Aqui se morre herói, ou se vive tempo o bastante para se tornar vilão.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Plano B - A Queda de Metrópolis

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 450
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Dom Out 21, 2018 11:01 am

Imperador Dragão:


O Parque Centenário ficava bem no centro de Metrópolis. Tratava-se de um lugar agradável, onde casais faziam seus piqueniques sobre a grama verde rasteira, crianças brincavam entre as árvores e os idosos alimentavam os peixes no pequeno lago. Mas agora o parque tornara-se um lugar cinza e sem vida, lembrando um pouco florestas sombrias de filmes de terror.

O lugar era cercado por árvores altas de troncos grossos e folhagem cheia. Uma trilha calçada e abandonada levava ao centro, onde a clareira fora quase que totalmente preenchida por uma base alienígena de estrutura escura e retorcida. Esta base era vasta, de formato redondo. Não havia em toda a sua estrutura qualquer janela, porta ou algo semelhante a uma entrada.

Imperador Dragão, Superboy, Ravena e Miss Marte estavam agora a 15 metros de distância, na rua que margeava o Parque Centenário. Viam a tal base apenas sobre o topo das árvores. Vez ou outra, um esquadrão Warzoon cruzava as nuvens distantes, mas aquela altura eles já haviam se estabelecido sobre a Terra ao ponto de relaxar a respeito do patrulhamento.

“Imperador Dragão, posso ver tudo através de sua mente. As ruas ao seu redor estão completamente vazias, o que facilita uma aproximação, mas também sinto presença de outras mentes dentro daquela base. Qual é o seu plano?” M’Kai indaga da Sala de Justiça.


Sagnac-28b:


Vetra pairava seguramente acima das nuvens, onde nada poderia incomodá-la. Em sua cadeira, Sagnac recebia imagens de câmeras que filmavam a área rural conhecida como Smallville lá embaixo. Atrás dele, estavam o Kid Flash, Mutano e Arsenal, aguardando pelo plano que deveria vir do coluano.

Com as imagens de Vetra, Sagnac percebe que Smallville era uma cidade pequena, dominada em grande parte por vastas fazendas que talvez exalassem vida até alguns dias atrás, mas que agora não passava de um macabro cenário de eqüinos, bovinos e aves mortas. Casas de rústica arquitetura e grandes celeiros de madeira jaziam vazios, abandonados por seus donos, que foram dizimados ou simplesmente fugiram. Na parte norte havia uma zona mais urbana, mas nenhum sinal de vida, exceto por alguns Warzoon que ainda patrulhavam a área.

Mas o que interessava mesmo aos heróis era a estranha base, facilmente encontrada sobre uma propriedade chamada Fazenda Lang. Tal base nada mais era do que uma redoma completamente escura, retorcida e arredondada, cujo tamanho fora suficiente para destruir tanto a casa dos Lang quanto seu celeiro ao tomar aquelas terras. Uma gama de animais mortos também jazia ao seu redor, mas nenhum sinal de atividade Warzoon a sua volta.

“Não se engane, Sagnac, sinto a presença deles lá dentro. Sugiro que o plano de ação seja traçado com rapidez. Se eles ainda não notaram a presença de Vetra, logo notarão.” M’Kai o aconselha através de uma mensagem mental.


Comandante Summers:


Com a ajuda de um barco abandonado e com a capacidade de melhorias no veículo feita por Greymorning, o grupo alcança a Ilha Striker em meio ao silêncio e a escuridão em que Metrópolis fora mergulhada. Não foram importunados por nada. Depois que a cidade foi completamente sitiada, os Warzoon diminuíram consideravelmente a patrulha, sempre voando muito longe para notar o avanço dos quatro.

Ao atracarem em uma pequena doca, o grupo logo toma nota do quão desabitada era aquela ilha. Prédios vazios repletos de janelas sem vidro, algumas casas caindo aos pedaços e áreas industrializadas que agora pertencia completamente à vida silvestre. O rastro de destruição feito pela invasão Warzoon não chegou até este local, de modo que todas as estruturas se encontravam de pé e serviam de ótima cobertura para os avanços do grupo.

Poucas ruas depois, o grupo finalmente avista o objetivo. Vinte metros adiante, erguida sobre as ruínas de uma casa qualquer, se encontrava a base Warzoon. Uma estrutura negra, arredondada e retorcida, de origem claramente alienígena. Não havia guardas a sua volta, tão pouco entradas, gerando no grupo dúvidas sobre como entrar.

“Comandante Summers, uma vez lá dentro, você deve tomar cuidado. A criatura que me mostrou em seu holograma é uma Rainha Warzoon. Entre suas capacidades, estão uma força sobre-humana combinada a um intelecto ultra avançado. Não sei exatamente qual é o seu plano, mas não subestime essa coisa.” M’Kai relata em uma mensagem mental.


Lady Nêmesis:


Ao escolher um time de garotas pouco mais jovens do que si mesma, Lady Nêmesis parte em direção ao Luthordomme, valendo-se das ruas vazias e destruídas para alcançar o lugar sem qualquer necessidade de confronto com as criaturas que vez ou outra patrulhavam algum ponto distante da cidade. Ao seu lado, estavam Devastadora, Moça-Maravilha e Estelar.

O Luthordomme era um estádio de futebol americano como qualquer outro. Uma estrutura oval cercada por uma alta muralha branca. A entrada principal estava a vista e ficava numa área bem aberta. Não havia nenhum tipo de cobertura no topo do estádio, de modo que as garotas podiam ver despontando sobre ele o topo arredondado e distorcido da base dos Warzoon, em sua cor totalmente negra.

Nenhum olho parecia estar sobre as heroínas naquele momento. Os sentidos especiais de Lady Nêmesis não denunciavam nada ao redor. Vinte e cinco metros eram o que separavam as quatro da entrada principal do estádio. Lady Nêmesis podia ver que suas companheiras variavam entre nervosismo e uma vontade louca de entrar em ação.

“Lady Nêmesis, o caminho até a base me parece limpo, mas sugiro que tome cuidado mesmo assim, pode ser uma armadilha” diz M’Kai em sua mente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://paladinosdajustica.forumeiros.com
Tony.B

avatar

Mensagens : 106
Data de inscrição : 06/05/2016

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Sex Out 26, 2018 12:44 pm

Olho o local a minha frente... Agora não passava de uma floresta sem vida... Na minha mente se passam as imagens das florestas que queimei em minhas guerras em Faerum...

Vejo a estrutura ao centro do parque... Não parecia ter pontos de acesso por onde pudesse entrar... As criaturas voavam muito distante, não estando mais em patrulha naquele local...

Ouço a voz de M'Kai na minha mente... Ele me fala sobre a situação no local...

M'Kai... Não existem mortais dentro ou ao redor da base correto ? As criaturas se contorceram diante dos relâmpagos divinos, irei adentrar a base com eles... Onde tenho que ir nesse local ? Deve ter um núcleo ou líder...

Olho para aqueles que estavam comigo...

Superboy... Me siga, vou lhe mostrar como os Deuses lutam... Ravena, vc me lembra as feiticeiras do meu mundo... Use suas forças arcanas para controlar o campo a nossa volta, fique fora do alcance de seus ataques... O mesmo vale para você Miss Marte... Creio que tenha os mesmo poderes que M'Kai... Veja as táticas usada por ele, e as replique... Procure não estar na linha de combate...

Iria olhar a base e desembainharia minha espada... Iria cravar a espada ao solo e iria invocar minha forma draconiana...

Iria conjurar os relâmpagos... Iria fazer eles se carregarem em mim e iria avançar de encontro a fortaleza a atingindo com a minha espada para causar uma abertura...

_________________
Fala
Pensamento
Ação

Baran - Imperador Dragão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
art016

avatar

Mensagens : 28
Data de inscrição : 09/04/2017

MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   Sex Out 26, 2018 6:50 pm

Mutano, Kid flash e Arsenal, estavam em campo enquanto nós, Vetra e eu, pairávamos sobre, a base em so parecia abandonada, parecia, ao norte na área mais urbana havia um grupo de vigia, ao redor da base e das fazendas eram sinais claros de esterilização desse lugar, gado e vida selvagem abatidos;


-Hm, me encanta esse povo não ter chamado a curiosidade do coluano desse universo, Vetra por favor, preciso que escaneia a base e a região.
Digo


Estávamos meio que as cegas ali, nada grande ou vivível, mas o que poderíamos ver ali era menos do que realmente havia, aa resistência humana já não era um problema, nossa unica vantagem era se eles acreditam nisso, o que ao olhar por ai, não é difícil.


Ao radio pergunto ao marciano.



-Existe algum registro de combate dessa área disponível? Queria saber como reagiram




Depois disso digo ao pessoal em terra.



-Nada vivo detectado, fora um grupo de vigias deles na cidadela ao norte, a base parece vazia, mas duvido que esteja, temos que ser rápidos e discretos, vou tentar escanear o lugar, fiquem atentos.




Digo para o grupo em terra, vamos primeiro ver o que é que temos pela frente, a parte aparente ao menos.



Off: Escanear a fazenda lang e a base, e também saber o que há entre nós e eles, depois repassar para o grupo em terra.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Plano B - A Queda de Metrópolis   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Plano B - A Queda de Metrópolis
Voltar ao Topo 
Página 5 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5
 Tópicos similares
-
» COD AW 1080p Ps4; Xone com resolução Dinâmica
» Dragon Age Inquisition - A fraude do ano.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Paladinos da Justiça :: Jogos :: Arcos-
Ir para: