayajin, se vamos morrer, mostrar a esses vermes que não se foge de um combate, não vamos entrar na noite em silencio.



Off: Quatro golpes, gastar 3 pontos de energia.


Giro com soco de costas de mão de esquerda na cabeça de amatsu, gastar 1 ponto de força de vontade, seguido de um cruzado de cima para baixo de direita logo.

Golpe de palma direita aberta de cima para baixo em shokos.

Ombrada em gadus.
avatar
art015

Mensagens : 26
Data de inscrição : 09/04/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Mensagem por Theri em Dom Abr 15, 2018 8:06 am

Não posso acreditar que nenhum dos meus ataques surtiu efeito. Tds estavam certos, esses inimigos são msm fora de série. Não é possível que exista gente tão poderosa assim e olha que eles são só aspirantes. 


"Então essa vai ser uma luta de vida ou morte. Td bem eu já tava meio que preparada pra isso"


A Amatsu aparece atrás de mim com sua velocidade. Sorrio pra mim msm pq era ela que eu queria enfrentar. 


- Vc deve estar se achando com esse poder maior do que o nosso mas já vou te avisando que vc escolheu a pior adversária entre tds. 


Iria deixar ela me acertar como quisesse. Depois iria cair no chão e fingir que fui vencida e que sentia mta dor. Quando ela se aproximasse de novo iria jogar terra nos seus olhos e depois lançar um Imperial Destruction. 


Off: pts de energia para as ações e 1 de FV pro ataque.
avatar
Theri

Mensagens : 24
Data de inscrição : 05/04/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Mensagem por Tony.Saiyan em Seg Abr 16, 2018 8:44 pm

Ao investir em conjunto com Oregan conseguimos a proeza de acertar um dos alvos... Mas o Comandante se mostra digno do posto que ocupa...

Vejo que os outros também não conseguem agir de forma conjunta...

Vcs realmente são fortes... Mas nós nascemos na guerra...

Desço até o chão e vejo que Gadus me chama para um confronto... Olho o comandante e o mesmo parece não se importar de se envolver...

Desgraçado... Acha que é superior a nós...

Chuto o chão enquanto expando o meu poder... E Invisto contra Gadus voando próximo do solo... Enquanto voo... Concentro o Ki em minha mão... Estendo ela para frente... 

Verme maldito... Sinta o poder da Fúria de um Saiyajin

Só que no limite de alcançar ele... Disparo uma esfera contra o solo... De forma a erguer uma cortina de poeira a sua volta... E então trocaria de posição para o alto e lançaria uma Sword of Apocalipse...

0 - Esfera
1 - Sword

_________________
Suzako - The Mercilles

avatar
Tony.Saiyan

Mensagens : 24
Data de inscrição : 07/04/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Mensagem por DragonHearth em Seg Abr 16, 2018 9:17 pm

Vejo que deu certo, esse trabalho em equipe poderia ser nossa salvação, mas eles reagem rápido.

Um para na minha frente era enorme e queria me intimidar com seu tamanho o que era um erro eu nem ligava pra isso. Apenas deixava o sangue ferver e me entregava à frenesi do combate.

Coloco-me em posição de defesa para me preparar para o impacto, mas se ele desse uma brecha iria contra atacar.

Off: fdv para defender
       Energia para contra ataque se possível for.
avatar
DragonHearth

Mensagens : 24
Data de inscrição : 05/04/2017

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t64-helena-dragonhearth

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Mensagem por Admin em Ter Abr 17, 2018 1:04 am

Amatsu ataca: Destreza + Briga (Dif: 6) = 41 sucessos.
Theri: Sem ação.
Amatsu (Dano: Força) = 39 sucessos.
 
Amatsu ataca: Destreza + Briga (Dif: 6) = 29 sucessos.
Theri: Sem ação.
Amatsu (Dano: Força) = 39 sucessos.
 
Irritada com a audácia da Saiyajin, Amatsu gira seu corpo, aplicando um potente chute nas costas de Theri, que lança a guerreira ao longo de toda a arena. E quando Theri estava prestes a se chocar com o muro da arquibancada, Amatsu surge velozmente acima dela, lhe aplicando um soco na cabeça que a joga com toda força contra o chão, criando um enorme buraco. Theri estava bastante ferida, com vários cortes e sangue lhe escorrendo pelo corpo.
 
- Se tivesse ficado calada e respeitado minha superioridade, eu teria sido piedosa e a mataria com um único golpe para que não sentisse dor. Mas agora eu vou fazer você gritar até me pedir perdão. – Diz a aspirante, aproximando-se de Theri para mais uma sessão de golpes.
 
Amatsu: Percepção + Prontidão (Dif: 7) = Nenhum sucesso.
 
Mesmo muito ferida, Theri decide permanecer na luta, recorrendo a um movimento covarde e desesperado. A Saiyajin agarra um punhado de terra com sua mão ensanguentada atira contra os três olhos de Amatsu, que não percebe a tempo o movimento da Saiyajin. A aspirante então começa a coçar seus olhos e tentar limpar o rosto sujo.
 
- Aaaah! O que você fez, desgraçada?! – Indaga a inimiga.
 
Theri usa Imperial Destruction: Energia 12 + Rajada 1 (+3D) x5 = 40 sucessos.
Amatsu: Percepção + Prontidão (Dif: 10) = Nenhum sucesso.
Amatsu: Sem ação.
 
Ao ver sua inimiga completamente cega, Theri se ergue rapidamente e coloca as mãos sobre a cabeça, condensando parte de sua energia em uma grande esfera avermelhada. A platéia fica completamente surpresa com a reviravolta na luta que parecia já ganha pela a aspirante, e um grito de “Oooh” é ouvido quando Theri lança o seu Imperial Destruction, varrendo Amatsu para bem longe e a ferindo.
 
 
As ações conjuntas ajudaram Suzako a plantar um belo chute na cara de Gadus, mas agora as lutas se tornaram mais individuais. Enquanto o próprio Gadus o desafiava, os olhos de Suzako correm até Sliter, que se mantinha parado apenas observando as lutas. O sangue do Saiyajin ferve, e ele parte para cima de Gadus, tentando derrotá-lo o mais rápido possível para lutar contra o comandante.
 
Gadus: Percepção + Prontidão (Dif: 7) = 4 sucessos.
 
O Saiyajin investe em um vôo direto contra seu inimigo, mas quando parecia que iria atacá-lo, lança uma dose de sua energia contra o chão aos seus pés. Gadus havia cruzado os braços para uma defesa, achando que aquele ataque era para ele, e acaba sendo surpreendido quando a esfera de energia atinge o chão e estende uma densa cortina de poeira entre os dois.
 
Suzako usa Sword of Apocalipse: Energia 11 + Rajada 1 x5 (Dif: 6) = 35 sucessos.
Gadus: Percepção + Prontidão (Dif: 10) = Nenhum sucesso.
Gadus: Sem ação.
 
Com o surpreendente movimento do Saiyajin, o aspirante é obrigado a levar as mãos aos olhos para evitar ser cegado pela poeira que vai contra seu rosto. Com isso, ele é incapaz de notar o movimento de Suzako, que se colocou bem acima dele e concentrou sua energia na mãos, lançando um Sword of Apocalipse que esmagada Gadus contra o solo.
 
- Gadus, você é mesmo um idiota. Como se deixou surpreender por movimentos tão primários? – Sliter questiona o seu companheiro.
 
 
Murai ataca: Destreza + Briga (Dif: 6) = 34 sucessos.
Oregan defende: Destreza 4 x5 (+3D) + Briga 5 (Dif: 6) = 42 sucessos.
 
Murai ataca: Destreza + Briga (Dif: 6) = 51 sucessos.
Oregan defende: Destreza 4 x5 + Briga 5 (Dif: 6) = 22 sucessos.
Murai (Dano: Força) = 45 sucessos.
 
Oregan ataca: Destreza 4 x5 + Briga 5 (Dif: 6) = 10 sucessos.
Murai defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 60 sucessos.
 
Em seu primeiro golpe, Murai usa o punho como se fosse uma marreta para esmagar Oregan de uma só vez. A platéia entra em êxtase ao ver a mão do aspirante encontrar o corpo do jovem Saiyajin, mas tanto os Metamorph quanto Murai se vêem surpresos quando percebem que Oregan havia bloqueado o ataque, erguendo a mão o inimigo.
 
Furioso com sua falha, Murai investe em um segundo ataque, atingindo em cheio o estômago de Oregan com seu pé, quase fazendo o jovem guerreiro perder a consciência, tamanha era a força do chute. Mas Oregan era bravo, e revida o ataque no mesmo instante com um soco. No entanto, Murai apenas ri da iniciativa e para o ataque do garoto Saiyajin com apenas um dedo.
 
- Você é um garotinho divertido. Vamos fazer um acordo. Divirta-me nessa luta e eu o adotarei como meu mascote ao invés de te matar. – Propõe o inimigo.
 
 
Shokos ataca: Destreza + Briga (Dif: 6) = 65 sucessos.
Dirac Baldric defende: Destreza 4 x5 + Briga 5 (Dif: 6) = 18 sucessos.
Shokos (Dano: Força) = 40 sucessos.
 
Shokos ataca: Destreza + Briga (Dif: 6) = 36 sucessos.
Dirac Baldric defende: Destreza 4 x5 + Briga 5 (Dif: 6) = 12 sucessos.
Shokos (Dano: Força) = 35 sucessos.
 
Ignorando a periculosidade do inimigo, Dirac Baldric comete a loucura de desafiar três aspirantes de uma só vez. Os inimigos o ignoram e se espalham, restando apenas Shokos a sua frente. O aspirante começa os ataques com um gancho que lança Dirac Baldric a dezesseis metros de altura. No alto, o inimigo agarra o Tsufurujin pelos cabelos da nuca e lhe acerta o nariz com uma poderosa testada, sangue escorre pela face de Dirac Baldric.
 
- Como ousa esbravejar contra as Forças Especiais do Capitão Ginyu? Só a sua morte apagará esta ofensa! – Diz Shokos, soldando Dirac Baldric para despencasse contra o chão.
 
Mas embora muito ferido, o Tsufurujin não se mantém passivo. Quando menos se espera, ele ativa a sua energia e parte em direção a Amatsu. A platéia fica surpresa com esta atitude, no entanto Dirac Baldric havia prometido lutar contra os três, e apenas cumpria a sua promessa.
 
Dirac Baldric ataca: Destreza 4 x5 (+3D) + Briga 5 (Dif: 6) = 32 sucessos.
Amatsu: Percepção + Prontidão (Dif: 10) = 1 sucesso.
Amatsu defende: Destreza + Briga (Dif: 9) = 20 sucessos.  
Dirac Baldric (Dano: Força 10 x5) = 30 sucessos.
 
Dirac Baldric ataca: Destreza 4 x5 + Briga 5 (Dif: 6) = 24 sucessos.
Amatsu: Percepção + Prontidão (Dif: 10) = 1 sucesso.
Amatsu defende: Destreza + Briga (Dif: 9) = 3 sucessos.  
Dirac Baldric (Dano: Força 10 x5) = 50 sucessos.
 
Dirac Baldric ataca: Destreza 4 x5 + Briga 5 (Dif: 6) = 10 sucessos.
Shokos desvia: Destreza + Briga (Dif: 9) = 42 sucessos.  
 
Dirac Baldric ataca: Destreza 4 x5 + Briga 5 (Dif: 6) = 17 sucessos.
Gadus: Percepção + Prontidão (Dif: 10) = Nenhum sucesso.
Gadus: Sem ação.
Dirac Baldric (Dano: Força 10 x5) = 45 sucessos.
 
O Tsufurujin mostra aos seus inimigos que estava falando sério! Primeiro, ele surge bem na frente de Amastu, que terminava de se levantar limpando a areia que Theri jogou em seus olhos. Valendo-se da fragilidade da inimiga, o Tsufurujin lhe acerta a cabeça com as costas das mãos, jogando-a contra a parede próxima e em seguida a golpeia com um cruzado que a lança para o alto, chamando a atenção de parte da platéia próxima.
 
Logo depois, Dirac Baldric tenta se vingar de Shokos com um tapa para jogá-lo contra o chão, mas o aspirante se esquiva com facilidade. Dirac Baldric não se abala com o erro, usa sua velocidade para surgir entre Gadus e Suzako, e com uma ombrada, atinge em cheio o estômago do inimigo, fazendo com que vomite sua própria saliva.
 
- Saiyajins... Malditos Saiyajiiiiiiiiiiins! – Gadus grita furioso, seu poder fazendo todo o coliseu estremecer e assustando a platéia.
 
 
Iniciativa:
 
1° Murai: Raciocínio + Prontidão + 1D = 16
2° Sliter: Raciocínio + Prontidão + 1D = 14
3° Amatsu: Raciocínio + Prontidão + 1D = 13
3° Oregan: Raciocínio 4 + Prontidão 4 + 1D (5) = 13
4° Suzako: Raciocínio 4 + Prontidão 3 + 1D ( 2 +3 ) = 12
4° Gadus: Raciocínio + Prontidão + 1D  = 12
5° Shokos: Raciocínio + Prontidão + 1D = 10
5° Theri: Raciocínio 5 + Prontidão 4 + 1D (1) = 10
6° Dirac Baldric: Raciocínio 4 + Prontidão 3 + 1D (2) = 9
 
Murai mais uma vez investe com um soco contra Oregan. Sliter permanece parado, apenas analisando a luta. Amatsu faz com que o olho em sua testa brilhe com uma energia roxa, apontando para Theri. Gadus junta as mãos a frente do peito, criando uma esfera de energia laranja para lançar contra Suzako. Shokos começa a concentrar uma energia branca na ponta do canhão em seu braço, apontando para Dirac Baldric.
 
 

Status:

Dirac Baldric: 25 Pvs/ Energia 3/ FdV 2
 
Suzako: 100 Pvs/ Energia 3/ FdV 1
 
Oregan: 155 Pvs/ Energia 3/ FdV 1
 
Theri: 22 Pvs/ Energia 6/ Fdv 4
 
 
 
Gadus: Pvs -155 ???/ Energia ??/ FdV ??
 
Shokos: Pvs ???/ Energia ?? -1/ FdV ??
 
Amatsu: Pvs -120 ???/ Energia ?? -2/ FdV ??
 
Murai: Pvs ???/ Energia ?? -1/ FdV ??
 
Sliter: Pvs ???/ Energia ??/ FdV ??
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 365
Data de inscrição : 06/05/2016

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Mensagem por art015 em Ter Abr 17, 2018 10:39 am

Escuto um dos bastardos;



-Só limpam com sangue as ofensas aqueles que não possuem autoridade, mas nem mesmo a morte apagara a tua vergonha de fazer parte de uma corporação fraca como a gyniu...



Logo cumpro minha palavra e parto para cima deles, eu estava ferido, mas longe de desistir, eu disse que eram meus alvos, e como prometido parto para cima deles, foi uma ação em conjunto confusa mas que deu certo, eles são fortes, mas não são 1% dos guerreiros que você é Baldric, vamos mostrar para eles do que os saiajins são feitos, olhe para eles, como os metamorph, são um bando de animais com navalhas nas mãos, vamos, deixe essa raiva explodir nem que seja pela ultima vez, nos antepassados nos olham com orgulho, vamos, hora de terminarmos isso, eu estava ferido, mas não seria um machucadinho desses paspalhos que iria me parar...



Um dos vermes grita a plenos pulmões para o coliseu, hmpf, se eu ganha-se uma moeda por cada vez que ouvi qualquer ofensa seguida da palavra saiajin, nem me dou o trabalho de responder esse bastardo, olho a luta ao redor, cada um deles, respiro fundo e me preparo, ora de nossa ultima investida, independente de dar certo ou não, sei que eles não são em metade dos guerreiros que somos.



Off: 4 ações, gastar 3 pontos de energia


3 cabeçadas em gadus, depois encosto o dedo no peito dele e disparo titanic monarch, gastar 1 ponto de força de vontade para titanic monarch.
avatar
art015

Mensagens : 26
Data de inscrição : 09/04/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Mensagem por DragonHearth em Ter Abr 17, 2018 10:42 am

A gritaria de Gadus me incomoda, mas mantenho o foco em Murai.

Olho para meu adversário que vem me dar mais um soco:

-É só isso que vocês tem? - digo enquanto espreguiço.

Claro que iria me defender do golpe de Murai, se eu fiz uma vez consigo novamente assim que acabasse, iria atrás do oponente de Theri mediante a seu poder eu tinha que fazer isso, seria doloroso pra mim, mas protegeria Theri ela era assim como eu um Sayajin e nossa raça iria sempre triunfar, quando vejo seu dedo brilhar eu lanço contra um Hellblaze para defender.

_Ninguem machuca meus amigos - grito com raiva enquanto elevo meu ki.

Após o choque de energia, mesmo que eu perca iria voar em direção a ela e dar golpe daria um chute no estômago dela, daria mais dois chutes visando joelho e cabeça, queria machuca-la e ela iria pagar por sua arrogância.


Estava preocupado com Theri e Dirac, nós iriamos triunfar e ir embora desse lugar.
avatar
DragonHearth

Mensagens : 24
Data de inscrição : 05/04/2017

Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t64-helena-dragonhearth

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Mensagem por Theri Ontem à(s) 5:00 pm

Essa mulher bate forte. Fico de pé com dificuldade e depois consigo mostrar pra ela do que uma guerreira sayajin era feita. Apesar das feridas eu dou risada dela. 


"Tá com raiva? Isso é orgulho quebrado"


Olho em volta, as outras batalhas tbm não estavam fáceis. Shokos estava carregando um ataque para destruir Baldric. Nenhum de nós pode morrer aqui. 


- Desculpa aí Amatsu, mas nossa luta fica pra depois. 


Iria aparecer na frente de Shokos e carregar mais um Imperial Destruction com TDS as minhas forças. 


- Achou que iria sair ileso daqui hoje?


Off: 1 ponto de FV pra aumentar meu golpe.
avatar
Theri

Mensagens : 24
Data de inscrição : 05/04/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dragon Ball Z - Um conto Saiyajin

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum