Aqui se morre herói, ou se vive tempo o bastante para se tornar vilão.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Plano B - A Queda de Metrópolis

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 445
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Qui Fev 08, 2018 12:10 am

Imperador Dragão, Lady Nêmesis e Comandante Greymorning:
 
Justiceiro Solitário usa Controlar Mentes: Manipulação 3 + 4D (Dif: 3) = 7 sucessos.
 
Flutuando sobre o caminhão próximo a seus companheiros, o marciano olha para um dos alienígenas inimigos com o rosto inexpressivo. Seus olhos brilham, indicando que usava seus poderes mentais, e pela forma como o invasor baixa a sua guarda, fica óbvio que conseguiu entrar com facilidade na mente da criatura.
 
Warzoon 1 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 3 sucessos.
Warzoon 2: Percepção + Prontidão (Dif: 7) = 5 sucessos.
Warzoon 2 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 8 ) = 5 sucessos.
 
Warzoon 1 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 7 sucessos.
Warzoon 3: Percepção + Prontidão (Dif: 7) = Nenhum sucesso.  
 
Warzoon 1 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 4 sucessos.
Warzoon 4: Percepção + Prontidão (Dif: 7) = 1 sucesso.
Warzoon 4 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 10) = Falha Crítica.
 
Warzoon 1 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 3 sucessos.
Warzoon 5: Percepção + Prontidão (Dif: 7) = 3 sucessos.
Warzoon 5 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 8 ) = Nenhum sucesso.
 
Warzoon 1 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 7 sucessos.
Warzoon 6: Percepção + Prontidão (Dif: 7) = 1 sucesso.
Warzoon 6 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 10) = Falha Crítica.
 
Um dos Warzoon tinha a mente controlada pelo marciano, e ao empunhar sua arma, mantém a mira sobre os jetpecks de seus companheiros. O segundo desvia, rolando pelo caminhão e demonstrando enorme habilidade. O terceiro não percebe a intenção de seu companheiro, e tem a mochila danificada. O quinto até percebe, mas é surpreendido e não consegue desviar a tempo. O quarto e o sexto também notam, porém, se mostram atrapalhados, e além de terem os Jetpecks destruídos, ainda tropeçam ao chão na tentativa de se desviar dos tiros.
 
- Não precisamos lutar com eles, apenas derrubem do caminhão aqueles sem jetpecks. – O marciano sugere ao grupo.
 
 
Em meio a toda ação, todo grupo ouve o som de um caça acima de suas cabeças. Quando olham, logo percebem que não se trata de um caça comum, mas de um grande jato negro pairando acima do caminhão voador. Seria amigo ou inimigo? O fato é que alguns Warzoon tentam abatê-lo, mas sem sucesso. Então a comporta do caça se abre, e uma figura feminina salta habilidosamente de seu interior, pousando sobre o caminhão bem ao lado do Comandante Greymorning.
 
- Algumas horinhas sem mim e você já se mete em uma confusão de escala mundial. – Psylocke zomba,  beijando os lábios de seu amado.
 
Psylocke ataca: Destreza + Armas Brancas (Dif: 6) = 6 sucessos.
Warzoon 7 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 2 sucessos.
Psylocke (Dano: Força + 5) = 6 sucessos.
Warzoon 7 (Absorção: 3D) = Nenhum sucesso.
 
Psylocke ataca: Destreza + Armas Brancas (Dif: 6) = 4 sucessos.
Warzoon 7 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = Falha Crítica.  
Psylocke (Dano: Força + 5) = 9 sucessos.
Warzoon 7 (Absorção: 3D) = 2 sucessos.
 
Psylocke ataca: Destreza + Armas Brancas (Dif: 6) = 3 sucessos.
Warzoon 7 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = Sem ação.  
Psylocke (Dano: Força + 5) = 7 sucessos.
Warzoon 7 (Absorção: 3D) = Nenhum sucesso.
 
Psylocke cria duas lâminas semelhantes a espadas em suas mãos, feitas de pura energia mental, e parte para cima de uma das criaturas. Seu primeiro ataque faz um bom corte no peito do alienígena, enquanto o segundo o deixa atrapalhado, fazendo com que caísse sobre o caminhão. Com a criatura indefesa, Psylocke salta sobre a mesma e crava sua lâmina no corpo do caído, matando-o por fim.
 
 
Quando ouve sobre uma base segura em que poderia deixar aqueles humanos, Ayla não pensa duas vezes em seguir para lá, e não reconsidera nem mesmo quando o Dr. Crownford diz que eles precisam seguir para o centro da cidade. Em sua mente, a kryptoniana recebe uma mensagem mental do Comandante Greymorning informando o tempo que levariam para chegar até lá, então a soldado voa o mais rápido que pode e de maneira cuidadosa.
 
Lady Nêmesis: Destreza 4 x5 (+1D por especialização) + Esportes 2 (Dif: 6) = 16 sucessos.
 
Medindo com perfeição a velocidade de seu vôo para não prejudicar seus companheiros, Ayla consegue acelerar bastante pelo céu de Metrópolis, até mesmo deixando para trás alguns alienígenas invasores que já estavam se aproximando do caminhão. A kryptoniana consegue ganhar diminuir o tempo da viagem em quatro minutos com esse movimento.
 
 
Superboy empurra: Destreza + Briga (Dif: 6) = 6 sucessos.
Warzoon 3 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 4 sucessos.
 
Superboy empurra: Destreza + Briga (Dif: 6) = 5 sucessos.
Warzoon 4: Sem ação.
 
Superboy empurra: Destreza + Briga (Dif: 6) = 3 sucessos.
Warzoon 5 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 5 sucessos.
 
Superboy empurra: Destreza + Briga (Dif: 6) = 2 sucessos.
Warzoon 6: Sem ação.
 
Seguindo as instruções de Justiceiro Solitário, Conner avança contra os inimigos que perderam seus jetpecks na tentativa de derrubá-los do caminhão. Com um encontrão, ele lança o terceiro longe. O quarto e o sexto estavam caídos e indefesos, e o garoto kryptoniano os chuta para fora do combate com facilidade. Porém, quando o Superboy avança sobre o quinto, este consegue sair de seu caminho a tempo de não ser empurrado.
 
 
Warzoon 8 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 6 sucessos.
Imperador Dragão usa Deflexão Divina: Destreza 4 x5 (+5D) + Armas Brancas 4 (+1D por especialização; +2D) (Dif: 6) = 9 sucessos.  
 
Warzoon 9 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 5 sucessos.
Imperador Dragão usa Deflexão Divina: Destreza 4 x5 (+5D) + Armas Brancas 4 (+1D por especialização; +2D) (Dif: 6) = 22 sucessos.
 
Warzoon 10 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 6 sucessos.
Imperador Dragão usa Deflexão Divina: Destreza 4 x5 (+5D) + Armas Brancas 4 (+1D por especialização; +2D) (Dif: 6) = 14 sucessos.
 
Warzoon 11 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 7 sucessos.
Imperador Dragão usa Deflexão Divina: Destreza 4 x5 (+5D) + Armas Brancas 4 (+1D por especialização; +2D) (Dif: 6) = 10 sucessos.
 
Warzoon 12 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 2 sucessos.
Imperador Dragão usa Deflexão Divina: Destreza 4 x5 (+5D) + Armas Brancas 4 (+1D por especialização; +2D) (Dif: 6) = 5 sucessos.
 
Warzoon 13 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 3 sucessos.
Imperador Dragão usa Deflexão Divina: Destreza 4 x5 (+5D) + Armas Brancas 4 (+1D por especialização; +2D) (Dif: 6) = 9 sucessos.
 
Warzoon 14 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = Nenhum sucesso.
 
Warzoon 15 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 6 sucessos.
Imperador Dragão usa Deflexão Divina: Destreza 4 x5 (+5D) + Armas Brancas 4 (+1D por especialização; +2D) (Dif: 6) = 18 sucessos.
 
Haviam sobrado alguns alienígenas para alvejar o grupo, mas de repente o dragão surge em um vôo rápido debaixo do caminhão, batendo suas grandes e poderosas asas. Ele pousa entre os Warzoon e o time, e com sua espada sagrada, desvia para longe os inúmeros disparos daquelas criaturas. Era tão rápido que nenhum dos tiros passa pelo Imperador Dragão!
 
 
Greymorning já se perguntava sobre o paradeiro de sua amada, quando tem uma grata surpresa. Psylocke havia surgido de repente, e com seus poderes, liquidado um dos alienígenas. Ela era uma aliada e tanto! E o mutante não perde tempo em se juntar a ela na batalha.
 
Comandante Greymorning usa Raio Óptico: Energia 10 + 3D (Dif: 6) = 11 sucessos.
Warzoon 8: Sem ação.
Warzoon 8 (Absorção: 3D) = 3 sucessos.
 
Comandante Greymorning atira: Destreza 4 + Armas de Fogo 4 (Dif: 6) = 5 sucessos.
Warzoon 9: Sem ação.
Comandante Greymorning (Dano: 8 + 5D + 5D) = 14 sucessos.
Warzoon 9 (Absorção: 3D) = 2 sucessos.
 
O mutante tinha a sua frente vários inimigos sem ação, e alveja um deles com um raio óptico tão poderoso que o faz cambalear para trás. Em seguida ele saca o seu fuzil melhorado por seu poder mutante e atira contra outro Warzoon, de modo que a bala explode contra o inimigo, danificando-o ainda mais.
 
 
Iniciativa:
 
1°Justiceiro Solitário: Raciocínio 15 + Prontidão 2 + 1D (1) = 18
2° Psylocke: Raciocínio + Prontidão + 1D = 13
3° Imperador Dragão: Raciocínio 3 + Prontidão 3 + 1D (6) = 12
4° Superboy: Raciocínio + Prontidão + 1D = 10
5° Lady Nêmesis: Raciocínio 3 + Prontidão 3 + 1D (2) = 8
6° Warzoon: Raciocínio + Prontidão + 1D = 7
7° Comandante Greymorning: Raciocínio 3 + Prontidão 1 + 1D (2) = 6
 
 

Status:
 


 
 
 
Sagnac -28b:
 
Mesmo com a vitória em mãos, o coluano não se dá ao luxo de relaxar ou baixar a guarda. Ele sabe que de onde vieram aquelas criaturas poderia vir muito mais. Calmamente, ele se aproxima da cratera e põe mais uma vez os olhos naquela garota. Estava ferida e desmaiada, mas o estranho é que aqueles ferimentos eram leves demais se comparado ao impacto que ela havia sofrido. Sua aparência era humana, mas será que ela era mesmo uma?
 
- Senhor, a nave foi lacrada como pedido... – Vetra anuncia quando Sagnac passa pela porta com a garota em seus braços. – Motores ligados. Porém, eu não encontro qualquer sinal de transmissão nesta planeta, seja radio, satélite ou rede. Apenas um sinal foi detectado, mas está fechado, senhor.
 
O coluano deposita a garota sobre uma maca para que a nave a analise. E em seguida, retorna até o lado de fora e busca pelo corpo de uma das criaturas para poder estudá-la também, torcendo que os estragos não tenham sido tão grandes a ponto de inviabilizar a detecção do espécime. Sagnac aguarda paciente pelas análises de Vetra, e cinco minutos depois, a nave começa a anunciar as suas descobertas.
 
- Senhor, análises concluídas. Foi descoberto que o espécime 1 de fato não é humana. O mapeamento de seu DNA levou o banco de dados a Krypton, um planeta fora do sistema solar destruído há três décadas. O espécime 2 é ainda mais surpreendente, pois pertence a uma raça ancestral há muito perdida conhecida como Warzoon. – Diz Vetra.
 
Vetra completa suas informações dizendo que enquanto o Warzoon pertencia a uma espécie hostil e incrivelmente bélica, a kryptoniana era de uma sociedade pacífica, pouco diferente da própria raça humana. Isso deixa Sagnac seguro para levar a garota até a ala médica da nave, onde Vetra tenta fazer o possível para ajudá-la, mas sem muito sucesso devido a rigidez extraordinária de sua pele.
 
Porém, quando os dois tinham poucas esperanças sobre a recuperação da garota, eis que o marcador cardíaco ligado a ela dá um salto, e seu corpo se enverga sobre a maca enquanto ela respira de maneira profunda, finalmente despertando. A garota se senta e começa a retirar de os fios ligados ao seu corpo, demonstrando um pouco de nervosismo.
 
- É... Senhor, ela despertou... – Vetra alerta o óbvio, demonstrando certa preocupação.
 
A garota se volta para Sagnac e indaga:
 
- Quem é você? 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
art016

avatar

Mensagens : 27
Data de inscrição : 09/04/2017

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Qui Fev 08, 2018 11:40 am

Era estranho ter outro organismo vivo dentro dos corredores abandonados e escuros desse lugar, mesmo que não dure muito dado seus ferimentos, mas apesar da aparência delicada tipica desse tipo de organismo, ela demonstra, segundo as analises era originaria de outra especie, de um planeta chamado krypton, planeta em si havia sido destruído décadas terrestres atras, com certeza ela parecer mais jovem que isso, biologia curiosa dessa especie, parecem humanos mas muito mais resistentes, espécime 2  catalogado como warzoon, uma especie ancestral bélica, isso com o corte de comunicações do planeta demonstra uma invasão em larga escala, o único sinal disponível deve ser o deles imagino, geralmente centros urbanos e governamentais costumam ser os alvos iniciais mais prováveis, mas para terem voado até aqui??? Seguindo ela talvez...



-Obrigado, ah Vetra por favor, temos registro histórico desses warzoons? Sobre alguma tática comum ou grande feito deles?- Digo para em quanto observava os resultados.



Depois de alguns instantes complicados, ela parece retornar a si, para nosso alivio, ela logo pergunta quem sou, bom la se vaio alivio, vamos lá;



-Nós na verdade, nada mais que um par de fantasmas de uma realidade que não existe mais, esta é Vetra, uma nave desenvolvida para cruzar dimensões, e eu, pode me chamar de sagnac, viemos aqui nesse lugar isolado para evitar qualquer tipo de confusão depois que tivemos problemas ao escapar de nosso universo moribundo ao qual tentávamos consertar...



Dou uma pausa e continuo com um tom mais curioso;



-Mas pelo visto não durou muito tempo, não se preocupe não lhe faremos mal, te trouxemos a bordo para tratar dos seus ferimentos mas pelo visto já este melhorando e bem rápido, essas criaturas vieram te seguindo atirando em você, nos reagimos atirando neles, você acabou caindo ferida e inconsciente, mas da forma que tudo ocorreu era pra qualquer humano normal não ter sobrevivido, mas o mais importante agora, com todo respeito senhorita, o que você faz aqui nesse ponto remoto, neste continente congelado senhorita? Quem é vocè, precisa de ajuda ou alguma coisa? Pois esse planeta parece estar no meio de um cerco desses warzoons e não imagino que aqui, esta área abandonada do planeta seja um alvo deles agora.



Esse planeta estava sendo invadido, mas o que uma exemplar de um outro planeta já a muito destruído deseja nessa região esquecida desse lugar? Tínhamos duvidas sim, mas estávamos no meio de um cerco planetário com certeza ela não veio aqui atoa.



Off: Perguntar para Vetra se tínhamos ideia do que os warzoons usavam para guerra, e para a garota perguntamos quem é ela e o que queria e se tinha algo que poderíamos fazer para ajuda-la.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nemesis.

avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 07/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Dom Fev 11, 2018 9:18 am

Dá pra sentir nas vibrações do metal que a batalha lá encima estava feia. Só espero que estejam se virando bem sem mim. Queria poder ajudar. 


"Mas preciso chegar logo nessa base. 15 minutos. Talvez essas pessoas não tenham esse tempo td."


Continuo voando o mais rápido que posso mas com cuidado pra não colocar ninguém em perigo.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.B

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Ter Fev 20, 2018 1:47 pm

Os tiros param em minha lamina... Vejo que alguns caíram... E uma nova aliada aparecia... Já havia visto aquela mortal quando saímos da base...

Diana... Vou manter esse mundo a salvo... Em sua honra e pelo meu amor por você...

Voo olhando os inimigos... Então invisto contra eles... Iria corta-los... 

Vcs pagaram pelas vidas dos mortais perdidas... Testemunhem o poder do Dragão...

Invisto os atingindo, usando de toda minha força para faze-los ficarem recuados se não mortos...

Voo do Dragão - Inimigos 10, 11, 12, 13, 14

_________________
Fala
Pensamento
Ação

Baran - Imperador Dragão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Loong



Mensagens : 8
Data de inscrição : 18/10/2017

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Dom Fev 25, 2018 7:33 am

Aliados novos, era hora de tentar algo novo, concentro-me e tento transformar o caminhão em uma aeronave, na verdade queria que ele tivesse autonomia de voo, para assim liberar Nemesis de seu fardo e piorar a situação dos warzoons...

Conseguindo Nemesis poderia vir, e eu conversaria mentalmente com Psylocke:

"Estamos indo pra uma base militar do Cadmus... sinceramente não queria, mas preciso encontrar a louca da Weller."

gasto fdv para a modificação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 445
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Ter Fev 27, 2018 10:39 am

Lady Nêmesis, Imperador Dragão e Comandante Greymorning:
 
Justiceiro Solitário usa Controlar Mentes: Manipulação 3 + 4D (Dif: 6) = 8 sucessos.
 
Warzoon 2 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 1 sucesso.
Warzoon 9: Percepção + Prontidão (Dif: 6) = 3 sucessos.
Warzoon 9 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 8 ) = 3 sucessos.
 
Warzoon 2 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 2 sucessos.
Warzoon 9 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 8 ) = 1 sucesso.
Warzoon 2 (Dano: 8 + 1D) = 8 sucessos.
Warzoon 9 (Absorção: 3D) = 3 sucessos.
 
Warzoon 2 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 7 sucessos.
Warzoon 9 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 8 ) = 1 sucesso.
Warzoon 2 (Dano: 8 + 6D) = 10 sucessos.
Warzoon 9 (Absorção: 3D) = 2 sucessos.
 
Warzoon 2 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 5 sucessos.
Warzoon 8 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 8 ) = 3 sucessos.
Warzoon 2 (Dano: 8 + 2D) = 9 sucessos.
Warzoon 8 (Absorção: 3D) = 1 sucesso.
 
Warzoon 2 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 3 sucessos.
Warzoon 8 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 8 ) = Falha Crítica.
Warzoon 2 (Dano: 8 + 3D) = 10 sucessos.
Warzoon 8 (Absorção: 3D) = 2 sucessos.
 
Após esgotar as energias de um dos Warzoons fazendo com que atirasse nos jetpecks de seus companheiros, M’Kai controla a mente de outro daqueles alienígenas, desta vez ordenando uma ofensiva. Fogo amigo. O Warzoon 2, que tinha a sua arma voltada para o grupo, desvia ela para a têmpora do companheiro ao seu lado.
 
O outro soldado percebe a tempo de conseguir desviar do primeiro tiro, apesar de algumas feridas em seu corpo, mas os disparos seguintes são fatais. Em seguida, o Warzoon 2 mira outro de seus companheiros sob a influência do marciano, o abatendo também.
 
 
Psylocke ataca: Destreza + Armas Brancas (Dif: 6) = 4 sucessos.
Warzoon 1 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 3 sucessos.
Psylocke (Dano: Força + 5) = 8 sucessos.
Warzoon 1 (Absorção: 3D) = Nenhum sucesso.
 
Psylocke ataca: Destreza + Armas Brancas (Dif: 6) = 6 sucessos.
Warzoon 1 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 4 sucessos.
Psylocke (Dano: Força + 5) = 5 sucessos.
Warzoon 1 (Absorção: 3D) = 2 sucessos.
 
Psylocke ataca: Destreza + Armas Brancas (Dif: 6) = 4 sucessos.
Warzoon 1 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 3 sucessos.
Psylocke (Dano: Força + 5) = 6 sucessos.
Warzoon 1 (Absorção: 3D) = 3 sucessos.
 
Psylocke ataca: Destreza + Armas Brancas (Dif: 6) = 3 sucessos.
Warzoon 1 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 1 sucessos.
Psylocke (Dano: Força + 5) = 6 sucessos.
Warzoon 1 (Absorção: 3D) = 2 sucessos.
 
Com suas lâminas feitas de energia psiônica nas mãos, Psylocke avança contra o Warzoon 1, que acabava de voltar do controle de M’Kai. A mutante consegue fazer alguns cortes pelo corpo do inimigo, fazendo-o lamentar ter nascido, porém, sem conseguir exterminá-lo de fato. A criatura continua de pé, embora expelindo muito de seu sangue verde viscoso.
 
 
Enquanto usava a sua espada para proteger seus companheiros, uma lembrança de Diana invade a mente de Baran. O salto dela, o grito feroz assustando seus inimigos, a espada... E até mesmo o escudo sendo usados para o ataque, para nada mais do que massacrar seu oponente. Se a guerreira amazona atacava sem nenhum receio, por que o dragão viking apegava-se a posturas de defesa?
 
Imperador Dragão usa Vôo do Dragão: Destreza 4 x5 (+5) + Armas Brancas 4 (+1D por Especialização) (Dif: 6) = 13 sucessos.
Warzoon 10 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 7 sucessos.
Imperador Dragão (Dano: Força 5 x5 (+5D) + 6) = 24 sucessos.
Warzoon 10 (Absorção: 3D) = 2 sucessos.
 
Imperador Dragão usa Vôo do Dragão: Destreza 4 x5 (+5) + Armas Brancas 4 (+1D por Especialização) (Dif: 6) = 13 sucessos.
Warzoon 11 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 4 sucessos.
Imperador Dragão (Dano: Força 5 x5 (+5D) + 6) = 21 sucessos.
Warzoon 11 (Absorção: 3D) = 1 sucesso.
 
Imperador Dragão usa Vôo do Dragão: Destreza 4 x5 (+5) + Armas Brancas 4 (+1D por Especialização) (Dif: 6) = 19 sucessos.
Warzoon 12 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 4 sucessos.
Imperador Dragão (Dano: Força 5 x5 (+5D) + 6) = 31 sucessos.
Warzoon 12 (Absorção: 3D) = 3 sucessos.
 
Imperador Dragão usa Vôo do Dragão: Destreza 4 x5 (+5) + Armas Brancas 4 (+1D por Especialização) (Dif: 6) = 12 sucessos.
Warzoon 13 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 4 sucessos.
Imperador Dragão (Dano: Força 5 x5 (+5D) + 6) = 29 sucessos.
Warzoon 13 (Absorção: 3D) = 2 sucessos.
 
Imperador Dragão usa Vôo do Dragão: Destreza 4 x5 (+5) + Armas Brancas 4 (+1D por Especialização) (Dif: 6) = 9 sucessos.
Warzoon 14 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 2 sucessos.
Imperador Dragão (Dano: Força 5 x5 (+5D) + 6) = 19 sucessos.
Warzoon 14 (Absorção: 3D) = 1 sucesso.
 
O dragão usa suas asas, pousando corajosamente entre o grupo de inimigos. Sua poderosa espada combinada à sua força divina é mortal para quatro entre aqueles Warzoon, que tem seus corpos divididos com uma facilidade espantosa. Basta que Baran mova sua lâmina para dividir os infelizes ao meio. Apenas o último vê alguma resistência em sua armadura, sobrevivendo ao ataque, mas tão ferido que preferia ter morrido. Entretanto, Baran não apenas feriu este alienígena, como também o atrapalhou a se recompor, atrasando sua reação para o próximo movimento.
 
 
Superboy ataca: Destreza + Briga (Dif: 6) = 5 sucessos.
Warzoon 5 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 4 sucessos.
Superboy (Dano: Força) = 3 sucessos.
Warzoon 5 (Absorção: 3D) = Nenhum sucesso.
 
Superboy ataca: Destreza + Briga (Dif: 6) = 1 sucesso.
Warzoon 5 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 3 sucessos.
 
Superboy ataca: Destreza + Briga (Dif: 6) = 5 sucessos.
Warzoon 5 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = Nenhum sucesso. 
Superboy (Dano: Força) = 7 sucessos.
Warzoon 5 (Absorção: 3D) = 1 sucesso.
 
Superboy ataca: Destreza + Briga (Dif: 6) = 4 sucessos.
Warzoon 5 defende: Destreza + Briga (Dif: 6) = 5 sucessos.
 
Era nítido para todos que o Superboy era diferente do original do qual foi clonado. Além de ter uma capacidade reduzida de seus poderes, não conseguia concentrar-se, usando a raiva como uma fonte de energia. Seu primeiro golpe atinge o estômago do Warzoon 5, mas em seguida, o inimigo desvia do próximo ataque. O Superboy então parece se recuperar, acertando a cabeça do Warzoon 5 com um chute ainda mais forte, porém, a criatura volta a se desviar de seu último ataque, escapando com vida daquela leva de golpes.
 
 
Ayla sentia pelo batuque no metal do caminhão a intensidade da batalha, mas pela vociferação que ouve através de sua superaudição é possível discernir que seus aliados estavam levando a melhor. A Kryptoniana já havia conseguido ganhar algum tempo do que o Comandante Greymorning havia previsto em uma primeira análise, e é o que ela tenta mais uma vez.
 
Lady Nêmesis: Destreza 4 x5 (+1D por especialização) + Esportes 2 (Dif: 6) = 17 sucessos.
 
Ayla consegue manter a velocidade que a fez ganhar tempo até a base, e isso sem comprometer o equilíbrio da equipe que lutava encima do caminhão. Com sua supervisão, a kryptoniana já enxerga no horizonte distante parte da estrutura da base. De lá, Ayla ouve melhor a voz de Rick Flag convocando os humanos a se reunirem sob a proteção do exército.
 
E as novidades só melhoram, pois Ayla vê ao seu redor o metal do caminhão se retorcendo e se liquefazendo, moldando-se até se converter em duas poderosas turbinas que são capazes de manter aquele veículo no ar sem que a kryptoniana o carregasse. Ayla estava livre para agir!  
 
 
Nenhum ataque veio por parte dos alienígenas, o que permite a Greymorning usar seus poderes para tentar ajudar o grupo. O mutante se abaixa, deslizando a palma de sua mão sobre a estrutura trêmula do veículo. Então ele fecha seus olhos e começa a se concentrar, imaginando um par de propulsores que fizessem o caminhão voar sozinho.
 
Comandante Greymorning: Inteligência 2 + Ofícios 3 (+3D por FdV) (Dif: 6) = 4 sucessos.
 
Greymorning tinha tanto controle sobre seus poderes que sua imaginação se torna realidade. O caminhão treme com mais intensidade, e o barulho ensurdecedor de enormes turbinas é ouvido. Greymorning havia proporcionado uma vantagem sem tamanho para a equipe, mas pelos conhecimentos do mutante, talvez fosse melhor apressar aquela viagem, pois o combustível daquele caminhão não seria suficiente para alimentar aqueles propulsores por muito tempo.
 
“Waller não é aquela mulher que manteve você preso por meses em uma base? Se for, ótimo. Eu estou louca para pôr as minhas mãos nela.”, Psylocke responde mentalmente.
 
 
Iniciativa:
 
1° Justiceiro Solitário: Raciocínio 15 + Prontidão 2 + 1D (4) = 21
2° Comandante Greymorning: Raciocínio 3 + Prontidão 1 + 1D (9) = 13
3° Lady Nêmesis: Raciocínio 3 + Prontidão 3 + 1D (5) = 11
4° Psylocke: Raciocínio + Prontidão + 1D = 9
5° Superboy: Raciocínio + Prontidão + 1D = 8
6° Warzoon: Raciocínio + Prontidão + 1D = 7
6° Imperador Dragão: Raciocínio 3 + Prontidão 3 + 1D (1) = 7
7° Warzoon 14: Raciocínio + Prontidão + 1D = 5
 
 

Status:
 


 
 
Sagnac - 28b:
 
Quando Sagnac havia perguntado sobre informações detalhadas a respeito das criaturas chamadas Warzoon, Vetra havia explicado que são poucas, todas baseadas em arquivos restantes de planetas erradicados pela espécie. Fragmentos de informação citam que os Warzoon tem como grande feito a criação de uma colossal máquina de guerra conhecida como Mundo Bélico, que possui o tamanho de dois planetas Terras e que é dotada de tantas armas que talvez seja um dos artefatos mais perigosos do universo. Fora usado no passado para dominar outros mundos, mas o terror causado pelo Mundo Bélico havia chegado ao fim quando uma outra raça ancestral conhecida como Largas confiscou a chave de ignição desta máquina.
 
Vetra explica também que a respeito de táticas comuns, os Warzoon viviam em uma sociedade baseada em colméias. Algum líder com vastos poderes psíquicos nascia para controlar a mente de toda a espécie e guiá-los, fazendo com que agissem como unidade. Esta talvez fosse a maior arma dos Warzoon, pois em batalha, eles agiam com harmonia e equilíbrio. A mente por trás das criaturas os imunizava de medo, dor ou qualquer outro sentimento que os forçasse a parar de lutar.  
 
A kryptoniana se levanta enquanto Sagnac lhe explica sobre Vetra e sua origem. Ela parece maravilhada, e apesar dos hematomas e arranhões, caminha com desenvoltura, sem se importar com o frio do chão metálico castigando seus pés descalços. Havia alguns materiais tecnológicos de outro mundo ao seu redor e alguns instrumentos médicos diferentes dos da Terra. Com alguma curiosidade, ela toca e cada um, mas sem realmente mexer em nada.
 
- Meu nome é Kara Zor-El, mais sou conhecida aqui na Terra como a Supergirl. – Ela diz de repente. - Obrigado por sua ajuda, talvez não estivesse viva se não fosse por você e a sua nave. O planeta está sofrendo uma invasão Sagnac, e eu vim até o Ártico para tentar trazer o meu primo de volta a vida. Ele pode ser a nossa única esperança.
 
Quando Sagnac pergunta a Vetra mais uma vez sobre os Warzoon, ela responde que as criaturas usam um traje protetor leve e incrivelmente resistente para as batalhas, Jetpacks que lhes dão propulsão suficiente para fazer uma viagem a lua em poucas horas e uma arma a base de plasma capaz de subjulgar formas de vida inferiores com apenas um disparo.
 
- Olha, eu não quero te envolver. É perigoso demais. É melhor que fique aqui e se esconda da melhor maneira possível. Você parece bom nisso, já que a civilização nunca notou a sua presença. Boa sorte, Sagnac, eu preciso ir agora. – Diz ela, encontrando seu traje kryptoniano sobre uma maca e começando a vesti-lo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
art016

avatar

Mensagens : 27
Data de inscrição : 09/04/2017

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Qua Fev 28, 2018 11:23 am

Escuto a historia da senhorita que prontamente se identifica, vir a um lugar desse para trazer alguém de volta a vida? Uma razão diferente, provavelmente em extrema necessidade, se um povo já desenvolveu tecnologia bélica para desenvolver um veiculo como esse super satélite, e desloca-lo, poucas são as chances do povo desse lugar sobreviver, ela diz que nós deveríamos nos esconder para que ela não nos envolve-se, respondo com calma;



-Este é o problema senhorita, já estamos envolvidos, cedo ou tarde nos achariam aqui, Vetra esta danificada, pode voar e até cruzar o espaço, mas não como deveria, ela possui materiais de décadas cósmicas a frente senhorita, o equivalente em seu universo seria alem da era degenerada, não há como fazer materiais similares nessa era, e uma maquina que fizesse algo parecido da maneira como precisamos demandaria é impossível pelas leis de seu universo ainda e entregar isso nas mãos desses seres seria inacreditavelmente perigoso, em outras palavras, nossa unica opção é lutar de volta, contra essa invasão, alguns dos alvos que te seguiam conseguiram fugir, e provavelmente estão retornando com reforços agora;



Me dirigindo a Vetra;



-Vetra por favor, senhorita Zor-El ira se retirar, destrancar saída mais próxima por favor, lacre de novo após a saída dela, obrigado.



Me dirigindo de volta humanoide loira;




-Sabem de nós agora, sugiro que tome cuidado lá fora, não sabemos o raio de alcance das armas deles, e por mais resistente que você seja, todo cuidado é necessário, nós vamos acompanhar você senhorita, sugiro que aceite nossa ajuda, ao menos juntos temos chances maiores.



Iriamos seguir ela, lutar por esse lugar é muito mais facil que passar o resto da eternidade fugindo desses invasores.



Off: Dar a ela privacidade para se vestir, depois acompanha-la até a saída, depois seguir a senhorita Zor-El a uma distancia segura, voar baixo ou no meio das nuvens.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.B

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Qui Mar 01, 2018 9:25 am

As criaturas não tem como impedir a lamina divina... Seus corpos são cortados... Apenas uma delas se mantem viva... Cambaleando para trás...

Vejo que algo acontecia com aquele local, o soldado havia feito alguma coisa ao tocar no chão...

És bravo de permanecer vivo a minha frente... Mas agora sentiras o poder que reside em meu peito...

Me aproximo do Warzzon que resistiu a minha lamina e inflo o peito, soltando um sopro de relâmpagos nele... Ele sentiria o terror de sentir o sopro do dragão..

Sopro Relampago - Warzon 14

_________________
Fala
Pensamento
Ação

Baran - Imperador Dragão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Loong



Mensagens : 8
Data de inscrição : 18/10/2017

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Sex Mar 02, 2018 2:17 pm

Pronto Nemesis está livre para destruir, agora eu tinha pena dos inimigos... ou melhor não.

"Calma preciso dela para derrubar um desertor, ela não é a mente ela é a arma" - digo mentalmente para Psylock.

Enquanto isso me concentro no Warzoon 1, na verdade no seu jetpack e lanço sobre o numero 5 e quando se encontrarem faço o aparelho explodir, quero ver a resistência disso, mas acho que causaria dano a ele.

Ignoro o resto, tinha que me concentrar em guiar o nosso veiculo pelos ares.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nemesis.

avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 07/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Dom Mar 04, 2018 10:18 am

Consigo levar aquele caminhão a uma boa distância mas enquanto carregava ele turbinas surgiram pra fazer o veículo voar sozinhos. Devagar eu vou soltando até ter certeza de que não vai cair. Essa magia tecnológica só podia ser coisa do Comandante Greymorning.
 
“Esses mutantes da terra tem poderes incríveis!”
 
Surjo voando sobre o caminhão, cruzo meus braços e analiso a luta. O plano b fez um grande trabalho ali, havia pouco que eu podia fazer agora.
 
- Obrigada Greymorning.
 
Desço até o caminhão pousando entre os inimigos junto com Baran. Iria esbofetear o warzoon 1 contra o chão e depois chutar ele pra longe. Em seguida iria dar dois socos no warzoon 5 e terminar com um raio laser na cara dele.
 
Off: 4 de energia.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 445
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Dom Mar 04, 2018 11:57 pm

Imperador Dragão, Comandante Greymorning e Lady Nêmesis:
 
- Normalmente, eu não gosto de recorrer a esse método, mas esse belo planeta tornou-se o meu lar depois que perdi o meu, e o que vocês fizeram com as crianças e demais pessoas desse lugar... – Diz Justiceiro Solitário, com lágrimas em seus olhos.
 
Justiceiro Solitário usa Danificar Mentes: Energia 6 + 5D (Dif: 6) = 7 sucessos.
Warzoon 2: Sem ação.
 
Justiceiro Solitário usa Danificar Mentes: Energia 6 + 5D (Dif: 6) = 6 sucessos.
Warzoon 2: Sem ação.
 
O Warzoon que antes era controlado pelo marciano se ajoelha sobre a lataria do caminhão voador, levando as mãos à cabeça para conter uma dor excruciante em sua mente. A criatura emite um grito estridente, revelando toda a angústia que sentia com aquela tortura. E por não suportar mais aquilo, o Warzoon 2 pega sua arma e atira em sua própria cabeça, pondo um fim em sua vida para acabar com a dor.
 
 
Após livrar Lady Nêmesis de carregar aquele caminhão, Greymorning sabia que o rumo daquela batalha já estava garantido. Então, sem querer perder tempo com um combate vencido, ele preocupa-se apenas em conduzir o caminhão até o seu destino.
 
Comandante Greymorning usa Projeção Tecnomental: Manipulação 3 + Ofícios 3 (Dif: 4) = 4 sucessos.
 
Projetando apenas parte de suas funções mentais para os controles daquele veículo, Greymorning consegue controlar o gigantesco caminhão como se fosse uma parte de seu corpo, conduzindo-o pelo ar ao sabor de sua vontade e impedindo que ele perca a direção da base.
 
“Você e suas conspirações...” Psylocke suspira debruçando-se frustrada sobre as costas de Greymorning, porém, entendendo o que o soldado queria dizer.
 
 
Ayla estava agora livre de carregar aquele peso, deixando a condução do veículo nas mãos do Comandante Greymorning. A kryptoniana então voa sobre o caminhão observando o cenário da luta e depois pousa ao lado de Imperador Dragão, juntando-se ao deus na batalha contra os invasores.
 
Lady Nêmesis ataca: Destreza 4 x5 + Briga 4 (Dif: 6) = 13 sucessos.
Warzoon 1 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 1 sucesso.
Lady Nêmesis (Dano: Força 5 x5) = 15 sucessos.
Warzoon 1 (Absorção: 3D) = 1 sucesso.
 
Lady Nêmesis ataca: Destreza 4 x5 + Briga 4 (Dif: 6) = 6 sucessos.
Warzoon 5 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 2 sucessos.
Lady Nêmesis (Dano: Força 5 x5) = 5 sucessos.
Warzoon 5 (Absorção: 3D) = 2 sucessos.
 
Lady Nêmesis ataca: Destreza 4 x5 + Briga 4 (Dif: 6) = 10 sucessos.
Warzoon 5 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 1 sucesso.
Lady Nêmesis (Dano: Força 5 x5) = 10 sucessos.
Warzoon 5 (Absorção: 3D) = 2 sucessos.
 
Ao avançar contra o primeiro Warzoon, Ayla o acerta com um tapa para baixo, acertando a criatura com tanta força que seu corpo quase atravessa a lataria do caminhão. A criatura não levanta mais, permanecendo morta sobre a lataria amassada. Em seguida, a kryptoniana avança contra o Warzoon 5, lhe acertando dois socos que além de matar, arremessam a criatura contra um prédio distante.
 
 
Psylocke não estava mais interessada na batalha agora que seu namorado também não dava mais importante, permanecendo ao lado de Greymorning e apenas lhe dando cobertura contra qualquer coisa que viesse a atrapalhá-lo, sem nem se dar conta de que seu decote matador tão próximo era o maior risco que o soldado corria de se distrair.
 
 
Superboy também já não via mais adversários naquele caminhão, grande parte dos Warzoon havia sido morta, restando apenas um que ele não se atreveria a tirar o prazer do Imperador Dragão de matar. Então ele simplesmente se aproxima de Lady Nêmesis, ficando ao seu lado e observando o inimigo que ela havia acabado de matar.
 
- Seus poderes kryptonianos são incríveis. Mesmo tendo sido feito do Superman, não possuo nem um décimo da força dele. – Diz Conner, revelando certa tristeza enquanto cerrava o punho.
 
 
Enquanto caminhava na direção do inimigo agonizante, a lâmina de Drakaris pingava o sangue nojento daquelas criaturas sobre a lataria do caminhão, constituindo uma pequena trilha. Apavorado com a presença gigante do Imperador Dragão, a criatura que sobreviveu começa a recuar, detendo-se ao chegar na borda do caminhão e se ver encurralada.
 
Imperador Dragão: Energia 10 + 5D (Dif: 6) = 7 sucessos.
 
Baran infla seu peito, fazendo com que ferozes relâmpagos explodissem no interior de seu corpo, e a força dessa explosão é lançada contra a criatura a sua frente na forma de uma poderosa descarga que sai de sua boca e atinge o inimigo, fritando e explodindo seu corpo.
 
Imperador Dragão: Percepção 3 + Medicina 0 (Dif: 6) = 2 sucessos.
 
Enquanto assistia seu inimigo ser dizimado pelo relâmpago, o deus guerreiro nota algo peculiar na reação da criatura. Parece que ela havia morrido muito antes de seu corpo ser queimado por completo e explodir, como se a descarga elétrica instantaneamente houvesse lhe causado um dano fatal.
 
 
Os kryptonianos já haviam notado momentos antes, mas agora todo o grupo era capaz de enxergar no horizonte o grande Hospital de Metrópolis cercado por um enorme contingente de soldados americanos que mais pareciam formigas ao longe. O lugar fora transformado em uma base segura, e logo os humanos transportados poderiam ser entregues em segurança. Porém, os Warzoon dominavam boa parte das ruas e também os céus. Mais uma leva de oito daquelas criaturas acaba de pousar sobre o caminhão para desafiar o grupo.
 
 
Iniciativa:
 
1° Justiceiro Solitário: Raciocínio 15 + Prontidão 2 + 1D (10) = 27
2° Psylocke: Raciocínio + Prontidão + 1D = 16
3° Lady Nêmesis: Raciocínio 3 + Prontidão 3 + 1D (Cool = 14
4° Warzoon: Raciocínio + Prontidão + 1D = 12
5° Comandante Greymorning: Raciocínio 3 + Prontidão 1 + 1D (7) = 11
6° Superboy: Raciocínio + Prontidão + 1D = 9
6° Imperador Dragão: Raciocínio 3 + Prontidão 3 + 1D (3) = 9
 
 

Status:
 


 
 
 
Sagnac – 28b:
 
Sagnac nota que por não conhecê-lo, Kara tentava privá-lo de envolver-se nos perigos daquela invasão, mas era tarde para apenas esconder-se como ela sugere, antes mesmo de ajudá-la, o coluano já sabia que logo aquelas criaturas surgiriam as portas de sua nave na busca do tesouro que Vetra significava. Muitos seres já tentaram antes, não seria diferente desta vez.
 
- Bem, se acha que pode lutar, não vou impedi-lo. Na verdade, eu lhe agradeço pela ajuda. Talvez sua tecnologia possa me ajudar no que pretendo fazer. – A Supergirl concorda.
 
Vetra abre sua porta como ordenado, e Kara flutua até o lado de fora, pairando acima do solo sem que aqueles poderosos ventos cheios de neve a incomodasse.
 
- Tente me acompanhar. Se aquelas criaturas nos seguirem, vou saber antes que se aproximem. – Ela diz, disparando em direção ao norte.
 
Sagnac não entende muito bem como a garota poderia notar a aproximação das criaturas, mas no caso de ela ter enlouquecido, a própria Vetra tinha sistema de radar que poderia monitorar qualquer coisa que se aproximasse antes de colocá-los em risco. Desta forma, a nave levanta vôo, livrando-se das grossas camadas de neve que a soterraram durante décadas.
 
Com Kara voando na frente, Vetra a acompanha e a escolta através das nuvens, onde sua presença estaria oculta aos olhos. A nave e a kryptoniana sobrevoam quase toda extensão do Ártico, até chegarem a um ponto onde uma espécie de castelo de cristal se localizava, camuflado entre a brancura da neve. A visão dessa estrutura deixa Sagnac estarrecido, pois mesmo estando em um local totalmente ermo, escapou totalmente de todos os mapeamentos que o coluano pedira para que Vetra fizesse no passado.
 
- É ali, vamos! – Kara aponta para o local, disparando em direção ao solo novamente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
art016

avatar

Mensagens : 27
Data de inscrição : 09/04/2017

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Seg Mar 05, 2018 9:38 am

Logo ela vê que estamos tentando ajudar, então aceita nossa ajuda em sua busca, enquanto a nave levanta voo e segue ela, Vetra era como uma deusa morta que ainda sonhava e agora voava de novo, me entristece ter que fazer ela passar por tudo isso, já havia preservado o corpo do Alien para estudo futuro, agora deveríamos seguir a senhorita até seu destino, algumas locações diferentes, muita neve ainda, e pensar que este lugar um dia já foi uma ilha repleta de verde e vida, o tempo passa, e ela parecia correr contra ele, enquanto voamos em meio a vastidão pálida como sulfite, penso sobre o resultado das analises, uma especie com uma hive mind ameaçando esse planeta e outra de uma planeta destruído tentando salvar outro, era claro que ela não era normal, seja lá o que é normal para um krptoniano;



-Vetra por favor, temos mais registros sobre a biologia kryptoniana e sua influencia nesse mundo? Não posso negar certo interesse sobre o impacto de um ser com essas capacidades numa sociedade biologicamente "simples", claro comparado com as capacidades demonstradas por ela, e pelo visto (Olhando o objeto que eclipsava o sol no monitor) frágil com relação a outras especies, ela parece boa pessoa, mas quero saber com o que estamos lhe dando aqui.



Não desconfiava dela propriamente dita apenas queria mais informação, os invasores possuem inteligencia de colmeia, já devem saber de nós, a questão é, ela era um alvo prioritário ou apenas uma dificuldade que poderiam cuidar depois, esses "warzoons" parecem já terem esse planeta a merce de sua vontade, e talvez estejam eliminando os focos mais perigosos de resistência, as comunicações estão prejudicadas, qualquer resposta militar esta severamente prejudicada, no máximo restringida a lutas locais mas, mesmo assim, por que ela, e por que ela quer trazer outro de volta a vida.



Logo chegamos num estranho local, não mapeado após o nosso "pouso" nesse planeta, que perigo corremos, de qualquer forma, seja lá quem construiu esse lugar,teve cuidado em calcular todos esses ângulos, aquilo se destacava, mas no geral parecia intocado, a senhorita diz que é ali e que deseja nossa ajuda, bom, um capitão nunca deve abandonar o navio, mas essa seria uma causa urgente, mas não algo que goste, Vetra sabe disso;




-Vou ter que sair por alguns minutos, parece que ela precisa de ajuda, te largar aqui nem que seja por um instante numa situação dessa não o que eu goste de fazer, mas não há escolha...



Me preparo para sair e continuo;




-Vetra por favor, mantenha contato o tempo todo, e avise de qualquer coisa, nem que seja um navio no horizonte, qualquer coisa.



Logo saio, a nave lacra enqüanto eu me uno a senhorita em sua busca, sejá lá o que for, duvido que eu adivinhe o que seja que nos espera.



Off: Deixar um clone na nave e ir seguir a senhorita.


Última edição por art016 em Dom Mar 11, 2018 8:59 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.B

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Seg Mar 05, 2018 11:44 am

Vejo a criatura tremer diante de mim... Podiam não ser humanos, mas não passavam de mortais... Drakaris pulsava em meu punho...

Inflo o peito e sopro os relampagos sobre a criatura... Mas o efeito é mais rapido que o esperado...

Por Asgard criatura mortal... Meu relâmpagos o fizeram morrem antes mesmo de conseguires gritar até Hell te ouvir...

Logo vejo o local para o qual vamos... E novas criaturas pousam na nave... Invisto contra uma delas... Desferindo um corte contra a mesma, a cortando ao meio...

Sim... Dessa forma é melhor... A batalha não se encerra logo...

Golpe Trovejante - Warzoon 8

_________________
Fala
Pensamento
Ação

Baran - Imperador Dragão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
leesiuloong

avatar

Mensagens : 102
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Seg Mar 05, 2018 1:43 pm

Vejo mais inimigos, isso já estava ficando cansativo, na verdade eu nem me importava contanto que pudesse levar os inocentes para um lugar seguro.

"Vamos?" pergunto mentalmente a Psylock

Ouvindo o grito de Baran digo:

_Baran sei que pra você isso deve ser como matar formigas, mas precisamos ser rápidos existem civis abaixo de nós.

Gastanto minha energia transformo meu fuzil em uma arma de feixe eletrico.

Disparo contra uma criatura, se tivessem algumas proximas atiraria nelas, quem sabe a corrente não as juntaria?

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t32-comandante-greymorn
Nemesis.

avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 07/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Dom Mar 11, 2018 10:23 am

- Não se preocupem, já estamos chegando. De qualquer forma vamos acabar com essa luta logo, não quero levar uma confusão para dentro de uma base humana.
 
Baran estava se divertindo com a situação, a batalha era o playground dele. Greymornig queria que as coisas fossem levadas mais a sério por causa dos humanos. Acho que concordo com o comandante. Enquanto eu pensava isso Conner fala comigo.
 
- Vc não é um kryptoniano, é só um clone daquele que a família destruiu o nosso planeta. Sinta-se feliz com essa réstia fraca de poder que vc herdou mas não ofenda a minha raça tentando fazer parte dela.
 
Sem nem olhar pra ele eu vôo na direção dos warzoon 4, 5, 6 e 7 acertando ele com um Golpe Podedoso para que os demais finalizassem.
 
Off: 3 de energia.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 445
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Qua Mar 14, 2018 12:01 am

Imperador Dragão, Comandante Greymorning e Lady Nêmesis:
 
Ao ver os novos inimigos pousando sobre o caminhão para atacar, M’Kai plana entre seu grupo, colocando-se entre dois dos Warzoon. Uma das criaturas fica em alerta e aponta sua arma para o marciano, que se mantém impassível.
 
Warzoon 2 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 4 sucessos.
Justiceiro Solitário: Percepção + Prontidão (Dif: 6) = 26 sucessos.
Warzoon 7: Sem ação.
Warzoon 2 (Dano: 8 + 4D) = 11 sucessos.
Warzoon 7 (Absorção: 3D) = 2 sucessos.
 
A única coisa em M’Kai que se move são seus olhos, virando-se para o lado no instante em que a criatura puxa o gatilho. Nesse momento, o marciano manipula as moléculas de seu corpo, tornando-se imaterial. Isso faz com que o tiro o atravesse, atingindo o Warzoon 7 de surpresa e ferindo o inimigo.
 
 
Psylocke ataca: Destreza + Armas Brancas (Dif: 6) = 3 sucessos.
Warzoon 2: Sem ação.
Psylocke (Dano: Força + 5) = 6 sucessos.
Warzoon 2 (Absorção: 3D) = Nenhum sucesso.
 
Psylocke ataca: Destreza + Armas Brancas (Dif: 6) = 6 sucessos.
Warzoon 2: Sem ação.
Psylocke (Dano: Força + 5) = 7 sucessos.
Warzoon 2 (Absorção: 3D) = 4 sucessos.
 
Psylocke ataca: Destreza + Armas Brancas (Dif: 6) = 4 sucessos.
Warzoon 2: Sem ação.
Psylocke (Dano: Força + 5) = 7 sucessos.
Warzoon 2 (Absorção: 3D) = Nenhum sucesso.
 
“Primeiro as damas!”, Psylocke responde mentalmente ao Comandante Greymorning.
 
A mutante salta contra seus inimigos, sem medo de ficar entre eles, pois sabia que seu namorado estava dando cobertura. Criando novamente a lâmina psíquica em seu braço, ela ataca pelas costas o Warzoon que tentara atirar contra o marciano, fazendo três grandes cortes que deixam o inimigo agonizante.
 
 
Ayla sabia que Conner só tentava se aproximar dela iniciando uma conversa, mas as palavras da kryptoniana para o garoto são mordazes. Com sua adição, ela consegue ouvir o coração dele acelerar e as veias pulsando com grande intensidade. Apesar do perigo de irritar o Superboy daquela maneira, ela não demonstra a menor preocupação e parte para atacar os inimigos.
 
Lady Nêmesis usa Golpe Poderoso: Destreza 4 x5 + Briga 4 (Dif: 6) = 9 sucessos.
Warzoon 4 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 4 sucessos.
Lady Nêmesis (Dano: Força 5 x5) = 10 sucessos.
Warzoon 4 (Absorção: 3D) = Nenhum sucesso.  
 
Lady Nêmesis usa Golpe Poderoso: Destreza 4 x5 + Briga 4 (Dif: 6) = 21 sucessos.
Warzoon 5 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 4 sucessos.
Lady Nêmesis (Dano: Força 5 x5) = 15 sucessos.
Warzoon 5 (Absorção: 3D) = 1 sucesso.
 
Lady Nêmesis usa Golpe Poderoso: Destreza 4 x5 + Briga 4 (Dif: 6) = 11 sucessos.
Warzoon 6 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 4 sucessos.
Lady Nêmesis (Dano: Força 5 x5) = 10 sucessos.
Warzoon 6 (Absorção: 3D) = 2 sucessos.
 
Lady Nêmesis usa Golpe Poderoso: Destreza 4 x5 + Briga 4 (Dif: 6) = 14 sucessos.
Warzoon 7 desvia: Sem ação.
Lady Nêmesis (Dano: Força 5 x5) = 20 sucessos.
Warzoon 7 (Absorção: 3D) = 3 sucessos.
 
Ao lembrar-se das técnicas militares que havia aprendido com sua irmã, Ayla aplica quatro impactantes golpes em seus inimigos, que visavam um único ponto central. O som dos socos soavam como pequenas explosões aos ouvidos dos presentes, e causavam nos inimigos uma dor que deixava a área do golpe sensível pelo resto da batalha. No caso do Warzoon 7, o golpe lhe acerta com tamanha força que o braço da kryptoniana atinge a região onde o inimigo foi alvejado e lhe atravessa o corpo, matando o alienígena que cai de joelhos perante Ayla. Menos um...
 
 
Warzoon 1 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 3 sucessos.
Imperador Dragão: Sem ação.
Warzoon 1 (Dano: 8 + 3D) = 8 sucessos.
Imperador Dragão (Absorção: 5D) = 6 sucessos.
 
Warzoon 3 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 4 sucessos.
Superboy: Sem ação.
Warzoon 3 (Dano: 8 + 4D) = 9 sucessos.
 
Warzoon 8 atira: Destreza + Armas de Fogo (Dif: 6) = 2 sucessos.
Psylocke: Sem ação.
Warzoon 8 (Dano: 8 + 2D) = 9 sucessos.
 
Os Warzoon que sobraram da leva de ataques do grupo erguem em conjunto as suas armas de laser, apontando cada um para um inimigo selecionado. O Warzoon 1 atira em Imperador Dragão, mas vê o laser sendo aparado pelas grossas escamas do poderoso guerreiro, que sente apenas a dor semelhante a uma leve picada.
 
O Warzoon 3 atira contra o Superboy, mas o garoto estava tão irritado que sequer faz questão de esquivar ou se defender. O tiro do inimigo atinge seu ombro, queimando parte de sua camisa presa com o símbolo de El no peito, mas em sua pele resta apenas um hematoma do qual o garoto não dá mostras de se importar.
 
O Warzoon 4 aponta sua arma para a corajosa Psylocke, atingindo à queima-roupa as costas da mutante. Diferente do deus guerreiro e do clone kryptoniano, ela tinha um corpo frágil, e o laser em suas costas deixa uma feia queimadura, fazendo-a quase arriar no chão com a dor, agonizando.
 
- Arrrrrgh! – Ela grita, sua testa suando e sua respiração ofegante.
 
 
Greymorning já havia trabalhado com o Imperador Dragão antes, e consegue interpretar pelas palavras do guerreiro que ele havia descoberto através dos relâmpagos soprados uma fraqueza no inimigo. Mas enquanto tentava convencer seu parceiro a lutar à sério, Greymorning vê Psylocke sendo alvejada, e quase levada à morte com uma ferida feia em suas costas.
 
Comandante Greymorning: Ofícios 3 + 5D (Dif: 6) = 6 sucessos.
 
Comandante Greymorning atira: Destreza 4 + Armas de Fogo 4 (Dif: 6) = 4 sucessos.
Warzoon 1: Sem ação.
Comandante Greymorning (Dano: 8 + 4D) = 9 sucessos.
 
O mutante não mede esforços para vingar a sua garota. Usando os seus poderes, ele configura a arma para que os tiros ganhem propriedade elétrica. Assim, ele atira contra um Warzoon distraído, e quando o raio elétrico atinge a criatura, seu corpo se contorce, sua pele literalmente torra. A eletricidade no disparo obviamente não era potente àquele ponto, estava claro que os Warzoon demonstravam grande fraqueza contra eletricidade, dobrando a proporção das feridas.
 
 
Superboy ataca: Destreza + Briga (Dif: 6) = 5 sucessos.
Warzoon 3: Sem ação.
Superboy (Dano: Força) = 4 sucessos.
Warzoon 3 (Absorção: 3D) = 1 sucesso.
 
Superboy ataca: Destreza + Briga (Dif: 6) = 2 sucessos.
Warzoon 3: Sem ação.
Superboy (Dano: Força) = 5 sucessos.
Warzoon 3 (Absorção: 3D) = Nenhum sucesso.
 
Superboy ataca: Destreza + Briga (Dif: 6) = 3 sucessos.
Warzoon 3: Sem ação.
Superboy (Dano: Força) = 5 sucessos.
Warzoon 3 (Absorção: 3D) = 3 sucessos.
 
- Aaaah, sua desgraçada. É claro que eu não sou um kryptoniano. Eu odeio vocês! – Grita o Superboy em fúria, descontando sua raiva em um dos inimigos.
 
O rapaz atinge o Warzoon 3 com um, dois, três socos seguidos, rápidos e pesados devido a sua força. A criatura sente os golpes, mas graças à sua proteção, consegue sobreviver bem o bastante para continuar naquele combate corpo a corpo com o Superboy.
 
 
Baran se mostrava tão desapontado com a fragilidade que a criatura demonstrou diante de seu relâmpago que decidiu voltar a atacar com sua espada para encontrar um pouco de diversão naquela batalha. Um sorriso nasce em seu rosto quando oito novos alienígenas pousam no caminhão em busca de uma boa briga. O dragão não iria decepcioná-los.
 
Imperador Dragão usa Golpe Trovejante: Destreza 4 x5 (+5) + Armas Brancas 4 (+1D por especialização) (Dif: 6) = 9 sucessos.
Warzoon 8: Sem ação.
Imperador Dragão (Dano: Força 5 x5 +5D + 6) = 24 sucessos.
Warzoon 8 (Absorção: 3D) = Nenhum sucesso.
 
Parece que não deu certo a tentativa de Baran de trazer graça à luta dando ao inimigo alguma chance de sobreviver. Assim como seu raio, o fio de Drakaris simplesmente rasga o Warzoon 8 ao meio, ignorando a resistência do inimigo ou sua armadura. O corpo dividido em dois do alienígena rola pelo caminhão até despencar lá embaixo. Menos dois...
 
 
Iniciativa:
 
1° Justiceiro Solitário: Raciocínio 15 + Prontidão 2 + 1D (2) = 19
2° Psylocke: Raciocínio + Prontidão + 1D = 17
3° Imperador Dragão: Raciocínio 3 + Prontidão 3 + 1D (6) = 12
4° Comandante Greymorning: Raciocínio 3 + Prontidão 1 + 1D (6) = 10
5° Warzoon: Raciocínio + Prontidão + 1D = 8
5° Lady Nêmesis: Raciocínio 3 + Prontidão 3 + 1D (2) = 8
6° Superboy: Raciocínio + Prontidão + 1D = 7
 
 

Status:
 


 
 
Sagnac – 28b:
 
A nave se mostrava perfeitamente capaz de seguir Kara, apesar da grande velocidade em que a kryptoniana voava. Dentro de sua cabine, Sagnac aproveita o tempo de viagem para tentar adquirir mais informações sobre a garota que se propôs a ajudar, e como sempre, Vetra encontrava um meio de não deixar seu mestre na ignorância, se é que isso era possível.
 
- Estabeleci uma rede móvel no interior da nave, e assim consegui acessar informações de algo que os humanos chamam de internet. Desta forma, conseguir acessar alguns dados de um humano conhecido como Alexander Joseph Luthor e suas pesquisas sobre a anatomia kryptoniana. Parece que em seu planeta natal, kryptonianos são tão “simples” quanto os próprios humanos, mas suas células em contato com o sol amarelo adquirem propriedades inimagináveis, dando-lhes capacidades que nas palavras de Alexander Joseph Luthor são: Superforça, supervelocidade, superresistência, raios ópticos, vôo e uma rijeza que torna suas peles praticamente impenetráveis. – Vetra informa.
 
Isso era impressionante. Sagnac tinha pleno conhecimento sobre civilizações cujas capacidades físicas ultrapassavam todos os limites. O próprio coluano evitava contato com seres deste tipo, em sua maioria eram perigosos e beligerantes. Jamais esperou encontrar um ser destas proporções em um planeta como a Terra, e agora se via diante de um titã na forma de uma simples adolescente. Seria isso um perigo?
 
- Senhor, acessando outras fontes de informação, vejo aqui que a influência dos kryptonianos neste mundo tem sido algo que podemos considerar como benéfica. – Vetra afirma, surpreendendo Sagnac ao falar sobre esta espécie no plural. – Um deles é altamente conhecido neste mundo como Superman, e desde a sua juventude, vem protegendo a Terra de todos os tipos de ameaça, desde crimes pequenos a ameaças cósmicas. Vou lhe enviar um vídeo de uma câmera amadora que pode exemplificar melhor esta relação.
 
https://www.youtube.com/watch?v=zWTbLZCR84k
 
Quando Sagnac termina de assistir ao vídeo, tirando suas próprias conclusões, Kara finalmente lhe informa que chegaram ao seu destino. A Supergirl pousa sobre a neve, enquanto Vetra faz o mesmo atrás dela. A frente de ambos, estava aquele colosso de cristal com uma enorme porta metálica com um símbolo que se assemelhava bastante ao “S” do alfabeto humano. A nave se abre, estendendo uma plataforma até o solo por onde Sagnac desce tranquilamente, mas não sem antes deixar um clone seu totalmente leal para garantir a segurança da nave.
 
- Por aqui. – Diz Kara, convidando Sagnac a segui-la pelas escadas até as portas daquela fortaleza.
 
“Seja bem vinda, Kara Zor-El”, diz um voz masculina vindo de dentro do lugar enquanto as grandes portas se abriam.
 
- Obrigada, Tio Jor-El. – Ela sussurra com um tom triste na voz.
 
Sagnac e Kara adentram a fortaleza da solidão, e enquanto a kryptoniana se depara com um lugar familiar, o coluano se vê surpreso com o alto nível de tecnologia e arquitetura do lado de dentro. Suntuosas estátuas de hominídeos enfeitavam o local, dando a entender que o Sagnac se deparava com a nobreza de uma civilização. Mas um computador com um gigantesco painel branco era o que mais lhe chamava a atenção naquela fortaleza.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
Tony.B

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Qua Mar 14, 2018 8:07 pm

A Lamina desliza pelo corpo da criatura... Seu corpo não oferece nenhuma resistencia e cai morto e dividido...

Giro a espada limpando o sangue asqueroso da lamina...

Tragam-me seus melhores guerreiros... Querem invadir essas terras com isso ?

Vejo que uma mortal fora gravemente ferida... Invisto novamente voando contra as criaturas... Dessa vez cortaria mais delas...

Contemplem a presa dos Dragões...

Iria desferir um corte cortando o corpo do Warzoon 3 em dois pela sua cintura... Contra o Warzoon 4 iria desferir um corte vertical... Contra o Warzoon 5 iria cravar a espada em seu peito e contra o Warzoon 6 iria lhe cortar apenas a cabeça...

Ataque Warzoon 3, 4, 5, 6

_________________
Fala
Pensamento
Ação

Baran - Imperador Dragão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
art016

avatar

Mensagens : 27
Data de inscrição : 09/04/2017

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Qui Mar 15, 2018 9:55 am

Vetra, logo encontra algo, as informações sobre a questão, felizmente havia falhas nos bloqueios de conexão, dentre artigos de jornal e depoimentos, os dados de um humano, Alexander Joseph Luthor parece ser um dos mais informativos e relevantes, descrevendo o resultado de seus estudos sobre a anatomia desses seres, em seu planeta natal, são criaturas consideradas simples, ou eram, mas a exposição a radiação de uma estrela como o sol, classificação estelar humana G2V, Estrela de sequencia principal G-Tipo 2 amarela possuindo linhas de hidrogênio mais fracas que as de classe F, densidade média do fluxo 1367 W/m² em media ignorando as tantas flutuações diárias,  mas alem das linhas de metais ionizados ela possui linhas de metais neutros, parece afetar sua estrutura fornecendo a eles capacidades físicas infinitas vezes superiores, enrijecendo seus músculos, permitindo sem problemas ignorar a gravidade, emitir raios de calor de seus olhos, lhes concedendo força de deslocamento absurda e força capaz de levantar objetos extremamente pesados sem quais quer dificuldade, não era o tipo de coisa que deve ter deixado esse povo confortável ao descobrir isso.



Logo Vetra demonstra com um vídeo, gravado de diversos ângulos por varias câmeras, de segurança e monitoramento e imagens de roupas táticas, helicópteros e drones, mostrava o combate entre o que parece ser dois desses seres e um individuo não identificado, era claro que o nível de força do macho kriptoniano e da fêmea eram impares contra o poderio bélico terrestre e suas estruturas, o macho, identificado com o nome publico de Superman ao que parece deve ter mudado um pouco o horror que tal tipo de demonstração de força costuma trazer, agindo como protetor contra diversas ameaças e perigos, me reclino um pouco na cadeira apoiando os cotovelos e cruzando os dedos a frente do rosto, e reflito.



Estrelas como o sol não são muito comuns no universo, nas mesmas condições, com o mesmo numero de planetas, em orbitas estáveis sem estrelas irmãs próximas e sem proximidade com estrelas gigantes perigosas, as condições estabelecidas para a vida tornavam tudo isso ainda mais valioso, até a distancia do satélite natural "lua" a colocava em tamanho perfeito para bloquear a imagem do sol no céu durante um eclipse permitindo o estudo da coroa solar, este é um sistema especial em diversos aspectos, e saber que ao menos uma especie consegue ganhar poderes classificados como "divinos" expostos a algumas dessas condições, era o tipo de coisa que fazia mais do que tirar o sono de muitos, mesmo dependentes dessa bolha de radiação no oceano infinitamente extenso como o universo era algo para se pensar e temer, tanto poder na mão de poucos, eles podem ter decidido usar todo poder que possuem para assumir responsabilidades que podem mudar a vida nesse planeta, mas removendo seus códigos pessoais, o que os limitava? Tudo que os controlava era seu senso de moral, e enfrentar algum outro individuo que não tenha tal senso ou consideração pode ser uma desvantagem evolucionaria até para eles, tanto poder sobe o controle de decisões morais, por mais dedicados que sejam, um dia ruim para um deles seria catastrófico para todos ao seu redor, mesmo para essa garota gentil de bela  aparência e comportamento delicado podia ser um perigo planetário se simplesmente deixa-se de se importar com o controle e uso de suas capacidades, mesmo limitados a presença de uma estrela dessas era preocupante, imaginar isso sem essa limitação elevava o risco em muitas vezes...



Eles podem ter poderes "divinos" neste mundo, mas não o discernimento de uma "divindade", seu senso de moral e responsabilidade auto imposta eram as únicas coisas que os podia controlar aqui, bom termos cuidado, pois eram tão simples como esta especie em seu planeta natal, e por mais bondosos e poderosos que sejam aqui, isso era responsabilidade demais para seus ombros, seus poderes, suas capacidades físicas infinitas vezes superiores não era o que mais impressionava, e sim o fato de carregar o peso da responsabilidade de possuir tanto poder, e equilibra-lo com seu intelecto simples como os dos humanos, eles podem ter corrigido muitas de suas falhas, mas até quando se manteriam assim, longe de concordarem com o que condenam? Poder demais nas mãos de mortais e criaturas nascidas ventres.



Logo a senhorita avisa que chegamos, enquanto Vetra pousa eu agradeço, passo instruções e deixo um clone para caso as coisas não corram com imagino, era uma construção sem paralelos naquele planeta, havia um simbolo com a letra "S" do alfabeto humano, similar ao do peito do tal superman, uma voz vinda de dentro de uma sala a frente, onde entramos após alguns lances de escada, dentro diversas relíquias e estatuas, possivelmente da antiga civilização de origem deles, e próximo um computador com um grande painel branco, esse devia ser o local;



-E agora senhorita? O que faremos? O tempo pode não estar do nosso lado, mas correr demais não nos ajudara, como posso ajuda-la aqui?- Pergunto para ela com curiosidade.



Estava lhe dando com entidades perigosas de ambos os lados, não temos muito espaço aqui para passar um camelo na agulha, sem erros.



Off: Ajudar ela a mexer no computador ou no que ela precisar, caso ela peça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nemesis.

avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 07/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Dom Mar 18, 2018 11:19 am

Fico olhando pro superboy e rindo de sua raiva. Não passava de um garoto que não sabia manter o controle. Já fui assim um dia mas tive que crescer rápido no exército kryptoniano.
 
“Patético como td a casa de El”
 
Aplico um gancho no warzoon 1 e uma ombrada no warzoon 2.
 
- Isso msm, me odeie. Se a vida não te deu forças a fúria vai dar!
 
Off: 1 de energia.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
leesiuloong

avatar

Mensagens : 102
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Qui Mar 22, 2018 6:28 pm

Corro até Psylock e uso meu corpo como estudo nos proximos ataques contra ela, disparo contra 3 inimigos com minha arma elétrica, eles iam pagar por isso, ah se iam.

_Você está bem? - pergunto com consideração afinal estávamos juntos aqui e por mais que fôssemos soldados treinados, tinha algo mais envolvido.

Vejo meus aliados atacando e meus ataques seriam em quem sobreviver a esses ataques.

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t32-comandante-greymorn
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 445
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Dom Mar 25, 2018 9:07 am

Imperador Dragão, Lady Nêmesis e Comandante Greymorning:
 
Justiceiro Solitário usa Danificar Mentes: Energia 6 + 5D (Dif: 6) = 6 sucessos.
Warzoon 3: Sem ação.
 
A face de M’Kai vira-se ligeiramente na direção do Warzoon 3, o bastante para a criatura ser atingida por uma forte onda mental que a empurra para trás até quase fazê-la cair do caminhão. A criatura sente uma dor considerável, mas recupera-se a tempo de permanecer em batalha.
 
 
Psylocke ataca: Destreza + Armas Brancas (Dif: 6) = 5 sucessos.
Warzoon 6 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: 6) = 2 sucessos.
Psylocke (Dano: Força + 5) = 7 sucessos.
Warzoon 6 (Absorção: 3D) = 2 sucessos.
 
Psylocke parecia mal com aquela grande queimadura em suas costas, mas quando se esperava um movimento cauteloso de sua parte, a mutante demonstra sua força, ativando sua lâmina psíquica e partindo para cima para um dos oponentes, rasgando-lhe a couraça na mesma medida em que fora ferida.
 
 
Os Warzoon eram desde tempos ancestrais um exército temível para incontáveis mundos, mas não para o deus dos dragões de Faerun. Baran se mostrava decepcionado com a qualidade de seus adversários, fazendo questão que o sangue fraco dos Warzoon não manchasse a sua lâmina. E para demonstrar seu poder, ele parte para cima de nada menos do que quatro daqueles inimigos.
 
Imperador Dragão usa ataca: Destreza 4 x5 (+5) + Armas Brancas 4 (+1D) (Dif: 6) = 16 sucessos.
Warzoon 3: Sem ação.
Imperador Dragão (Dano: Força 5 x5 +5D + 6) = 18 sucessos.
Warzoon 3 (Absorção: 3D) = 2 sucessos.
 
Imperador Dragão usa ataca: Destreza 4 x5 (+5) + Armas Brancas 4 (+1D) (Dif: 6) = 18 sucessos.
Warzoon 4 desvia: Destreza (-2D) + Esquiva (Dif: 6) = 4 sucessos.  
Imperador Dragão (Dano: Força 5 x5 +5D + 6) = 29 sucessos.
Warzoon 4 (Absorção: 3D) = 3 sucessos.
 
Imperador Dragão usa ataca: Destreza 4 x5 (+5) + Armas Brancas 4 (+1D) (Dif: 6) = 14 sucessos.
Warzoon 5 desvia: Destreza (-2D) + Esquiva (Dif: 6) = 1 sucesso.
Imperador Dragão (Dano: Força 5 x5 +5D + 6) = 23 sucessos.
Warzoon 5 (Absorção: 3D) = 3 sucessos.
 
Imperador Dragão usa ataca: Destreza 4 x5 (+5) + Armas Brancas 4 (+1D) (Dif: 6) = 12 sucessos.
Warzoon 6 desvia: Destreza (-2D) + Esquiva (Dif: 6) = 1 sucesso.
Imperador Dragão (Dano: Força 5 x5 +5D + 6) = 36 sucessos.
Warzoon 6 (Absorção: 3D) = 1 sucesso.
 
As investidas de Imperador Dragão reduzem o outrora glorioso exército dos Warzoon a um mero enxame de insetos persistentes. Nenhum deles se mostra capaz de resistir ao peso de Drakaris, e em um piscar de olhos, eles são decapitados, esquartejados e feitos em pedaços pela força e velocidade de Baran. Nada mais restava no campo de batalha do que um par de pobres coitados.
 
 
Greymorning vê Psylocke ferida, e com seus sentimentos falando mais alto, ele abandona sua posição para dar apoio a sua amada. Ofegante, ela passa um braço sobre seu ombro em busca de apoio e faz um sinal com a cabeça indicando que estava tudo bem, apesar da ferida em suas costas dizer o contrário.
 
- Está tudo bem, eu só preciso de um pouco de ar. – Ela diz com a voz um pouco mais fraca. 
 
Comandante Greymorning atira: Destreza 4 + Armas de Fogo 4 (Dif: 6) = 3 sucessos.
Warzoon 1 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: Cool = Nenhum sucesso.  
Comandante Greymorning (Dano: 8 + 3D) = 20 sucessos.
Warzoon 1 (Absorção: 3D) = 1 sucesso.
 
Comandante Greymorning atira: Destreza 4 + Armas de Fogo 4 (Dif: 6) = 3 sucessos.
Warzoon 2 desvia: Destreza + Esquiva (Dif: Cool = Nenhum sucesso. 
Comandante Greymorning (Dano: 8 + 3D) = 18 sucessos.
Warzoon 2 (Absorção: 3D) = 5 sucessos.
 
Com uma mão, Greymorning segurava a cintura de Psylocke para lhe dar apoio, enquanto com a outra ele apontava seu fuzil modificado na direção dos inimigos, disparando rajadas elétricas que torravam e explodiam aqueles Warzoon num instante. As duas últimas criaturas foram exterminadas pelos mutantes, trazendo a vitória para o grupo mais uma vez.
 
 
Quando os inimigos são varridos, todo o grupo para e respira. O dispêndio de energia estava se tornando grande, mas ao menos todos já eram capazes de ver o hospital feito de base a apenas alguns metros de distância. Porém, aquilo que eles viviam não era uma batalha comum, era uma verdadeira infestação de inimigos, e quando o grupo já se preparava para baixar a guarda, mais uma leva de 9 Warzoon pousam sobre o caminhão, apontando suas armas e prontos para disparar.
 
Só que desta vez o grupo não estava mais sozinho. Quando todos menos esperavam, rajadas e mais rajadas de tiros vem da direção da base, tiros tão precisos que em momento algum colocam o Plano B em perigo. Tal precisão só poderia vir dos soldados, que lá embaixo formavam um cerco tático a espera do caminhão que se aproximava. E graças a essa salva de tiros, os 9 Warzoon que pousaram sobre o caminhão são facilmente abatidos.
 
Sob o controle de Greymorning, o caminhão pousa em segurança sobre uma rua adjacente ao hospital, sendo cercado por aqueles soldados curiosos com a situação. Logo as portas traseiras são abertas pelo Dr. Crownford, e as pessoas assustadas começam a descer, comemorando a chegada a um lugar seguro e controlado pelo exército. Uma por uma, as pessoas trazidas no caminhão são acolhidas, e quando a última delas finalmente desce, todas as armas daqueles soldados são apontadas para o Dr. Crawnford, pegando-lhe de surpresa.
 
- Dr. Crownford, ajoelhe-se e coloque suas mãos aonde possamos ver. O senhor está preso por traição aos Estados Unidos da América! – Diz um soldado cuja identificação aponta como sendo o Capitão Richard Flagg.
 
 
Sagnac:
 
A tecnologia dentro da Fortaleza da Solidão era de se maravilhar, e talvez houvesse ali um segredo ou dois que Sagnac pudesse adicionar à sua coleção. Porém, definitivamente não era esse o momento. O Coluano então se coloca a disposição de Kara Zor-El para o que ela viesse a precisar dele, mas com sua perspicácia, logo nota que apesar de ter tido sucesso em chegar àquele lugar crucial para seus objetivos, ela se via bastante receosa. As mãos tremendo, o foco se perdendo em pensamentos com facilidade.
 
- Meses atrás, pouco depois de a base da Liga da Justiça explodir e matar todos os membros, eu era uma das poucas que restaram para defender a Terra. Então eu fui procurada por um humano conhecido como Dr. Crownford. – Ela começa a contar. – Ele me disse que talvez os meus poderes ainda não fossem o suficiente para proteger este mundo, e me pediu que eu viesse até aqui e tentasse descobrir um meio de trazer Kal-El de volta. Já foi feito antes, sabe? E desta vez temos um grande trunfo. Um clone dele com todo o seu DNA.
 
Kara olha em volta, fitando aquele grande computador central. Era nítido para Sagnac que ela se encontrava em um local familiar, mas naquele momento se via estranhamente perdida. Seu corpo podia ser invulnerável, mas seus sentimentos eram tão frágeis quanto os de qualquer garota humana, e ela se via insegura e vulnerável naquele momento.
 
- Com a Terra sofrendo uma invasão, trazer Kal-El de volta pode ser a última esperança para a humanidade... Mas a verdade é que eu não tenho ideia de como fazer isso. O segredo para trazer o meu primo de volta está aqui, depende de mim, mas eu sequer sei por onde começar. – Ela desabafa. – Você parece pertencer a uma civilização avançada, dotada de grande inteligência. Vejo isso pelos seus modos e pelo nível tecnológico de sua nave que parece ter vida própria. Será que você pode me ajudar a ressuscitar Kal-El?  
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
Nemesis.

avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 07/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Dom Mar 25, 2018 11:24 am

Nem precisei agir os meninos limparam a área mais rápido. Respiro fundo pq já tava ficando cansada de tanta luta seguida mas a batalha não termina. Mais daqueles warzoon aparecem para uma nova surra.
 
- Isso já ta ficando chato!
 
Meus olhos se acendem. Eu estava prestes a disparar meu laser neles mas tiros começam a vir lá debaixo abatendo aqueles novos inimigos bem rápido. Em seguida o caminhão pousa entre os soldados humanos e eu desço flutuando pra ficar longe deles.
 
“Eles não são úteis nessa guerra, melhor msm que fiquem aqui cuidando das pessoas enquanto a gente luta”
 
Só que aí eles começam a apontar as armas para o Crowford pra tentar prender o doutor. Não vou mtu com a cara dele mas ele era um dos nossos e estava tentando ajudar, então vou logo me colocando entre o doutor e os soldados.
 
- Se vcs atirarem nele, vão descobrir o que é uma mulher kryptoniana de mau humor.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tony.B

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Seg Mar 26, 2018 9:38 am

A minha lamina passa pelas criaturas de forma que as divide ao meio... Apenas de resistentes, os corpos mortais delas não era capaz de resistir a lamina divina...

As outras criaturas são facilmente eliminadas pelos outros membros... Quando uma nova leva de criaturas pousa novamente, invisto contra elas, mas ataques disparados do solo alvejam as criaturas...

Os mortais conseguiram dispor de alguma eficiência...

Me mantinha no ar, enquanto o soldado descia a estranha maquina... Mas assim que Crownford sai e vai em direção aos mortais, as armas são apontadas para ele... Um dos mortais estava a frente...

Caio a sua frente... Com a lamina fincada ao solo a sua frente... Me ergo em minha forma draconiana e deixo as chamas consumirem ela, retornando a minha forma similar aos mortais...

Mortal... Não sei o que almejas com essa arma... Mas a menos que queira ter o mesmo fim que as criaturas que invadem o seu mundo agora... A abaixaria diante de alguém sob a proteção do Dragão de Faerun...

Iria impor a minha vontade sobre a dele... Deixando claro a sua pequenez diante de uma divindade... Com os olhos, buscaria pela garota tb entre os mortais... Sentia o pulsar de Diana em mim para protege-la...

_________________
Fala
Pensamento
Ação

Baran - Imperador Dragão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
art016

avatar

Mensagens : 27
Data de inscrição : 09/04/2017

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Seg Mar 26, 2018 1:07 pm

Tecnologias de mundos perdidos são sempre boas relíquias sim, ironicamente Vetra e eu nos tornamos uma, mas ali não era nem hora nem lugar para este tipo de preocupação, tínhamos que solucionar este problema e logo a senhorita informa o que precisa, e de fato trazer organismos vivos a vida não era o tipo de coisa que se fazia com esta tecnologia simples desse lugar, mas segundo ela, trazer Kal-El era possível e já havia sido feito, antes, bom se já foi feito antes então qual deve ser o empecilho? Vamos descobrir e ver o que possa ser feito pois desconfio que este clone não exista para back up de órgãos, fico de braços cruzados com uma mão no queixo do capacete escutando, depois de ouvir eu digo calma;




-Bom, se disse que já foi feito então é possivel sim senhorita mas se o corpo dele existir ainda, facilita muito o processo, clones são uteis mas não são mais recomendados do que backup de órgãos e DNA danificado na maioria dos casos, todo corpo possui células com memoria, vocês mesmo da terra já descobriram isso, um clone pode receber estas memorias, mas seu comportamento pode apresentar diferenças e controla-lo para agir igual não seria ético, ahh deseja que eu procure no computador?



Aguardo a resposta dela depois continuo (enquanto mexo no computador caso ela deixe);



-Disse que esse kriptoniano foi morto em um ataque junto com um grupo ao qual ele fazia parte, bom se esse tipo de grupo pode existir então duvido que ele fosse mesmo a ultima esperança, se toda segurança do planeta no fim das contas recai dependente dos ombros de um único individuo, por que os outros lutam? Por que você luta senhorita? Fato é que acredito sim que você possa muito bem vencer essa luta, pode não ter a mesma potencia física, mas se começar a erguer a responsabilidade que está em seus ombros como ele fazia, como você acredita, tudo que precisara é de ajuda assim como cada um devia precisar nesse grupo senhorita, ele inclusive.




-Não é uma luta que alguém possa vencer sozinho senhorita...



-Mas de fato é possível sim, sempre há uma saída, sempre há um Plano B senhorita, não é assim que dizem na terra? O clone pode ser de grande valia, mas não podemos ter como o único caminho, de fato acredito que se os humanos se preocupassem mais com a própria existência do que auto destruição e controle na base da força, sua tecnologia seria muito mais adequada para se defender desse tipo de coisa, vamos ver o que podemos fazer para trazer o Sr. Kal-el de volta.



Este planeta tinha problemas sim, mas a partir do momento que as esperanças residem em coisas que acontecem ao acaso, indivíduos com poderes únicos e milagres e poucos se dispõem realmente a aprender mais e a fazer algo para corrigir, algo está errado com a proria indole deste lugar, Vetra relatorio, peço por mente para ela.



Off: Com a permissão da senhorita mexer no computador e descobrir o que for possível para trazer o tal Kal-El de volta e algo para ajudar ela e aguardar Vetra me dizer se tudo está bem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
leesiuloong

avatar

Mensagens : 102
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Dom Abr 01, 2018 10:44 pm

Chegamos à base com ajuda do exercito e logo CADMUS se manifesta, não sei o motivo, mas essa empresa é mais do que aparenta.
Logo que chegam somos recebidos com leve hostilidade, mas Crownford está para ser preso, procuro mentalmente por Weller, não iria invadir sua mente, apenas saber se ela estava, enquanto isso mentalmente converso com Psylocke:

"Amor, acho que é hora de começarmos o show, sei que é capaz de convencer as pessoas do que quiser, mas gostaria que usasse todo seu potencial para convencer o presidente de que nosso grupo seria melhor para impedir essa invasão do que o CADMUS, ele está com Forge no momento, então teria que ser um contato mental, proponha algo como, se der certo ele escolheu o grupo fiel ao governo para combater a ameaça e os cidadãos americanos estão seguros, se der errado nós podemos ser considerados terroristas, não fale de cara, deixe que ele tenha essa ideia...( essa parte deixo um pouco de ironia), acha que consegue? Se quiser falar em meu nome também, tem carta branca, mas precisamos que ele nos apoie agora e tire o CADMUS do comando."

Eu queria fazer isso, mas ela era muito melhor em convencer as pessoas... enquanto isso digo com voz firme.

_Capitão Flagg, finalmente te conheci, quais os motivos que levaram esse homem à acusação?

Eu queria ganhar tempo para que Psylocke agisse, então teria que enrolar e aguentar qualquer sarcasmo.

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com/t32-comandante-greymorn
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Plano B - A Queda de Metrópolis
Voltar ao Topo 
Página 2 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» COD AW 1080p Ps4; Xone com resolução Dinâmica
» Dragon Age Inquisition - A fraude do ano.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Paladinos da Justiça :: Jogos :: Arcos-
Ir para: